Navegante Metropolitano e Municipal

A FERTAGUS TAMBÉM VAI TER O PASSE NAVEGANTE. Por Catarina Laborinho

apoiamos isto 1 1

Muito se tem ouvido falar no novo Passe Navegante, #nósAqui é que ainda não sabíamos se este seriam transversal também à Fertagus, mas felizmente bateu-nos também à porta.

Muitas dúvidas surgiram, mas “nósAqui fomos à fonte pedir esclarecimentos, principalmente porque vamos beneficiar, e muito, com esta mudança.

Em resume será:

1 PASSE – TODAS AS EMPRESAS DE TRANSPORTES – 18 MUNICÍPIOS 

Mas passo a explicar:

1# A partir de 1 de abril vão passar a existir 2 passes Navegantes, o Metropolitano e o Municipal(dividido por 18 municípios).

2# O passe Navegante MetropolitanoNavegante MunicipalNavegante 12 Navegante +65 apenas poderão ser utilizados a partir de 1 de abril. Contudo, e para evitar filas e afins, já pode adquirir o seu passe a partir de hoje. A outra boa notícia é que também a partir de hoje já pode carregar o passe Navegante no multibanco. Tome nota que embora nem todos os títulos navegante sejam válidos na Fertagus, todos eles serão disponibilizados para venda nas bilheteiras e máquinas automáticas de venda da Fertagus, tal como até aqui.

3# Como o posso adquirir? Se ainda não é portador do Cartão Lisboa VIVA, (cartão rígido e personalizado com foto), deverá efetuar o seu pedido em qualquer balcão de um operador de transportes, ou online em www.portalviva.pt (o pedido online não é possível para 4_18, sub23 e social+).

4# Mas o que é afinal o Navegante Metropolitano? Imagine que tem o combinado TST + FERTAGUS + Carris + Metro, este passa a ser apenas 1, o Metropolitano, cujo custo mensal passará a ser de 40€. Sim, quarenta euros, não me enganei a escrever. Com o Navegante Metropolitano poderá ir de Setúbal até Mafra ou de Sesimbra até Vila Franca de Xira. Sim é verdade, com este novo passe podemos utilizar um qualquer operador do serviço público de transporte de passageiros.

5# E o Navegante Municipal? Bem, o Municipal é diferente, começa por custar 30€ (valor fixo mensal), válido também para todos os serviços de transporte público regular de passageiros dentro do limite geográfico de um município selecionado, de entre os 18 municípios que constituem a área metropolitana de Lisboa (AML) que são eles: AlcocheteAlmada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, MoitaMontijo, Odivelas, Oeiras, PalmelaSeixalSesimbraSetúbal, Sintra e Vila Franca de Xira. A Margem Sul está em alta 😀

Imagine que vive na Charneca da Caparica e trabalha em Cacilhas, para se deslocar basta aderir ao Navegante Municipal e apanhar os transportes aderente a este novo serviço sempre dentro do mesmo município.

 

6# Os novos Navegantes poderão ser utilizados em todas as empresas do serviço público de transporte de passageiros, dentro da AML, e em função da sua validade, ou seja, com o Navegante Metropolitano ou Municipal pode usufruir dos serviços da CP; Fertagus, SulFertagus; TST; Metro Transportes do Sul; SOFLUSA; Transtejo; Metropolitano de Lisboa; Carris; Cascais Próxima, Serviços Municipalizados de Transportes Coletivos do Barreiro (TCB); Barraqueiro (incluindo parte das marcas Mafrense, Boa Viagem e Barraqueiro Oeste; Henrique Leonardo Mota); Isidoro Duarte, S.A. (ID); J.J. Santo António; Rodoviária de Lisboa; Scotturb e Vimeca Transportes.

7# Se tens até 12 anos (inclusive) o teu passe Navegante é gratuitoe podes utilizar todas as empresas do serviço público de transporte de Passageiros em todos os 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa. Será válido para toda a rede da Fertagus: comboio e autocarros Sulfertagus. Mas para isso tens que pedir aos teus Pais/encarregados para se dirigirem ao Gabinete de Apoio ao Cliente para efetuar o carregamento do Passe Navegante 12 que será válido até aos 12 anos (inclusive) ou até à data limite de validade do cartão. A partir daí poderás utilizar todos os transportes da AML sem necessidade de carregamentos mensais.

8# Se tem mais de 65 anos, o Navegante pensou também em si. Toca de sair de casa por apenas 20€!Com a chegada do bom tempo aproveite para passear. O Navegante + 65 destina-se a cidadãos com idade igual ou superior aos 65 anos de idade, reformados e pensionistas e tem as mesmas características do Navegante Metropolitano. Para carregamento deste título o cliente tem que ter cartão com perfil 3ª idade/ reformado/pensionista.

9# Para as famílias numerosasou com mais do que 2 utilizadores de passe, nasceu o Navegante Metropolitano Família – 80€ e o Navegante Municipal – 60€.Independentemente do número de elementos do agregado familiar, só irá pagar 2 passes com as mesmas características do Navegante Metropolitano/Municipal. Este título é exclusivo para agregados familiares registados no mesmo domicílio fiscal, residentes num dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML) e terá uma validade mensal, para todos os membros do agregado familiar. Tome nota, este apenas irá estar disponível em Julho de 2019 (nada como começar a preparar o próximo ano letivo, já que este está que a acabar :)

10# Durante o período de transição a AML decidiu criar um título temporário, que se denominará Navegante 7 dias, com o objetivo de colmatar este período de transição.

–  Será vendido apenas a partir do dia 8 de abril;
–  Terá validade metropolitana;
–  Válido durante 7 dias, a partir da data em que é vendido;
–  Terá o valor de 10€ e só adquirível por quem tenha passe de validade 30 dias carregado anteriormente;
–  Este passe de 7 dias pode ser renovado por um novo período de 7 dias, até ao dia 30 de abril. Não terá validade a partir do dia 6 de maio;
–  Não poderá ser trocado nem anulado;
–  Pode ser adquirido exclusivamente nas Bilheteiras dos Operadores.

Assim, e de forma a não se sentir penalizado, esta foi a forma encontrada para “casar” o seu passe.

11# Continua a ser obrigatório a validação dos títulos no início de cada viageme, sempre que as estações tenham controlo de acessos, também nas saídas. Caso não valide o teu título encontra-se sujeito a uma contraordenarão, a verdadeira multa, entre os 30 e os 72€. Não vale mesmo a pena arriscar.

12# Se estaciona o carro, tal como eu, nos parques Fertagus, e se lhe aconteceu a si o mesmo que a mim (passe já acabou, ando a pré-comprados mas já adquiri o acesso ao estacionamento) no período de 1 a 30 de abril serão efetuados os acertos de preço na aquisição dos novos passes mensais de parque em função da validade do fim dos títulos anteriormente adquiridos. Os passes mensais de parque da Fertagus continuarão a poder ser carregados nas ATM, apenas para recarregamento. Excepto os passes mensais de Coina e os passes mensais do Auto Silo do Pragal, por motivos de controlo da lotação disponível. Contudo, a partir de Abril os “passes” do carro passarão a ter a mesma validade do seu Navegante, ou seja vai passar a ser mensal, do 1º ao último dia de calendário.

Sabemos que no início vai achar confuso, confesso que tive que ler 2 vezes o comunicado da Fertagus… foi de tal ordem que dei por mim e estava a chegar à estação de Coina quando saio sempre nos Foros de Amora… nem posso dizer isto muito alto porque não era suporto sair 2 estações mais à frente… ainda… se não fosse o meu marido a ligar-me para saber onde andava, acho que tinha ido parar a Setúbal…

Continua com dúvidas? Veja aqui o vídeo explicativo :)

 

 

Nós aqui apoiamos
Nós aqui ADORAMOS o Navegante

Texto: Catarina Laborinho | Fotos: Fertagus

FERTAGUS, LSBblog

 

FERTAGUS

DE 1 A 5 A FERTAGUS TEVE 4,5. Por Catarina Laborinho

Fertagus

Quando a escala é 5 e o resultado é 4,5 nós aqui queremos saber o porquê, e queremos-lhe mostrar que, se ainda não é cliente, quiçá mude de opinião depois de ler este artigo.

Para quem é nascido, criado ou passou pelo menos a adolescência por estas bandas sabe bem o quanto a margem sul se desenvolveu com a chegada deste gigante que é o comboio da ponte. Há 20 anos quando apareceu, a rede de transportes era muito limitada e na altura lembro-me bem a mudança radical que foi na minha vida.

Vamos recuar até 1999 (caneco, que até me gelou a barriga).

Em 99 já andava na faculdade e posso-vos garantir que fez uma enorme diferença. Para conseguir chegar a Lisboa, ou se ia de carro ou de barco, no meu caso era mais barco… para chegar até ao Seixal também não era fácil. Na altura vivia na Verdizela, na “minha aldeia” como eu lhe chamava com tanto carinho, e o único transporte que tinha era a minha wallaroo roxa – que ainda existe – (com muita estima, amor e carinho), mas que apenas dava os seus maravilhosos e velozes 50km/h, aquilo andava nas horas… 😀

Resumindo, não era mesmo nada fácil, não havia espaço para atrasos, porque o barco não esperava por mim e infelizmente os horários não eram de todo compatíveis com os meus… aquele primeiro ano foi muito complicado, principalmente no regresso, onde a espera era de hora em hora.

Até que se deu o BOOM, a Fertagus chegou finalmente. Numa primeira fase, lembro-me que não chegava até setúbal, confesso que não sei bem até onde chegava, mas chegavam até aos Foros de Amora que era, e é, a MINHA ESTAÇÃO. A mudança foi brutal, lembro-me que me dava ao luxo de “jogar” com o horário dos autocarros da carris que estavam parados em Campolide para decidir se saía naquela estação ou se ia até Entre Campos para apanhar o metro até ao Rato. Na altura estava no IADE e acho que a única coisa boa que “perdi” foram os passeios à beira rio no 28 que ia até aos Prazeres. Belos passeios fiz eu por Lisboa no velhinho 28. :)

Mas esta mudança foi boa para todos nós, “primeira estranha-se, depois entranha-se”, já dizia o Fernando Pessoa quando desenvolveu este slogan em 1927 para a Coca-Cola.

Com a Fertagus é exatamente igual, e a prova disso foi o 4.5 resultado do índice global de satisfação feito em outubro pela PMCA consultores, junto dos passageiros nos Concelhos de Almada, Seixal, Palmela, Setúbal e Lisboa “que relevam em primeiro lugar, com níveis de satisfação muito alta, a segurança do comboio e a rapidez (4,8), a pontualidade e a limpeza do comboio (4,7). 

Screen Shot 2019-03-15 at 17.15.03

De destacar, o impacto da Fertagus na qualidade de vida dos habitantes destes Concelhos, uma vez que os resultados demonstram que os comboios da Fertagus têm um impacto positivo no quotidiano dos clientes, na medida em que proporcionam mais tempo livre, menos stress, maior flexibilidade e mais organização.”

Este inquérito não veio apenas tirar conclusões positivas para a Fertagus, veio igualmente sensibilizar a empresa “sobre áreas tidas como a melhorar, especialmente na facilidade de aquisição de bilhetes, variedade de títulos e no atendimento aos Clientes, que face aos acréscimos de procura verificados irão merecer um reforço da atuação da empresa.”

Na próxima vez que pensar em levar o carro para ir trabalhar, e se de facto não precisar dele no seu dia-a-dia, experimente ir de comboio. Pense no ambiente, pense no valor disparatado do combustível, no valor do estacionamento… mas principalmente no seu conforto.

Aqueles 20 minutos para cada lado, a pontualidade inglesa, a limpeza e o conforto, a mim, fazem toda a diferença.
Aposto lhe farão a si também. Experimente!

Veja aqui o resume de quem o utiliza com regularidade.

 

Nós aqui gostámos do 4.5
Nós aqui também vamos de comboio

Texto: Catarina Laborinho | Fotos: Fertagus

FERTAGUS, LSBblog

 

Mundet

A VELHA FÁBRICA MUNDET VAI ABRIR COMO O NOVO HOTEL MUNDET. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

A notícia é do Vítor Andrade no Expresso e dá conta da adjudicação da autarquia do Seixal para a construção de um hotel de luxo. O investimento rondará os oito milhões de euros.

A fábrica da Mundet encerrou há 30 anos, mas vai agora dar lugar a um luxuoso hotel de quatro ou cinco estrelas, onde o elemento ‘cortiça’ continuará presente, numa zona priveligiada e com uma das melhores vistas para Lisboa.

Mostramos alguns dos 3D e podes ler o artigo do Expresso na íntegra aqui.

Mundet1 Mundet2 Mundet3

Não sei o que acham disso, mas já me estou a ver a desbundar desta pequena maravilha, porque como já deve ter dado para reparar é uma zona que gosto muito. Muita passeata já fiz ali em frente (e até já entrei numa corrida, onde consegui o prémio de carro vassoura, porque alguém tinha que ser e sou boa nisso. Cada um é para o que nasce.)

Nós aqui vamos ter o Hotel Mundet.
Nós aqui temos isto.

Texto introdutório: Marlene Gaspar
Fonte (texto e fotos): Vítor Andrade, Expresso

animal-2178696

OI? PARQUE PARA CÃES? Por Catarina Laborinho

gostamos

VERDADE! Abriu um parque para cães na Margem Sul, com 800 metros quadrados é gratuito e está aberto todos os dias.

A notícia não é nossa, mas mesmo assim não podiamos deixar de partilhar.
Situa-se na Quinta do Conde e abriu no passado dia 20 de Janeiro, aqui os nossos 4 patas “têm direito a túneis, pontes e barras de salto para se divertirem e ficarem em forma”.
Saibas mais aqui.

Nós aqui apoiamos isto
Nós aqui somos amigos dos 4 patas

1.001

Texto: Catarina Laborinho | Fotos: D.R.

 

 

IcePark

ICE PARK É NA SOBREDA. BRRRR. Por Marlene Gaspar

gostamos

E já cá estamos, em 2019, preparados para mais um ano de diversão e desfrute aqui na nossa margem sul. E fruto da época, a diversão é no Ice Park, um parque temático com muitas atividades típicas de inverno. Fica na Sobreda, a entrada é livre e as diversões custam €3 cada e valem muito a pena.

Depois da tarde animada que passámos na Aldeia de Natal do Seixal e que aqui vos contei, a criançada quis mais e só falava no Ice Park onde lhes deram um convite na escola. Depois de alguma insistência, fomos conhecer e ficámos agradavelmente surpreendidos.

O Ice Park tem uma pista de gelo ao ar livre e que é excelente para os iniciados. É mais fácil de deslizar e, por isso, de aprender. Também se pode deslizar na rampa de bóias que as princesas disseram que parecia o Aquashow, mas sem água. O que as levou (quase) às nuvens, foi mesmo o trampolim, onde saltaram até onde a imaginação e o corpinho as deixou, mas com uma verdadeira sensação de liberdade.

Já eu gostei muito de dar umas dentadinhas nos churros e nas farturas, porque apanhei-lhe o jeito e a embalagem no Natal. Mas, há barraquinhas para todos os gostos. Também há insufláveis e bebidas quentinhas, porque estamos no inverno e aprecia-se sempre aquele cafoné.

A pista está aberta até 14 de janeiro, por isso é aproveitar.

Nós aqui temos o Ice Park.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Rui Tomás

PassagemAnoSeixal

PASSAGEM DE ANO NO SEIXAL. Por Marlene Gaspar

celebramos 1

Eu sei, eu sei. Ainda estás em modo Natal e a sobreviver aos danos de emborcar como se não houvesse amanhã, porque o (des)controlo que sucede à mesa nesta altura do campeonato é algo que nem o ser mais disciplinado em matéria de ingestão de alimentos consegue contornar.

Não é o meu caso (ser mais disciplinado), mas também não sou uma debulhadora sem critério pronta a enfartar com a época natalícia. Mas houve algo este ano que me obriga a estar a chá verde desde as 8h da manhã de dia 26/12. E a questão não está solucionada. Tenho para mim que vou jejuar até ao próximo ano.

Ok, estou a ser exagerada. Estou entupida, mas nada que não passe em 12, 8, vá daqui a 2 horas.

E por falar no próximo ano, já sabes onde vais passar as 12 badaladas? Deixo aqui uma sugestão, na margem sul, mais propriamente na Baía do Seixal. Depois de apresentar aqui a Aldeia de Natal do Seixal, temos a passagem de ano e se for do mesmo nível, a coisa promete. O espetáculo de fogo de artifício no rio Tejo está garantido  às 00:00h e a partir das  22H30 de dia 31 de dezembro, as zonas ribeirinhas quer do Seixal, quer da Amora (que nós aqui somos todos amigos) recebem, em dois palcos, a atuação de vários DJ. Quem são eles, quem são?

Ora temos o DJ Luís Varatojo (Peste & Sida, Despe & Siga, Linha da Frente, A Naifa e Fandango), Nuno Calado (Antena 3), Riot (Buraka Som Sistema) e It’s a Trap Experience (evento pioneiro da música trap em Portugal), com música garantida pelo menos até às três da manhã de dia 1. A partir daí a música está por tua conta, mas acredito que vai ser de grande nível.

O Câmara manda os foguetes e nós aqui apanhamos as canas, que a noite é de celebração.

Nós aqui temos Passagem de Ano no Seixal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fonte: NiT
Foto: Escapadinhas

AldeiaNatalSeixal

A ALDEIA DE NATAL É NO SEIXAL. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

As princesas de férias pediam todos os dias para ir a uma pista de gelo. Como não estava na mesma condição, só ontem conseguimos ir à Aldeia de Natal do Seixal para experimentar deslizar na pista (e não cair) e desbundar das inúmeras atividades que preparam para esta época natalícia.

Por isso, se ainda não foste, aproveita o dia de hoje, porque vale muito a pena. A pista de gelo é uma animação, onde por €2,5 andas ali 20 minutos, literalmente a patinar. Há muita nabice (da parte que nos toca), mas também se vê muitos pros, a curtir a cena e a dar um show na arte do deslize. E como o espírito é natalício, o mix de diferentes níveis de experiência torna-se muito divertido.

Pistagelo

Mas há mais. Oh se há! Há a casa do Pai Natal e dos Duendes e o carrossel francês. Há ainda animação, com pinturas faciais e workshops. A iluminação da época e das árvores de Natal por só si já vale a pena, e um comboio de Natal para viajar pela zona ribeirinha.

Captura de ecrã 2018-12-23, às 12.12.16

Também há o Mercado de Natal em que podes ainda safar algum presente de última hora e comes e bebes.

AdeiaNatal

O que achei mais divertido foi o globo de neve, onde a condição de adulto não me permitiu entrar, lamentavelmente, mas que as princesas cá de casa adoraram.

Natal

Ainda deu tempo para encontrar amigos e a opinião é unânime, isto está muito bem feito. Nós aqui temos coisas de alto nível. O nosso bem-haja à organização.

Aproveito para desejar-vos Boas Festas e aproveitem hoje até às 22h esta Aldeia de Natal. Não se esqueçam do agasalho que não vos queremos constipados nestes dias (e nos outros também se dispensa).

Nós aqui temos a Aldeia de Natal do Seixal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotos: Rui Tomás

Aventura de Natal

A AVENTURA DO NATAL. Por Victória Gaspar Tomás

celebramos 1

Esta semana a Victória teve vários testes, como deve ter sido em todas as escolas da margem sul e não só. A estudarmos para o de português vimos que iria ser-lhe pedido um texto com 80 palavras. Decidimos fazer um texto livre e o resultado está aqui e partilho abaixo (e este deu-me autorização de publicar, por isso, aqui está ele. 127 palavras.

