Festa da Gastroomia Archivo

XIV FESTA DA GASTRONOMIA EM CACILHAS. ATÉ 30 DE OUTUBRO.

degustamos

Ouvimos bem? Festa de Gastronomia? Comer e beber com toda a satisfação? Contem connosco, nós esperamos contar consigo. E já está aí a 14ª edição da Festa da Gastronomia em Cacilhas e se já andam n’isto há 14 anos é porque vale mesmo a pena. Começou no dia 7 de outubro e decorre todas as sextas-feiras, sábados e domingos até ao dia 30 deste mês.

Para não andar “perdido” apresentamos os restaurantes participantes os seus menus e só lhe resta provar as iguarias desta Edição.

Restaurantes da feira gastronomia em Cacilhas

Restaurantes a concurso

XIV Feira de Gastronomia em Cacilhas

Cartaz do evento

Não vai querer faltar a esta degustação regional que recebe de braços abertos todos os que quiserem saborear.

Nós aqui temos Feira de Gastronomia em Cacilhas.
Nós aqui temos isto.

Fotografia capa: Archivo

Texto Marlene Gaspar

Gelados Almada F

OS MELHORES GELADOS NA MARGEM SUL ESTÃO NO ALMADA FORUM. #almadaforum

METEMO-NOS

A minha filha recebeu a prescrição médica que todas nós as crianças querem ouvir: podes comer todos os gelados que quiseres nas próximas semanas e come muitos! Tan-tan-tan-tan-tan! Ao ouvir estas palavras sorri e olha para mim a certificar-se que aquilo não era uma piada. Para sua felicidade, este é melhor remédio para quem acaba de fazer uma cirurgia às amígdalas e se há muitas restrições na recuperação, aqui está a parte boa da coisa e que faz esquecer tudo o resto.

Como menina bem mandada, acatou a ordem à risca. Não só porque é preciso, mas porque é daquelas coisas que não volta a acontecer (pelo menos, assim esperamos)!

Então a odisseia pelo universo dos gelados começou e por muito agradável que possa parecer, diversificar passa a ser palavra de ordem. Já perdi a conta aos gelados que ela ingere diariamente, também “who’s counting”, né?, mas tendo em conta que vale tudo (de leite, de gelo, granizados e afins) tivemos de experenciar novos sabores e novidades.

Nos últimos dias, o ritmo de consumo teve de abrandar! Não porque o recobro já tenha passado, mas com o início das aulas não há como comer gelados na escola. Além de logisticamente ser complexo levar gelados, acabou de aterrar numa escola nova, onde não conhece ninguém e queremos que ela faça amigos e não inimigos, certo? Quem é que acha piada a uma colega que esteja sempre a sacar Calipos e Epás da lancheira? Por isso sempre que sai da escola, tem direito a um gelado ou dois ou 3. Passou a ser rotina irmos ao Almada Forum aviá-los. Calha em caminho e descobrimos uma hub de gelatarias de cair para o lado. Os gelados de fruta natural artesanais “muita bons” – “La Paleta” conseguiram a proeza da “trinca-espinhas” lambuzar-se em três frutas seguidas, a virá-los, como quem “limpa copos de sumo”. Os gelatos DaVVero que se vieram de Itália para a margem sul foi para nos ver entusiasmadas e é o que acontece quando subimos a escada rolante e ficamos de frente para aquele mundo de sabores. Ajuda ao prazer sem culpa serem artesanais e servidos à espátula, já que têm natas por cima. Nham, nham, nham. Já estamos a salivar. Também elegemos como uma das melhores escolhas para lanchar a Llaollao – onde se alia iogurte, gelado e granizado numa refeição saudável e saborosa e que passou a ser paragem obrigatória. O cantinho da Olá também não nos é indiferente só estando proibido o crocante, por causa da cicatrização. Com um sorriso de orelha a orelha e uns bigodes do nariz ao queixo são todos de eleição.

GeladosAlmada Forum

 

Como perceberam a escolhas dela passaram a ser minhas, eu tenho de ser solidária. Acompanhar a filha nesta árdua tarefa de cumprir a prescrição é uma obrigação de mãe e a se a pequena “sofre”, a mãe “sofre” com ela, certo? Ahahahahah.

Esta altura do ano ajudou muito o processo de viciação, embora a ideia de que só se comem gelados no verão não faça sentido. Sabe sempre bem. Por isso vamos ter de dar alguma continuidade “à medicação”, pois ficamos rendidas e derretidas às evidências e temos a sorte de ter, para nós, as melhores gelatarias “aqui à mão”. Se houver alguma que nos passou ao lado, contem-nos tudo, o recobro ainda não terminou…

Nós aqui temos os melhores gelados da margem sul.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

who’s counting” – expressão irónica para “quem é que está a contar”?

Alimentação Saudável

VÁRIAS SUGESTÕES PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA MARGEM SUL.

METEMO-NOS

Nos últimos tempos temos visto a “nossa cantina”, leia-se o Almada Forum, “usurpada” por turistas e banhistas que optam por este espaço para as refeições antes ou depois da praia. O que faz todo o sentido.

1# Em primeiro lugar, porque a localização central e acessível permite “tratar deste assunto” e de outros, quando se está em “trânsito” e sem pagar estacionamento.

2# Em segundo, porque há opções para todos os gostos com uma variedade tal, que o difícil é escolher.

3# Em terceiro, mostra que está a quebrar o (pre)conceito de que num centro comercial só se come junky food. Ora ainda bem, porque aqui não tem razão de ser. Aqui p’ra nós isso é um mito urbano. Dá para fazer uma alimentação muito saudável e variada. Querem ver?

Para começar e não vamos mais longe, temos logo a dar-nos as boas-vindas o Restaurante – Marisqueira Praia Mar, que como o próprio nome indica, serve todas aquelas coisas boas e gostosas que apetece sempre – na praia e não só – onde a mariscada e o peixe fresco levam a melhor.

Mas não nos fiquemos por aí, ao percorrer a Praça da Restauração encontramos um verdadeiro mundo de sabores que nos permite viajar e transportar todos os dias e de forma saudável – das Saladas às Sopas, o “ir até à Madeira” no Madeirense, “à Guia” – com o Frango como se serve na região ou ao “Alentejo” onde conseguimos devorar qualquer um dos seus pratos típicos. Mas não nos fiquemos só por cá. Pode comer delícias “de fora cá dentro”. Ele há o Japonês, o Chinês, o Grego e até o Americano, do mais típico ao tradicional. Até nos espaços mais improváveis, em que não imaginamos menus saudáveis (como, por exemplo, o McDonald’s) têm tido a preocupação de acrescentar à sua carta menus e opções verdadeiramente equilibradas. É uma questão de opção.

Alimentação Saudável

Não somos nutricionistas nem temos a presunção de apresentar uma dieta milagrosa, não contem com isso. Somos sim, adeptas da alimentação saudável, porque acreditamos que somos o que comemos e comer bem sabe ainda melhor.

Bom apetite.

Nota: Estas opções não invalidam que não tenhamos ordem de soltura para um ou outro “estrago”, porque o segredo está em poder comer um pouco de tudo.

Nós aqui temos alimentação saudável.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Lisbon South Bay blog

santos_populares

ARRAIAIS, FESTAS E BAILARICOS NA MARGEM SUL. 10 JUNHO A 10 JULHO.

aplaudimos

Viva o Santo António, viva o São João
Viva o dez de junho e a restauração
Viva até São Bento se nos arranjar
Muitos feriados para festejar
.

Se há coisa que gostamos é de Santos Populares e feriados para os gozar. Gostamos de saber onde são os arraiais, para dar um pezinho no bailarico. Os comes e bebes também não podem faltar. Por isso, é marchar até eles.

De 3 a 25 de Junho
#Festas Populares de Cacilhas
Largo Alfredo Diniz – entrada Rua Cândido dos Reis

Festas Populares de Cacilhas

De 3 de junho a 2 de julho
#Festas Populares Almada
Largo Luís de Camões
cacilhas
10 de Junho
#Arraial da Sociedade Filármonica União Seixalense
Rua D. Maria II no Seixal, mesmo em frente à Sociedade.

Uniao Seixalense

10, 11 e 12 de junho
#Arraial de Santo António na Trafaria
Largo da República

Sto AntTrafaria

 

11, 23 de junho e 2 julho
#Festa dos Santos Populares Bairro S. João – Sobreda
Rua das Acácias nº 16 – Bairro S. João – Sobreda
às 21 | Entrada Livre

SJoaoSobreda

10 junho a 10 de julho
#Festa do Mar da Caparica
Av 1º de Maio na Costa da Caparica
12h às 23 | Entrada Livre

Diversão, Gastronomia, Futebol, Música, Cultura e muito mais.

Festa do Mar

24 a 29 de junho
#Festas Populares 2016  S. Pedro Seixal
Captura de ecrã 2016-06-13, às 08.32.50

24 junho
21.30 horas
Marchas Populares das Escolas do 1.º Ciclo e Jardins de Infância da Rede Pública
Palco 1

22 horas
Sarau de Dança do Clube de Campismo Luz e Vida
Palco 2

25 junho
22 horas
HMB
Palco 1

22 horas
Concerto pela Banda da Sociedade Filarmónica União Seixalense
Palco 2

26 junho
22 horas
Banza
Palco 1

22 horas
Festival de Folclore
Palco 2

27 junho
22 horas
Banda Albaluna
Palco 1

22 horas
Escola de Rock do Seixal
Palco 2

28 junho
22 horas
Projeto BUG
Palco 1

22 horas
Marchas Populares

24 horas
Tradicional Baile de São Pedro

29 junho
8 horas
Marcha das Canas (organização da Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense)

18 horas
Procissão Solene em Honra a São Pedro (organização da Paróquia do Seixal)

22 horas
Diamantina Rodrigues
Palco 1

22 horas
Concerto pela Banda da Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense
Palco 2

Palco 1 – Praça 1.º de Maio | Palco 2 – Largo da Igreja

Festas seguintes
Festas Populares de Arrentela
De 13 a 17 de julho
Telefone 212 277 360
Festas Populares de Fernão Ferro
De 27 a 31 de julho
Telefone 215 979 195
Festas Populares de Aldeia de Paio Pires
De 3 a 7 de agosto
Telefone 212 273 800
Festas Populares de Amora
De 11 a 15 de agosto
Telefone 212 268 730
Festas Populares de Corroios
De 19 a 28 de agosto
Telefone 212 535 814

Divirta-se.

Marlene Gaspar

Nós aqui temos Arraiais, Festas e Bailaricos.
Nós aqui temos isto.

Taste Quinta

DEGUSTAÇÃO BIOLÓGICA COM CONFEÇÃO ARTESANAL E LOCAL. NA MARGEM SUL, CLARO.

degustamos

Poucas coisas nos dão mais prazer do que juntar o útil ao agradável e conseguir que o nosso palato fique com essa sensação, é “todas nós” a bater as palminhas de contentes.

A Taste Quinta e o Evidência Belverde Atitude Hotel proporcionaram aos seus hóspedes uma verdadeira Prova de Sabores, ou “Taste Session”, porque tendo em conta que a maioria dos hóspedes são “camones”*, mais vale internacionalizar a designação.

A Taste Quinta é uma empresa que produz compotas artesanais, biscoitos de cerveja (sim, “ouviram” bem, biscoitos de cerveja) e salame de chocolate. Mas, dito é assim é extremamente redutor. As compotas são biológicas, feitas de verdadeira fruta nacional, que respeitam as estações da colheita e são descascadas à mão. Só se produzem as compotas quando há o fruto. Não é quando se quer, é quando há. Porque só assim, se consegue garantir a qualidade da iguaria. A compota de ananás é dos Açores. Vem dos Açores e não é abacaxi. Sim, porque organolepticamente ananás e abacaxi são coisas diferentes. E isso sente-se. Saboreia-se. Distingue-se. E, é por isso que estas compotas causam uma verdadeira sensação cósmica de prazer. Sugestão imbatível é servi-la com morcela. Divinal! Mas não se ficam por aqui. É difícil eleger a vencedora dos citrinos – limão, tangerina ou laranja? As mais clássicas como a de morango ou abóbora “desarmam-nos” por completo e deixam-nos rendidas ao seu sabor. Este verdadeiro teste de prazer foi acompanhado com um Porto Vintage ou um Moscatel de Setúbal e não deixou ninguém indiferente. E,  para a confecção de cozinhados foi criada a de batata de doce, que é capaz de tornar qualquer simples prato num manjar inesquecível.

Os “bjecos”, nome que carinhosamente batizaram os seus biscoitos de cerveja com flor de sal ou sésamo, são inspirados nos palitos de cerveja da Madeira e são uma verdadeira tentação.

O salame de chocolate é de outro mundo, mas existe neste. E é feito aqui, na nossa margem sul. E é daqui, que vai para o resto do mundo. O salame é feito com o mais fino cacau do Perú (é o melhor) e é o único produto da marca que não é biológico, porque ainda não existe bolacha maria com essa certificação. Mas, todos os outros ingredientes são e assim, como assim, isso não é pecado, e se fosse, o bem que sabe perdoaria qualquer questão.

Taste Quinta

Quem o diz somos nós e os hóspedes que se surpreenderam nesta prova e fizeram questão de nos deixar a sua mensagem, independentemente da língua, pois o paladar ultrapassa todas as barreiras de comunicação que possam existir. A prova foi claramente superada e foi vê-los levar os “nossos” produtos para o regresso ao seu país.

Taste Quinta

A Isabel e a Paula são as artesãs e as responsáveis pela marca. Com uma longa carreira profissional “longe” desta que abraçaram, dedicaram-se ao que verdadeiramente as preenche e, voltando à “internacionalização” – “Do what you love” ou “Love what you do”, que é o que é importante. Para quem faz e para quem consome. Nós aqui, claramente fazemos parte deste último grupo, mas ficamos rendidas à história destas duas senhoras que abraçaram um projeto que visa a internacionalização e que são verdadeiramente inspiradoras.

Taste Quinta

Pode encontrar os produtos Taste Quinta em tastequinta.com e nas lojas referenciadas ou aqui, na Lisbon South Bay, no Evidência Belverde Atitude Hotel. Ah, pois é.

Agradecimentos
À Taste Quinta por esta magnífica sessão e ao Evidência Belverde Atitude Hotel onde somos sempre tão bem recebidas.

Nós aqui temos Provas de Sabores.
Nós aqui temos isto.

* “camones” – nome que simpaticamente damos aos turistas estrangeiros

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Zito Colaço

Nadador Salvador

PROCURA-SE NADADOR SALVADOR PARA A PRAIA MORENA.

precisamos 2

Trabalhar com o pé na areia, de calção banho ou biquíni à beira de água é um local de trabalho invejável. Agora junta a isso uma praia da Costa da Caparica. Top, certo?

Se tens preparação para nadador-salvador, a concessão Borda d’Água na Praia Morena está a recrutar para esta função e época balnear.

_RR_9929v1_JR

Se estás interessado informa-te no bar ou liga para o 21 297 52 13.

Não fiques à espera de ver o “Baywatch” no canal memória. Faz parte da história e tem um verão diferente.

Marlene Gaspar

Nós aqui temos vagas de emprego.
Nós aqui temos isto.

Fotografia: Joel Reis
Fotografia capa: D.R.

IMG_20160514_211415

#NÓSAQUIESTIVEMOSNOFESTIVALÀPORTUGUESA. SESIMBRA.

APLAUDIMOS

Pois é, e tal como anunciado, #nósAquiEstivemosLá no “Festival à Portuguesa” em Sesimbra. O evento, organizado por um grupo de alunos finalistas da licenciatura em Gestão do Lazer e Animação Turística da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, teve “casa cheia”.

Música, cultura e gastronomia foram argumentos mais que suficientes para o Lisbon South Bay blog estar presente.

Sopa de Peixe, Choco Frito e Espetada de Polvo, foram algumas das iguarias que tivemos o prazer de experimentar.

Festival à Portuguesa

Entre a música e confusão típica neste tipo de eventos, tivemos o prazer de falar com uma das organizadoras, Inês Cabau, que se mostrou radiante com a adesão ao mesmo.

Inês Cabau

E claro, como não poderia deixar de ser, estivemos com a nossa querida Helena Gonçalves Rocha, que semanalmente escreve a nossa rubrica de educação todas as sexta-feiras. A Helena, como Diretora Técnica do Serviço de Intervenção Precoce na CERCIZIMBRA, esteve presente com a venda do Pirilampo 2016.

Nós aqui, comprámos o nosso.

Pirilampo 2016

Nos aqui estivemos no Festival à Portuguesa
Nós aqui temos isto.

Fotografias: Lisbon South Bay blog

 

sesimbra-golfinhos

FESTIVAL À PORTUGUESA EM SESIMBRA. 14 DE MAIO.

APLAUDIMOS

Um grupo de alunos finalistas da licenciatura em Gestão do Lazer e Animação Turística da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril é responsável pela organização do Festival à Portuguesa que se vai realizar hoje em Sesimbra.

O “Festival à Portuguesa” é um evento que pretende reunir a música, a cultura e a gastronomia portuguesas, que visa mostrar o que de melhor e mais tradicional Portugal pode oferecer.

O evento irá realizar-se no dia 14 de maio (sábado), entre as 16 horas e as 24 horas, em Sesimbra, e o seu principal objectivo é dar a conhecer a cultura portuguesa bem como a sua modernização no tempo entre várias gerações.

Ao longo deste dia irão acontecer concertos de música, mostras de artesanato e gastronomia típica portuguesa, aproveitando os produtos piscícolas da região. Todas estas atividades serão aliadas ao lema “ser português e fazer à portuguesa”.

Cartaz1

Estará também presente a Cercizimbra, cooperativa de solidariedade social que presta atendimento aos cidadãos com deficiência ao longo do seu projeto de vida, e que irá estar com a Campanha Pirilampo Mágico 2016 e também e com venda de artesanato realizado pelos próprios utentes.

Apareça.

Nós aqui temos Festival à Portuguesa.
Nós aqui temos isto.

Fotografia: Francisco Rasteiro
Texto: Marlene Gaspar

IMG_1750

ALMADA FORUM – O SHOPPING DA MARGEM SUL.

METEMO-NOS

Se há coisa que nos deixa feliz é conseguirmos tratar de vários assuntos no mesmo espaço. Dá-nos aquela sensação de missão cumprida e acaba com a preocupação de termos muitas “coisas para fazer”.

O centro comercial tem essa vantagem. Conseguimos tratar de várias coisas no mesmo local otimizando o tempo. Nós aqui, temos a sorte de ter o Almada Forum, a referência do centro comercial da margem sul e arredores. E não pensem que o centro é só para quem está na margem sul. Há muito boa gente que passa a ponte só para vir ao Almada Forum. Não é à toa, é porque a oferta é muito boa.

Temos um presente para tratar é difícil não acertar. Conseguimos encontrar tudo para todos os gostos, idade e feitios. As lojas de roupa, calçado e acessórios são a nossa perdição. E felizmente, estão lá todinhas as que gostamos.

O centro fica no centro dos nossos percursos diários, por isso acaba por fazer parte da nossa rotina. Pus-me a pensar e fiquei admirada com a quantidade de coisas que resolvemos ali, naquele espaço. É a nossa cantina, porque almoçamos aqui a maioria das vezes. Há imensa escolha diferenciada, por isso não é mais do mesmo e podemos ser a “ovelha ronhosa” do grupo, sem que isso caia mal. Há dias que estamos em sintonia e vamos “ao mesmo”, há outros que queremos dar uma de diferente e escolher um menu distinto e, vai cada um “à sua”. Amigo não empata amigo. Conseguimos ficar a almoçar juntos sem ter de optar pela mesma coisa. E, há propostas para todos os gostos e estados de espírito, pois nem sempre nos apetece a mesma coisa. Uns dias preferimos refeições mais saudáveis, outros mais frescas; orientais; mediterrânicas; de peixe; de carne; massa; vegetariana, mais light, menos light, mais típica, menos… e no Almada Forum temos tudo isto e muito mais.

Restaurantes

Gosto particularmente de já “conhecer os cantos à casa”. Por exemplo, de me orientar bem no local onde deixo o carro e, principalmente poder estar à vontade, sem preocupações com o “taxímetro” do parque, porque é gratuito.

Fiquei admirada com o que consegui fazer na “hora de almoço”. Almocei (que é para isso que esta hora serve!).

IMG_1751

Fui ao banco, à Fnac trocar um bilhete de espetáculo que me tinha sido oferecido pelo natal, à clínica “Os Lusíadas” agendar uma consulta para uma das pequenas (se me dissessem há uns anos atrás que iria ao médico no centro comercial, acharia estranho, agora acho super conveniente e confortável). Com a vantagem de estar ao lado do cinema, em 4XD ou não, que ela vai adorar! É um bom motivo para a deixar contente por ir ao médico! Colmatei umas falhas na dispensa no supermercado e ainda resolvi uma questão com o meu operador de telefone. I’m a super woman. Graças a esta “máquina” estar tão bem oleada, num espaço amplo e agradável.

IMG_1738

A preparar-me para sair deparei-me com o enorme coração com corações presos ao cadeado que está no átrio central. Há muito tempo que admiro aquela peça. A escultura é lindíssima e fez-me logo pensar na Pont des Arts, em Paris, onde milhares de casais por ano selam o seu amor prendendo cadeados às grades da ponte e atirando as chaves ao rio Sena, acreditando que desta forma o amor durará para sempre. E acreditar é meio caminho andado para ser “para sempre”.

IMG_1750

Curiosa como sou fui ao balcão central saber o significado da escultura. A senhora muito orgulhosa, respondeu-me simpaticamente que tinha sido uma ação simbólica para o Dia dos Namorados realizada pelo centro do ano passado, mas foi tão bem sucedida que foi ficando e continua a ser utilizada para celebrar uniões em datas especiais como por exemplo esse dia, os dias do pai, da mãe e afins. Como diziam na série “A Team” (versão brasileira – ler com sotaque – Esquadrão Classe A): – “adoro quando um plano dá certo” e este, claramente foi um que deu e que foi muito para além do seu propósito inicial. Esperamos que ela fique por ali, é bonita, simboliza o amor e isso é o melhor que levamos da vida.

É um orgulho termos um espaço como este. Já dizia Saramago “o centro comercial é a nova catedral da sociedade atual”.

Marlene Gaspar

Nós aqui temos o Almada Forum.
Nós aqui temos isto.

I’m a super woman – sou a super mulher.

artesanato

1ª FEIRA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA EM ALMADA. 23, 24 E 25 DE ABRIL.

APLAUDIMOS

Com as mãos se cria uma arte que foi feita, moldada pela alma de um artesão.
Douglas Almeida Vergílio

Não há amor mais sincero do que aquele pela comida.
Bernard Shaw

Ora se há coisas que gostamos é de artesanato e gastronomia, a soma das duas juntas só poderá ser um sucesso e é isso que esperamos desta 1ª Feira de Artesanato e Gastronomia que vai acontecer de 23 a 25 de abril no Campo do Pragal – Almada Atlético Clube. Bom, a juntar ainda um Campo de Futebol, este evento vai “rebentar com a escala”!

O horário do certame é alargado, vai funcionar das 9h às 19h. O cartaz promete Festa, animação e uma surpresa. Estamos expectantes.

12901068_1079482535448087_3437642335665327151_o

Nós aqui temos Feira de Artesanato e Gastronomia.
Nós aqui temos isto.