Corrida Avante

CORRIDA E CAMINHADA NO SEIXAL. 4 SETEMBRO.

corremos

A Festa do Avante tem um programa diversificado e o desporto não podia ficar de fora. E no dia 4 de setembro, às 9:30h poderá participar na 29º corrida de 10,200 km que tem início na Baía do Seixal, percorrendo toda a Marginal com partida da Amora até ao Seixal e voltando pelo mesmo percurso até à Festa do «Avante!». Esta corrida realiza-se anualmente, é uma prova aberta, de participação voluntária e gratuita.

E aqui estamos como voluntárias e já de inscrição feita, e chamamos a atenção que terá de ser feita até 31 de agosto para:

Corrida da Festa do «Avante!»
Quinta da Atalaia, Av. Baía Natural do Seixal
2845-415 Amora-Seixal
Telefone: 212 224 000 (das 9h30 às 12h00 e das 14h00 às 17h00)
Fax: 21 2272516
e-mail: desporto@festadoavante.pcp.pt

A entrega de dorsal, será feita no dia da corrida, a partir das 08h00 junto à tenda instalada na zona da Partida.

Não serão aceites inscrições no dia da prova.

Os atletas deverão ser portadores dos seus Bilhetes de Identidade/Cartão de Cidadão ou Cédula Pessoal, sem o qual se sujeitam à desclassificação, no caso da organização lhes exigir prova de identidade.

Perder ou ganhar é desporto, mas há prémios para os vencedores, ah pois é. Podem ganhar uma Viagem à Madeira durante quatro dias com pequeno-almoço (a gozar durante o mês de Outubro de 2016).

Taça às dez primeiras equipas (para a classificação colectiva contam os 5 primeiros atletas de cada equipa, independente do escalão).

Troféu ou taça do 1.° ao 3.° classificado em cada escalão.

Serão oferecidas lembranças de participação.

Entradas para a Festa para todos os que terminarem a prova.

Para efeitos de classificação o controlo encerra 1h10 após a partida.

No retorno os atletas mais atrasados deverão aproveitar para gozar o prazer da Baía encostando o mais à esquerda possível ou até utilizar o pedonal.

A correr ou a andar, pois se preferir esta última pode fazer a Caminhada da Festa do «Avante!» 2016 realiza-se no mesmo dia à mesma hora junto à Baía do Seixal. Pode apreciar a beleza natural da Baía do Seixal. Será uma iniciativa de convívio sem qualquer intuito competitivo. Serão atribuídas lembranças de participação e bilhete de acesso à Festa.

Saiba mais aqui.

Corrida Avante

Nós aqui temos corrida e caminhada
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Festa do Avente!

Maya

NÓS AQUI JOGÁMOS PADEL COM A #MAYA

jogamos

Maya, Eunice Cristina Morais de Carvalho (seu verdadeiro nome) foi professora do Ensino Primário, tornou-se taróloga de sucesso nacional e estrela da televisão. É também relações públicas e apresentadora.

Maya

Maya

Maya

Maya

Maya

Maya

Maya

Veja a entrevista completa aqui

Fotografia: Zito Colaço
O Lisbon South Bay Blog agradece ao PadelMode:

PadelMode

Telma Monteiro

A PRIMEIRA MEDALHA OLÍMPICA NACIONAL VEM DA MARGEM SUL

parabenizamos ISTO desporto 1

Já aqui dissemos que a margem sul é terra de atletas, por isso foi com muito orgulho e satisfação que acompanhamos, sofremos e festejamos ontem a vitória da Telma Monteiro. Parabéns. Que seja a primeira medalha olímpica de muitas.
Foram combates difíceis, mas a Telma conseguiu chegar, ver e vencer. A medalha de bronze já ninguém lhe tira.

Telma Monteiro

Os nossos votos de sucessos para os restantes atletas nacionais por quem torcemos com a mesma convicção. Bem hajam pela vossa dedicação.

Nós aqui temos campeã olímpica.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografias: D.R.

corrida na praia

CORRIDA E CAMINHADA NOTURNA NA PRAIA DA CAPARICA. 23 JULHO.

corremos

O calor aperta e correr fica mais difícil quando a brasa do sol nos queima até aos ossos. Mas, fazê-lo à noite, traz um outro brilho à tarefa e descobrem-se outros encantos. Se ainda não fez a experiência pode fazê-lo.

No dia 23 de Julho temos a 1ª Corrida Noturna da Praia da Caparica, com uma extensão de 10km e uma caminhada com uma distância de 4 km. É uma oportunidade não de “morrer” na praia, mas correr na praia. Mas, atenção são 9 km a correr na areia.

Partida e chegada no Paredão junto à lota e segue em direção à Nova Praia.

Corrida 10km – 21h30
Caminhada 4 km – 21h35

Para fazê-lo inscreva-se aqui.

corrida noturna

Nós aqui temos corrida na praia à noite.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

EURO, Festejos

VER OS JOGOS NA MARGEM SUL DEU-NOS O TÍTULO DE CAMPEÃO?

parabenizamos ISTO desporto 1

Superstição ou não, para nós ver os jogos do europeu na margem sul, deu-nos o título de campeão. E alguns de vocês dizem “mas eu não vi aí e fomos campeões”. Verdade, mas as superstições são de cada um e para cada um. As nossas superstições não são as vossas! Respect.

Ainda estamos a viver o momento, ainda estamos numa fase irracional de euforia e descompensação. Ainda estamos embriagadas com os últimos acontecimentos, mas com uma ressaca boa e não daquelas que nos deixam arrasadas. Essa, ficou para os franceses. Não, não encaramos esta vitória como uma vingança, mas como uma lição. Uma lição para eles, mas sobretudo para nós, nós portugueses.

#1 – Em primeiro lugar, sabemos o que é estar no lugar deles. Recordemos 2004 onde fomos anfitriões e vivemos uma tragédia grega, depois de acreditar que seríamos campeões. Felizmente não somos chauvinistas e não humilhámos o adversário. Pois vendo bem, o que ganharam os franceses com isso? Enfiaram a viola no saco e engoliram um sapo, desculpem, um galo, perante a assistência de milhões de pessoas.

#2 – Em segundo lugar, aprendemos o que é ter personalidade. Ter personalidade não é agradar a todos, é ter a frieza e objetividade de fazer o que for preciso para a realização de um sonho. Fernando Santos não teve um percurso fácil. Criticado pelas suas escolhas, pelas suas decisões táticas, por não jogar bonito e até por parecer estar zangado com o mundo (sim, foi preciso chegar ao último segundo do jogo da final para esboçar um sorriso daquela carantonha). Faço aqui o meu acto de contrição. Calou-nos! Li algures que ele é “o único engenheiro a cumprir prazos” e piadas à parte, dizer quando tudo corre mal, que “eu só volto no dia 11 de julho e com a taça”, é de quem “os tem no sítio”. Por muito que quiséssemos acreditar nisso, duvidámos. Apostou em Éder que passou do jogo particular da goleada visto como “o até o Éder marca” à final em que “só o Éder marca”. Quem ri por último, ri melhor e o que interessa não é como começa. É como acaba.

Nós aqui, também fizemos um “statement” no nosso blog – ao anunciar os jogos da seleção no início do euro. Utilizámos o título “Até os comemos”. Pensámos, #QSFD, vamos puxar pelo otimismo, mas o nosso #QSFD foi um #QSFD “à Moutinho”, um bocadinho a medos. Não foi um #QSFD à Ronaldo. E, o #QSFD do Ronaldo não foi um “estou-me nas tintas para o que vier”, não. Foi um #QSFD de “vamos dar o nosso melhor, porque o que será, será”. É diferente. É um #QSFD responsável e não descomprometido.

3# – Em terceiro lugar, deixamos de ser a equipa do “somos quase campeões”. Morrer na praia é doloroso, mas cria endurance. Em 2004 criou-se um espírito de união dos portugueses como nunca se assistiu. O orgulho de ser português voltou. Em boa medida até soubemos perder. Foi um duro golpe, foi uma desilusão, mas tivemos dignidade. “Morrer na praia” ensinou-nos a não desfocar e a valorizar as conquistas. Mas tão importante como saber perder, é saber ganhar. O jogo de ontem era um filme de suspense digno de Hollywood. Poucos minutos depois de começar, temos uma cena carregada de drama que abana a fé e inquieta 11 milhões de portugueses. Mas quis uma equipa e um Éder valentes trazer o caneco . Ouviram o capitão, que mostrou que não é preciso estar dentro das quatro linhas para ajudar a equipa. Lutaram, lutaram até ao último suspiro para termos um final feliz. E tivemos.

O nosso percurso permitiu saber saborear com fair-play e savoir-faîre esta conquista. Sim, fair-play e savoir-faîre. Uma palavra inglesa e outra francesa, em homenagem aos nossos dois últimos adversários ao maior impacto que têm pronunciadas nas suas línguas maternas.

portuguesesegauleses

Nós aqui, já fomos ultrajadas e condenadas por o nome do nosso blog não ser em português. Somos antipatriotas e não gostamos da nossa língua porque optámos por um nome internacional? Não. O Cédric e o Adrien não amam a sua nação por causa dos seus nomes? Não. E o Raphael entregou-se menos na final porque o seu nome se escreve com “ph”? Não. Aqui, estou como o Ronaldo e #QSFD essas opiniões.

Obrigada Portugal. 10 de julho – o dia inesquecível – campeões europeus de atletismo, campeões europeus de triplo salto, campeões europeus de futebol.  Vocês são enormes. Obrigada é curto para o que fizeram, mas é verdadeiramente sentido. Bem-hajam.

Texto da inteira responsabilidade do meu coração que ao contrário do Moutinho, não bate bem. Ainda está a recuperar.

Nós aqui fazemos parte de uma nação valente.
Nós aqui temos isto.

Texto: Campeã europeia, Marlene Gaspar.

TelmaMonteiro

TELMA MONTEIRO VENCE MEDALHA DE BRONZE. OH YEAH.

celebramos 1
Depois da passagem aos quartos de final da nossa seleção ontem (já que falamos nela, também diga-se de passagem que não era preciso ter sido com mais um “camadão de nervos””. Mas, as boas notícias nacionais não param!). É com muito orgulho que parabenizamos a judoca Telma Monteiro, da nossa margem sul, pela conquista da medalha de bronze ontem, no Grand Prix em Budapeste, ao vencer a alemã Sappoho Coban na categoria -57kg.
Já aqui dissemos que a margem sul é terra de desportistas, por isso estamos a sentir-nos “a celebrar”.
Obrigada Telma. Obrigada Portugal. Força por o que ainda aí vem.
Estamos aqui, a torcer como se não houvesse amanhã.

Nós aqui temos medalha de bronze.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: TSF Notícias

surf

SURF E FESTIVAL NA COSTA DA CAPARICA. 18 E 19 JUNHO.

surfamos

Abriu oficialmente a época dos bailes e bailaricos, dos festivais e dos evento do verão. E como, nós gostamos é do verão, queremos aproveitar tudo. O programa das festas na Costa da Caparica para este fim de semana aqui na “South Bay” ou margem sul, para os mais “puristas” está recheado.

Surf

Fotografia: Zito Colaço

SURF COM O CIRCUITO SAMADI NA PRAIA DO DRAGÃO

Os melhores surfistas juniores das categorias Sub 12, Sub 14, Sub 16, Sub 18, Sub 18 Feminino e Sub 16 Feminino vão disputar nos dias 18 e 19 de Junho na Costa de Caparica a 2ª Etapa do Circuito Samadi 2016. Promete vir a ser um dos circuitos mais importantes e disputados de 2016, por isso não percam pitada.

LONGBOARD FESTIVAL POWERED BY LUFI E SOL DA CAPARICA

Também neste fim de semana está de volta o Longboard Festival powered by Lufi, Sol da Caparica na edição de 2016. O festival será realizado na Praia do Dragão Vermelho. O festival vai ter a presença de muitos atletas de renome nacional e internacional que darão ainda mais brilho a este festival.

Entra na onda e surfa neste festival.

Nós aqui, temos festival de surf.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia de Capa: Joel Reis

NRALMADA

NEON RUN EM ALMADA É “NA PAZ”. SAIBA ONDE LEVANTAR OS KITS. 17 E 18 JUNHO.

corremos

A NEON RUN de Almada vai ser já este sábado, dia 18 de junho, no pulmão da cidade – o Parque da Paz.

Nós aqui, damos-lhe as indicações de onde e quando pode levantar os kits (t-shirt; stick e pintura neon) e, mais algumas dicas para este imperdível evento.

Levantamento de Kits
Almada Forum
Piso 0 – Loja 1.24

Dia 17 de Junho das 11h às 22h
Dia 18 de Junho das 10h às 19h

Não se esqueça que para levantar os kits terá de levar os Bilhetes Neon Run.

Atenção que nas inscrições de Equipas, será um responsável por cada que levanta o dorsal de todos os elementos. Por isso terá de levar os Bilhetes Neon Run de todos os membros e respetivos números de Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão.

Programa da Festa:

Sábado dia 18 de Junho:

Local: Parque da Paz – Almada
20.45h – Início do Warm Up
21.00H (ajustado ao pôr do Sol ) – Início da Neon Run
22.00h – Início After-Party
24.00h – Encerramento

Cartaz Neon Run 2016

Vai ser um sucesso, mas pedimos a vossa colaboração para que seja, ainda mais:

#1 – quem vai com crianças deverá ter alguns cuidados (eu sei, estão a pensar que novidade, vê se mesmo que não têm crianças!! Pois, temos crianças e estávamos a ser “simpáticas” quando dizemos “alguns” cuidados). Ok, são muitos, mas para além dos que já tem, a organização aconselha a partirem mais para o final. Deverão caminhar, dançar ou correr, mas tendo em atenção que em algumas zonas estará bastante escuro, deverão fazê-lo com cuidado, o objectivo é divertirem-se.

#2 – a tinta, apesar de ser lavável, pode em alguns tecidos ser mais difícil de sair, pelo que o melhor é escolher aquelas peças de roupa que já “não temos pena”, sim, porque no melhor “pano cai a nódoa” e, não queremos nenhum desgosto! A organização também recomenda o uso de óculos ao invés de lentes de contacto. Assim, como assim, vão ficar com os “olhos coloridos” (desculpem, não resistimos)!

3# – Sabemos que sabem esta, mas mais vale “pecar por excesso que por defeito” – ajudem a preservar o Parque que tanto gostamos, e não deixem lixo pelo percurso.

Agora é só “Run, Malta, Run” e divirtam-se.

Nós aqui, temos a Neon Run.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Imagens: Organização do evento

passeiospedestres

CAMINHADAS NA FONTE DA TELHA. JUNHO A SETEMBRO.

caminhamos 1

I love trees Portugal (Love Trees Project) quer dar a conhecer mais e melhor a Fonte da Telha e os “Segredos da Caparica”. É a oportunidade de percorrer trilhos desconhecidos da maioria das pessoas, trilhos esses que têm muito para “contar” e desvendar.

fontedatelha

Estão programados vários passeios pedestres de junho a setembro e, o primeiro é já dia 20 de junho, na próxima segunda-feira.

Calendário
# 20 de Junho (Segunda-Feira 21h-23h)
# 25 de Junho (Sábado 10h-12h)
# 9 de Julho (Sábado 10h-12h)
# 19 de Julho (Terça-Feira 21h-23h)
# 13 de Agosto (Sábado 10h-12h)
# 17 de Agosto (Quarta-Feira 21h-23h)
# 3 de Setembro  (Sábado 10h-12h)
# 16 de Setembro (Sexta-feira 21h-23h)

caminhadafonteInscreva-se em MOVE ON BEACH – bar na Fonte da Telha ou saiba mais aqui. Para quem não conhece, na descida vira-se à direita e fica no Bairro dos Pescadores.

Venha desfrutar desta maravilhosa paisagem, fazer exercício e pode terminar a dar um mergulho no mar.

De que é está à espera? Inscreva-se já.

Nós aqui temos passeios pedestres.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografias: Zito Colaço