A Aventura de Natal

No Natal toda a gente recebe presentes, menos o Pai Natal.

E eu disse:

– É melhor comprarmos presentes também para o Pai Natal. Que acham? – perguntei.

A Patrícia, a Mariana, a Ema e o Duarte responderam:

– OK! Pode ser.

Então às escondidas fomos à casa do Pai Natal. Quando chegamos lá, vimos o Pai Natal e escondemo-nos, depois fomos ter com ele e dissemos:

– Olá! Senhor Pai Natal. Só viemos aqui, porque queríamos dar-te este presente e também queríamos andar no seu trenó.

E o Pai Natal perguntou:

– Qual é esse presente?

E nós respondemos:

– É um bolo para celebrares o Natal.

E o Pai Natal disse:

Como recompensa podem vir comigo no trenó entregar presentes.

E nós respondemos:

-Yes!

No final voamos todos entusiasmados no trenó.

Nós aqui temos a aventura do Natal contada pela Victória.

Nós aqui temos isto.

Texto: Victória Gaspar Tomás, 8 anos, 3º ano

Foto: Rui Tomás

apitadodopai1

@PITADA DO PAI COM UM TOQUE DA MÃE…E DAS SUAS RICAS FILHAS. Por Marlene Gaspar

 

degustamos

Há cerca de 2 semanas tive a sorte de estar na apresentação do bacalhau desfiado Pescanova onde degustei uma saborosa brandada de bacalhau confeccionada pelos chefes Luís Mesquita e pelo giraço Lourenço Ortigão.

pescanova

Da esq para a dta: Carla Martins, Lourenço Ortigão, Marlene Gaspar (eu) e Carolina Vaz

Apesar de não me passar pelo penteado o que seria um brandada de bacalhau, estavam reunidas todas as condições para me deliciar naquela pequena maravilha e não me fiz de rogada. Graças a Deus, porque estava divinal.

A acrescentar a este cenário por si só, já muito agradável, tive a companhia ao almoço o Rui Mendes d’ a pitada do pai e a nutricionista Maria Gama do @poete.na.linha. Apesar deles jogarem na Liga dos Campeões e eu estar na liga dos últimos em dotes culinários conseguimos partilhar ideias, eu arrebatar maravilhosos conselhos e, também, lamentar-me por alguma vá, falta de espetacularidade na parte de confecção gastronómica.

Calma, não é assim, uma coisa dantesca. Dá para conhecer 2 ou 3 receitas e que são uma aposta segura, mas mais do que isso é pedir aquilo que não se pode dar. Ou que pelo menos, eu não dou para (muito) mais.

Na onda dos desabafos, deixei sair sem qualquer pudor que esta falta de habilidade era comentada pelas minhas princesas cá de casa num comparativo com os cozinhados da avó, leia-se a minha mãe, onde eu, fico sempre a perder:

– A comida da avó é melhor que a tua. – oiço com alguma frequência.

Nada que me agrade particularmente, mas se é para perder, que seja com a minha mãe. Com isso, eu vivo bem. Mais uma que compete na Liga dos Campeões.

Já o Rui Marques (a pitada do pai), tem um bocadinho mais de fé em mim (relativamente aos meus futuros dotes culinários) e com as dicas certas, acha que poderei, junto com as minhas princesas ensinar algumas coisas, a essa mestre de culinária que é a senhora minha mãe. O Rui teve a simpatia de fazer chegar à minha pessoa, logo à margem sul, o seu espetacular livro de receitas d’a pitada do pai, com a inspiradora dedicatória que que eu e as minhas filhas vamos dar uma “abada” à minha mãe, e sermos nós a ensinar-lhes alguns truques/pratos/receitas. Apesar de saber que, neste caso, as alunas nunca superarão a mestre (pelo menos da parte que me toca), o desafio foi aceite.

Estou muito grata ao Rui, pelo cuidado e também pela fé, fiquei com uma tremenda pressão de não o deixar ficar mal, de mostrar que há uma luz ao fundo do túnel e que eu poderei surpreender. Good job, Rui. Em semana de atribuição de estrelas do Guia Michelin, o céu é o limite e eu conseguir fazer 4, 5, 6 ou 7 receitas, vá, servi-las à família e conseguir a aprovação da minha mãe, tenho para mim, que é um feito do caraças e digno de registo. Até porque quando eu aprendo um prato, um doce ou uma entrada, acreditem que é como andar de bicicleta, nunca se esquece. Não me falte o equilíbrio que eu vou saciar tudo é que é estômago cá em casa.

apitadodopai1

Depois da surpresa e do impacto do livro comecei a folhear e a sentir mesmo vontade de experimentar uma série de receitas. (devo estar doente!) Não vou negar que por vezes, surge uma vontade de chamar um Glovo, mas o sacana do livro está mesmo bem feito. Parece que é simples e dá vontade de pôr mãos à obra, ou neste caso, mãos na cozinha.

Já as miúdas não tiveram qualquer hesitação e mandaram-se de cabeça para algumas receitas (o capítulo do aniversário e do Natal que se aproxima arrancou alguns sorrisos e pedidos entusiásticos). A juntar a esta boa nova, as receitas do pai Rui são saudáveis e, sugere alimentos que à partida não são a primeira escolha da criançada, mas se o seu filho Lourenço está rendido, parece-me uma forma muito divertida e saborosa de melhorar a alimentação cá em casa.

apitadadopai

Vontade e traje a rigor não faltam.

Dito isto, resta-me agradecer ao Rui, mais uma vez. Vou provar que valeu a pena, arregaçar as mangas e escolher a primeira receita. As minhas mini chefes, estão preparadíssimas, resta-me acompanhá-las.

Nós aqui (já) temos o livro d’a pitada do pai.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

desportoemfamilia

HÁBITOS SAUDÁVEIS QUE ACOMPANHARÃO O SEU FILHO PELA VIDA. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena
É indiscutível que os miúdos aprendem grande parte das coisas com os seus pais e adultos significativos que os rodeiam. É com os pais que aprendem como se comportar, comer, tratar os outros, reagir e comunicar. Estes alicerces, ou estas fundações vão acompanhá-los na suas tomadas de decisões ao longo da Vida.

As crianças observam e ouvem mesmo naquelas alturas em que achamos que não o estão a fazer. O exemplo dado por nós , as escolhas que fazemos Hoje ajudarão nas decisões de uma vida saudável no seu Amanhã.

Aqui vos deixam alguns hábitos saudáveis de hoje para que o vosso filho possa fazer uma vida saudável no Amanhã.

1# Atividade Física
Se vocês forem uns pais ativos, o vosso filho seguirá esse modelo, não quer com isto dizer que se torne um corredor de fundo ou um atleta de competição.

A mensagem essencial a passar é que a atividade física é essencial para um adequado equilíbrio, físico e emocional e para isso basta ter o hábito de fazer umas caminhadas pela vizinhança, andarem todos de bicicleta, nadarem no Verão, esquiarem no inverno, fazer surf em família, passearem os cães, enfim exercício físico possível de realizar diariamente.

2# Escolhas alimentares saudáveis
As crianças provam, experimentam, saboreiam inúmeros alimentos ao longo da vida, mas não há dúvida que os maiores responsáveis pelos seus hábitos alimentares são mesmo os pais. Sempre fui obrigada a comer sopa em casa dos meus pais (que eu odiava por sinal), assim que saí de casa não mais comi sopa, a não ser quando sabia que tinha de me alimentar em condições e aí era eu a primeira a pedir uma sopinha, incrível, não é? E quando fui mãe não mais deixei de ter sopa presente na mesa das refeições, e claro que dando o modelo e comendo sempre a sopa (mesmo quando o meu marido carinhosamente repara que eu estou a mastigar a sopa, mas eu como, porque me faz bem a mim e aos miúdos). O meu adolescente já vai pelo mesmo caminho…refila, mas quando está fora de casa sabe que a sopa é essencial!

