img

CAN(NES) LISBON SOUTH BAY CONQUER INTERNATIONAL INVESTORS?*

aplaudimos

Can(nes) Lisbon South Bay Conquer International Investors?

Yes, it Can(nes). *

Lisbon South Bay, a designação criada para a promoção internacional dos ativos imobiliários do Arco Ribeirinho Sul, foi apresentada pela primeira vez internacionalmente, no MIPIN, uma das maiores feiras de imobiliário do mundo, que decorre até esta sexta-feira, em Cannes, França.

Na minha vida profissional tive a felicidade de participar duas vezes no Festival de Publicidade em Cannes e tão bom saber que estão a promover a nossa margem sul num certame com aquela envolvência e condições! É tudo o que a nossa região merece. Não esquecendo o velho ditado usado pelos publicitários de que “o que se passa em Cannes, fica em Cannes”, só precisamos saber que internacionalmente vão ficar rendidos.

O pavilhão promove três municípios da margem sul do Tejo, mostrando a localização e as condições dos parques empresariais do Barreiro, do Seixal e, a Cidade da Água, o mega-projecto imobiliário, de 1,2 mil milhões de euros, previsto para os antigos terrenos da Lisnave na Margueira, em Almada.

Este projeto, a.k.a. como Almada Nascente, tem 630 mil metros quadrados para construção de habitação e serviços, com dois quilómetros de frente de rio, e prevê a edificação de uma marina, um terminal multitransportes, hotéis, lojas e escritórios, além de áreas culturais e de lazer. Não querendo parecermos tendenciosas, embora suspeitas, mas esta é a melhor vista sobre Lisboa! E, nós aqui temos isto.

A ideia é construir esta nova cidade com dinheiro privado, ao longo de 20 anos e esta iniciativa procura investidores estrangeiros, promotores imobiliários ou fundos financeiros imobiliários interessados em comprar os direitos e promover a construção.

E a promoção do que é nosso, começa cá dentro e, nós podemos afirmar que temos a melhor e mais inspiradora região do mundo. Exagero? Talvez. Mas, nós aqui, acreditamos nisto.

Nós aqui, promovemos a margem sul em Cannes.
Nós aqui temos isto.

Fonte: Público

* Pode a “Lisbon South Bay” conquistar investimento internacional?

Sim, pode!

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *