Golfinhos

NASCERAM DOIS GOLFINHOS NO ESTUÁRIO DO RIO SADO

aplaudimos

Nada como ter boas notícias. No Natal ainda sabem melhor. E foi com muita felicidade que recebemos a notícia do nascimento de duas crias pertencentes à população residente de roazes do Estuário do Sado. As crias já têm 4 e 2 meses cada, mas o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas) optou por não divulgar logo estes nascimentos para proteger as novas crias. E nós aqui não ficamos chateadas, não. Ficamos muito contentes por estas estarem de boa saúde.

Golfinhos Tejo

Golfinhos

A população de roazes conta agora com 29 animais. Queremos desejar as boas festas também a esta população. Um ano com muita saúde e aguentem-se aí que nós gostamos de vos ter por cá.

A escolha dos nomes para as duas crias será feita pelos alunos de uma escola do 1º ciclo do concelho de Setúbal com o envolvimento do município.

Nós aqui temos duas crias.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte e foto: Diário da Região

Forte da Trafaria

FORTE-PRESÍDIO DA TRAFARIA ESTÁ ABERTO AO PÚBLICO. até 11 de dezembro.

gostamos 1

Aproveita, para entrares no xelindró de forma voluntariosa pois só está aberto até 11 de dezembro e crime é não aproveitar esta oportunidade.

A Trafaria libertou o Forte-Presídio para ser visto pelo público de sexta-feira a domingo, até 11 de dezembro. Esta “abébia” deve-se à Trienal de Arquitetura de Lisboa. O edifício é do séc. XVII, mais precisamente de 1683, mandado construir pelo rei D. Pedro II. Este edifício já teve uma série de propósitos:

# fortaleza;
# lazareto;
# presídio durante o liberalismo e no Estado Novo;
# fábrica de guano de peixe;
# viveiro das matas nacionais;
# abrigo de galeotas reais e;
# habitação particular.

Aproveita para conheceres este lugar cheio de história e aproveita para uma visita ao centro histórico da vila piscatória da Trafaria onde se pode chegar de barco com uma magnífica vista sobre Lisboa.
A Trafaria era também local de eleição de Bulhão Pato, por isso podes experimentar amêijoas ao seu jeito, bem como outras iguarias nos restaurantes da vila. Era aqui o Bulhão Pato caçava e cozinhava para os amigos.

Nós aqui temos o ex-presídio da Trafaria.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte: Cidadania LX

PresidentesCamaraMargemSul

NOVOS INVESTIMENTOS NA MARGEM SUL

gostamos 1

Hoje abrimos com um registo mais sério, porque a escrita não é nossa. Partilhamos a notícia do Jornal de Negócios em que informa que o Governo vai investir naquilo que um outro governo um dia disse não ser um “deserto”. Ora vejam.

“Governo abre a porta a investimentos na margem Sul 

Os autarcas de Almada, Barreiro e Seixal reuniram há cerca de duas semanas com o primeiro-ministro António Costa e os ministros do Mar, Infra-estruturas e Ambiente sobre o avanço de projectos que consideram estruturantes nos antigos terrenos da Lisnave, Quimiparque e Siderurgia Nacional. Investimentos como a Cidade da Água na Margueira (Almada), o novo terminal de contentores do Barreiro ou a instalação de novas indústrias no Seixal dependem ainda de questões administrativas, decisões políticas e resolução de passivos ambientais.

Ao Negócios, Carlos Humberto, presidente da Câmara do Barreiro, sublinhou que esta primeira reunião com o primeiro-ministro foi “um bom sinal”. De António Costa, os autarcas obtiveram garantias do empenho do Governo para concretizar os projectos, promovidos agora sob a marca Lisbon South Bay pela Baía do Tejo, empresa do universo Parpública. O Executivo, adiantou Carlos Humberto, considera o projecto “de interesse nacional”, entende que “deve ser visto como um todo” e reconhece a sua importância “como dinamizador regional”.

Impulso em 2017

Os três autarcas têm reclamado maior celeridade, até por estarem em causa investimentos que, no total, podem ultrapassar os 1,7 mil milhões de euros na região e para os quais já há interessados. As razões para a demora diferem em cada um dos concelhos.

No caso de Almada, o projecto Cidade da Água, nos terrenos da antiga Lisnave, está aprovado desde 2009 e representará um investimento da ordem dos 1,2  mil milhões de euros. Três investidores – um americano, um chinês e um britânico – já fizeram mesmo chegar cartas de intenção à Baía do Tejo. No entanto, problemas administrativos, designadamente quanto à titularidade dos terrenos, que está há três anos por resolver, têm atrasado o processo. Ao Negócios, Joaquim Judas, presidente da Câmara de Almada, adiantou que  já haverá “acordo de princípio para passar para a Baía do Tejo até ao final deste ano”. Depois deste passo, faltará apenas definir o modelo e lançar o concurso, o que acredita que acontecerá em 2017.

No Barreiro, Carlos Humberto também espera que sejam dados passos no próximo ano relativamente ao novo terminal de contentores. A ministra do Mar tem feito depender o projecto da conclusão dos estudos que viabilizem a infra-estrutura, assim como da existência de investidores interessados. Neste momento, falta que a Administração do Porto de Lisboa (APL) entregue os estudos à Agência Portuguesa do Ambiente para esta se pronuncie.

Além da Maersk, à autarquia e à APL já chegaram outras manifestações de interesse no projecto, que exigirá um investimento da ordem dos 500 milhões, mas “pode arrastar mais”, frisa o autarca. O terminal, que será instalado em terrenos conquistados ao rio, funcionará como investimento âncora para que outras empresas se possam instalar nos 300 hectares de terreno da Baía do Tejo na antiga CUF. “Apenas falta a decisão política suportada no estudo de impacto ambiental”, sublinha Carlos Humberto, para quem “no primeiro semestre de 2017 podia ser tomada a decisão”.

No Seixal, o grande problema é a descontaminação. Joaquim Santos, presidente da autarquia, diz que são precisos 50 milhões de euros para resolver o passivo ambiental em terra (mais 40 milhões na água). “Já foram executados 13 milhões e em 2017 serão mais seis – faltam 30 milhões”, afirma, sublinhando que “ainda não se chegou a metade do caminho”. O responsável revelou ainda que da parte do Ministério do Ambiente “há disponibilidade para avançar com mais candidaturas a fundos europeus” para resolver o problema, em que a comparticipação nacional é de 15%. O autarca garante que há interessados nacionais, na área da logística e indústria, na zona que já está descontaminada.

INVESTIMENTOS

Autarcas querem decisões

São 900 hectares disponíveis na margem sul do Tejo para projectos urbanísticos, logísticos e industriais.

Cidade da água na antiga Lisnave
Nos 53 hectares de terreno que serviram para a construção e reparação naval está prevista a construção do grande projecto urbanístico Cidade da Água. Serão 630 mil metros quadrados de área bruta de construção, destinada a habitação, empresas, comércio, hotéis e espaços de cultura e de conhecimento. Contará ainda com uma marina e um terminal de transporte multimodal.  O grupo que ganhar o concurso ficará obrigado a cumprir o projecto, o qual foi aprovado e publicado em 2009.

Barreiro quer novo terminal
O Barreiro espera que a decisão política quanto à construção de um novo terminal de contentores, iniciativa lançada pelo anterior Governo, avance. No parque empresarial que a Baía do Tejo tem no Barreiro, com 287 hectares, estão actualmente instaladas cerca de 200 empresas, mas outras já terão mostrado interesse em expandir-se ali caso seja construído o terminal.

Seixal preparado para Indústria
Dos territórios promovidos no âmbito do Lisbon South Bay,  o Seixal é o mais preparado para a indústria pesada. Os 400 hectares da antiga Siderurgia disponíveis não estão ainda descontaminados na totalidade e, só para os solos, serão necessários 50 milhões de euros.  Indústria, logística e serviços são as principais vocações desta área. Já há contactos com um empresa portuguesa para investir no território, na zona que já foi alvo de descontaminação. O autarca do Seixal garante que há outros interessados. ”

Maria João Babo
Jornal de Negócios

Nós aqui temos investimento.

Nós aqui temos isto.

Fotografia: Miguel Baltazar

MannequinChallenge

E, O VENCEDOR DO MANNEQUIN CHALLENGE É…

aplaudimos

(Tam, tam, tam, tam…sons de tambores)… O Cristo Rei!

Ah, pois é! A nova moda que se segue nas redes sociais é o “Mannequin Challenge ”! Depois do desafio do balde do gelo, onde os nomeados levavam um balde de água gelada, temos agora a loucura e a histeria com o #Mannequin Challenge! Só que este, não é por nenhuma causa. É só porque sim!

O #Mannequin Challenge consiste em ficar imóvel, “congelar” como se fossemos manequins e ficar-se espetacular, daí o desafio esclarecido pelo próprio nome. O “desafio do manequim” tem adeptos nos quatro cantos do mundo e a onda é crescente, até porque emblemáticas figuras já participaram – a NBA, equipas de ginástica, Michelle Obama que congelou ao lado dos Cleveland, a comitiva da Hillary Clinton – e foi antes do das eleições, porque quando souberam do resultado também congelaram, mas aí não foi intencional! Oh, valha-nos Santa Engrácia, que nós aqui também nos aconteceu! Mas adiante, nós aqui somos o palco que melhor acontece, por isso essa história aqui não tem lugar!

Já em terras lusas, também temos ilustres participações. A equipa da Rádio Comercial, a nossa seleção encabeçada pelo nosso capitão com um corpaço de fazer-nos também congelar os olhos, porque nem querendo – que não é o caso – dá para desviar as atenções daquela figuraça. Eu não sou de me entusiasmar assim fácil (vá pelo menos manifestar-me), mas há que dizê-lo com frontalidade – é um regalo para os olhos. É sim senhor. E sim, posso falar, que este assunto é “do melhor que acontece”. Ok, não é da margem sul, por isso adiante.

ronaldo-mannequin

Mas, ainda andavam todas estas “figuretes” de fraldas ou ainda nem projeto eram e já tínhamos uma participação irrepreensível neste desafio – o nosso Cristo Rei! Só podia ser da margem sul! E quem é que lhe atribuiu o prémio? Quem foi? NÓS, NÓS AQUI. E porquê? Só porque sim. E porque Ele dá as boas-vindas a todos os que veem à margem sul, de braços abertos e está congelado como ninguém! E experimentem lá estar de braços abertos mais do que um minuto e vejam lá o que elas custam! Ah pois é! Pimba, vão buscar.

cristo-rei

Vencedor do Mannequin Challenge eleito pelo Lisbon South Bay blog

A mim também me deve ter congelado o cérebro para escrever este texto! E vocês já participaram no desafio? Contem-nos tudo. Ou pelo menos o que interessa…

Nós aqui, temos o “vencedor” do Mannequin Challenge.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Cristo Rei – Tripadvisor, Interior giraffe.arvixe

Surf Pro SurfSchool

NÓS AQUI FOMOS SURFAR, OU TENTAR

gostamos

Quem vive deste lado sabe que consegue fazer outras atividades outdoor do que quem vive na outra margem, sim porque para nós, a outra margem é Lisboa para cima.
Nós aqui conseguimos fazer caminhadas, passeios de bicicleta e até mesmo ver e viver o mar, e foi isso que fui fazer.

Apaixonada pelo Mar desde que me lembro, o surf foi um bichinho que nasceu quando a visibilidade lá em baixo não me permitia ir mergulhar (outra das minhas grandes paixões).
Conversa puxa conversa, amigo trás amigo e conheci o Rui, o dono da Surf Pro SurfSchool, uma escola recente aqui na nossa South Bay e lá fui eu.

O ponto de encontro foi marcado na véspera, a Praia do Norte na Costa da Caparica foi o local escolhido para a aula deste dia. Depois de um pequeno briefing tivemos um mega aquecimento. Essencial para esta prática desportiva, já que vamos “mexer” músculos que nem sabemos que existem :)

O dia estava MARAVILHOSO e permitiu que o divertimento conjugado com toda uma disciplina fossem os ingredientes necessários para um dia em cheio.

2 horas depois saí da praia, molhada, cheia de areia e claro cheia de fome, mas radiante pela diversão e certa que irei repeti sempre que se proporcionar.

Surf Pro SurfSchool | Praia do Norte Costa da Caparica

Surf Pro SurfSchool | Praia do Norte Costa da Caparica

Obrigada Rui, #nosAquiAdorámos
Nós aqui aprendemos a surfar.
Nós aqui temos isto.

 

Surf Pro SurfSchool

Contactos
surfprosurfschool@gmail.com
TEL.: 939 219 023

1420840749_facebook-512 1427390732_Instagram-512

Texto: Catarina
Fotografia: Ana Marques Francisco
Filme: Surf Pro SurfSchool – Costa da Caparica

 

 

 

AlmadaForumEmas

O PRIMEIRO E ÚNICO CENTRO COMERCIAL COM CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL EMAS É NA MARGEM SUL.

APLAUDIMOS

Se há notícias que nos deixam felizes e contentes são aquelas que mostram que fazer o bem compensa. E, saber que o primeiro e único centro comercial que tem a certificação EMAS que é como quem diz Eco Management Audit Scheme  é na margem sul é um orgulho. E quem é o fofinho lindo detentor desta honrosa distinção? Como não podia deixar ser é o Almada Forum. Pimba vão buscar! O “deserto” tem destas coisas. Oh yeah!

Felizmente nos últimos anos e muito por culpa das novas gerações que já nascem ensinadas e “obrigam” os mais velhos a ter uma conduta sustentável, os atos que não preservem o ambiente não orgulham ninguém. Estas futuros adultos de amanhã estão sempre “a levar na cabeça” por serem uma geração que não se importa. Mas se há coisa com que eles se importam é com a sustentabilidade.

São eles e o Almada Forum! Este certificado EMAS distingue a aplicação de práticas e procedimentos na realização das atividades que permitam eliminar desperdícios, rentabilizar recursos e se traduzam na melhoria do desempenho ambiental. É bom saber que um “gigante” como o principal centro comercial da nossa região aplica estas práticas. Uma salva de palmas.

Assim trocado por miúdos, estas práticas que o Almada Forum adotou permitem que a poupança energética que faz dê para que dez famílias tenham eletricidade para 42 anos e que a poupança de água possibilite que dez adultos tomem duches diários durante mais de 124 anos! É obra, não é? São estas atos que nos fazem sentir felizes. Sabemos que um espaço para a comunidade com a dimensão do Almada Forum traz-nos muito conforto, mas também impacto ambiental. Por isso é bom saber que se preocupam, que que querem saber, que fazem a diferença.

sensibilidadeambientalAF

Torneiras e secagem de mãos com sistema de poupança no Almada Forum

São estes exemplos que queremos seguir. São estes exemplos nos inspiram. Partimos da margem sul mas aplicamos estes hábitos em qualquer ponto do planeta. Se o Almada Forum poupa isto tudo naquele espaço imenso, imagina os “pequenos nadas” que tanto podes fazer por ti e por nós. No mês e que se celebra o dia mundial da Poupança (dia 31 de outubro), deixamos aqui algumas dicas para isso. Não digas que é mais do mesmo, se não as praticas!

1# aparelhos que ficam dia e noite em modo stand by, NOT!
Isso consome energia sem necessidade, logo é desperdício. Se os tirares da tomada quando não estão em uso poupas na fatura da luz e o ambiente. #naodeixesosaparelhosemstandby

2# escolher os electrodomésticos mais eficientes
Sim, não olhes só para o preço do eletrodoméstico. Vê se é o mais eficiente, porque isso permite economizar e traz ganhos a médio prazo. #escolheeletrodomésticosmaiseficientes

3# usa e abusa da luz natural
Abre janelas, cortinas, persianas, deixa o sol entrar e iluminar a casa. A casa poderá vir a pagar mais IMI pela exposição, mas este ato ainda não paga imposto e além da poupança, melhora o nosso humor. Tudo em nome do sorriso estampado no rosto, certo? #usaeabusadaluznatural

4# quem é que nunca se esqueceu do carregador do telemóvel ligado na tomada? Atire a primeira pedra quem nunca o fez. Que raiva, a mim acontece mais do que devia! Mas, acreditem que este esquecimento gasta energia inútil. #nãodeixescarregadornatomada

5# prefere o estendal da roupa à máquina secadora
O sol ainda está por cá (ou, melhor tem dias em que anda por cá). A tarefa demora mais tempo, mas além da obscena poupança de energia as roupas são mais preservadas. #usaestendaldaroupa

6# torneira de água quente só quando é necessário
Ninguém te está a dizer para tomar banho de água fria (se bem que diz que tonifica a pele, ahahahah), mas muitas vezes deixamos a torneira “ligada no quente” e só nos apercebemos quando ela nos “queima”. Não custa nada, direcioná-la para o lado frio e só escolher a opção quente quando necessário. Estamos ou não numa região que prima mais pelo calor? #aguafriasemprequepossível

7# Torneira a pingar, não por favor.
O centro comercial tem esta coisa fantástica de “controlar” a água que usamos, pois só “abre a torneira” para o que é necessário. Em nossa casa esse gesto tem de partir de nós, a “robótica” tem de estar a funcionar na nossa cabeça. Fechar quando estamos a tomar a banho, a levar os dentes e não usamos. Este pequeno grande gesto poupa “litradas” de água, esse bem tão essencial ao nosso planeta. E, deixar torneiras a pingar, diria que é um crime, com o qual não queremos compactuar. #nãodeixestorneiraapingar

E tu? Que dicas sugeres?

Parabéns e obrigada Almada Forum por esta distinção. Aqui podes conhecer na íntegra esta certificação. Obrigada a ti e todos os que se preocupam com o planeta e querem um mundo melhor.

Nós aqui temos o único centro comercial com certificação ambiental.
Nós aqui temos isto.

Marlene Gaspar

SEIXAL GRAFFITTI

SEIXAL GRAFFITTI. 8 E 9 DE OUTUBRO

graffitamos 3 3

A arte urbana ao vivo e a cores vem ao Seixal já no próximo fim de semana. O Seixal Graffiti regressa dias 8 e 9 de outubro, sábado e domingo, entre as 10 e as 18 horas, com 16 artistas nacionais a intervir no muro da antiga fábrica corticeira Mundet.

São dois dias para divulgar e promover o graffiti e contar com a participação de novos talentos, sendo que grande parte destes são gente “da terra”, leia-se  jovens artistas oriundos do concelho.

seixal graffiti

Não perca a oportunidade de passear no fim e semana e apreciar uma arte urbana a atual.

Nós aqui temos o Seixal Graffiti.
Nós aqui temos isto.

fichatecnicaseixal

costadacaprica surf

OUTONO COM SABOR A VERÃO

gostamos 1

Se é verdade que “eu gosto é do verão”, também é que gosto do tempo mais frio que pede aconchego e atividades mais acolhedoras. Conseguir fazer “mapling”* (atenção puristas da língua, esta palavra não existe! Não queremos “assassinar” a nossa língua, mas já a ouvi algures em tom de brincadeira esta “expressão” para definir estar esparramado no sofá. Mapling porque foneticamente é próximo de maple), com um bom filme, uma mantinha e uma bebida quente é muuuuuito bom. Mas melhor ainda, é poder variar entre isto e dias quentes. E estes, meus amigos, andam aí e nada como usar e abusar deles para passear, fazer atividades ao ar livre, ir à praia, correr, saltar, surfar e muitas outras coisas terminadas em “ar”.

costadacaparicasurf

Dia de outono na Costa de Caparica. Fotografia: Zito Colaço

Nós aqui, temos o privilégio de ter esplanadas excepcionais, paredão com vários quilómetros para fazer o que se quer, ou simplesmente apreciar a vista. Vamos lá aproveitar o verão de outono, mas redobrando cuidados com o sol. Pois aparentemente mais “fraco”, por vezes “causa mais estragos” que o sol de verão.

Nós aqui, somos muito agradecidas e rendidas às coisas boas da margem sul, que são tantas que é difícil enumerar. Quais as suas?

Nós aqui temos outono com sabor a verão.
Nós aqui temos isto.

Foto e texto

 

Praia

AS PESSOAS QUE AMAM A PRAIA SÃO MAIS FELIZES.

gostamos 1

A ciência confirma, pessoas que amam a praia, aproveitam mais a vida e são mais felizes e quem somos nós para contrariar a ciência?

E ainda bem que assim é, pois nós aqui, sem nenhuma base científica que o comprove, assinamos por baixo. Não é à toa que a maioria das pessoas passa grande parte das suas férias – momentos de fazer o bem se quer e apetece, por isso somos gratas por poder ver o mar, sentir o seu cheiro, a maresia e ter a praia a abraçar a zona onde vivemos. É realmente um privilégio. É que nós aqui somos amantes de praia, mesmo.

Dizem os estudos que estar perto de uma fonte e/ou o ambiente mais natural faz-nos sentir melhor do que estar cercado de prédios ou estradas. Existem mais benefícios em viver junto ao mar, especialmente para a saúde emocional.

De alguma forma, estamos programados para reagir positivamente a ambientes limpos que nos fazem sentir mais conectados com a natureza. E a praia tem um toque, uma energia especial, algo que faz com que o nosso cérebro se sinta imediatamente mais relaxado ao ver o mar e a areia.

amantes de praia

O mar é para nós uma energia inspiradora e que muitas vezes só de olhar já nos transmite felicidade. Por isso, defendem também os entendidos que a sua paisagem única serve como um estímulo físico terapêutico e psicológico, é por isso que muitos centros de tratamento para certos tipos de doenças recomendam procurar lugares como a praia para morar. Até agora nunca pensámos nisso como algo terapêutico, mas a verdade é que a sensação de bem estar é sentida só por estar perto.

É provado também que a mistura do ar do mar com o som das ondas, provoca um relaxamento e que ajuda a dormir melhor e aumenta a sua criatividade.

Nós aqui, achamos que esta teoria bate certo e agradecemos ter o mar aqui tão perto. Costa de Caparica, Fonte da Telha, Arrábida, Sesimbra, Tróia ou Comporta. We love you all. Concordam?

Nós aqui amamos a praia.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Lisbon South Bay blog

Fonte: supertela.net