Hospital Seixal

GOVERNO APROVOU A CONSTRUÇÃO DO #HOSPITAL DO SEIXAL

aplaudimos 1

O presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, afiançou aos jornalistas no final da reunião com o ministro da saúde, Adalberto Campos Fernandes, que foi dada luz verde para a construção do hospital do Seixal. Esta é uma excelente notícia para o município do Seixal.

Estimando que o hospital estará construído em 2019/2020, Joaquim Santos referiu que irá custar cerca de 60 milhões de euros. O hospital será de pequena dimensão – terá 72 camas. O valor da obra não vai recair sobre o erário público, pois a população do Seixal, paga ao Estado, “só em IRS”, 120 milhões de euros por ano, por isso também vai ter o meu contributo.

O autarca referiu ainda que faltam na península de Setúbal 1.300 camas hospitalares e cerca de 715 médicos relativamente à média nacional. Nesta reunião também estiveram os presidentes das câmaras de Sesimbra e de Almada, pois os três municípios comprometeram-se a trabalhar numa solução para ajudar a aliviar a lotação excessiva que tem o hospital Garcia de Orta, em Almada.

A unidade está projetada para ser um equipamento de proximidade, vocacionada para os cuidados em ambulatório, com serviço de urgência a funcionar 24 horas, 72 camas, 23 especialidades e unidades de apoio domiciliário e de medicina física e de reabilitação.

Nós aqui vamos ter o Hospital do Seixal.
Nós aqui vamos ter isto.

Fonte: O Observador

35645506_399023333937318_6850753753750962176_o

O MERCADO DA ROMEIRA ABRE AMANHÃ. Por Catarina Laborinho

Vamos a isto

O lembrete chega-nos através de um dos nossos leitores, obrigada Luís, são estas notícias de que falávamos no outro dia 😉

Amanhã, dia 22 de Junho o Mercado da Romeira vai abrir as portas ao público. Com 12 espaços de restauração, junto ao rio Tejo, na Cova da Piedade, vai haver um cardápio variado para todos os gostos. Tapas, hambúrgueres artesanais, carnes com os melhores cortes, sushi, mariscadas, pastelarias… estas são algumas sugestões que vamos passar a ter acesso, aqui na nossa margem sul.

35648024_399051877267797_8058628780794576896_o

A Romeira, atual Mercado da Romeira, recuperado através de um antiga fábrica de cortiça, era também conhecida pela lavagem de roupa para Lisboa, e o local de refúgio nos anos 30 onde se deu uma procura de emprego massiva bem como de melhores condições e vida, vindo posteriormente, já nos anos 60 a instalar-se os estaleiros da Lisnave, principais impulsionadores do crescimento deste lado do rio. A Romeira vem hoje dinamizar aquela zona que durante tanto anos esteve abandonada e em estado decadente.

A partir de amanhã, aquela zona vai ficar mais rica!

Mercado da Romeira
Rua manuel José Gomes, nº101
Romeira, Cova da Piedade
Almada

Nós aqui vamos a isto
Nós aqui temos novo spot na Margem Sul

Texto: Catarina Laborinho

Rock-in-Rio

VAMOS AO ROCK IN RIO? Por Catarina Laborinho

Screen Shot 2018-06-18 at 12.34.45

Os mais aficionados da margem sul vão já colocar em causa este artigo, “Mas que raio o Rock In Rio tem a ver com a Margem Sul?” Tem tudo, e quando digo tudo, é tudo mesmo, e sabem porque? Eu explico: NÃO VOU ANDAR A STRESSAR COM O CARRO, PORQUE ESSE FICA NO LADO CERTO! Estou a gritar? Nada disso, estou apenas a fazer-me ouvir 😉

Malta, este ano a Fertagus tem um serviço especial para o Rock in Rio, para quem vai da Margem Sul até à estação Roma-Areeiro. Por aqui já estamos em contagem decrescente para o evento mais esperado do ano. O segundo maior, já que o 1º já anda ao rubro, o Mundial da Rússia.

