Hospital Seixal

GOVERNO APROVOU A CONSTRUÇÃO DO #HOSPITAL DO SEIXAL

aplaudimos 1

O presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, afiançou aos jornalistas no final da reunião com o ministro da saúde, Adalberto Campos Fernandes, que foi dada luz verde para a construção do hospital do Seixal. Esta é uma excelente notícia para o município do Seixal.

Estimando que o hospital estará construído em 2019/2020, Joaquim Santos referiu que irá custar cerca de 60 milhões de euros. O hospital será de pequena dimensão – terá 72 camas. O valor da obra não vai recair sobre o erário público, pois a população do Seixal, paga ao Estado, “só em IRS”, 120 milhões de euros por ano, por isso também vai ter o meu contributo.

O autarca referiu ainda que faltam na península de Setúbal 1.300 camas hospitalares e cerca de 715 médicos relativamente à média nacional. Nesta reunião também estiveram os presidentes das câmaras de Sesimbra e de Almada, pois os três municípios comprometeram-se a trabalhar numa solução para ajudar a aliviar a lotação excessiva que tem o hospital Garcia de Orta, em Almada.

A unidade está projetada para ser um equipamento de proximidade, vocacionada para os cuidados em ambulatório, com serviço de urgência a funcionar 24 horas, 72 camas, 23 especialidades e unidades de apoio domiciliário e de medicina física e de reabilitação.

Nós aqui vamos ter o Hospital do Seixal.
Nós aqui vamos ter isto.

Fonte: O Observador

Helena

NO NATAL AS CRIANÇAS PRECISAM MAIS DO QUE PRESENTES. O QUE SERÁ? Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

A pressão do Natal está aí! Para onde quer que vamos ouvimos músicas de Natal, recebemos a toda a hora novas sugestões e propostas das melhores decorações, os melhores presentes, as melhores atividades. Os nossos olhos parece que já brilham de tanta luzinha que pisca… .

As festas estão aí, muitas vezes os pais sentem a pressão de ter de” fazer bem “. Queremos que os nossos filhos sejam felizes e muitas vezes achamos que temos de ser ultra-mega-organizados, pensar sempre à frente e ser muito criativos, para que tal possa acontecer.

Aguentar o período festivo desde o Natal à passagem do ano poderá ser difícil. Apesar da felicidade e alegria que achamos que devemos sentir, muitas vezes os pais estão exaustos, stressados e sem tolerância. Os miúdos conseguem ir do estado eufórico ao estado ultra-birra em apenas 60 segundos. As famílias esvoaçam de atividade em atividade e os pais tentam encontrar o presente perfeito. Na ânsia de criar a memória do cenário natalício perfeito, caímos muitas vezes numa enorme lista de afazeres impossível de concretizar. E ficam para trás as coisas realmente importantes – tal como o tempo passado juntos, as tradições e a boa vontade.

Tudo isso é muito importante, mas não nos devemos esquecer de manter algumas coisas em mente para que esta época natalícia seja vivida com sucesso.

# As crianças precisam de aprender que dar e receber são ações recíprocas. Quando damos oportunidades aos nossos filhos de dar aos outros, ajudamo-los a aprender o que é a generosidade, a bondade e a empatia. Poderá pensar em algumas atividades adequadas a cada fase de desenvolvimento, podem visitar um lar de idosos e disponibilizarem-se para serem parceiros de jogo, ou voluntariarem-se para ajudar na distribuição de comida pelos carenciados ou organizar e doar brinquedos a quem mais precisa. Podem oferecer uma bebida quente ao porteiro da escola, que nesta época passa tanto frio, ou levar umas bolachinhas e um sorriso às senhoras da secretaria, que, com toda a certeza irão retribuir com o maior sorriso e calor no coração.

