Costa da Caparica

A MAIOR PRAIA DE LISBOA É COMPARADA A UM JARDIM DO ÉDEN COM A AREIA. Por El País

gostamos 1

E quem o diz é o El País. E como muitas vezes na nossa vida é primeiro preciso brilhar lá fora antes de resplandecer cá dentro. Não é o caso da nossa Costa da Caparica, porque “eles falam, falam, falam e eu não os vejo a não vir para aqui”. Vamos ouvir (ler) o que eles escreveram sobre a nossa praia.

“A praia é tão comprida e larga, que vai mudando de nome”, diz o El País.

Para o jornal espanhol, a Costa da Caparica é vista como uma única praia, já que as caraterísticas que tornam única esta zona de Lisboa são comuns a toda a extensão quinze quilómetros “ de areia fina e mar bravo”, como se lê na publicação.

Este é o mais recente exemplo dos muitos casos em que Portugal é falado ‘lá fora’, e é nos sempre interessante ver os recantos nacionais aos olhos de estrangeiros que nos visitam, mesmo que aconteça focarem-se nos pontos mais turísticos ou ignorarem aspetos que, para os portugueses, tornam certas zonas do país um pouco menos encantadas.

Costa da Caparica

Foto: iStock no artigo Notícias ao Minuto

Não é este o caso das praias da Costa da Caparica, sobre as quais o El País faz por apontar o moroso acesso feito pela ponte 25 de abril principalmente ao fim de semana. Ainda assim (e a maioria dos lisboetas irá concordar) vale a pena o esforço do caminho de carro, que é compensado por um dia de praia com sol e ambiente de excelência que faz deste local “o único éden que se pode encontrar em agosto próximo de uma metrópole”.

Haverá maior luxo do que uma extensa praia a ‘dois passos’ da confusão urbana e que se divide apenas por pontuais escolas de surf, cafés ou restaurantes vegetarianos, que em nada destoam a paisagem com vista digna de filme?

Nós aqui temos o Jardim do Éden com areia.
Nós aqui temos isto.

Texto: Mariana Botelho in Lifestyle Notícias ao Minuto
Foto: istock – usada no artigo do Notícias ao Minuto
Texto introdutório: Marlene Gaspar

Paio Pires

PROGRAMA DAS FESTAS DE PAIO PIRES. 1 agosto. Por Marlene Gaspar

gostamos

Meu querido mês de agosto…

Está oficialmente aberta a época do bailarico e afins e nós aqui queremos estar em todas.

Por isso nada como seguir o Programa das Festas. Começamos por Paio Pires que é a festa que se segue.

Festas Paio Pires

 

Vamos lá. De 1 a 5 de agosto a festa faz-se por aqui.

Nós aqui temos as festas da Aldeia de Paio Pires.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

 

CriançaPaz

DIA DA CRIANÇA É NA PAZ. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

 

Ora pois bem, está a chegar aquele dia dedicado aqueles seres mais energéticos, birrentos, fofos e insuportáveis. Sim, estou a falar dos melhores do mundo – as crianças. E não se ponham já aí a arfar comigo porque lhes chamei “insuportáveis” porque quem ainda não se alterou com uma birra de uma criança que atire a primeira pedra. Faz parte.

Os seres mais queridos e fofos às vezes conseguem torrar-nos a paciência e conseguem resolver isso com um simples sorriso. Simples, não é? E é por isso que no dia da criança têm direito a tudo. E que tal passarem um dia na Paz? Ou melhor no Parque da Paz?

O Parque da Paz em Almada recebe estes seres magníficos, a partir das 10h30, com um programa inteiramente dedicado a eles e a estas festividades do Dia Mundial da Criança junta-se ao Festival Sementes.

Mas a festa não é só para a pequenada, porque nos dias que correm não os podemos mandar sozinho (calma, estava só a brincar!), mas a comemoração deste dia especial é para ser partilhada entre crianças e adultos, e há atividades programadas para divertir pequenos e graúdos. Alinhas? Ora vê:

Dia Mundial da Criança

O Monstro
Teatro de Rua e Marioneta
Eimer Tàrrega (Espanha)
Parque da Paz – 12h

Grão de Bico
Teatro
O Bando
Parque da Paz – 10h30 e 14h

Conta aqui, Conta ali
Contadores de histórias
Projecto ALRep
Parque da Paz – 10h30 e 14h30

Ouverture
Teatro de Rua Musical
Teatergruppen Batida (Dinamarca)
Parque da Paz – 11h e 14h30

Orquestra Gourmet
Música
Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade
Parque da Paz – 11h30

Corral Kaos
Teatro de Rua
Scurasplats (Espanha)
Parque da Paz – 15h

Os meus votos é de um dia com muita animação, mimo, abracinhos, carinhos, gargalhadas e vá, uma pequena birra, que eles nesse dia têm direito a tudo. Nós aqui, aguentamos isso.

Feliz dia da criança.

Nós aqui temos o dia da criança na Paz.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

31530522_632024350470500_3677435854504067072_n

E QUE TAL UMA AULA DE SURF? Por Catarina Laborinho

gostamos

Pois é, sabemos que o dia de hoje não está convidativo, aliás estou seriamente a pensar em voltar a calçar as botas visto que a chuva se lembrou de nos brindar de novo!! Mas… vai ser só até amanhã. Assim sendo, há que aproveitar o sol do fim-de-semana e para isso nada melhor que agendar uma aula de surf!!

Este sábado o tempo vai estar MARAVILHOSO, e se não tens nada para fazer ou se por outro lado andas há imenso tempo a querer experimentar chegou o dia, a hora e o momento. AULA DE SURF, com a SurfPro Surf School na praia da Mata pelas 10H. Eu já fui e adorei! Para mais informações o evento está criado no facebook.

N0 fim de semana passado foi assim…

,

Manda-te à água, porque vais ADORAR!

Das melhores sensações que podemos ter é sentir a água salgada no rosto… não é?

Nós aqui gostamos de Mar
Nós aqui temos isto

Contactos
surfprosurfschool@gmail.com // 939 219 023

Texto: Catarina Laborinho
Foto: Surf Pro Surf School Escola de Surf – Costa da Caparica 

FonteTelha

VAMOS LIMPAR A FONTE DA TELHA? 28 abril. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

Ou parte dela, vá. Que limpar a praia toda é um bocadinho over promise, mas vamos dar o nosso melhor e cada bocadinho conta. A Uma Causa Por Mês em Abril decidiu que o mês era da Fonte da Telha e quem sou eu para discordar.
Fiquei impressionada com as últimas imagens que vi do movimento de limpeza das praias, e como já contei aqui sou sensível à forma como muitos tratam o nosso planeta. A praia é um dos locais mais fantásticos que há e corre o risco de ser o meu lugar preferido, por isso não consigo entender como é que se enterra tudo na areia. Ele é o pacote das bolachas, ele é o do sumo, o da lata e a até beata. Malta, a beata parece uma coisa pequena, fácil de apagar e ops, ninguém viu e fica espetada na areia, certo? NOT. Demora anos a destruir-se e sejamos francos, não custa nada colocar naqueles cinzeiros portáteis que dão imenso charme. Uma coisa é certa, apagar a beata, enterrá-la devagarinho e depois tapá-la com o pé, é foleiro. É sujo, é destruidor. Não é bacano, não dá estilo, não é bonito.
A verdade é que os mares poluídos, carregados de plástico e afins poluentes são uma tragédia. Por isso, ajuda-nos a corrigir este flagelo, traz a família e até os mais pequenos. O que é preciso:
– boa vontade e boa disposição
– sacos para colocar o lixo que formos recolhendo ♻
– luvas para evitar pequenos acidentes
– proteção para o sol (óculos, boné, protector solar…)
– boa energia
– companhia (facultativo)

Podes inscrever aqui evento quem vai para estarmos no dia 28, das 10h às 12:30h a dar um pequeno grande contributo ao nosso planeta. 
Nós aqui temos limpeza da Fonte da Telha.
Nós aqui temos isto.
Texto: Marlene Gaspar
Canoagem

CENAS GRATUITAS PARA FAZER NO SEIXAL. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

Estás-te sempre a queixar que não mexes esse corpinho porque não tens tempo, não tens dinheiro, não tens companhia ou não tens tempo. Tudo isso cheira-me a que não tens é o mais importante – vontade. Mas, se tens vontade e só não trabalhas o corpinho pelas primeiras razões apresentadas, então este post é para ti.

Ao fim de semana, nas várias freguesias do concelho, há verdadeiros ginásio ao ar livre onde dá para praticas várias cenas: futebol, basquetebol, voleibol ou ginástica; percursos gímnicos e aulas abertas de body combat, zumba, ioga e muito mais modalidades.

E a boa notícia é que só tens de aparecer. Ah, pois é bebé, diz lá que fazer desporto não é para ti. É porque não queres, ok.

Calendário (nota que pode ser atualizado. Depois não matem a mensageira):

Área de Participação de Amora
Parque do Serrado
9.30 horas
14, 21 e 28 de abril
5, 12, 19 e 26 de maio
2, 9, 16, 23 e 30 de junho
7, 14, 21 e 28 de julho
Organização: Câmara Municipal do Seixal | Junta de Freguesia de Amora | movimento associativo

Animação Desportiva de Arrentela
Frente ribeirinha, junto à Quinta da Fidalga
10 horas

7, 14, 21 e 28 de abril
5, 12, 19 e 26 de maio
2, 9 e 16 de junho
Organização: Câmara Municipal do Seixal | União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires | movimento associativo

Manhãs Desportivas de Corroios
Quinta da Marialva
9 horas

15, 22 e 29 de abril
6, 13, 20 e 27 de maio
3, 10, 17 e 24 de junho
Organização:  Câmara Municipal do Seixal | Junta de Freguesia de Corroios | Comissão Desportiva da Freguesia de Corroios

Manhãs Desportivas de Fernão Ferro
Parque Urbano de Fernão Ferro
Partida da caminhada – 9 horas
Área de participação – 10 horas

6, 13, 20 e 27 de maio
3, 10, 17 e 24 de junho
Organização: Câmara Municipal do Seixal | Junta de Freguesia de Fernão Ferro | movimento associativo

Área de Participação do Seixal
Parque da Quinta dos Franceses
10 horas

4, 11, 18 e 25 de março
8, 15, 22 e 29 de abril
6, 13, 20 e 27 de maio
3, 10, 17 e 24 de junho
Organização: Câmara Municipal do Seixal | União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires | movimento associativo

Aulas Aberta de Canoagem do Seixal
Zona Ribeirinha do Seixal
10 horas
29 de abril
13 e 27 de maio
10 e 24 de junho
8 e 22 de julho
9 e 23 de setembro
7 e 21 de outubro
Organização: Câmara Municipal do Seixal | Associação Náutica do Seixal

Circuito dos Torneios de Xadrez

14 de abril, 15 horas
CRD Cavaquinhas

28 de abril, 15 horas
Pavilhão Municipal da Torre da Marinha

9  de junho, 15 horas
GD Cavadas

16 de junho, 15 horas
Pavilhão Municipal do Alto do Moinho

30 de junho, 15 horas
Café Pérola da Torre

27 de julho, 15 horas
GD Cavadas

Inscrições até 15 minutos antes de cada torneio

Organização: Câmara Municipal do Seixal | Juntas de freguesia | Movimento associativo

Vá, anda daí e dá o corpo ao manifesto.

Nós aqui temos muitas cenas gratuitas no Seixal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fonte: CMS

CristoReiemazul

PORQUÊ QUE O CRISTO REI ESTÁ DE AZUL? 2 abril. Por Marlene Gaspar

parabenizamos ISTO desporto 1

Estou a passar as vistas no mural do Facebook e deparo-me com esta pergunta da minha amiga Sandra Bizarro e também desconhecia a resposta.

CristoReiazul

CristoRei

E como há pessoas mais atentas do que eu nestas andanças, rapidamente se descobriu a razão, e eu rapidamente pedi autorização à Sandra para partilhar a novidade. Não, o Cristo Rei não estava de azul porque o Belenenses estava a ganhar, como li num comentário (mas gostei da analogia), mas sim, como forma de celebrar o Dia Mundial do Autismo – a 2 de abril. Este dia foi criado pela Organização das Nações Unidade desde 2007 para a conscientização acerca dessa questão.

No evento de 2010 a ONU declarou que, segundo especialistas, acredita-se que este transtorno de desenvolvimento atinja cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, afetando a maneira como esses indivíduos se comunicam e interagem. Em 2011, no Rio de Janeiro foi iluminou de azul o Cristo Redentor à semelhança de outros monumento e em Portugal, temos o nosso Cristo Rei (além de outras semelhanças que falámos aqui) e a Torre dos Clérigos.

Nós aqui temos a celebração do Dia Mundial do Autismo.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto e fonte: Sandra Bizarro

25abril

ABRIL CELEBRA-SE COM AUREA, ANJOS, GISELA JOÃO, IRMÃOS FEIST. Almada e Seixal. Por Marlene Gaspar

parabenizamos ISTO desporto 1

Abril, concertos mil. Já se sabe que é um mês de comemorações e se há coisa nobre e digna de celebração aos quatro ventos é a da liberdade. Todos os dia agradeço poder estar num país livre, que me permite escolher. E não pensem que isso é pêra doce, porque como diz esse grande block bluster que é o Homem-Aranha “com grande poder, vem grande responsabilidade”. E quando tomamos opções, somos livres de escolher temos que acartar com essas decisões, responsabilizarmo-nos por elas. E quando as coisas dão para o torto, pode ser uma grande chatice.

Quando escolhemos mal pode ser uma merda, mas ainda que seja, será sempre uma escolha nossa e essa liberdade é impagável.

Por isso, mais uma vez, estou aqui prontíssima para receber abril e o aniversário do 25 de Abril não é para ser passado em branco.

E temos vários motivos e concertos para celebrar. Ora tomem nota no Seixal: concertos dos Anjos e Irmãos Feist que sobem ao palco para apresentar Ontem, Hoje e Amanhã, Seixal Sempre!, um concerto que reúne os seus êxitos e uma viagem pelas músicas da revolução na noite do dia 24, na Praça 1.º de Maio, no Seixal.

Nelson e Sérgio Rosado

Anjos | Nelson e Sérgio Rosado. Foto: Joel Reis

Depois do fogo de artifício, que começa à meia noite, é a vez de Aurea atuar no palco instalado na frente ribeirinha do Seixal.

Mas calma os mais pequenotes não se apoquentem, porque ascelebrações dedicam um dia às crianças, a 22 de abril, domingo, com os espetáculos do Palhaço Companhia, às 15 horas, e As Canções da Maria, às ​16 horas, na Praça 1.º de Maio.

Já em Almada, temos no dia 24 de abril, às 22h na Praça da Liberdade o fado de Gisela João e o rock intemporal dos Xutos & Pontapés (sempre bom).

As entradas para os concertos são como o 25 de abril – livres, por isso só tens de escolher onde queres estar.

Escolhe livremente, escolhe bem.

Nós aqui temos concertos de 25 de abril.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte: CMA, CMS.

Seixal

PROGRAMA DAS FESTAS PARA FIM DE SEMANA PÁSCOA NO SEIXAL. Por Marlene Gaspar

celebramos 1

Está meio mundo de férias e tu fazes parte do mundo que não está e ainda não tens planos para o fim de semana grande? Não foste à neve, pr’o calor ou conhecer uma cidade histórica? Não te apoquentes, temos um programão para ti e para os teus.

No Seixal, o fim de semana da Páscoa está cheio de atividades e animação com um mercado de rua, street food, artesanato, atividades para crianças, música e até uma banda itinerante de dixieland – what ever that means! Ok, ok. É foleiro anunciar o que não se sabe, mas para aqueles mais desatentos como eu, a wikipedia explica: o dixieland é um subgénero de jazz criado em 1910, em Nova Orleans! Irra, que sou mesmo lerda nesta matéria. Então desde 1910 e eu não tinha reparado. O dixieland ou jazz tradicional foi o último estilo que surgiu da mistura da música africana e europeia depois de 1900.

Mas para conhecer mais sobre o dixieland, aparece no Seixal, porque a Xaral’s Dixie, uma banda itinerante de jazz tradicional, atua sábado, das 11.30 às 12.30 e das 15 às 16 horas, trazendo às ruas do Seixal um ambiente único e muito festivo. O programa de animação começa na sexta-feira à noite, dia 30 de março, a partir das 23 horas, com os Living Statues DJ a dar música ao Largo Luís de Camões.

No sábado, dia 31, das 10 às 18 horas temos o Mundet Mercadito na Baía. No renovado passeio ribeirinho estarão instaladas carrinhas de street food, artesanato, produtos biológicos, atividades de animação para crianças e até uma aula de ioga para crianças e pais.

MercadoMundet

Sábado, das 10 às 18 horas

Das 10 às 13 e das 14 às 18 horas
ANIMAGEST
 – performances com vários animadores e mascotes, sob a temática da Páscoa.

  • Páscoa na Baía do Seixal – É para Recordar (fotografia de casal de coelhos com público)
  • Caça aos Ovos da Páscoa
  • Casal de Coelhos com cestinho e docinhos (interação e oferta de amêndoas ao público)

16 horas
Aula de ioga para crianças e pais.

E domingo é dia da família, por isso resta-me desejar-vos um dia feliz, sentado à mesa e com quem nos é verdadeiramente importante – os (n)vossos. Boa Páscoa.

Nós aqui temos programa de Páscoa.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Nauticapress
Fonte: CMS

OndaParqueLSBB

DIZ QUE O ONDA PARQUE PODE VOLTAR A ABRIR! Por Marlene Gaspar

gostamos

Wow. Calma aí. Vocês tenham cuidado com estas coisas, que o coração não é de ferro e não aguenta tamanhas novidades! Uma pessoa já caminha para uma certa idade e há maldades que não se devem cometer, sob pena de criar falsas expectativas, que isso é como dar um chupa a uma criança e tirar-lho à primeira lambidela!

Quem o diz é o artigo da Magg e isto transporta-me para a minha infância onde fui verdadeiramente feliz no Onda Parque. Era curtir que nem uma maluca escada acima, escorrega abaixo, sem medos, sem freios e com muita alegria. O espaço era magnífico, foi o primeiro parque aquático que frequentei e a diversão era uma cena inexplicável. Claro que hoje dá para tirar uma lasquinha nos parques no Algarve, mas a mística, o envolvimento do Onda Parque, essa não tem réplica.

Por isso ao ler esta notícia ou a eventual abertura do Onda Parque até me faz eriçar os pêlos (os que ainda não dei cabo deles com o laser, porque esses meus amores, ai deles que voltem que eu dou-lhes uma assadura que nunca mais veem a luz do dia. Ámen, praga insolente!), mas voltemos ao que nos trouxe aqui – a emoção de poder voltar ao Onda Parque está-me a deixar azambuada. Não que eu me vá atirar à doida, porque a idade além da gravidade, também me deixou menos atrevida ao nível da experimentação com impacto físico e, vendo bem já lá vão 22 anos e aqui a boneca, tem menos poder de encaixe para algumas nódoas negras.

Mas estou aqui, afoita de vos poder dizer que abriu, que vamos aí entrar na Onda, mas vamos ter de esperar por mais novidades, mas até lá fica a boa lembrança e se alguém tiver uma boa história para contar, é avançar, sem medos. Eu tenho uma triste de rasgar um biquini no escorrega, mas tem pouco interesse relembrar, porque tudo o que uma teenager precisa é de ficar sem parte de baixo num espaço público e não ter um buraco onde se enfiar, certo?

Nós aqui podemos vir a ter o Onda Parque.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Foto: Pinterest

Fonte: Magg