Festas Corroios

FESTAS DE CORROIOS ESTÃO QUASE AÍ. Por Marlene Gaspar

gostamos

Ninguém pára o Benfica, nem as festas de verão (piada fácil e que espero poder continuar a usar, mas na dúvida, gasta-se já este crédito!). As badaladas e famosas festas de Corroios já entraram em contagem decrescente e cá estou eu para vos anunciar quem vem animar o pedaço, para além de todos vocês que vão lá dar também o ar da vossa graça.

Eu sou fã de festivais, como já vos contei aqui, como sou muito fã de um bom bailarico. Daqueles que tem tudo a que se tem direito – música, comes e bebes (muito importante), animação, noites de verão. Eu sou assim, gosto de rua, de festa.

As Festas Populares de Corroios decorrem, de 23 de agosto a 1 de setembro, no Parque Urbano da Quinta da Marialva. É uma semana para “rebentar famílias” (no bom sentido da coisa) e há música para todos os gosto. Vamos ter o Berg, o Bonga, o António Zambujo, a Ana Bacalhau, a Ana Moura e o Pedro Abrunhosa. Mas há mais. Há muito mais e como eu não quero que vos falte nada, deixo-vos aqui o programa.

Programa

23 de agosto, sexta-feira

21 horas
Duo Musical Ritmos
Palco Arraial

Companhia XPTO
Grupo de Concertinas Primeira Forma (Grupo Desportivo e Cultural  Águias de Vale de Milhaços)
Palco Liberdade

22 horas
Bizarra Locomotiva + O Incrível Homem Bomba (vencedores do XXIV Festival de Música Moderna Corroios 2019)

São muitos os nomes grandes da música nacional que vão passar pelo palco Carlos Paredes, mas a programação inclui ainda várias atuações, espetáculos de folclore e bailes nos palcos secundários, por onde vão também passar grupos do movimento associativo popular da freguesia.
Palco Carlos Paredes

24 de agosto, sábado

21 horas
Duo Musical Ludgero
Palco Arraial

Escola de Instrumentos (Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho)
Palco Liberdade

22 horas
XXXV Festival de Folclore de Corroios
Palco Carlos Paredes

25 de agosto, domingo

21 horas
Duo Musical Toy e Victor
Palco Arraial

Sahara Dance (Estúdio de Dança)
Palco Liberdade

22 horas
Estrada de Santiago
Palco Carlos Paredes

26 de agosto, segunda-feira

21 horas
Duo Musical A. Marques e Carlos Bastos
Palco Arraial

Grupo Coral e Instrumental Moinho de Maré
Grupo Coral e Instrumental Ventos e Marés

Palco Liberdade

22 horas
Berg
Palco Carlos Paredes

27 de agosto, terça-feira

21 horas
Trio Musical A Clave
Palco Arraial

Horas Vagas 
Palco Liberdade

22 horas
ÀVariações – Tributo a António Variações
Palco Carlos Paredes

28 de agosto, quarta-feira

21 horas
Trio Musical Maravilha
Palco Arraial

Grupo Coral e Instrumental Os Sempre Jovens (Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos de Corroios)
Grupo Coral e Instrumental Cantar É Viver (Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos de Miratejo)
Grupo de Cavaquinhos Os Rouxinóis (Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos de Corroios)

Palco Liberdade

22 horas
Bonga
Palco Carlos Paredes

29 de agosto, quinta-feira

21 horas
Trio Musical Replay
Palco Arraial

Dance Conviction (Escola de Dança)
Palco Liberdade

22 horas
António Zambujo
Palco Carlos Paredes

30 de agosto, sexta-feira

21 horas
Duo Musical H.C. Som
Palco Arraial

Classe Talentos sem Fronteiras, Cheerleaders e Classe de Manutenção (Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho)
Palco Liberdade

22 horas
Ana Bacalhau

31 de agosto, sábado

21 horas
Trio Musical Sons Infinitos
Palco Arraial

Danças de Salão, Danças Orientais e Hip-Hop (Clube Recreativo e Desportivo de Miratejo)
Palco Liberdade

22 horas
Ana Moura
Dia do Título de Solidariedade: 5 euros
Palco Carlos Paredes

1 de setembro, domingo

21 horas
Cátia Sofia
Palco Arraial

Cavaquinhos, Bandolins e Concertinas (Casa do Povo de Corroios)
Palco Liberdade

22 horas
Pedro Abrunhosa

Palco Carlos Paredes24 horas
Espetáculo piromusical 

E é isto, gente da minha terra. É esperar para ver, mas tenho para mim, que vamos ser muitos.

Nós aqui temos as festas de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

SoldaCaparica4

O DIA DA FAMÍLIA NO SOL DA CAPARICA. Por Marlene Gaspar

gostamos

Não é novidade que sou fã do Sol da Caparica, que o festival mexe com as minhas emoções e me faz arrancar mais cedo das férias para poder ir curtir um som, partilhar uma boa vibe, ser bafejada pela maresia e trautear umas músicas que sei na ponta da língua. E embora esta introdução me faça parecer muita cool, o que ainda não tinha desbundado foi o dia dedicado à família, o domingo. Mas, há sempre uma primeira vez. Foi desta.

Os pedidos cá em casa foram muitos (ou melhor ouvidos muitas vezes) e fui vencida pela repetição e lá fomos nós com a criançada experimentar as atrações pensadas e dedicadas aos mais pequenos.

SoldaCaparica3

Family business.

E, embora a motivação que me conduziu até ao festival no domingo não tivesse o mesmo impacto dos dias anteriores, foi uma agradável supresa O Sol da Caparica para as crianças. O tempo foi amigo, porque não estava aquele calor insuportável e houve vários argumentos que fizeram com que ficássemos até ao fim. As minhas princesas estavam eufóricas: ele foi insufláveis para todas as cores e gostos – para a princesa havia toda a magia e histórias encantadas e para a mais arisca com escalada, piratas e animais marinhos. Ele houve espaço para as tatoos não permanentes e que a Refood gentilmente fazia com a escolha de frutas. A minha mai nova não descansou enquanto não saiu de lá com um morango, insensível ao argumento de que demorava mais a fazer. A mai velha escolheu a cereja – o importante era ser um fruto vermelho que as vitórias são para ser celebradas.

Solda Caparica2

As escolhas das pequenas

E também deu para levarem com uma pintura facial – a borboleta e o arco-íris que aqui leva-se com tudo a que se tem direito!

Outra das surpresas do Festival e da qual fiquei muito agradada – foi a componente pedagógica e dos jogos tradicionais – aqui os papás ficámos entusiasmados (fico sempre tentada a mandar latas ao chão, experimentar as andas ou rodar o peão. Já o papi também acha que domina a técnica de rolar e há que dar a mão à palmatória e não se saiu nada mal. Enquanto isso eu pousei ao lado da Marisa, porque o melhor de mim está por chegar!

SoldaCaparica1

As pequenas Victória e Alice ainda foram brindadas com “garrafas” reutilizáveis o que reforçou a mensagem da importância do que aprendem na escola (bem haja o novo programa sobre a importância do ambiente e da sustentabilidade!).

O almoço foi por ali e cada um pode escolher o que melhor lhe passava no estreito e gostei da variedade e poder orientar-me com comida mais saudável (as batatas fritas doces também contam, certo?)

Ainda houve tempo para ouvir uns concertos e fazer um chill out. O que pude constatar é que o Sol da Caparica tem vindo a melhorar de ano para ano, é cada vez mais o meu Festival de eleição e as pequenas sentiram que lhes saiu a sorte grande para encerrar as férias! (bem encerrar as férias, que é como quem diz. Estas 2 princesas ainda têm mais uns dias de férias – mais coisa menos coisa estamos a falar de  mais de 1 mês! E com esta me retiro, que me ficou aqui a dar uma dor de cotovelo que não estou a saber lidar.

SoldaCaparica

O merecido descanso!

Fui. Fui ao Sol da Caparica, e com muita vontade de voltar que o Sol quando nasce é para todos – miúdos e graúdos.

Nós aqui temos o Sol da Caparica para as famílias.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Sol da Caparica

CARTAZ DO SOL DA CAPARICA. OH YEAH! Por Marlene Gaspar

gostamos

Para os mais distraídos, cá estou a relembrar que o Festival Sol da Caparica já está em contagem decrescente. Não é segredo que sou fã, que me apanharam lá nas últimas edições e quando se experimenta já não se quer outra coisa.

SolCaparica5edicao

Há sempre novidades e o cartaz este ano é do caraças. Foram sendo divulgados alguns nomes para te ajudar a organizar-te porque os acontecimentos do verão são diversos e eu não quero que te falte nada, eu dou uma ajuda.

SolCaparica

Mas não se fica por aqui, porque no domingo há forrobodó para a criançada (o que muito provavelmente me vai obrigar a estar lá!) e temos o Dia da Criança (que afinal é quando ela mesmo quiser) com Mão Verde, O Recreio da Anita e Porbatuka. São 4 dias em cheio de música portuguesa na margem mais cool que possas conhecer.

A presidente da CMA, Inês de Medeiros, antevê que a próxima edição vai ser um sucesso porque é um festival para todos os que gostam do sol, da praia, da música, da diversão e do calor humano, generoso e genuíno, que se encontra em Almada. Ou seja, é seguramente para mim.
 Podes comprar o teu bilhete aqui e depois é só dares à costa.
O bilhete diário tem o preço de 19 euros, enquanto o passe para os quatro dias custa 39 euros.
 Os residentes no concelho de Almada têm um desconto de 2 euros no bilhete diário e no passe de quatro dias.
Nós aqui temos o Sol da Caparica.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Cova do Mar

VOLUNTÁRIOS DÃO FORMAÇÃO NA COVA DO MAR. Por Marlene Gaspar

gostamos

É de coração cheio e a transbordar de orgulho que hoje conto esta história. Todos os dias passo a ponte para Lisboa para ir trabalhar para a LLYC, a melhor agência de comunicação do mundo e arredores. E a LLYC tem uma fundação – a Fundação LLYC que tem como missão divulgar causas e contar histórias de sonhadores que ajudem a mudar o mundo através do talento, experiência e compromisso da empresa e dos seus profissionais.

O trabalho através da Fundação é ajudar as pessoas que sonham em melhorar a vida da sua comunidade a contar à opinião pública qual é o seu projeto e o que precisam para o concretizar. Procuramos ser o porta-voz de iniciativas solidárias, através de histórias contadas pelos seus protagonistas, mas o projeto Vozes Futuras, que acaba por ser o primeiro projeto global da Fundação LLYC a ser desenvolvido em todos os escritórios, em 13 países, está além disso. O objetivo principal é educar jovens com soft skills de comunicação, pois estas ferramentas comunicativas tão básicas e necessárias, são o usamos no dia a dia com os nossos clientes.

Estes projetos contam com voluntários em que metade das horas são oferecidas pela empresa e a outra metade pelo tempo livre de cada voluntário. E é para mim um orgulho saber que o Ricardo, a Celia, a Raquel, o Francisco, a Joana, a Maria e a Cristina, equipa com quem tenho o privilégio de trabalhar todos os dias, escolheram a Associação Cova do Mar, como a causa que abraçaram. E essa associação fica nada mais nada menos que aqui, na margem sul.