# As rotinas dão estrutura e fornecem segurança e conforto.  As rotinas básicas são para ser mantidas durante todo o ano (horários para dormir, horas das refeições, hábitos de higiene, etc) .Porém, as tradições natalícias são rotinas que acontecem sempre da mesma forma, de um ano para o outro. Por um lado são necessárias novas formas de entreter os miúdos a cada ano que passa, mas na verdade, os miúdos querem e precisam que as tradições natalícias se repitam ano após ano. E esta repetição pode ser na ementa (sempre, mas sempre Bacalhau na noite da consoada), nas decorações (sempre, mas sempre a mesma estrela no alto da árvore), as histórias que se contam, as músicas que se ouvem vão ajudar as crianças a criar memórias associadas à época natalícia. Isso, mais do que os presentes, farão esta época do ano tão única e especial.

# Antecipar e vivenciar ocasiões especiais é muito importante para as crianças. As crianças beneficiam de antecipar e participar nos eventos especiais. As crianças adoram contagens decrescentes para alcançar as atividades pretendidas e a época natalícia é perfeita para isso. Desde os calendários do advento, ao riscar no calendário os dias que passam e contar aqueles que faltam. A excitação crescente do Grande Dia que se aproxima é inexplicável para os Miúdos, a excitação do aproximar da meia-noite, tanta ânsia e nervosismo para gerir.

# As histórias e memórias partilhadas refletem os valores de família. As reuniões natalícias são sempre uma excelente oportunidade para as crianças ouvirem as histórias familiares que vão passando de geração em geração. Todas essas histórias transmitem um sentimento de continuidade e pertença que ajuda a passar também os valores familiares.

Helena Gonçalves Rocha

# As interações significativas entre os membros da família fazem a criança sentir-se amada.  A presença de um pai e a sua atenção total podem significar muito mais do que um simples presente. O tempo passado no chão da sala a jogar ou a ler um livro, nunca será tempo desperdiçado. A presença dos pais num programa natalício, tipo festa da escola, é uma das formas de transmitirmos à criança que ela é amada e valorizada.

Quando os pais desaceleram e se reposicionam, eles poderão dar memórias muito felizes aos seus filhos e poderão ir de encontro às reais necessidades desenvolvimentais. Manter estas necessidades em mente poderá ajudar os pais a filtrar o ruído provocado pela expetativa externa relativa à época natalícia. Os pais deveriam permitir-se relaxar, lembrarem-se que está tudo bem quando se diz Não, especialmente quando dizer Não significa passar mais tempo com os seus filhos.

Aproveite a época natalícia e viva na plenitude a sua Família!

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografia: D.R.

Feira da Bagageira

FEIRA DA BAGAGEIRA EM CORROIOS. 10 dezembro

gostamos 1
Tens tralha para despachar e não sabes o que lhe hás-de fazer? O que para ti já não serve pode ser útil a outros. Que tal desfazer-te disso de uma forma diferente? Se tens artigos em segunda mão, velharias, reciclados e projectos inovadores mete tudo na mala do carro e faz dela a tua banca de vendas na Feira da Bagageira na Quinta da Marialva em Corroios das 10h às 17h. Quando terminar fechas a mala e arrancas.

A ideia da Feira da Bagageira promove a protecção do ambiente, evitando excessos de produção, contribuindo para a sustentabilidade do planeta e do orçamento mensal lá de casa.

Não te inibas, traz tudo o que está a mais na garagem ou na casa da avó. Das roupas aos acessórios, artigos de decoração, mobiliário, livros, brinquedos, discos a peças recicladas.
Vai ser uma boa oportunidade para encontrar artigos interessantes a um preço acessível.

Para tornar o dia ainda mais interessante e acompanhar-te nesta viagem tens DJ, animação, massagens e ateliers de reciclagem.

A Entrada é Livre para o Público. As inscrições já estão a decorrer aqui e podes esclarecer todas as questões enviando um e-mail para: feiradabagageira@gmail.com. 

Boas vendas e boas compras.

Nós aqui temos a Feira da Bagageira.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Imagem: Koi Park

PaisNatalMotard

DESFILE DE PAIS NATAL MOTARD NA MARGEM SUL. 8 e 16 dezembro

 

Se estava resistente em falar do Natal, agora ninguém me para. OMG! É que é muito acontecimento, muita celebração, muita festa e tudo e tudo e tudo.

Este ano os Pais Natal aqui na margem sul não se ficam pela mais tradicional parada, caminhada ou como lhe queiram chamar. Isto é para se andar mais depressa que esta altura do ano é muito atarefada para estes senhores, que também já não estão a ir para novos e precisam de toda a ajuda para descansar o “lombo” e fazê-lo andar mais rápido.

Então temos primeiro o Desfile Pais Natal Motard 2017, com a organização do Grupo Motard Paladinos, Grupo Motard “Os Lusitanos” e Motoclube do Seixal no dia 8 de dezembro. O ponto de encontro e partida será no Quartel dos Bombeiros Mistos de Amora a partir das 15 horas e com partida prevista para as 15:30, o trajecto será por algumas ruas do concelho do Seixal e terminará junto ao Mercado Municipal do Seixal com convívio na Sede do Grupo Motard Paladinos.

Juntem-se a eles para espalhar a magia do Natal Motard nas ruas do concelho e de virem vestidos de Pai Natal. Oh! Oh! Oh!

Mas Corroios não quis ficar atrás, que estes meninos, também lhe dão bem nas 2 rodas e então no dia 16 de dezembro, irão desfilar nas 2 rodas para o Desfile de Pais Natal do Moto Clube de Corroios. O encontro será na sede, na Rua Álvaro Ferreira Alves, nº 28 às 10 horas. Animem-se e animem a malta, que vão deixar a criançada muito feliz.

Nós aqui temos desfiles de Pai Natal Motard.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

AldeiaNatalSeixal

ALDEIA DE NATAL DO SEIXAL. 7 a 23 dezembro

celebramos 1

Está aí à porta a Aldeia de Natal do Seixal. E até rima, porque o entusiasmo que estas iniciativas causam assim o justifica. De 7 a 23 de dezembro, o núcleo urbano antigo do Seixal transforma-se num espaço onde se vive em pleno a quadra natalícia e com tudo o que esta tem de direito: diversão para toda a família, pista de gelo, comboio de Natal, teatro infantil, animação, música, insufláveis, selfie points e um Mercado de Natal com gastronomia e artesanato, onde não faltará a doçaria da época e ideias de presentes para este Natal.

A Aldeia Natal do Seixal abre as portas no dia 7 de dezembro, a partir das 18 horas.

AldeiaNatalSeixal2

No dia 17 de dezembro, às 15 horas, na Sociedade Filarmónica União Seixalense, realiza-se o Natal do Hospital no Seixal, com a presença dos nossos amigos Anjos, Diamantina, David Antunes, Vitorino e muitos outros. Mas, para que não te escape nada, aqui vai o programa:

Nelson e Sérgio Rosado

Anjos | Nelson e Sérgio Rosado

Praça da República:

Ateliês infantis
Espaço lounge com histórias e filmes de Natal
Hospital das Brincadeiras
Casa do Pai Natal
Campanha 1 Voto pelo Hospital do Seixal

Avenida D. Nun’Álvares Pereira:

Pista de gelo
Animação de rua
Selfie Points

Praça dos Mártires da Liberdade:

Mercado de Natal: gastronomia e artesanato
Concertos e animação musical
Carossel francês
Insufláveis de Natal
Árvore de Natal

Comboio de Natal

Paragens: Quinta dos Franceses, Rua Paiva Coelho e Largo dos Restauradores

Passeios de charrete

Natal do Hospital no Seixal

17 de dezembro, às 15 horas
Sociedade Filarmónica União Seixalense

Nós aqui temos Aldeia de Natal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Joel Reis

Feira de Natal

FEIRA DE NATAL NA AMORA. 7 dezembro

gostamos

E é desta. É desta que estou rendida ao Natal e que já estou pronta para que este mês seja inteirinho de ohohoh!

Como sei que vocês desse lado estão danadinhos para entrar na celebração, conto-vos tudo do que vem por aí. E a Feira de Natal da Amora vai ser no Largo da Feira da Amora junto à escola Paulo da Gama (zona ribeirinha). Começa já no dia 7 Dezembro e vai durar até 7 Janeiro todos dias a partir das 15h as 24h.

Ele vai ter circo e os mais variados divertimentos. Também tem comes e bebes, jogos tradicionais e muitos novidades. Depois disto, só me resta desejar-vos um excelente Natal.

Nós aqui temos Feira de Natal.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

88093665

NATAL: A IMPORTÂNCIA DOS RITUAIS DE FAMÍLIA. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

Chegou Dezembro e com ele o cheirinho a Natal! Lá fora os cenários modificam-se, são luzes que piscam, ora na iluminação de rua, ora na casa de cada um que decide decorar a sua casa especialmente para o Natal. Ainda encontramos muitos Pais Natais pendurados nas varandas, Pais Natais nos grandes centros comerciais, mas esses são só ajudantes, porque o Pai Natal, sim, o verdadeiro Pai Natal está lá longe, no Pólo Norte muito atarefado juntamente com a sua equipa de anõezinhos a ultimar as listas de presentes, a dar os últimos retoques aquela boneca que a Maria tanto queria…sim, o verdadeiro Pai Natal não consegue estar em todo o lado a dar atenção aos pequeninos. Por isso, contrata tantos e tantos ajudantes parecidos com ele, mas que efetivamente não têm a “dita magia do Natal”…

Uma das dimensões que distingue as famílias diz respeito aos seus rituais, isto é, à forma como vivenciam as atividades partilhadas, sejam elas de caráter quotidiano, sejam datas festivas, mais esporádicas e pontuais.

Cá em casa o Natal sempre foi vivido de forma muito Especial e com muita magia, desde o primeiro dia de Dezembro, em que habitualmente se montava a árvore de Natal e onde se inaugurava o calendário do advento.

calendário do advento

Cada dia, ou antes em cada noite os anõezinhos deixavam recados, mensagens, pequenos presentes simbólicos que faziam com que cada acordar de Dezembro fosse sempre em grande excitação.

Os rituais familiares são privados a cada grupo familiar porque possuem significados diferentes. Estes rituais permitem estabelecer um sentido de estabilidade e de pertença único em cada família.

As noites de consoadas são passadas das mais diversas formas e com diferentes características de casa para casa, tudo se altera, desde a ementa da noite, a forma como são trocados os presentes, a decoração da casa. No entanto no seio da nossa família a manutenção destes rituais reforça os valores familiares e as próprias heranças familiares.

Ao longo dos anos todos sabiam que chegando a meia-noite o Pai Natal surgia no céu e deixava o seu saco de presentes à porta. Todos se lembram da noite em que Ele distraído deixou o barrete pendurado no portão, todos se lembram de ver a cauda da rena quando já iam de saída.

3dab08e2-5f64-4c9b-b646-ae7b65442a61-754x394

Agora, já todos mais velhos, uns a entrar na idade adulta, outros na efervescente adolescência, tentam manter a tradição para os pequeninos que começam a surgir e recusam-se a abandonar a Magia de outrora.

Essencial será criarmos memórias afetivas que os acompanhem ao longo da vida, que os remeta para uma estabilidade emocional, para o sentido de união / reunião Familiar, onde todos têm o seu lugar desde o mais velho aos mais pequenino.

E os miúdos podem ser envolvidos nesta celebração logo desde início, com a decoração da casa e da árvore de Natal. Na cozinha, fazendo bolinhos e partilhando as receitas de família, na noite e dia de Natal recebendo todos com alegria e celebrando esta grande reunião anual.

Deixo, pois, aqui os meus desejos que aproveitem esta época natalícia e usufruam da companhia uns dos outros e ofereçam muitos presentes do coração, construídos por cada um de vocês e sempre a pensar no outro.

Feliz Natal!
Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.

Azeitonas

PASSAGEM DE ANO EM CACILHAS. #programadasfestas

celebramos 1

Ainda não falei este ano do Natal e já estou a dar dicas para a passagem de ano. Isto está bonito, está! A verdade é que como já partilhei aqui não ando nada natalícia este ano! Não sei o que se passa comigo, porque é algo que começo a viver desde outubro e este ano a passar-me ao lado!

Diziam-me que era do tempo, mas já não faz sentido tal argumento. O frio já se faz sentir em todas as extremidades do meu corpo! Pronto, este ano vou começar ao contrário. Vou falar da passagem de ano antes do Natal. Mas, aguardem-me, que eu também lhe vou dar voz.

