FeriasNatal

FÉRIAS DE NATAL GRATUITAS PARA JOVENS EM ALMADA. 18 a 29 dezembro

celebramos 1

Eu sei que este ano ainda não falei do Natal, mas para meu espanto ainda não fui imbuída pelo espírito natalício. Costuma-me bater forte e feio, com algum tempo de antecedência, mas ainda não estou para aí virada. Deve ser por causa do tempo!

Mas há coisas que têm de se tratar com tempo, como onde deixar a nossa filharada durante o período de férias de Natal que está aí à porta –  a edição das Férias Jovens em Almada é  um programa gratuito destinado a crianças e jovens entre os 6 e os 17 anos. É gratuito, mas precisa de se fazer inscrição e estas terminam esta semana, no dia 24 de novembro.

Este programa permite às crianças e jovens que estudem, residam e/ou cujos pais, encarregados de educação ou representantes legais trabalhem no concelho de Almada, um conjunto de atividades, passeios e visitas dentro e fora do concelho. O programa decorre em dois turnos, ao longo do mês de dezembro (18 a 22 de dezembro e 26 a 29 de dezembro).

A participação é gratuita, mediante inscrição presencial com a entrega da documentação necessária.Vê aqui as condições de participação. E boas férias.

Nós aqui temos férias de Natal gratuitas.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Parque

HÁ VIDA NO(S) PARQUE(S)

brincamos a isto 1

O frio já chegou, mas infelizmente a chuva não se lhe juntou e andamos para aqui a precisar tanto! Mas, senão conseguimos controlar o tempo, temos de aproveitar o melhor do que se tem dele. E, na verdade, ele não nos intimida para deixarmos de sair.

A criançada cá de casa é da margem sul e por isso quer é anda na pândega e fora das 4 paredes. Se não está tempo de praia, está tempo de passeio, porque a brincadeira não escolhe estações. Assim, um programa de sucesso garantido é uma a ida ao Parque. O Parque é fixe, o parque entretem, o parque diverte e o Parque dá-lhes uma coça de brincadeira que as estoira completamente e as faz ferrar no sono sem pestanejar.

O Parque é um sítio para se ir com os avós. Têm tempo, têm disposição e têm vontade. Esta é a minha teoria, que me dá muito jeito. Até porque em criança lembro-me de um episódio em que levei com um baloiço em cheio na boca que me deixou com uns lábios com 5 vezes o tamanho normal e traumatizou-me para a vida. Estou sempre a pensar que vai acontecer uma coisa dessas.

E quando os nossos filhos vos dizem que querem ir ao Parque convosco? Dizemos que também queremos muita coisa e não temos, certo? Errado. Eu penso, mas não digo.

Lá visto o papel de mãe generosa e faço-lhes a vontade. O Parque da Verdizela além de ser muito espaçoso e agradável fica ao lado de casa. Lá fomos, eu com pouca vontade, mas tudo pelas minhas crias. E eis que sou surpreendida por um parque renovado, tudo novo e com muito espaço para desbundar.

Verdi

A primeira boa notícia, pelo menos para mim, é que não tem baloiços para nos estoirar a boca. Por isso, dei por mim a entrar na cena e a fazer slide e escalada com as crianças. E não é que gostei? Sim, eu sou uma fácil, mas ainda assim não estava preparada para tamanho desfecho. Já aqui falamos e parques, mas como sabem não sou nada tendenciosa e o da Verdizela, é o da Verdizela. E vocês, qual recomendam?

Nós aqui temos vida no Parque.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

OficinaFamilia

OFICINA PARA FAMÍLIAS GRATUITA EM ALMADA. 18 novembro

educamos para 1

O frio já aperta e há que diversificar os programas de família ao fim de semana. Não dá para ficarem fechados em 4 paredes senão dão em loucos, certo?

OficinaFamilia

Almada tem um programa educativo que explora os sentidos, em família. E há coisa melhor que isso? Nós aqui, temos uma sugestão para o próximo sábado. É a oficina “Toca a desenhar a mão” – mas se se entusiasmarem, avancem sem medos. Desenhem a mão, o pé o braço. É daquelas poucas coisas que podes dar o dedo e levaram o braço inteiro. Deixem a imaginação levarem-vos através de exercícios de massagem guiada e de desenho.

E não se ponham já com desculpas:

-Ah, eu não sei desenhar!

-Não tenho jeitinho nenhum para isso!

-Não tenho esse dom!

-Blá, blá, blá…

Deixem-se de tretas, força nas canetas que o maior é o resultado final.

Marquem já na agenda. 18 de novembro, das 15h às 16:30h na Casa da Cerca – Centro de Arte Contemporânea, em Almada.

Ah, mas inscreve-te, para garantires o teu lugar, não vás morrer na praia depois de te entusiasmares.

Inscrições:
212 724 950 | casadacerca@cma.m-almada.pt

A Dora Vicente orienta a cena para famílias com crianças a partir dos 4 anos (pumba, estavam mesmo a pensar na minha!) e conta com um máximo de 14 participantes. Estás à espera de quê?

Nós aqui temos oficina para famílias.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Imagem: http://atividadescras.blogspot.pt/p/percurso-pais.html

Tontos

TONTOS É UM NOVO PROJETO NASCIDO NA MARGEM SUL.

parabenizamos ISTO desporto 1

Bom isto, é que está a ser um dia para os artistas da margem sul. Se hoje já anunciámos no nosso Instagram (não conheces? De que é que estás à espera para seguir?!) que o Miguel Oliveira fez o tri de vitórias na Moto2 e os Anjos acabaram de cantar o novo single na TVI24, o Lisbon South Bay blog dá a conhecer o novo projeto dos “Tontos” Vasco Boucinha e Joel Cabeleira Costa. Tontos eram se não deixassem vir cá para fora esta sonoridade e tontos serão os que não os quiserem ouvir.

teste-vasco

Quando falamos com o Vasco Boucinha e com o Joel Cabeleira em 2015 estavam ambos a começar este projeto e levantaram um bocadinho a ponta do véu, mas só no início deste ano a banda ficou completa.

 

Temos o vizinho Vasco Boucinha (voz principal e guitarra), o Joel Cabeleira Costa (guitarra e voz), o Júlio Guerreiro (teclas) Sérgio Julião (baixo e voz) e David Campos (bateria).

Sem demoras, apresentamos o single de lançamento, para ouvirem o que é bom e alto:

Tontos é um projecto musical com influências maioritariamente rock que tenta ser despretensioso no que diz respeito à atitude e estado de espírito. Uma banda de canções fortes com uma sonoridade vincada pela forte personalidade de cada elemento, que reflectem a unidade musical que somos.

Posto isto, o que é que vos posso desejar? O que se deseja a alguém que sobe a um palco – merda. Muita merda, mesmo. Vocês são muito bons e eu gosto muito de vos ouvir.

Nós aqui temos os Tontos.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Tontos e Joel Reis
Fonte: Glam Magazine

Castanha

FEBRE DA CASTANHA. CORROIOS, AMORA E FEIJÓ. 9 a 11 novembro

degustamos

A Aida ouviu as minhas preces e partilhou mais sítios na margem sul onde podemos dar ao dente a trincar castanhas, pois como confidenciou também sofre de uma perturbadora obsessão por castanhas. Só espero que não te causem o mal-estar que por vezes me atinge com o descontrolo que tenho na sua ingestão. Perdoa-se o mal que faz pelo bem que sabe! Há prioridades, e por vezes a gula toma a dianteira e ai de quem se atravesse no seu caminho. Guilty free.

Isto tudo para dizer que não é só o Seixal que tem castanhas p’rá gente. Gente como nós Aida, com um ligeiro distúrbio alimentar face a esta iguaria, mas nós aqui, temos d’isto. Valha-nos a nossa senhora das castanhas que só trabalha uns meses por ano, senão o verão seria mais duro. Adiante e vamos ao que interessa, que eu facilmente perco o tino quando penso neste tema. Perco de um lado e ganho do outro, porque se há coisa que a castanha não poupa é no peso.

Prossigamos. Temos o já anunciado magusto do Seixal, mas também temos:

Open Day de São Martinho no Fanqueiro (este só pelo nome merece uma visita. “Open Day da castanha” é uma cena altamente potente). Rendo-me a isso. Eu também sou uma fácil. (Nesta matéria, tá? Há outras que dou muito mais luta. Ou então não. Cruzes, credo!).

Como o próprio nome indica é no Fanqueiro, mais propriamente CDR Águas Unidas (outra coisa para me levarem sem pestanejar “Águias Unidas” é de valor. O “Day” é “Open”, mas não é tudo à vara larga – começa às 10h e dura até às 18h – o que já dá para fazer uns estragozinhos.

Continuemos. E a próxima localizada para a degustação é… (tan, tan, tan tan…) Corroios na Quinta da Lágrima. Uma salva de palmas, porque aqui não se brinca em serviço. Qual dia, qual carapuça, venham daí quatro dias que juntamos à castanha o fumeiro, que nós aqui não fazemos a coisa por menos. Pow. Quem pode, pode. E Corroios é que pode. Open Day é para meninos (sem ofensa, malta da Amora), mas Corroios está a dar tudo – pimba Feira do Fumeiro e da Castanha. E se já vai na 4ª edição é porque a coisa promete. Ie, ie, ei Corroios é que é. Ora anotem:

09 de novembro (5ª feira)
18h00 | Abertura da Feira
20h30 | Baile com Ricardo Silva
23h00 | Encerramento do recinto10 de novembro (6ª feira) 
12h00 | Abertura da Feira
21h30 | Baile com Vitor Ginja
24h00 | Encerramento do recinto11 de novembro (sábado) 
12h00 | Abertura da Feira
21h30 | Espetáculo com Toy Cascão
24h00 | Encerramento do recinto12 novembro (domingo)
12h00 | Abertura da Feira
16h00 | Matiné com Arménio Rodrigues
20h00 | Encerramento do recinto

feirafumeiro

The last, but not the least (até porque tenho pr’a mim que ainda vou saber de mais algum), temos a Festa da Castanha no Feijó.Pum, pum, pum! O Feijó não é totó. Pr’a já a entrada é livre, porque para prisão, já basta algum incómodo que a castanha possa causar! E depois deixa a animação da festa com as Águias Vermelhas (lá está, mais uma cena de valor a tocar-me ao coração, vocês querem dar cabo de mim e eu deixo) e com um grupo de concertinas. A festa começa às 15:30h no Clube Recreativo do Feijó.

festacastanha

E por enquanto é tudo. Tenho mais uma vez que agradecer à Aida por alegrar o meu dia e lamentar também sofrer desta “febre”. Olha, que as castanhas estejam connosco!

Nós aqui, temos castanhas.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

darsangue

DÊ, VAI VER QUE NÃO DÓI NADA. RECOLHA NO SEIXAL. 5 novembro a 3 dezembro

aplaudimos

Dar sangue não é uma obrigação, é um ato livre e de espontânea vontade. Bom, nem sempre a vontade é assim tão espontânea, mas fazer bem aos outros traz-nos sempre muito mais em troca. Por isso, nada como estar são que nem um pêro e dar um pouco dessa boa saúde a quem precisa.

E agora, tudo se torna mais fácil, porque vão haver sessões aqui ao lado, aos domingos. As sessões decorrem entre as 9 e as 13 horas, com a presença de técnicos de saúde do Instituto Português do Sangue.

Estás de boa saúde e recomendas-te? Então podes doar sangue. Se tens entre os 18 e os 65 anos de idade e pesas 50 kg ou mais. Para uma primeira dádiva o limite de idade é aos 60 anos.

A dádiva de sangue é benévola e não remunerada. Mas vais ver que te vais sentir bem com o ato. Podes doar quatro em quatro meses se fores uma “senhora” e de três em três meses se fores um cavalheiro.

Organização
Associação de Dadores Benévolos de Sangue do Concelho do Seixal.
5 de novembro, domingo
Auditório do Mercado Municipal de Fernão Ferro
Rua Luísa Tody, Fernão Ferro

Outras sessões

19 de novembro, domingo
Sociedade Musical 5 de Outubro
Largo D. Paio Peres Correia, Aldeia de Paio Pires

3 de dezembro, domingo
Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense
Av. D. Nuno Álvares Pereira 119, Seixal

Dá, vais ver que não dói nada.

Nós aqui temos recolha de sangue.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gapar
Fonte: CMS

MiguelOliveira

OOPS, HE DID IT AGAIN.

aplaudimos

Miguel Ângelo Falcão de Oliveira numa semana conquistou duas vitórias na categoria de Moto2, algo inédito para um português. O piloto natural de Almada venceu hoje o Grande Prémio da Malásia de Moto2, 17ª e penúltima prova do campeonato do mundo de motociclismo de velocidade, uma corrida onde entrou e saiu a ganhar.

Não me canso de divulgar os seus triunfos, por isso Miguel, continua a dar-lhe que nós aqui, queremos é vitórias. Após 17 das 18 provas do Mundial, o piloto da margem sul, sobre pela oitava vez ao pódio na categoria – além dos dois triunfos, conta dois segundos lugares e quatro terceiros -, e já garantiu um lugar no pódio – o terceiro lugar final, ao somar 216 pontos. Pum, pum, pum.

Mai’ nada.

Nós aqui temos mais um vitória de Moto2.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte: O Jogo

ALFAIATE AL FORNO

ALFAIATE AL FORNO JÁ AO RUBRO NO SEIXAL

degustamos

Passaram 15 dias desde a grande inauguração do novo espaço do Seixal o ALFAIATE AL FORNO, e nós aqui não podíamos deixar de vos contar mesmo com uma derrapagem de 15 dias!! Não foram por esquecimento, não pensem, quisemos deixar a casa afinar a carta, afinar os timing´s e provar TODAS as iguarias as quais vos garanto que valem DEFINITIVAMENTE a pena!

Desde a francesinha clássica ou a original como vem na carta ao mix de sensações da de bacalhau ou de legumes, à pizza de presunto com figos que é de chorar e pedir por mais, à morcela com chutney maça que é servida em tábua, e para rematar os nacos de lombo grelhados… já estou aqui a salivar só de pensar. OH Tiago, temos que definitivamente lá voltar!!!

Tiago temos que lá voltar :)

Tiago temos que lá voltar :)

Mas voltando à Inauguração…

O espaço para quem não conheçe foi pensado e decorado com o requinte habitual com que o Mauro Airosa sempre nos brinda. Cada recanto tem um pequeno pormenor que num todo transforma o ALFAIATE AL FORNO um novo Spot a não perder na Baia do Seixal.

Confira com os seus próprios olhos :) Veja o Vídeo

Nós aqui temos ALFAIATE AL FORNO.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
Fotografia e Vídeo: ALFAIATE AL FORNO e PossibDesign

Lego

EXPOSIÇÃO LEGO® EM CORROIOS. 25 novembro a 3 dezembro

brincamos

Maluquinhos, fãs, amantes, doentes, viciados, simpatizantes ou apenas nem aí, mas gostam de Legos, vem aí uma grande exposição de construções em peças LEGO® e vai ter lugar em Corroios, mais precisamente no Pavilhão Multiusos, no Parque Urbano da Quinta da Marialva. Será uma exposição com perto de 1500 metros quadrados de construções que pode ser visitada de 25 de novembro a 3 de dezembro.

2ªf a 5ªf – 10h às 21h

sábado 25/11 – 10h às 23h

6ªf e sáb – 10h às 23h

domingo 3/12 – 10h às 18h

O preço da entrada:

0-4 anos – gratuito
5-11 anos – 2€
12 e superior – 3€
Bilhete familiar – 8 € inclui país e respectivos filhos, sem limite.

Corroios Fan Event – for LEGO® Lovers irá apresentar cidades, milhões de peças, esculturas, comboios, monumentos e outras “obras de arte”. Haverá também um espaço para dares largas à imaginação e mostrares o que vales. Terás à disposição milhares de peças para o fazeres e ainda podes ganhar um “caneco” com isso. Toma nota na agenda e mostra que esta é a tua praia. Ou então não e vai lá só espreitar.

corroios fan event

Nós aqui temos exposição LEGO®.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Screen Shot 2017-10-20 at 13.01.48

9 DICAS PARA PÔR AS CRIANÇAS A ESCREVER. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

Escrever faz muito sentido para as crianças, principalmente se o fizerem com um objetivo. Por vezes, algumas crianças são bastantes resistentes para escrever e para elas é extremamente importante integrar a escrita na sua vida diária utilizando também o jogo como forma de a motivar a pegar no lápis e deixar a sua marca. Quando a escrita adquire um objetivo prático e específico, as crianças começam a entender a importância da alfabetização e rapidamente embarcam em todas as diversões que vão surgindo ao longo do caminho.
Aqui estão dez idéias práticas para que as crianças gostem de escrever com um propósito.

9 DICAS PARA PÔR AS CRIANÇAS A ESCREVER

#1 Peça aos seus filhos que escrevam a sua lista de compras e depois responsabilize-os por marcarem os itens à medida que os vão comprando.

#2 Quando você está a planear a festa de aniversário do seu filho, coloque-o no comando. Deixe-o escrever a lista de convidados e enviar os convites.

#3 Faça um calendário de festas. Seja qual for a temporada (advento e Natal, férias da Páscoa, férias grandes…) arranje um grande pedaço de papel e crie seu próprio calendário de eventos. Coloque as crianças responsáveis ​​pelo desenho e escrita e deixe-os sugerir algumas ideias divertidas para incluir no cronograma, não se esqueça de incluir os aniversários dos familiares e amigos, eles adoram!

#4 Receber uma carta manuscrita da vida real através do correio é emocionante em qualquer idade. Se calhar posso dizer que talvez mais na nossa idade, uma vez que ainda somos do tempo de trocar correspondência (eu pelo menos, já sou muito antiga) com os primos e os pais durante as férias onde se relatavam todas as aventuras. Agora, tristemente, as cartas que recebemos maioritariamente têm números e habitualmente são para nós pagarmos… No entanto, ainda este verão, assisti ao entusiasmo e inabilidade dos meus adolescentes ao enviarem postais dos locais de férias.
Então…tente encontrar um amigo com quem o seu filho possa trocar correspondência, ou então incentive-o a faze-lo com os avós, de certo ambos irão adorar.

#5 Sirva-se da porta do frigorífico e deixe recados ou perguntas e desafios que requeiram resposta. Vai ver a excitação, sendo que aumenta a adrenalina se os mensageiros não puderem ser descobertos no momento de colocar a mensagem no frigorífico.

9 dicas

#6 Quando for de férias, não esqueça de envolver os miúdos na escolha criteriosa dos cartões postais para enviar para alguém ou para vocês mesmos, para ver quem chega primeiro.

#7 Faça um livro das férias em conjunto com os seus filhos, muitos desenhos, colagens e algumas escritas espontâneas que vão acabar por aparecer.

#8 Faça seus próprios cartões de aniversário  e peça ao seu filho que escreva o texto dentro e o endereço no envelope. Em seguida, compre o selo e coloquem a carta em conjunto, de preferência num marco de correio vermelho.

#9 Com crianças mais ativas, use um lápis e papel ou um giz na parede lá fora, sempre que estiver a jogar um jogo com ele para que possa anotar as pontuações. Esta é uma ótima maneira das crianças competitivas escreverem!

E por aí? Você também encoraja o seu filho a escrever com um objetivo? Partilhe connosco uma das suas dicas.

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografia: D.R.