A pensar em todos os festivaleiros, a Fertagus vai ter um comboio suplementar para os dias do evento, às 1:45h nos dias 23, 24 e 30 de junho. No dia 29 de junho, apenas será efetuada a extensão do último comboio das 01h28 até Setúbal.
A distância da estação Roma-Areeiro até ao recinto são uns meros 20 mints a pé. Sim, nós sabemos  que para quem não está habituado a andar é dose, mas lembrem-se que os acessos estão sempre condicionados logo a seguir à bomba de gasolina 😉

Mas, e como em tudo na vida há sempre um mas, estas não são as únicas apostas da Fertagus para o Rock In Rio. Irá decorrer igualmente uma campanha com a oferta do parque de estacionamento a quem adquirir dois bilhetes (ida e a volta) nos dias dos espetáculos. Se não é cliente assíduo do comboio da ponte está é sem dúvida uma ótima oportunidade de passar a ponte num tabuleiro abaixo, e sentir o conforto deste “gigante”, já para não falar na comodidade em não ter que se preocupar com o carro :)

Fertagus_RIR_2018_noticia_site-9733

 

Nós aqui vamos a isto
Nós aqui vamos com a Fertagus

Texto: Catarina Laborinho

FERTAGUS, LSBblog

 

venta-de-estampas-sueltas-del-rusia-2018-D_NQ_NP_881251-MLM27041259625_032018-F

JÁ CHEGOU O MUNDIAL E A CADERNETA DE CROMOS. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

É verdade cá temos novamente uma maratona de Futebol, senão é o Euro é o Mundial, não há como negar a cultura futebolística, mesmo para os que não apreciam, dia em que joga Portugal, o país pára e sustém a respiração…

Invariavelmente com cada Campeonato de Futebol vem também a sua própria caderneta de cromos, com folhas reservadas às equipas de cada país. E confesso que por vezes vejo “cada cromo da bola”!

Mas por que raio é que estou eu a falar do Mundial e da caderneta de cromos? É que esta é mais uma oportunidade de aprendizagem a vários níveis. E, se for como eu, que não é grande fã do futebol, aproveite algumas destas dicas para que esta coleção valha mesmo a pena:

# Literacia financeira

– Organize em conjunto com o seu filho um orçamento para a aquisição de cromos semanal (somente um x de pacotes de cromos por semana). Tudo o resto será ele que terá de conquistar, realizando pequenas tarefas para angariar fundos, trocando com os amigos, haja criatividade… (por favor pais, não vale facilitar, nem batotas nem fazer por eles. Se estiver assim tão entusiasmado, compre uma caderneta para si!

# Classificação e organização

– Ajude a organizar os cromos por número, por países. Oriente o seu filho para que vá marcando na lista global que acompanha a caderneta, os cromos que já tem.
– Ajude-o a criar uma nova lista de cromos que estão em falta e oriente-o para organizar os cromos repetidos.

# Motricidade fina

– Oriente o seu filho para que seja ele a descolar os cromos e a colá-los diretamente na caderneta (pode não ficar perfeito, mas é o trabalho dele. Se quiser uma caderneta perfeita, volto a dizer, compre uma caderneta para si!

# Relações interpessoais

– Promova a troca de cromos com os amigos, já existem grupos organizados e tudo. Mais uma vez contenha-se, quem deverá efetivar as trocas serão as crianças e não os pais. Recordo-me há alguns anos quando também tive cadernetas de cromos cá em casa que no bairro próximo de nós se organizavam grupos de trocas aos domingos de manhã e como o meu filho tentava que fosse eu a efetivar as trocas sem sucesso. Foi uma aprendizagem importante e devemos incentivá-los a fazê-lo. Mais uma vez, se quiser trocar cromos no emprego, via net para que a coleção acabe depressa, compre uma caderneta para si!

# Conhecimento do Mundo ( Geografia e cultura)

– Aproveite  para localizar no mapa as diferentes equipas que vão colecionando, fale um pouco sobre a sua cultura.  Saber onde fica a Argentina, quais são as suas tradições, que tipo de clima têm por lá, vai com certeza aumentar a curiosidade do seu filho sobre todos os países que participam no Mundial de Futebol 2018.

# Promover a leitura e a escrita

– De acordo com o nível de escolaridade do seu filho pode solicitar-lhe que elabore listas, por exemplo, ou que identifique todos os países que começam com determinada letra ou quem são os jogadores que têm no nome a letra L. Só tem que puxar um pouco pela sua criatividade.

# Promover os conceitos matemáticos

– Regularmente podem quantificar todos os cromos e fazer o cálculo de quantos faltam para terminar. Podem organizar os cromos por ordem crescente ou decrescente.

Afinal uma coleção de cromos, não é só uma coleção de cromos pode mesmo conter infinitas oportunidades de aprendizagem.
Experimente e ficaria mesmo muito contente de saber quais as atividades que conseguiu fazer e reinventar. E lembre-se, se quiser aquela coleção de cromos mesmo perfeitinha, compre uma para si!

Bom Mundial de futebol 2018 e que ganhe Portugal!

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Foto:D.R

 

 

dificuldade motora

“QUASE METADE DOS ALUNOS DE 2º ANO COM DIFICULDADES MOTORAS”. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

Espanto? Claro que não… Será que é desta que se vão conseguir acordar consciências? Será que é desta que se vai entender que as crianças precisam de movimento, que as crianças precisam de brincar, que as crianças precisam de descobrir o seu próprio corpo?

(Movendo-se, não através de fotografias ou de o visionamento de um vídeo sobre o tema.)

Será agora que os miúdos podem finalmente mexer-se? Confesso que começo a ficar cansada de tanto adulto impaciente com a irrequietude dos miúdos, com tanto adulto a querer que fiquem sentados e sossegados (mesmo que seja aos 3 anos, parece impossível…), de tanto adulto a sugerir a toma de medicação porque os miúdos se mexem demais.

Bom, será que as provas de aferição vão ter alguma utilidade? Será que finalmente os adultos, pais e educadores, irão perceber que para além da Matemática e da importância das Línguas Estrangeiras, os miúdos têm que conhecer e dominar o seu corpo até ao final das suas vidas?

Será que estes resultados nas provas de aferição, aliado ao facto de sermos os vice-campeões europeus em obesidade infantil, vão finalmente gerar mudanças?

E quando me refiro a mudanças, não coloco o único enfoque na forma como a educação física é lecionada no 1º ciclo, sim, claro que este é um fator importante, mas, não será muito mais importante a forma como os pais e educadores priorizam a atividade física na rotina diária das crianças?

Não será mais importante que os recreios estejam equipados com materiais e atividades que desafiem as nossas crianças, que lhes permitam uma adequada exploração motora?

Não será mais importante para as nossas crianças que aos fins de semana as idas ao shopping sejam substituídas por longas caminhadas pela Natureza?

Será que temos noção da verdadeira dimensão que devemos atribuir ao facto de um terço dos alunos do 2.º ano que fizeram a prova de Expressões Físico-Motoras manifestarem dificuldades em participar num jogo de grupo. Será que percebemos qual a verdadeira dimensão em termos futuros? Será que percebemos que no futuro o trabalho de equipa está em risco?  Será que entendemos que as interações geradas na prática de desportos coletivos na infância e adolescência são verdadeiras Faculdades para a vida no treino das competências sociais?

Será que damos a devida importância ao facto de 46% dos alunos não terem conseguido dar seis saltos consecutivos à corda e como este é um factor determinante ao nível do equilíbrio e planeamento motor, factores estes intimamente relacionados com a Atenção.

Sim, com a Atenção, agora já despertei a vossa própria Atenção, não é? A Atenção que permite à criança aprender e permanecer na tarefa. Sabia que o equilíbrio é um factor fundamental para o desenvolvimento desta capacidade?

É hora de mudar, é hora de priorizar a saúde física e mental das nossas crianças.

Brinquemos mais, arrisquemos mais, permitamos mais contato com a Natureza, permitamos mais desafios, mais jogo livre e mais autonomia!

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Foto:D.R

SAM_3134

UM SONHO QUE VIROU SORRISO. Por Catarina Laborinho

visitamos

Imaginem um mix, um Consultor Financeiro de uma prestigiada multinacional e uma Educadora de Infância que alimentava este sonho desde criança. Dá-se o clique, e o Sonho virou Sorriso, e foi assim que há 12 anos nasceu o Parque dos Sorrisos.

Tanto a Laura como o Luís tinham o mote bem definido, “o futuro começa aqui!”. E foi aqui que começou esta jornada.

Para quem anda no comboio da Fertagus, Estação dos Foros de Amora e agora também no Pragal, já reparou certamente no Parque dos Sorrisos, por outro lado pode ainda não ter reparado na dimensão do mesmo, mas garanto-vos que é de ficar impressionado.

Tive o prazer de conhecer os 2 espaços preparados para os mais pequenos, e, se anda à procura de um colégio para o seu filho, passe num dos dois porque vale a visita.

O espaço localizado na estação dos Foros de Amora, com estacionamento privativo para a tomada e largada das “mercadorias” mais delicadas, os nossos filhos, encontra-se inserido num espaço equivalente a 10 lojas. Isto disto assim não diz lá muito, mas converter em m2 estamos a falar em 700m2 de área coberta. “Caneco” a sério?!?!? É verdade, quem por ali passa nem dá por isso, já que só tem acesso ao espaço exterior, e esse tem aproximadamente 330m2 – também já é considerável – já dá para fazer altas corridas de triciclos :) Espaço há, e os triciclos também!

Na estação dos Foros de Amora, o colégio tem uma particularidade interessante, foi adaptado e pensado para ser “desmontado”, ou seja, sempre que há necessidade as paredes são recolhidas ficando quase todo ele em open space, permitindo uma maior interação nas típicas festas temáticas que todos nós temos durante o ano letivo. Vantagens? Muitas! Custos? Elevadíssimos! Mas se é para “fazer de raiz que seja bem feito” diz o gestor.

A interação em ambos os espaços tem a mãozinha do “mecânico”, “carpinteiro”, o homem dos 7 ofícios lá de casa, ou seja, o “Avô” do Parque dos Sorrisos, o Pai do Luís. É preciso fazer um barco em esferovite, o “avô” faz! Parece o meu Pai! É Sr. faz tudo! Qual é o avô que não quer participar nas atividades dos netos? Os “netos” que por ali andam não são todos dele, mas é como se fossem, o ambiente familiar em que se vive é tão reconfortante que nós mães, gostamos sempre mais, não é verdade?

Já na estação da Fertagus do Pragal o cenário é completamente novo. Numa primeira fase o Parque dos Sorrisos esteve igualmente num espaço de galerias, mas “não nos identificávamos com o mesmo” comentou o Luis, e há um mês foram de malas e bagagens para um edifício novo mesmo em frente à estação (do lado do estacionamento). É impossível não reparar nele, é verde água e são mais 400 m2 área coberta e 250m2 de exterior. Mesmo novo já está “forrado” com marcas dos mais pequenos, desenhos, trabalhos e afins, o cenário típico de um colégio em plena ebulição. Barulho? Claro que há, mas qual é o colégio onde não se encontram crianças a correr a saltar e a  brincar de alegria?! Qualquer um que se preze esta é uma constante, e aqui não é exceção.

É notória a felicidade dos mais pequenos, o que para nós Mães é um descanso quando sabemos que os nossos mais que tudo ficam bem entregues.

Parque dos Sorrisos

Há 12 anos, quando a Laura e o Luís passaram para 3D este projeto, o principal objetivo era proporcionar um espaço que fosse prático, ou seja, tendo em conta que o nosso dia-a-dia é uma constante loucura, onde num qualquer pit stop não demoramos menos de 20’, a ideia seria deixarmos os mais pequenos já a caminho do trabalho e sem grandes desvios. Foi exatamente isso que há 12 anos os levou a abrir o 1º colégio na estação da Fertagus.

Atualmente, na estação dos Foros de Amora, o horário de funcionamento é das 7 às 20h. Na estação do Pragal, o horário é mais reduzido, “mas porque ainda não houve necessidade de o alargar” – é das 7 às 19.30h.

Quanto aos adereços dos mais pequenos, esqueça tudo, é aqui que nós sorrimos :) O Parque dos Sorrisos trata de tudo, ou seja, só temos mesmo de deixar os rebentos. Fraldas, pomadas, toalhitas, lençóis, e outras tantas panóplias de coisas e coisinhas com que nos temos que preocupar quando eles ainda são de berço, aqui, não é preciso! E se é mãe sabe bem a jeitaça que isto dá :)

Se anda à procura de um colégio para o seu filho, se apanha o comboio numa destas estações – Foros de Amora ou Pragal – e não só claro, aproveite para visitar o Parque dos Sorrisos. Vale cada minuto. Vá por mim. AH, mas se vem de longe, não se esqueça que pode igualmente fazer ali um pit stop de 10’, em vez dos típicos 20 ou 30’, já que o comboio da Fertagus é de pontualidade britânica, já uma amiga da minha mãe dizia!

Nós aqui gostámos d’Isto
Nós aqui temos Parque dos Sorrisos

Texto: Catarina Laborinho
Fotos: Parque dos sorrisos

FERTAGUS, LSBblog

 

CriançaPaz

DIA DA CRIANÇA É NA PAZ. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

 

Ora pois bem, está a chegar aquele dia dedicado aqueles seres mais energéticos, birrentos, fofos e insuportáveis. Sim, estou a falar dos melhores do mundo – as crianças. E não se ponham já aí a arfar comigo porque lhes chamei “insuportáveis” porque quem ainda não se alterou com uma birra de uma criança que atire a primeira pedra. Faz parte.

Os seres mais queridos e fofos às vezes conseguem torrar-nos a paciência e conseguem resolver isso com um simples sorriso. Simples, não é? E é por isso que no dia da criança têm direito a tudo. E que tal passarem um dia na Paz? Ou melhor no Parque da Paz?

O Parque da Paz em Almada recebe estes seres magníficos, a partir das 10h30, com um programa inteiramente dedicado a eles e a estas festividades do Dia Mundial da Criança junta-se ao Festival Sementes.

Mas a festa não é só para a pequenada, porque nos dias que correm não os podemos mandar sozinho (calma, estava só a brincar!), mas a comemoração deste dia especial é para ser partilhada entre crianças e adultos, e há atividades programadas para divertir pequenos e graúdos. Alinhas? Ora vê:

Dia Mundial da Criança

O Monstro
Teatro de Rua e Marioneta
Eimer Tàrrega (Espanha)
Parque da Paz – 12h

Grão de Bico
Teatro
O Bando
Parque da Paz – 10h30 e 14h

Conta aqui, Conta ali
Contadores de histórias
Projecto ALRep
Parque da Paz – 10h30 e 14h30

Ouverture
Teatro de Rua Musical
Teatergruppen Batida (Dinamarca)
Parque da Paz – 11h e 14h30

Orquestra Gourmet
Música
Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade
Parque da Paz – 11h30

Corral Kaos
Teatro de Rua
Scurasplats (Espanha)
Parque da Paz – 15h

Os meus votos é de um dia com muita animação, mimo, abracinhos, carinhos, gargalhadas e vá, uma pequena birra, que eles nesse dia têm direito a tudo. Nós aqui, aguentamos isso.

Feliz dia da criança.

Nós aqui temos o dia da criança na Paz.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

31530522_632024350470500_3677435854504067072_n

E QUE TAL UMA AULA DE SURF? Por Catarina Laborinho

gostamos

Pois é, sabemos que o dia de hoje não está convidativo, aliás estou seriamente a pensar em voltar a calçar as botas visto que a chuva se lembrou de nos brindar de novo!! Mas… vai ser só até amanhã. Assim sendo, há que aproveitar o sol do fim-de-semana e para isso nada melhor que agendar uma aula de surf!!

Este sábado o tempo vai estar MARAVILHOSO, e se não tens nada para fazer ou se por outro lado andas há imenso tempo a querer experimentar chegou o dia, a hora e o momento. AULA DE SURF, com a SurfPro Surf School na praia da Mata pelas 10H. Eu já fui e adorei! Para mais informações o evento está criado no facebook.

N0 fim de semana passado foi assim…

,

Manda-te à água, porque vais ADORAR!

Das melhores sensações que podemos ter é sentir a água salgada no rosto… não é?

Nós aqui gostamos de Mar
Nós aqui temos isto

Contactos
surfprosurfschool@gmail.com // 939 219 023

Texto: Catarina Laborinho
Foto: Surf Pro Surf School Escola de Surf – Costa da Caparica 

ADOLESCENTES

ELES CRESCERAM. DESBLOQUEADORES DE CONVERSA PARA ADOLESCENTES. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

Já há algum tempo partilhei convosco algumas dicas para que conseguissem “arrancar” alguma informação sobre o dia-a-dia dos vossos filhos (reveja aqui o artigo); tipo perguntas mágicas naquela idade de jardim de infância e de escola primária. Mas eles cresceram, não foi?

Muitas vezes é bem verdade que não conseguimos acompanhar a atualidade dos temas de conversa, #naopercebonada #souumamaefixe. Bah!! Altamente fora de moda!

A verdade é que mesmo quando crescem os miúdos gostam mesmo de ser ouvidos, mais do que ouvir “grandes sermões” sobre limpeza e arrumação de quartos, métodos de estudo e o que serás tu no futuro senão estudas agora.

A adolescência é uma etapa bastante desafiante para todos, Pais e Filhos, e nem sempre a comunicação corre da melhor forma. Enquanto Pais temos de aceitar que eles estão a crescer e mantermos a nossa atitude de escuta bem activa.

Para além de os podermos ouvir, de que modo podemos “tentar” entrar no seu mundo?

Quando não há assunto, podemos sempre introduzir alguns temas desbloqueadores de conversa. Ora vejam:

# Qual foi o sonho que já tiveste que nunca mais vais esquecer?

# Qual foi a coisa mais embaraçosa que já te aconteceu? ( pode acrescentar a sua própria história embaraçosa)

# Se pudesses ser um personagem de um filme ou livro, quem serias?

# Se pudesses fazer uma coisa todos os dias para o resto da tua vida sem teres de te preocupares com as despesas, o que seria?

# Se pudesses ser o melhor do mundo numa coisa o que escolherias?

# Se pudesses escolher ver o mundo em 3 cores, quais seriam?

# Qual é a tua memória favorita de quando eras pequenino?

# Se pudesses mudar o teu primeiro nome qual é que escolhias?

# Se pudesses jantar com 5 pessoas vivas ou já mortas, quem escolherias?

 Escolha 3 para pôr em prática esta semana e depois conte-nos como correu.

 

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Foto:D.R

Fatima2018

PEREGRINOS DA MARGEM SUL FAZEM ENTRADA TRIUNFAL EM FÁTIMA. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

Isto não é para quem quer, é para quem pode.

Perdi o conto às vezes que ouvi e provavelmente disse esta frase e depois deste fim de semana, aprendi que em relação à decisão de fazer uma peregrinação, é precisamente o contrário. Isto é mesmo para quem quer. Como disse a Ermelinda, uma peregrina do nosso grupo: “quem quer ir arranja motivos, quem não quer arranja desculpas”. Mai nada.

Depois de há 2 anos ter iniciado a minha primeira experiência como peregrina e de lamentar o ano passado não ter as condições físicas para o fazer, consegui mais uma vez, voltar a por o pé na estrada e pôr-me ao caminho para mais uma prova superada – ir a Fátima a pé.

Desenganem-se se acham que me atrevi a vir daqui, da margem sul. Em equipa vencedora não se mexe, e por isso segui o mesmo percurso da última vez. Saí da Fundada e tivemos 2 dias para chegar ao destino. Mas fiquei emocionada como a chegada do grupo de Fernão Ferro a Fátima. A margem sul entrou em grande estilo. Chegou, viu e venceu. A entrar pelo lado sul, vinham num grupo de mais de 150 pessoas, vestidos de igual (t-shirt azul), a cantar e numa espécie de marcha. Passo certo, organizado e com um ar de conquista emocionante. Consegui encontrar 2 pessoas conhecidas, que estavam concentradíssimas num momento tocante que fez eriçar os pelos de todos os passantes, que no passeio aplaudiam esta entrada triunfal. Aí está, a margem sul a mostrar como é que se faz, “jogam noutra liga – estão na champions”. 5 dias a rolar, mais de centena e meia de quilómetros só para vos dizer – Parabéns peregrinos de Fernão Ferro – sois os maiores!

FernaoFerro

Foto: grupo de Peregrinos de Fernão Ferro no Facebook

Já eu estou na distrital, mas honradamente posso declarar “missão comprida”. E cumprida, claro. Fui com o mesmo grupo da última vez, que tinha alguns elementos novos e para além da excelente companhia do meu pai, tivemos connosco, o meu primo Luís que não podia ter sido melhor companhia.

FatimaSantuario

O dia 13 de maio em Fátima e a nossa chegada ao Santuário

Na verdade, o que senti da primeira vez não foi igual. Foi mais místico e talvez um pouco mais emocionante. E, porquê? Acho que foi por não saber ao que ia e tudo era novidade. Mas este ano foi mais prazeroso. Estava mais preparada (embora ida aos treinos tenha sido abaixo dos mínimos olímpicos, mas felizmente não comprometeu), tomei mais precauções e previdências e fui mais a curtir. A admirar e a com toda a convicção que a chegada era já ali.

AgroalFatima

Chegada no dia 1 dos 3 estarolas

A conclusão que nós os 3 estarolas (o meu pai, o Luís e eu) chegámos foi que a nossa experiência foi muito mais de luxo que sacrifício. Ora, vejam – no primeiro dia depois de algumas dezenas de quilómetros no lombo, chegámos à pousada “do costume” e estivemos mais de 40 minutos numa espécie de piscina termal, com água gelada que dava aquele power nas pernas, que acalmou os músculos mais fervorosos. Seguiu-se um banhinho quente e uma boa travessa de caracóis para a abertura da época. Noite tranquila, WC privado e um pequeno-almoço com tudo a que se tem direito, antes de nos lançarmos novamente à estrada.

O dia seguinte, foi mais do mesmo. Não tivemos o banho, mas os mimos da minha mãe lá em Fátima e meus amigos, não há nada melhor no mundo que a comida e o colinho da mamã. A juntar a isto tudo, tive o prazer de conseguirmos chegar todos sem mazelas, com dores – no pain no gain. De poder usufruir da experiência da caminhada, da partilha e da generosidade de todos os que nos acompanharam. Aquelas pessoas com quem se criam laços para a vida e que nem sabemos bem explicar. Querem maior luxo que este?

Depois disto, a minha tarefa no santuário, foi seguramente fácil – A-GRA-DE-CER. E, já que a Nossa Senhora está ali para isso mesmo, também para pedir. Pedir que nos ajude a ser melhores e a desejar que todos possamos contribuir por um mundo melhor.

E a segunda peregrinação já cá canta. Esta ninguém me tira.

Nós aqui temos peregrinação.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

limpezaFonteTelha

NOVA LIMPEZA DA PRAIA DA FONTE DA TELHA. 27 maio. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

Estou sempre a dizer que em equipa vencedora não se mexe e tendo em conta o sucesso das últimas limpezas da praia, há que voltar a carga, porque infelizmente, ainda há muito para limpar e a praia é como o ar. É de todos. E para todos.
Mas se há cenário triste é ver uma praia que não está limpa. Não vamos deixar acontecer, e por isso, por favor, não deixem resíduos na praia. Nem beatas, nem restos de embalagens, nem cenas que demoram uma vida inteira a desaparecer e que em nada contribuem para o bem-estar do planeta e consequentemente o nosso. Ainda assim, há muito para poder recolher.
A AAN – Associação Alma Naturista juntou-se ao grupo Ambialistas e ao Núcleo de Ambiente e Sustentabilidade da FCT/UNL para organizar uma nova acção de limpeza na praia da Adiça – Fonte da Telha.
É no Domingo dia 27 de Maio, das 09h30 às 12h30 e a lista de material para além da tua presença é:
– Roupas e calçado confortáveis – sempre!
– Chapéu – precisamos da tua ajuda, mas não queremos que fiques doente.
– Protector solar – parece careta, mas nunca e demais lembrar. Um escaldão não é giro.
– Água e snacks – olhem que quem não é bom para comer não é bom para trabalhar!
– Luvas de protecção – a organização tem algumas para disponibilizar mas poderão não ser suficientes!
Nós aqui trabalhamos para uma praia limpa.
Nós aqui temos isto.
Texto: Marlene Gaspar