Escolher pratos coloridos cheios de vegetais logo desde cedo é essencial na educação alimentar dos nossos filhos. Preferir alimentos naturais em vez dos processados, é educá-los numa vida saudável. Participar no cultivo e colheita dos alimentos que comem, é criar-lhes o gosto pelas escolhas alimentares saudáveis.

3# Evite o açúcar e os refrigerantes
Mostre aos seus filhos que os açucares naturais são bem mais saborosos do que aqueles que encontram nas bolachas processadas, gomas, rebuçados e principalmente refrigerantes. Esta é uma guerra bem difícil de travar, uma vez que a pressão social é grande. “Portas-te bem, levas uma goma!”, logo desde cedo há sempre alguém que acha que a melhor recompensa a oferecer a uma criança é o açúcar refinado. Pois bem, será uma guerra que valerá a pena pelas consequências benéficas para a saúde dos nossos filhos.

4# Beber muita água
Em todas as ocasiões, ao longo do dia, beber muita água manter-se sempre hidratado. Preferir sempre a água, aos sumos ou refrigerantes.

 

5# Escovar os dentes
Escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, é um hábito primordial na formação das crianças. A saúde oral tem um impacto direto sobre a saúde geral. Visitar o dentista duas vezes ao ano, a partir dos dois anos e ajudar o seu filho a escovar os dentes enquanto não o consegue fazer sozinho, é essencial para a sua Saúde.

habitossaudaveis

6# Dormir o suficiente
Dormir é essencial para o crescimento e desenvolvimento das crianças. Um sono regular , com horários adequados para cada fase de desenvolvimento é fundamental. Como os antigos diriam “ Enquanto dorme está a crescer” e como diria a minha querida mãezinha “Vai dormir que o teu mal é sono” ou “Vai dormir e quando acordares vais ver que tudo se resolve”. A verdade é que estas máximas acompanham-me na minha aventura como Mãe e dão resultado, o poder curativo de uma boa noite de sono é incomparável.

7# Iniciar cada dia com um bom pequeno almoço
O pequeno almoço é a refeição mais importante do dia, e por acaso a minha preferida. Como tal, a regra sempre foi, ninguém sai de casa sem tomar o pequeno almoço, que deveremos tentar que seja equilibrado, ovos, fruta, pãozinho e cereais com muito pouco açúcar. As escolhas que fazemos hoje são as decisões deles do amanhã.

8# Proteção Solar
Os danos causados pelo sol ao longo dos anos vão determinar a saúde da pele na idade adulta, como tal é imprescindível protegê-la devidamente desde cedo. Não só deverão ter o hábito de colocar o protector solar, como usar óculos escuros e evitar as horas em que o Sol é mais prejudicial.

9# Hábitos de higiene
Os hábitos de higiene incluem a lavagem das mão, os banhos regulares, o champô para o cabelo, lavar o corpo, usar creme hidratante, desodorizante, roupa lavada e cuidado com a aparência em geral.

10# Ler por prazer e para aprender
Mostre aos seus filhos o poder da leitura – livros, revistas, jornais – não só para continuar a aprender mas também como forma de viajar em novas aventuras e novos mundos.

habitosparaavida

11# Importância da Família
Passar momentos positivos com a Família, especialmente a mais direta, vai criar relações e laços duradouros para toda a sua vida.

Construir as suas próprias memórias familiares, a viagem familiar anual, as noites de Natal, são todos eles momentos significativos juntos num ambiente de partilha e de amor. Este grupo de pessoas terá um impacto fortíssimo ao longo da vida dos seus filhos, mais do que qualquer outro grupo. Promover uma boa comunicação entre pais e filhos e entre irmãos, será fundamental nas ocasiões mais desafiantes das suas vidas, momento em que vos irão procurar de imediato seguido do apoio dos irmãos. A Família alargada tem também um importante papel na vida dos seus filhos, avós, primos, tios são fundamentais na construção de tradições e memórias duradouras.

12# Pratique o Bem
Por vezes o retorno pode não ser imediato, mas o bem estar que experimentamos quando ajudamos o Outro é inigualável. O seu filho observa-o a promover o Bem e será ele o próximo a querer fazê-lo.

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.