Este ano os cabeça de cartaz da Passagem de Ano em Cacilhas são os Azeitonas. A entrada é livre e a festa começa a 31/12 às 23h para a entrada em 2018, junto à Fragata D. Fernando II e Glória.

Programa já tens, só te falta reunir as passas e pensar nos teus desejos para 2018.

Nós aqui temos passagem de ano.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

S.Silvestre

RUN MARGEM SUL, RUN! #SãoSilvestre 3 e 16 dezembro

Pernas para te quero? Para das umas corridinhas, lá está e em dezembro não temos 1, mas 2 S. Silvestre para poder bater perna e correr pela margem sul.

S. Silvestre.1JPG

A primeira S. Silvestre é já este fim de semana, no dia 3 de dezembro à 9h em Corroios, mais precisamente na Quinta da Marialva e vão-se percorrer ruas de Corroios. Estás à espera de quê para dares ao corpo ao manifesto e participares na prova?

S.Silvestre3

Não comeces com desculpas de ser muito cedo e estar fresquinho, faz-te à corrida sem lamentos. Mas, vá se para ti a hora é uma violência tens a S. Silvestre de Almada a 16 de dezembro que começa às 17:30h!  Mas se és mesmo valente, dá um perninha em cada uma delas, que é como quem diz, corre nas duas que isso é que é de valor!

S.Silvestre2

Põe-te a milhas que tens alguns quilómetros para palmilhar!

Boas corridas.

Nós aqui temos S. Silvestre.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

 

chocolate2

II FEIRA DO CHOCOLATE DE AMORA. 30 novembro a 3 dezembro.

degustamos

Pára tudo! Voltou a Feira de Chocolate? Aqui, na South Bay? Antes do Natal? A sério? Querem acabar com a minha linha ainda antes de eu definir dar cabo dela? Menos, não tenho a minha silhueta preparada para este embate. Disseram Cho-co-la-te? Ok, a silhueta arranja espacinho em menos de nada. São 4 dias de deleite, que mal é que pode fazer?

Quanto a mim nenhum. Mas, eu vejo sempre o lado positivo (ou tento, vá) e a compensação que o efeito chocolate traz à minha pessoa vale tudo. E o Natal, ainda está para chegar.

Por isso temos pelo segundo ano consecutivo a Amora recebe a Feira do Chocolate, nos dias 30 de Novembro, 1, 2 e 3 de Dezembro, no Jardim do Fogueteiro.

Vamos poder saborear os mais belos doces de chocolate e outra gastronomia variada, bem como artesanato e muita animação de rua. E que tal, juntar o útil ao agradável e tratar de alguns presentes de Natal? Just saying…


Venha escolher as mais criativas lembranças de Natal, na Feira do Chocolate de Amora, no Jardim do Fogueteiro! Ora, toma nota:
ChocolateAmora

30 de novembro (5ª feira)
18 horas – Abertura da Feira
Atuação de Fernando Showman
24 horas – Encerramento

1 de dezembro (6ª feira)
12 horas – Abertura da Feira
15 horas – Atuação da Tuna da Unisseixal, no palco
Animação de rua com Mágico

2 dezembro (sábado)
12 horas – Abertura da feira
15 horas – Atuação da turma de Cavaquinhos e Bandolim do professor Mário Fortuna da Unisseixal, no Palco
Animação de Rua de Antas e Malabares
21 horas – Música com Ricardo Silva
24 horas – Encerramento da feira

3 dezembro (domingo)
12 horas – Abertura da Feira
15 horas – Atuação do Grupo Coral e Instrumental “5 de Janeiro” da AURPIA no Palco
Animação de Rua com Estátuas de Chocolate
16 horas – Animação com Palhaço
20 horas – Encerramento da Feira

Nós aqui temos feira de chocolate.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

2aniversario

2º ANIVERSÁRIO DO LISBON SOUTH BAY BLOG – A IDADE DAS BIRRAS

agradecemos isto 1

2 anos. Passaram 2 anos desde o dia do lançamento do Lisbon South Bay blog! Na verdade, já são 2 picos, porque antes do lançamento houve muito trabalho para ter “o circo montado”, mas olhando para trás, passou num ápice. 2 anos de muitas histórias, de muitos bons momentos, de muitas boas dicas e sugestões. Mas, invariavelmente, os 2 anos são a idade das birras. E nós aqui, não somos diferentes. A mim, quando me batem, batem forte e feio, mas também me passam depressa que isto dá 2 trabalhos: ter a birra e depois sair dela.

Muitas coisas mudaram desde o dia do lançamento. Quando contei aqui como o projeto nasceu o envolvimento era outro. A família está diferente, mas os filhos de pais separados têm a vantagem de conhecer novas perspectivas e experiências. Começar um projeto, criar algo novo é sempre muito exigente, mas agora posso concluir que a maior prova de fogo é manter. É como as dietas, começar é difícil, manter é que são elas. Manter exige disciplina, rigor e disponibilidade. Mas quem corre por gosto não cansa, e eu não quero queixar-me. Pelo contrário. Quero agradecer. Agradecer a todas as pessoas que direta e indiretamente contribuem para manter este pequeno de pé e a crescer saudavelmente todos os dias. Às inúmeras sugestões que recebo e que nem sempre consigo experimentar, a quem critica de forma construtiva, a quem também contribui com conteúdos no blog.

Recordo quem agradeci e nunca vai ser demais para retribuir o que fizeram para que este projeto estivesse de pé. Estou particularmente grata por terem acreditado e por viabilizarem a ideia. Os seguidores, os clientes e os parceiros – com um especial carinho para quem verdadeiramente abrilhanta este blog – a Helena Gonçalves Rocha, que semanalmente nos dá dicas extraordinários, para o nosso maior projeto de vida e que não vem com manual de instruções – os nossos filhos. Mas, permitam-me hoje um especial agradecimento ao maior culpado disto tudo. Ao meu partner in crime – o Rui, a.k.a., Ruca. Ele não vai gostar, não vou ter os créditos que tive com a minha irmã, mas ainda assim vou arriscar.

Ainda hoje recordo o dia em que a ideia do blog surgiu. Ela surgiu precisamente por causa do nome, que há quem conteste, mas que para mim continua a fazer sentido. Foi no verão de 2015. Estava na praia e li a notícia da nova designação criada para tornar atrativa ao exterior a região da margem sul – Lisbon South Bay blog. E isto foi como um momento: – Eureka! A designação que faltava para elevar a margem a sul ao estatuto que merece. Os conteúdos do blog iriam justificar porquê. Quando partilhei a ideia com quem me fomentou a paixão pela margem sul (o meu partner in crime) a minha expectativa era ter uma reação que colocasse em causa, que me alertasse para as impossibilidade, para as dificuldades e para o investimento (onde entrou com uma generosa parte). Até porque se há pessoa assertiva e que não se deixa embandeirar em arco e di-lo como uma “bota da tropa” é este partner. E eis que ele não só gostou, como praticamente me disse para me atirar de cabeça e que iria estar lá para ela não se partir toda. Incentivou e desde o início que está disponível para bater bolas, para usar os seus recursos e ainda torna possível dar corpo a algumas ideias. Muito obrigada.

Uma coisa é certa, com mudanças de estratégias e até do propósito com que foi criado, o Lisbon South Bay blog é um projeto do qual sempre me orgulharei de fazer parte.

2aniversario

Da parte que me toca, aqui estarei enquanto me der gozo e vontade de escrever sobre o melhor que acontece na margem sul. Uns dias com mais birra – os terrible two!, outros mais predisposta, porque contam-se pelos dedos os dias que não consigo escrever. E isso, faço aqui um desabafo – quando acontece deve-se a situações altamente dramáticas ou catastróficas, tais como: adormecer com o computador na mão, estar a desbundar numa festa, partilhar bons momentos com os amigos ou simplesmente, porque não consigo escrever uma linha de jeito! Como veem, isto nem sempre é fácil! Por isso também estou disponível para dar espaço a quem já se tem manifestado em partilhar o que melhor acontece na margem sul ou na Lisbon South Bay. Eu aqui, alinho nisso.

Obrigada a todos, mas principalmente a ti, que estás desse lado.

Nós aqui celebramos 2 anos.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar