Festas de Corroios

FESTAS DE CORROIOS JÁ TÊM CARTAZ. 18 e 27 agosto.

aplaudimos

É só em Agosto? É. Mas, aqui não se perde tempo para anunciar quem vem animar os palcos nas Festas de Corroios 2017. São 3 palcos e muitos artistas que vão atuar de 18 a 27 de agosto e há músicos para todos os gostos e feitios. Ora vejam:

Palco Carlos Paredes

Dia 18 – Capitão Fausto + Rua Direita [Vencedores do XXII FMM Corroios’2017]
Dia 19 – XXXIII Festival de Folclore de Corroios
Dia 20 – Carlos Leitão [Noite de Fados]
Dia 21 – Remember Revival Band
Dia 22 – Quim Barreiros
Dia 23 – Moonspell
Dia 24 – Diogo Piçarra
Dia 25 – The Gift
Dia 26 – Nelson Freitas
Dia 27 – GNR

Palco Liberdade

Dia 18 – Grupo de Sevilhanas Rocieras de Alcochete
Dia 19 – Grupo Coral Gerações – Algueirão
Dia 20 – SAHARA – Dance Studio
Dia 21 – Associação Grupo Coral e Instrumental “Ventos & Marés”; Grupo Coral e Instrumental; “Moinho de Maré”
Dia 22 – Johnny’s Band
Dia 23 – Grupo Coral Instrumental “Os Sempre Jovens”; Grupo Coral e Instrumental “Cantar é Viver”; Grupo Cavaquinhos “Os Rouxinóis”
Dia 24 – Professora Virgínia Gonçalves e suas Classes de Dança
Dia 25 – Grupo Nafisah – Danças Orientais; Grupo Sway – Danças de Salão; Grupo Hip Hop
Dia 26 – Noite Cultural do CCRAM
Dia 27 – Sevilhanas; Cavaquinhos e Concertinas; Grupo Coral “Os Rouxinóis”

Palco Arraial

Dia 18 – Duo Musical Ritmos
Dia 19 – Duo Musical H. C. Som
Dia 20 – Duo Musical Maravilha
Dia 21 – Trio Musical Clave
Dia 22 – Trio Musical Novo Ritmo
Dia 23 – Trio Musical Ipanema
Dia 24 – César Silva
Dia 25 – Trio Musical Ludgero
Dia 26 – Cátia Sofia
Dia 27 – Duo Musical Victor Ginja e Beto

E para já é isto, mas há medida que houver mais novidades, avisamos. Marquem já na agenda que as Festas de Corroios são dignas de parar tudo.

CartazFestasCorroios

Nós aqui temos Festas de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

“The Art of Losing” | Fotografia Susana Pereira

DANÇA, É EM ALMADA E NA MOITA

Vamos a isto

Dia  29 de Abril é Mundial da Dança e #nosAqui vamos lá estar.

Em Almada, a comemoração está a cargo da Ca.DA Escola, com um espetáculo coreografado pela professora Maria José Bernardino. Nele são apresentadas duas peças de Dança Contemporânea, “O Regresso” e “O Muro”, num programa que, acima de tudo, pretende promover a dança e o desenvolvimento de percursos artísticos dos jovens alunos.

"O Muro" | Fotografia Sérgio Carvalho

“O Muro” | Fotografia Sérgio Carvalho

Por sua vez, na Moita, a Companhia de Dança de Almada apresenta o espetáculo “The Art of Losing”, da coreógrafa São Castro. Tendo como mote o início de um dos mais profundos e melancólicos poemas da poetisa norte-americana Elizabeth Bishop, “One Art”, o bailado convida a reflectir sobre a habilidade necessária para se lidar com a perda, e sobre o papel da memória e do corpo nesse processo. São Castro pretendeu colocar o corpo em confronto com a mutabilidade e a precariedade da existência, traduzindo-se num texto no qual os bailarinos se movem em palco tal como na vida, sem uma narrativa óbvia.

“The Art of Losing” | Fotografia Susana Pereira

“The Art of Losing” | Fotografia Susana Pereira

A Companhia de Dança de Almada é uma companhia profissional de dança contemporânea, dirigida por Maria Franco. Criada em 1990, a companhia tem como missão promover a dança como uma forma de arte, oferecendo um espaço de trabalho profissional para criadores/coreógrafos/professores e bailarinos.

+ informações:

O Regresso / O Muro
Espetáculo Comemorativo do Dia Mundial da Dança
Ca.DA Escola
29 de abril, às 17:00 e 21:30
local: Almada, Auditório Fernando Lopes-Graça
reservas: 212 724 922 | auditorio@cma.m-almada.pt
classificação: M/12
preço: 2,5 euros, preço único

The Art of Losing
Companhia de Dança de Almada
29 de abril, às 21:30
local: Moita, Forum Cultural José Manuel Figueiredo
reservas: 210 888 900 (3ª-feira a sábado, das 14:30 às 19:30) | forum.cultural.jmf@mail.cm-moita.pt
classificação: M/12
preço: Grátis

Faz o #savethedate na tua agenda, porque este dia vai ser marcado pela dança.
Para outros eventos clique aqui

Nós aqui temos dança.
Nós aqui temos isto.

Texto: Nota de imprensa Companhia de Dança de Almada

Patrulha PataMargem Sul

O FENÓMENO CANINO NO CARNAVAL. E NÃO SÓ!

mascaramos 1

Se o ano passado não houve direito a máscaras cá em casa como contámos aqui, este ano a história não teve comparação. Houve escolha, dedicação e empenho. Tudo por culpa desse estranho fenómeno que é a Patrulha Pata. Para os mais desatentos e que seguramente não convivem com crianças pequenas a Patrulha Pata não tem nada a ver com patos (como já fui questionada), mas sim com…cães! Sim, cães. Os cães têm patas, logo temos uma patrulha de animais com patas que se juntam para resolver todo o tipo de situações. A famosa Patrulha Pata. Versão brasileira: “Patrulha Canina”.

A Patrulha Pata está para as crianças de hoje como o Dartacão estava nos nossos dias (leia-se década de 80). E aí está, mais uma vez o fenómeno canino a dar cartas e o Carnaval explora-o como se não houvesse amanhã. Até porque não sabemos mesmo o que virá substituir este fenómeno amanhã.

CaesLSBb

As semelhanças são muitas:
Nós sabíamos na ponta da língua o inesquecível:

Te-te-te-te-te-te-te-te-te. Era uma vez os três, os famosos moscãoteiros, o pequeno Dartacão e seus companheiros, os melhores amigos são os três moscãoteiros e quando em aventuras vão são sempre os primeiros…

As crianças de hoje em dia cantam de cor e salteado:
Patrulha pata, patrulha pata a salvar o dia… não me peçam para cantar mais, porque é isto que me interessa. Na verdade a Patrulha Pata salva o dia dos pais. Quando a comida está difícil de acabar decidimos dar uma colher a cada um dos membros da patrulha e acreditem que são muitos cães, por isso dá para acabar tudo. Quando se desesperam à espera de alguma coisa, lá está, a patrulha pata entra em ação (é só abrir o youtube) e a magia acontece. Ficam anestesiados. Já sei que estão a pensar, que não se devemos ser dependentes da tecnologia e isso não é bom para as crianças e blá, blá, blá. É um facto, mas uma ótima ajuda em desespero de causa. E, nem sempre, nem nunca!

A diferença para o nosso tempo é que nós não tínhamos o poder da escolha de ouvir/ver os episódios quando queríamos, mas os sábados e domingos de manhã era uma garantia de sossego para os nossos pais.

São estes fenómenos caninos que salvam gerações. Mais uma vez, a prova de que os cães são os nossos melhores amigos.

Nós aqui e aqui já lhe demos sugestões de Carnaval na margem sul, por isso resta-nos desejar um Bom Carnaval!

Nós aqui, temos máscaras.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

SoldaCaparica3

PRIMEIROS NOMES DO CARTAZ DO SOL DA CAPARICA

aplaudimos

Já fui acusada de estar demasiado entusiasmada com o festival Sol da Caparica porque antecipámos as datas, e nada como ter fama e não ter proveito. Então já que acabaram de sair do forno alguns nomes que fazem parte do cartaz deste ano, vamos lá partilhá-los para irem acompanhando tudinho que não quero que vos falte nada de informação para esse grande acontecimento na nossa querida South Bay.

CartazSoldaCaparica

Cartaz Sol da Caparica

E já agora, se ainda não espreitaste como foi a edição passada, nós aqui contamos tudo.

Nós aqui temos o Sol da Caparica.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

SONY DSC

VAMOS CANTAR AS JANEIRAS? 7 janeiro

aplaudimos

Como é que é? Já estão refeitos do reveillon ou de uma gripe que apareceu sem pedir licença? Se sim, que tal irmos cantar as Janeiras, “por esses portais a dentro vamos, às raparigas solteiras. Vamos cantar as janeiras, vamos cantar as janeiras por esses portais adentro vamos, às raparigas casadas…” O que vale é que não têm de me ouvir, mas podem ouvir quem sabe cantar à séria, porque a tradição cumpre-se no Solar dos Zagallos, na Sobreda onde vários grupos corais e etnográficos do concelho de Almada dão show. São cânticos que passam de geração em geração e podem ter um aconchego da lareira da grande fogueira. Faz-me lembrar tantas coisas boas…

Mas deixamos de lembranças e vamos ao que interessa. As Janeiras cantam-se no dia 7 de janeiro às 20:30h.

JaneirasSobreda

Nós aqui cantamos as Janeiras.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

SoldaCaparica20171

SOL DA CAPARICA JÁ TEM DATA MARCADA.

gostamos 1

Tendo em conta o tempo que está, um dos desejos de início de ano é o regresso do Sol. Já passámos o magusto, o Natal, a passagem de ano por isso já pode vir o Sol, que nós aqui já não queremos brincar mais ao inverno. Está bom. Foi giro. Já deu o ar de sua graça, já tirámos uma roupitas do armário e já estreámos uma botas lindas de morrer. Missão cumprida.

Embora lá voltar à chinela no pé e tratar de ir aos festivais de verão. O Sol da Caparica já tem datas anunciadas, por isso marca já na tua agenda e trata do assunto, que é como quem diz, orienta aí os bilhetes que é como quem diz que já estão à venda.

Em 2016 foi mais ou menos assim…

2017 também vai ser estupendo. Dias 10 a 13 de agosto.

A música vem dar à Costa. E tu?

Nós aqui temos Sol da Caparica.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

2016 written on sandy beach

ADEUS 2016, BEM-VINDO 2017.

agradecemos isto 1

A escassas horas de entrar num novo ano e que vai ser aqui na South Bay, é altura de fazer balanços e de estabelecer novas metas e resoluções de ano novo (mesmo que estas últimas só durem 4 ou 5…dias!).

Cá estou eu para dizer que 2016 para mim foi um ano francamente bom. Um ano cheio de coisas boas, mas boas. Foi, provavelmente um dos melhores anos da minha vida, onde me senti completa, realizada e estupidamente feliz. Isto faz com que a fasquia para o novo ano seja alta, mas como não quero pôr uma enorme pressão em 2017, vou mais do que pedir agradecer.

Foi um ano de conquistas e de libertação. Como canta a Maria Vasconcelos nas canções da Maria que já vos falei aqui sobre o xixi – serviu para guardar o que é bom e largar o que é ruim. E foi isso que aconteceu. Tão bom. Tão grata.

A idade tem-me ensinado que dar é ainda melhor que receber e que agradecer alivia mais do que pedir. A idade. A PDI!

A PDI não traz só mazelas e sinais físicos de queda livre, não! A PDI traz gratidão. Gratidão pelas coisas fantásticas que alcançámos. E passamos a considerar fantástico um sorriso da filharada, o acordar com saúde, um abraço apertado, uma boa conversa, o estarmos juntos a maior riqueza que temos. Agradeço ao meu núcleo duro que tanto me deu, me dá e vai dar. Sou-vos grata, muito grata e, sobretudo nestes 2 últimos anos que mais precisei, vocês deram tudo. E esse tudo foi tanto!

Peço desculpa se parece mal dizer isto num ano que está a ser por tantas opiniões um ano mau. Sim, foi o ano horribilis para grandes artistas que nos deixaram sem aviso prévio, foi um ano de poucos avanços na luta contra o terrorismo e outros impasses a nível internacional e, não querendo ser egoísta, mas olhando para o (meu) copo meio cheio a palavra de 2016 para mim é gratidão.

Obrigada ano velho. Ano novo, a tua fasquia está alta, mas eu acredito!

2017

A verdade é que há anos bons, há anos menos bons e aqueles assim-assim. Há anos de mudança. E 2016 foi um. E foi muita bom. Foi a verdadeira concretização de sair da zona de conforto para a magia acontecer. E a magia aconteceu. Foi tão bom que melhor pode estragar, por isso há que dar lugar a 2017. Venha ele que é bem-vindo.

Depois de agradecer, só me resta pedir. E peço que tenhamos todos um Feliz 2017.

Bom ano.

Nós aqui temos Ano Novo.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

SesimbraReveillon

#PASSAGEM DE ANO EM SESIMBRA

aplaudimos

Temos tido sugestões de arromba, mas a margem sul tem programas para dar e para vender. Agora focamo-nos nos que são para dar e Sesimbra tem um espetáculo de Ano Novo gratuito recheado de bons argumentos.

O clássico do da meia-noite com o fogo-de-artifício ao som da música de Mozart, o fundo do mar iluminar-se com as luzes de dezenas de mergulhadores repete-se. Mas a animação não se fica por aqui. A marginal da vila recebe o som de dois DJs convidados.

Programa 31/12 

22:00h – DJ Dove – Largo da Marinha | DJ Júlio Costa – Largo de Bombaldes

22:30h – Animação musical com banda Tocadores do Comércio

00:00h – Fogo-de-artifício espetáculo piromusical – Hino à Vida

00:15 às 2:00h – DJ Dove – Largo da Marinha | DJ Júlio Costa – Largo de Bombaldes

Dúvidas? Veja outras sugestões na margem sul aqui e aqui.

Feliz 2017!

Nós aqui temos passagem de ano em Sesimbra.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Saldos

5 DICAS PARA OS SALDOS NA MARGEM SUL E OUTRAS MAIS.

METEMO-NOS

Se é verdade que comprar peças vencedoras são capazes de tornar um estado espírito menos positivo num altamente favorável, imaginem quando isso acontece a preços de saldos! É a satisfação plena. Oh se é!

Já não é Natal, mas chegaram os saldos. Nada como esticar a quadra natalícia e celebrá-la com boas aquisições que nos deixam felizes e contentes. Da tecnologia ao trapito, do desporto às coisas para a casa, dos livros à roupa interior, da perfumaria à joalharia (ou bijuteria, mas a primeira soa sempre melhor), vê o que é que precisas porque nós aqui temos tudo, num só sítio – nós aqui temos o Almada Forum. Já há imensas lojas com descontos que valem mesmo a pena e já selecionei algumas:

lootipos.pt

 

Gosto de ser orientada nos Saldos, porque para descontrolar já bastam os preços que me podem deveras entusiasmar. Por isso deixo aqui 5 dicas a ter em conta:

1# Fazer uma lista do que se precisa e apostar em boas peças básicas;

2# Optar pelas peças de qualidade em detrimento da quantidade. O impulso pode ser traiçoeiro e há que aproveitar as peças de melhor qualidade;

3# Não se desgraçar sem consciência disso. Se for necessário estipular um valor para gastar, afinfem-lhe num número. A ideia é fazer a terapia da satisfação e não destrui-la logo a seguir. Até porque se estoirou o saldo (neste caso o bancário) depois não podemos usar esta terapia para o resolver;

4# Escolher peças para a próxima estação – esta dica é boas para todas, mas ideal para as crianças, que crescem desmesuradamente e que as roupas deixam de servir enquanto um diabo esfrega um olho, que é como quem diz, entre uma estação e outra (às vezes nem isso)!;

5# Não vale a pena escolher peças que não sejam a sua cara, só porque gosta de ver noutras pessoas ou porque se usa. O “que se usa” é relativo. Se não te identificas, se depois não vai usar até debotar é porque não vai valer a pena.

E é com estas 5 dicas em mente que vou lançar-me aos saldos, aqui na margem sul. Nós temos o Almada Forum que não só tem as minhas lojas favoritas, como tem estacionamento gratuito o que me permite experimentar os tamanhos certos, ver como acenta, tirar todas as dúvidas, descansar nos entretantos sem estar stressada com o tempo a passar e o “parquímetro” a contar. Sim, porque a ideia é relaxar com o que se vai aproveitar.

Desejamos para vocês o que desejamos para nós: Boas Compras!

ilovesales

Nós aqui temos os Saldos do Almada Forum.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Passagem_do_Ano_Setubal

#PASSAGEM DE ANO EM SETÚBAL

aplaudimos

 

Setúbal já está nos preparativos para entrar em 2017 e aqui tens mais uma sugestão para passares o Ano. Vai ser na cidade de Setúbal, mais propriamente na frente ribeirinha, Doca dos Pescadores e Praia da Saúde a partir das 23h.

A meia-noite vai ter o habitual fogo de artifício pois nem a festa se fazia sem este.

Ora então o programa desta festa é o seguinte.

31/12 – Doca dos Pescadores

23:00h – Animação musical com Supernova

00:00h – Fogo de artifício sobre as margens do Estuário do Sado

00:30h D D’Cult

31/12 – Praia da Saúde

23:00h às 1:00h – Animação musical com Jorge Nice

Dúvidas houvessem, estarão esclarecidas. Iéiéié margem sul é que é. Veja outras sugestões na margem sul aqui e aqui.

Nós aqui temos Passagem de Ano em Setúbal.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar