Hospital Seixal

GOVERNO APROVOU A CONSTRUÇÃO DO #HOSPITAL DO SEIXAL

aplaudimos 1

O presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, afiançou aos jornalistas no final da reunião com o ministro da saúde, Adalberto Campos Fernandes, que foi dada luz verde para a construção do hospital do Seixal. Esta é uma excelente notícia para o município do Seixal.

Estimando que o hospital estará construído em 2019/2020, Joaquim Santos referiu que irá custar cerca de 60 milhões de euros. O hospital será de pequena dimensão – terá 72 camas. O valor da obra não vai recair sobre o erário público, pois a população do Seixal, paga ao Estado, “só em IRS”, 120 milhões de euros por ano, por isso também vai ter o meu contributo.

O autarca referiu ainda que faltam na península de Setúbal 1.300 camas hospitalares e cerca de 715 médicos relativamente à média nacional. Nesta reunião também estiveram os presidentes das câmaras de Sesimbra e de Almada, pois os três municípios comprometeram-se a trabalhar numa solução para ajudar a aliviar a lotação excessiva que tem o hospital Garcia de Orta, em Almada.

A unidade está projetada para ser um equipamento de proximidade, vocacionada para os cuidados em ambulatório, com serviço de urgência a funcionar 24 horas, 72 camas, 23 especialidades e unidades de apoio domiciliário e de medicina física e de reabilitação.

Nós aqui vamos ter o Hospital do Seixal.
Nós aqui vamos ter isto.

Fonte: O Observador

Obrigada

ALMADA COnVIDa. Por Marlene Gaspar

gostamos

 

O mundo mudou. São tempos desafiantes e temos de reinventar-nos a cada dia. Somos todos agentes de saúde pública e sair de casa não é uma opção. Olhando para o copo meio cheio, aprende-se e descobre-se a cada dia novas formas de tornar este período mais fácil.

Nas últimas duas semanas sinto-me uma verdadeira Gata Borralheira para a qual não estouava talhada, mas a necessidade aguça o engenho. Só rezo a todos os santinhos para a minha Bimby se aguentar firme e hirta este período, pois tem ameaçado não querer colaborar e não estamos em alturas desses achaques. Aguenta-te que eu também.

Outra dificuldade que tenho sentido é a de dar o corpo ao manifesto que é como quem diz fazer exercício, pois custou-me sabe-se lá o quê para lhe ganhar ritmo e apanhar o jeito (se é que alguma vez o agarrei!) para agora ter que pensar por mim em exercitar-me. Quem sou eu para dar alguns conselhos? Ninguém, mas hoje a Câmara de Almada é. Hoje mandou-me uma mensagem com aulas que podem ser feitas online e na dúvida, experimenta-se. Assim, Almada COnVIDa (trocadilho sem graça, mas não pode ser só o estúpido do vírus a sambar)…

A quem não recebeu e/ou possa interessar aqui  vai:

1 – A Amélia Salvador, professora no Complexo Municipal dos Desportos «Cidade de Almada», deixa-nos uma aula de promoção ao bem-estar. É uma aula que está ao alcance de todos, mesmo para aqueles que nunca experimentaram a prática do Yoga
https://youtu.be/dLiaDgY_qGI
2 – A Joana Raposo é professora de Hip Hop no Complexo Municipal dos Desportos «Cidade de Almada». E, em tempos de quarentena, quer que todos continuem a dançar para se manterem ativos e porque faz bem ao corpo e à alma.
https://youtu.be/ttlatTx9-lg

3 – A Alexandra Meném é professora de Ballet, no Complexo Municipal dos Desportos «Cidade de Almada». E para que não parem de dançar, aqui vão alguns exercícios para fazerem em casa. Continuem a dançar, sempre.
https://youtu.be/1R0AkWF-Q5I

4 – O Daniel Estilita é professor de Ténis, na Rede Municipal de Equipamentos Desportivos. Mesmo em tempo de quarentena temos de estar em forma. Aqui ficam, em vídeo, algumas sugestões de exercícios, com uma raquete na mão.
https://youtu.be/13qQQLwjEXU

E é isto por hoje. Partilhem outros truques que achem relevantes e fiquem em casa. Fiquem a salvo.
Se é o nosso contributo não o desperdicem. Obrigada a todos os que estão na linha da frente: profissionais de saúde, colaboradores  de distribuição e supermercados, senhores do lixo, transportadores, professores, todos os que mantém os serviços essenciais a funcionar e a todos os empregadores que procuram salvar postos de trabalho. E obrigada a todos os que ficam em casa. Vai correr tudo bem.
Nós aqui temos ginástica para fazer em casa.
Nós aqui temos isto.
Texto: Marlene Gaspar

 

maratonaponte

GINÁSIO, CORRIDA DA PONTE E CENAS PARA MEXER O CORPINHO. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

2020 já vai lançado e faz precisamente um ano que tomei a minha resolução de 2019 e que ainda inacreditavelmente consigo manter ao dia de hoje e mais convicta que é para continuar. Fez este mês o primeiro aniversário de frequência num ginásio. Seguido. Se-gui-di-nho! Embrulhem, que nunca tive oportunidade de dizer isto.

É inacreditável que tenha conseguido. Eu sei que para muitos isso é “peaners”, mas para mim é ourinho. Não escondi aqui a minha relação com o desporto, faço-o por necessidade e não por amor, mas consigo finalmente saborear e apreciar algumas vantagens. O maior desafio foi sem dúvida a rotina. Habituar-me a acordar com as galinhas e para ginasticar não estava na minha bucket list de prazer, mas na bucket list das vitórias. Estou longe do meu objetivo a nível físico, ainda que as ambições sejam modestas (se é que ficar tonificada, barriga lisa e firme e hirta como uma barra de ferro seja coisa pouca), porém não entrei com o espírito de querer tudo de uma vez. Quer dizer, querer, querer, eu queria…

Comecei 3 vezes por semana e agora consigo uma maior assiduidade e essa parte já está. Não sei se pelo pânico de largar e jamais ou dificilmente retomar o ritmo, se porque tem mesmo de ser. Ainda há muito para chegar ao objetivo e faço ao esforço eu merecia a cena de já estar tonificada, barriga lisa e firme e hirta como uma barra de ferro, mas chegamos a uma certa idade e pensamos: como estaria então senão tivesse feito nada? É a cena de olhar para o copo meio vazio e meio cheio.

Finalmente (e foi quase preciso um ano) já vou com menos sacrifício e já tenho algum gosto por algumas coisas. (Pára tudo. Eu disse algum gosto? E escrevi? É que escrito tem outra importância! Quem sou eu? O que fizeram comigo?!). Sim. A melhor sensação continua a ser sair do ginásio, sentar no carro e pensar ainda bem que vim. Este sentimento é desde o primeiro dia, mas durava só o lusco-fusco e o retorno face ao investimento dava que pensar.

Disse aqui que um dia ia partilhar os resultados alcançadas e quero fazê-lo, mas ainda não estamos a esse nível de fazer isto aqui um feito histórico ou digno de partilha. Temos pena, ainda não estamos aí, por isso enalteço o ir ao ginásio, o continuar a ir e ter esse objetivo. O resto, vem por acréscimo. Foi uma resolução de 2019, mantém-se e espero que continue.

E por falar em resoluções e dar o corpo ao manifesto, desde que começou este blog tenho feito a corrida na ponte 25 de abril. E este ano não vou falhar (espero, não me vá dar uma travadinha ou qualquer coisa que me impeça) e não é que em novembro já tinhas as inscrições? Sim, aproveitei o registo antecipado na Black Friday e lá me lancei (não perco um descontozinho!) E este ano temos novidades, que não sei se são assim tão interessantes. Não é que a distância da prova passa de 7,2km para 10km cronometrados? Ah, pois é. Mais 3 km no bucho e não sei se celebre ou se chore!

“Esta alteração trará um registo mais competitivo para prova, permitindo que os corredores possam registar o seu tempo num distância oficial, os 10 km.” refere orgulhosa a organização do evento. E quem é que disse que eu quero competir? Eu quero é chegar ao fim mantendo o passo. Não sou de desistir (pelo menos fácil) e ir frequentemente ao ginásio, não garante a meta, mas parecendo que não, facilita.

Aproveito para dizer que a prova é no dia 22/março, às 10h, no sítio do costume. Quem alinha?
Inscreve-te aqui.

Nós aqui temos a mini maratona da ponte.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

DR. BERNARD Costa da Caparica

VIEMOS AO “PETIT DÉJEUNER” DO DR. BERNARD. Por Catarina Laborinho

DR. BERNARD

No Verão passado já tínhamos falado “dele”, onde acabámos o artigo a dizer que iriamos lá voltar. E não é que voltámos mesmo?! Quando os sítios são trendy gostamos sempre de repetir.

Desta vez a minha “visita” foi diferente, vim tomar o “Petit déjeuner” ao Dr. Bernard, acompanhada por uma das melhores companhias do mundo, a minha filha Maria onde ainda deu para aproveitar o Sol matinal de inverno que a Costa da Caparica tem para nos oferecer.

DR. BERNARD Costa da Caparica

Rico em cores, aromas e sabores, o nosso pequeno-almoço foi assinado pelo Chef Adrian Victor Gomez.

Epígono de uma família de chefs, Adrian nasce na Argentina e aos 18 anos já partilhava a sua experiência dando aulas de culinária na sua terra natal.

No seu percurso, passou por alguns restaurantes conceituados no Brasil e na Argentina, e veio parar ao Dr. Bernard. E que viagem… pelo bem que nos soube o pequeno-almoço, obrigado Adrian por ter mudado de hemisfério!

Este nosso “Petit déjeuner” foi salpicado por uma explosão de cores e sabores, envoltos em iguarias para todos os gostos. As duas seleccionadas como “THE BEST OFF” foram as Rabanada de leite creme e fruta (em pão alentejano) e a tosta de abacate e ovos. Para os mais gulosos também não faltaram as Tartlets de fruta e Petit Gateaux com Mascarpone. 

DR. BERNARD Costa da Caparica

Entre outras sugestões da carta, estas foram as que mais nos agradaram, contagiadas pelo ambiente propício ao Mindful Eating, esta nossa experiência foi fantástica e marcada pela diferença. 

Tal como prometido,
Nós aqui voltámos lá.

Texto e Fotos: Catarina Laborinho

 

 

margemsul

E VÃO QUATRO. PARABÉNS LISBON SOUTH BAY BLOG. Por Marlene Gaspar

parabenizamos ISTO desporto 1

4 aninhos. Qua-tro a-nos. Ah, pois é. Parece que foi ontem, mas o Lisbon South Bay blog lançou-se com toda a pompa e circunstância no Hotel Evidência em Belverde, where else?

4 anos de histórias, sugestões, partilhas do que acontece por aqui, nesta margem banhada por um oceano de coisas boas, mesmo boas. São muitas dignas de registo e como sabem que sou pouco imparcial, elejo o meu local favorito – a praia. Ah, como sou feliz na praia, nestas praias, que se as ondas falassem ou o areal falassem, tinham tanto para contar…

Mas há mais, há muito mais para destacar, mas hoje, só quero agradecer – obrigada, obrigada, obrigada margem sul, por me conquistares e me tornares rendida aos teus encantos.

Nós aqui celebramos 4 anos.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

BazarSeixal

BAZAR SUSTENTÁVEL NO SEIXAL. 24 novembro. Por Marlene Gaspar

gostamos
Bazar Sustentável pretende consciencializar para as várias vertentes da sustentabilidade propondo soluções que podemos usar no nosso dia-a-dia por cada um de nós.
A 3ª Edição do Bazar Sustentável é já no domingo, dia 24 de Novembro, das 10 às 19h mostrará que um estilo de vida sustentável está ao alcance de todos.
Bazarsustentavel
No Mercado Sustentável vais poder adquirir produtos que promovem um estilo de vida com zero desperdício ou com baixo impacto, produtos biológicos e produtos artesanais locais. Também vão haver diversas actividades para miúdos e graúdos ao longo do dia como as Palestras, Workshops e Showcooking , o Swap Market onde poderás trocar roupa ou livros que já não usas, o concerto para toda a família e oficinas para crianças.
Sabe mais em
Nós aqui temos os bazar sustentável.
Nós aqui temos isto.
Texto: Marlene Gaspar
fertagus_bancos

PARE, LEVANTE A CABEÇA E OLHE EM REDOR. Por Catarina Laborinho

agradecemos isto 1

Pare, levante a cabeça e olhe em redor!!!
Não, não é o slogan para nenhuma campanha de sensibilização da Fertagus, mas bem que podia ser. Se há coisa que me irrita nesta vida é o “abarbatananço”* de algo, ou alguma coisa que não nos é devida.

Todos nós, conhecemos a linguagem pictórica, a ISOTYPE International System of Typographic Picture Education, e de uma forma direta ou indiretamente somos constantemente bombardeados com estes pictogramas, mas, temos que saber olhar, ver e acima de tudo respeitar.

(Estou mesmo irritada a sério!)

Entrar no comboio e ver: lugar para grávidas ocupado por homens, lugar de idosos ocupado por miúdos que estão ao telefone a contar o quão divertida foi a noite, tropeçar nas escadas porque alguém, apenas porque sim, se mantém sentado aquando a chegada a uma estação, onde sou obrigada, no meio de mil pedidos de desculpa e licença, passar aos pulinhos para não incomodar… a sério?! A mim parece-me apenas muito estúpido!!!

E até quando?! Até quando deixamos de ocupar um lugar que não nos pertence?! Mesmo que o possamos fazer, “bora lá” levantar a cabeça e olhar em redor?!

Sabemos que há menos lugares, é verdade. Sabemos igualmente que os comboios estão mais cheios, também é verdade. Mas acima de tudo, e porque somos um país civilizado temos que saber olhar em redor e perceber que mesmo cansados pode haver alguém a precisar ainda mais daquele lugar, do que eu.

A sério, na próxima vez que andar de Fertagus, PARE, LEVANTE A CABEÇA E OLHE EM REDOR.
*Abarbatananço não quer dizer nada, em português correto, mas para mim, e em modo de gíria, é a apropriação indevida de algo!! E é “isto” com que ultimamente me tenho deparado nos comboios da Fertagus.

Nós aqui agradecemos!

 

Texto: Catarina Laborinho

FERTAGUS, LSBblog

CaminhadaCancro

CAMINHADA SOLIDÁRIA CONTRA O CANCRO DA MAMA NO SEIXAL. 13 outubro. Por Marlene Gaspar

APOIAMOS 1

É já no próximo domingo que se realiza a Caminhada Solidária Contra o Cancro no Seixal. É um evento a não perderes, porque à medida que vais trabalhando o corpinho estás a apoiar esta causa.

Não arranjes desculpas e põe o corpito a mexer que ele bem precisa (sim, não te iludas) e a Liga contra o cancro também.

A partida é às 9:30h na Companhia de Laníficios da Arrentela, passará pela Avenida da República e Praça 1º de Maio.

Se te inscreveres antes são só 6 lacinhos, se for no próprio dia (e não seja por isso que não vais) são 10 lacinhos (inclui t-shirt, saco-mochila, água e snack).

Podes saber mais em delegacaoseixal@ligacontraocancro.pt, telm. 910 492 657.

caminhadasolidario

Se alguma empresa também quiser apoiar/patrocinar a causa, é muito bem-vinda.

Nós aqui temos a caminhada do Seixal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

FeriasVerao

AS MINHAS FÉRIAS DE VERÃO. Por Victória Gaspar Tomás

gostamos

back to school, regresso ao trabalho, à vida do dia-a-dia ou como lhe quiserem chamar já está em velocidade cruzeiro e há uns mais felizes com isso do que outros. Cá em casa temos uma verdadeira fã de escola, e já estava a contar ansiosamente para o seu início.

Ainda antes do habitual pedido da professora para escreverem como foram as férias, o texto já estava feito, e Victória pediu-me para o partilhar aqui. Ora como temos algum tempo passado aqui na nossa margem, a Victória conta-vos tudo, na primeira pessoa. Até porque eu ainda não estou preparada para assumir este regresso. Não, não estou em fase de negação, mas ainda não estou na da admiração.

– Vi, o palco agora é teu! – diz esta mãe orgulhosa do seu rebento.

AS MINHAS FÉRIAS DE VERÃO

Nas minhas férias estive aqui na margem sul, no Algarve, em Vilamoura e também estive em Vila de Rei, na Fundada.

No Algarve voltei a ver os Nadadores Salvadores: a Andreia, o Gonçalo, o João, o Marcelo, o Miguel e o Chefe: o Sr. António. Fui almoçar a um restaurante chamado ALXAMA, lá eles serviam a carne no espeto. Também fui a uma exposição de animais (Photo Ark) na marina de Vilamoura e vi fotografias de todos os animais.

Em Vila de Rei fui ao Rio Zêzere, nas Fernandaires, nas piscinas eu aprendi a fazer um mortal para a água, mas às vezes dou chapa! O meu primo Rui também me convidou para andar no barco dele e estive a dar muitos mergulhos no meio do rio. Também fui à festa da Fundada (em honra da Santa Margarida) atuaram lá a Vila de’l Rei Tuna, ED+, Concertinas da Sertã, Remix, banda T, com a minha família toda.

Fui ao Sol da Caparica, lá fui aos insufláveis, fiz pinturas faciais, tirei uma fotografias, recebi uma garrafa e uma bola e assisti a um concerto.

Também vou-vos contar uma coisa que fiz nas férias. Fui a uma colónia de férias na praia de São João, numa piscina e no Fun Parque sem me convidarem!

O meu primo Lucas também foi para a colónia e foi o máximo!

ferias de verao

E sabem o que eu fiz? Fiz isto:

2ªf: carregar uma pessoa inconsciente e mota de água

3ªf: bodybord, surf e suporte básico de vida (SBV)

4ªf: salvamentos nas piscinas

5ªf: Polícia Marítima (P.M.) e arborismo

6ªf: Mota de água e SIC que foi lá fazer uma reportagem

Eu adorei e quero voltar para o ano!!!

E se vocês também fossem teriam gostado de ir?

Nós aqui gostámos das férias.
Nós aqui tivemos isto.

Texto: Victória Gaspar Tomás, 8 anos (texto introdutório Marlene Gaspar)

TST

TST LANÇA CIRCUITO URBANO NO PINHAL NOVO. Partilhado por Catarina Laborinho

gostamos

A TST – Transportes Sul do Tejo e a Câmara Municipal de Palmela lançaram o circuito urbano do Pinhal Novo – Carreira 449, que vai permitir uma melhor mobilidade aos habitantes desta freguesia do Concelho de Palmela.

O novo circuito entrou em vigor a 16 de setembro e será de utilização gratuita até 31 de outubro. Desta forma, os passageiros terão um período de adaptação que lhes possibilitará carregar ou adquirir os seus Passes Navegante, sem que haja qualquer perturbação nas suas viagens durante esta fase de mudança.

O lançamento desta carreira resulta de um projeto conjunto da TST e da Câmara Municipal de Palmela que visa promover a utilização do transporte público e a mobilidade no Pinhal Novo. José Pires da Fonseca, Presidente do Grupo Arriva, afirma que ‘a melhoria da mobilidade das populações é a maior prioridade para a TST. Para isso, é fundamental estarmos coordenados e em contacto constante com os municípios, para que possamos conhecer as diferentes necessidades das freguesias e servi-los eficazmente.’

Consulte o horário e o percurso da carreira ‘449 – Pinhal Novo’ aqui.

Nós aqui gostamos disto

Partilhado por: Catarina Laborinho | Fonte Oficial: M Public Relations | Fotos: D.R.

fertagus

ANO NOVO VIDA NOVA E COM HORÁRIOS NOVOS. Por Catarina Laborinho

gostamos

O ano lectivo está à porta, por aqui estamos, mais uma vez, a começar mais uma nova etapa escolar. A minha mais nova vai para o 1º ano e lá em casa está tudo num excitex, já a mais velha não está nem aí, é mais um e cada vez mais difícil, não fosse ela querer logo daqueles cursos que andam a rondar a média de 19… a lenga-lenga é sempre a mesma, “tens que estudar”, “olha as notas”, “não deixes tudo para o último dia” puff.

Mas nesta rentree chegam-nos igualmente os novos horários que nos obrigam a reajustar tudo ao milésimo de segundo, a boa nova é que a ajudar a isto a Fertagus vai disponibilizar novos horários já para a semana.

Dia 16 de setembro entra em vigor um novo horário cujas principais alterações são uma reafectação e aumento dos comboios duplos (19 novos comboios duplos), extensão de 6 horários até Setúbal e um novo horário para Setúbal. Conheça as mudanças aqui.

A mudança começou a fazer-se sentir com o surgimento do novo passe Navegante, onde se verificou um crescimento de cerca de 20% na procura, que levou a Fertagus a reajustar toda a sua estrutura contratando mais pessoal – Operadores comerciais e Maquinistas para fazer face ao novo horário. Sempre em cima!!

FERTAGUS

Estes novos horários vêm ao encontro das necessidades dos passageiros, e com esta nova estratégia a Fertagus vem dar voz aos inúmeros pedidos por parte de quem escolheu o comboio da ponte para fazer a sua travessia diária.

As alterações aos novos horários já é pública e pode ser vista aqui.

Nós aqui gostamos disto

Texto: Catarina Laborinho | Fotos: Arquivo/global Imagens

FERTAGUS, LSBblog