TelmaMonteiro-Baku2015-640x281

#2 TELMA MONTEIRO

#NOSAQUI12 1

Nós aqui adoramos voltar a ter boas notícias das pessoas que admiramos. E é com a maior satisfação que soubemos que a Telma Monteiro é a melhor judoca feminina do mundo na categoria -57 kg. Yeahhh.

Ah, pois é “bebé”, esta menina não brinca e “dá cabo do canastro” a quem se meter com ela. Nas redes sociais, a jovem portuguesa partilhou a sua alegria com os fãs, após subir no ranking mundial da sua categoria.

TELMA MONTEIRO 1

epa04818234 Telma Monteiro (white) of Portugal competes against Automne Pavia (blue) of France in the Women's 57 kg Judo Semifinals at the Baku 2015 European Games in Azerbaijan, 25 June 2015. EPA/ROBERT GHEMENT

Sou nº 1 do Ranking Mundial!!! Orgulho em todo o meu caminho até aqui. Muito feliz por pôr Portugal no topo do Mundo!!!, escreveu Telma no Facebook, onde recebeu o carinho dos seus seguidores. Telma, recebe também o nosso carinho, admiração e apoio. Mantém-te no topo que é o lugar onde tens de estar.

Captura de ecrã 2015-10-23, às 15.53.05

A judoca portuguesa destronou a francesa Automne Pavia, que caiu uma posição.

Nós aqui aplaudimos a melhor do mundo.
Nós aqui temos isto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

XIII FEIRA DA GASTRONOMIA

#NOSAQUI 5

9 a 31 e Outubro – XIII Feira da GastronomiaXIII FEIRA GASTRONOMICA 1Durante o mês de outubro, Cacilhas vai ter outro encanto. Vai decorrer a XIII Feira da Gastronomia e nós aqui que somos todos bons garfos queremos saber as delícias que podemos experimentar.

Nós aqui temos a feira de gastronomia.
Nós aqui temos isto.

 

Organização

Captura de ecrã 2015-11-3, às 23.43.19

Apoio

Captura de ecrã 2015-11-3, às 23.43.27

 

 

 

 

12227923_10207562832846159_1714207816_o

TASQUINHAS E BURRICADAS

#NOSAQUI 5

Este fim de semana temos a comemoração dos 10 anos das Tasquinhas e Burricadas em Cacilhas – Rua Cândido dos Reis a partir das 10h no dia 27 de setembro.

Programa:
| Passeio de Burro
| Doces Regionais
| Arruadas, Músicas
| Cantares Tradicionais
| Artesanato ao vivo
| Trajes Típicos
| Corrida de Burros às 15.30h

E quando quero ver aquele Amor meu, pego no burrito e lá vou eu (…) Burrriiiitttttooooooo, ai ai burrito, ai ai burrito, ai ai ai ai.

Nós aqui, apoiamos o Burro! Nós aqui temos isto. 
E o Burro sou eu?

teste-pM

#MPWEDDINGPARTY

#NOSAQUI 2

Com Mariana Sousa Gaspar e Pedro Couceiro

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

Os noivos prometeram: “Com o Couceiro é festa o tempo inteiro” e, como sempre, não defraudaram.

O casamento da Mariana Sousa Gaspar e Pedro Couceiro ou em linguagem cibernáutica #MPWeddingParty foi provavelmente o casamento mais interativo de sempre e nada foi descuidado: o antes, o durante e o depois. A verdade é que os casamentos são festas lindas. Está tudo “postinho por ordem”, há uma felicidade contagiante, come-se e bebe-se sem parar, celebra-se até os dedinhos dos pés permitirem e festeja-se “como se não houvesse amanhã” (e na verdade não sabemos bem como acordamos no dia seguinte, por isso, o melhor é “dançar até cair”). Este casamento teve direito a isso tudo e muito mais. Os meus parabéns à organização Gaspar & Couceiro porque conseguiram envolver-nos desde a receção do convite e manter o crescendo até à apoteose (as empresas de eventos que se ponham a pau, que a concorrência deste casal é fortíssima).

Antes: tudo foi preparado e comunicado com muito tempo de antecedência num grupo criado para os convidados no Facebook. Este grupo privado foi palco de bons momentos, criação de expectativas e troca de galhardetes. Onde, como, quando chegar, o que levar, quem não levar (a ideia de “criança não entra” pode parecer discriminatória de alguma forma, mas foi de génio. Eu, mãe de família, agradeço por essa decisão. Se tivesse levado a “minha Alice” não teria chegado a casa depois das 4 da manhã, mas provavelmente ainda durante a luz do dia, com uma pilha de nervos da birra da pequena, o que me tinha feito perder o verdadeiro dancing moment, que me fez conhecer músculos que não tinha dado conta e “sem sair do salto”, literalmente).

O presente também foi cuidado de forma criativa e inspiradora. A lista estava numa agência de viagens, logo os convidados conseguiram uma forma de estar também presente na viagem de lua-de-mel através da oferta de um almoço, jantar, viagem, tour, etc. Tudo com tempo e antecedência. Mais uns pontos para a organização Gaspar & Couceiro.

Durante: Nós aqui, temos isto. Não foi ao acaso que o Pedro e a Mariana escolheram a Pousada de Palmela na Lisbon South Bay para “o” grande dia. A vista é brutal. A Pousada tem vários miradouros e um cenário de casamento digno de uma verdadeira princesa (Mariana mais 20 pontos). A igreja é linda. O cocktail e o percurso até lá remete-nos para um imaginário romântico e medieval.

Até o momento das fotografias que costuma ser uma parte demorada e cansativa foi resolvido com os noivos em “cartão”. Não houve desculpas para não eternizar o momento.

Seguiu-se um jantar delicioso e o bouquet da noiva também teve uma inovação: foi jogado não para as senhores, mas para os cavalheiros que se encontravam solteiros e foi bonito ver o sorriso do feliz contemplado.

Os noivos brindaram-nos com um vídeo carinhoso de bons momentos do casal e abriram o baile de forma arrebatadora. A música foi non stop e não houve sapato ou dor de pés que deixasse alguém de fora.

Depois: No(s) dia(s) seguinte(s) a farra continuou e não foi só para os noivos. Os convidados instagraram bons momentos e a troca de mensagens dentro do grupo continuaram a alimentar o acontecimento.

Por isso, nós aqui, parabenizamos os noivos e a festa inesquecível que nos proporcionaram.
Façam favor de serem felizes.

Nós aqui, temos casório! Nós aqui, temos isto.

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

#MPWeddingParty | Fotos exclusivas

Fotografia: Knot Photography
Texto: Marlene Gaspar

PADELMODE

PADEL OPEN DAY

#NOSAQUI 4

StaffPadelMode

StaffPadelMode

Este fim de semana foram só happenings para o Lisbon South Bay Blog.

E começámos por ir ao Padel Open Day da PadelMode no Parque Desportivo da Verdizela (essa bela localidade que foi onde “nasceu” este projeto do Lisbon South Bay Blog, e também por isso assumimos desde já um favoritismo e um carinho – ainda mais – especial por esta zona).

Neste dia foram inaugurados três novos campos desta modalidade que ainda é recente no nosso país, e nós aqui, temos o privilégio de poder ter este espaço para “bater umas bolas” com alguém (sim, porque é um desporto praticado a pares e, segundo, os especialistas de fácil aprendizagem, mas que como qualquer desporto requer preparação física!).

Junto ao campo está também um bar simpático para relaxar antes ou depois de uma partida e/ou o local ideal para os acompanhantes ganharem coragem para se aventurarem numa próxima partida. Muito sucesso para a Cristiana e Frederico, os anfitriões desta nova aposta. Vamos então jogar a isto!

Nós aqui, temos Padel! Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Marcação de campo: 966 607 084 | 964 358 588
Horário: 09:00h às 23:30h
GPS 38.579759, -9.155721

amora

ENTREVISTA COM #BRUNO CAIRES.

#NOSAQUI 1B

com BRUNO CAIRES

O Lisbon South Bay Blog foi ao seu encontro, no Campo do Amora, onde é um dos responsáveis pela formação de novos jogadores e com ele trocamos umas bolas neste blog.
Vamos então jogar a… isto!

Bruno Caires, 39 anos, casado e pai de dois filhos, o Nelson e a Maura.
Nascido e criado na “Margem Sul” viveu na Amora durante a infância e adolescência.

Bruno sempre teve uma estreita relação com o Mundo do Futebol começando pela “herança” do seu pai, o também futebolista Eurico Caires, e cedo se integrou nas escolas de formação do Clube da Luz. Aos 18 anos já jogava na primeira divisão.

Foi uma grande estrela do futebol português (médio defensivo) onde jogou nos 3 grandes da capital: o Belenenes, o Benfica e o Sporting. Mas o seu sucesso foi além fronteiras e também deu cartas a nível internacional jogando em Espanha no Celta de Vigo e no Tenerife. Na seleção nacional de sub-20 também nos encheu de orgulho onde fez parte do plantel que conquistou o honroso 3º lugar contra a Espanha, no Mundial no Qatar em 95, participando no ano seguinte nos Jogos Olímpicos.

O Lisbon South Bay Blog foi ao seu encontro, no Campo do Amora, onde é um dos responsáveis pela formação de novos jogadores e com ele trocamos umas bolas neste blog. Vamos então jogar a… isto!

Nós aqui estivemos com o Bruno:

Fotografia: Joel Reis
O Lisbon South Bay Blog agradece a Academia Amora F.C.:

emblema-sem-fundo

 

Screen Shot 2016-08-18 at 17.59.25

BEM-VINDOS AO LISBON SOUTH BAY blog

noa aqui mostramos

Podia ter sido só mais uma conversa de café entre duas amigas, mas tornou-se mais, foi muito mais que isso.

A experiência profissional da Catarina é na área de design e a minha (Marlene) na comunicação e no marketing. No verão de 2015 os nossos caminhos ficaram mais próximos e conversa puxa conversa acabámos por descobrir que havia muito mais que nos unia do que nos separava. Somos praticamente vizinhas, mas vivemos em concelhos diferentes – uma na Aroeira (Almada) e a outra na Verdizela (Seixal). É aqui que usufruimos da ambicionada “qualidade de vida”, proporcionada pelos recursos disponíveis da região (ah, e pelo nosso otimismo, claro!).

Um projeto aqui, uma conversa ali, uma opinião, um parecer fez com que achassemos que podíamos fazer alguma coisa juntas. Uma desafiou a outra a pensar nisso e rumámos às merecidas férias em família.

E, de repente, a notícia da nova designação Lisbon South Bay criada por três concelhos da margem sul deu forma à ideia:

– E se fizéssemos um blog para conhecermos e dar a conhecer as “maravilhas” da “margem sul”? Um blog que consiga ir mudando a percepção dos comentários redutores e, por vezes, preconceituosos sobre a região? Mostrar que são infundados e permitir que mais pessoas tenham acesso ao que é verdadeiramente bom? – desafia uma.

– Eh pá, isso faz todo o sentido. – aceita prontamente a outra.

– Temos de pensar num nome.

– Lisbon South Bay blog. Queres mais simples e direto?

– Sim, mas imensa gente criticou isso!

– E depois? Há sempre alguém que critica tudo e mais alguma coisa. Nós gostamos, “puxa a zona” para o lugar que ela merece. Vamos fazer da Lisbon South Bay os Hamptons!

– Vamos.

Este diálogo e os que se seguiram davam um livro, mas vamos querer que os descubram diariamente e nos ajudem a encontrar e a revelar o melhor que aqui temos. Nós aqui, temos isto: agenda, cultura, gastronomia, turismo, desporto, lazer, serviços, conversas, atividades, indústria, comércio, lugares onde ficar, visitar. AQUI, na Lisbon South Bay.

Nós aqui queremos que vejam isto.

Nós aqui, temos isto.

Ph: Joel Reis