Cova do Mar

Os voluntários: Ricardo Madeira, Celia Fernandez, Raquel Godinho, Francisco Lima, Joana Carvalho Fernandes, Maria Eça e Cristina Girão (da esquerda para a direita) com os seus “alunos”

A Joana é nascida e criada na margem sul, viveu cerca de 2 anos em Lisboa, mas o bom filho à casa torna e, uma vez margem sul, para sempre margem sul e “teve” de voltar. A Joana foi jornalista antes de ter entrado na LLYC e teve contacto com a associação Cova do Mar quando fez uma peça jornalística sobre a mesma. A Cova do Mar é uma associação dirigida a crianças que vivem num bairro clandestino, de habitações precárias, sem acesso a electricidade legal. O objetivo da associação é proporcionar aos jovens uma ocupação de tempos livres diversa (e diferente da que se associa a estes ambientes desfavorecidos). “É objectivo do campo de férias Cova do Mar proporcionar iniciativas destinadas a crianças e jovens considerados carenciados pela Cova do Mar (emocionalmente ou financeiramente), com idades compreendidas entre os 6 e os 17 anos, com a finalidade de durante um período determinado de tempo, proporcionar um programa organizado de carácter educativo, cultural, desportivo ou meramente recreativo.” refere a responsável da organização.

E como é que a Fundação LLYC está a ajudar? Os nossos super voluntários deram aulas de comunicação para garantirem que os jovens aprendam ferramentas fundamentais para apresentarem melhor os trabalhos de grupo, falarem em público, contarem uma história ou até um dia os ajudar numa entrevista de emprego…

Divididos por 4 grupos, ao longo de 4 aulas, estão a aprender a contar uma história à sua escolha, real ou inventada por eles. Têm de colocar a ‘mão na massa’, de escolher a história, prepará-la (tem de ter princípio + meio + fim), debater e construir o formato: uns escolheram a banda desenhada, outros a dança, outros até escolheram atirarem-se pela primeira vez ao temível power point. Tomaram notas, tiraram apontamentos e aprenderam a técnica dos post-its coloridos para a organização de ideias e no próximo mês, veem à LLYC apresentar o seu trabalho.

Estou muito orgulhosa deste projeto e só posso estar grata de poder fazer parte de uma equipa com pessoas como estas. Dream team LLYC!

Mas sobre estas pessoas, termino com as palavras da responsável pela instituição, Xana Banana, sobre a atuação dos voluntários da fundação: é surreal todas as coisas que estão a aprender!  e o amor dos voluntários é INCONDICIONAL.

Nós aqui temos formação na Cova do Mar.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Cova do Mar

FestadaVerdizela

A FESTA DA VERDIZELA VOLTOU. 22 junho. Por Marlene Gaspar

gostamos

O campeão voltou e a Festa da Verdizela também e eu não podia estar mais contente. A minha filha mais velha está sempre a perguntar quando é que é a Festa da “nossa terra” e eu para gerir expectativas avancei que podia não haver. Daí que ao ver a faixa a anunciar a boa nova, fê-la dar pulinhos de contente. Sim, há 2 e 3 anos atrás esta festa foi inesquecível, à semelhança da festa que elas vão com os avós na aldeia deles, em que é um dos pontos altos das (longas) férias de verão (longas, pelo menos para elas).

O mês de junho é um mês em festa. Foi a dos Santos onde demos o ar da nossa “Graça”, as festas de final de ano da escola, do violino, do inglês e a da…Verdizela, ah! a da Verdizela. Ele há sardinhas, bifanas, bebida, música, diversão, animação e boa disposição. Os cabeças de cartaz são os encontros e reencontros desta bela localidade.

Já sabes, é no próximo fim de semana, dia 22 de junho a partir das 19h. A música ao vivo aparece às 22h.

FestadaVerdizela1

 

FestaVerdizela2

Aparece, que isto promete.

Nós aqui temos a Festa da Verdizela.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

AlmadaExtreme1

ALMADA EXTREME SPRINT NA ANTIGA LISNAVE COM ESTRELAS LOCAIS. 16 e 17 junho. Por Marlene Gaspar

gostamos

É já neste fim de semana (15 e 16 de Junho) a 2ª Edição do Almada Extreme Sprint, que dizem os entendidos que este ano conta com um novo traçado, mais desafiante.

É a competição automóvel de volta aos antigos estaleiros da Lisnave em Cacilhas (que é para mim um spot do caraças, daqueles que temos que abrir as mãos para o céu (daí termos o Cristo Rei a fazer esse papel! por tê-lo aqui, na nossa margem sul). É para mim a melhor vista sobre a cidade de Lisboa e um espaço mágico. Muito projeto e muita expetativa para o que ali vai renascer, mas antes disso, temos este Extreme Sprint que vai ser um evento que pode não contar com aquele espaço nos próximos anos.

A prova realiza-se novamente nos terrenos dos antigos estaleiros da Lisnave (Margueira), sendo que nos dois dias de evento estarão disponíveis espaços de lazer e muitas atividades para toda a família e num ano em que a TOYOTA é campeã mundial de rali, a AMGonçalves é patrocinador oficial deste evento. Por isso, há visitar a tenda AMGonçalves é como a canção da Maria Albertina: “é cá da terra e tem, tem muito encanto.”

AlmadaExtreme

AlmadaExtreme2

A grande surpresa fica para o final, pois depois de definidos os melhores da Regularidade e do Sprint, os ‘Campeões’ defrontam-se em carros iguais, os fantásticos Challenge 1000, para chegarem a uma finalíssima que permitirá saber quem será o “Campeão dos Campeões.”

Almada Extreme2

O fim de semana para a praia está fraquinho, mas esta prova é a mais um dos fortes argumentos que a margem sul está aqui para as curvas! Junta-te e traz um amigo também (ou mais). Muito importante: a entrada é livre.

#toyota #rally #extreme #lisnave #almada #amgonçalvesii

Nós aqui temos a Almada Extreme Sprint.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

FestasCorroios

FESTAS DE CORROIOS JÁ TÊM CARTAZ. Por Marlene Gaspar

gostamos

Bem sei que ainda estamos nos Santos Populares, mas se há coisa que pára o trânsito e que é importante ter conhecimento são as Festas de Corroios que têm fama de poder ser um bom sítio para se partir a loiça toda. E como uma mulher prevenida vale por 2, deixo já aqui o cartaz das festas para poderem gerir as vossas agendas com as férias e tudo e tudo.

Estão preparados? Ora aqui vai.

Há não 1, nem 2, mas 3. T-rês palcos para as  Festas de Corroios 2019 que decorrem entre 23 de agosto e 1 de setembro e apresentam um programa para todos os gostos.

A cena está muito moderna e como não quero que vos falte nada, vão poder acompanhar todos os momentos através através da APP de Corroios (Android e iOS), da conta de Instagram ou subscrevendo a newsletter.

Palco Carlos Paredes23 Ago. | Bizarra Locomotiva + O Incrível Homem Bomba (vencedores do XXIV Festival de Música Moderna Corroios’2019)
24 Ago. | XXXV Festival de Folclore de Corroios
25 Ago. | Estrada de Santiago
26 Ago. | Berg
27 Ago. | àVariações (Tributo a António Variações)
28 Ago. | Bonga
29 Ago. | António Zambujo (Dia do Título de Solidariedade – 5€)
30 Ago. | Ana Bacalhau
31 Ago. | Ana Moura (Dia do Título de Solidariedade – 5€)
01 Set.  | Pedro Abrunhosa; Encerramento das Festas c/espetáculo piromusical (24h)

Palco Arraial

23 Ago. | Duo Musical Ritmos
24 Ago. | Duo Musical Ludgero
25 Ago. | Duo Musical Toy e Victor
26 Ago. | Duo Musical A. Marques e Carlos Bastos
27 Ago. | Trio Musical A Clave
28 Ago. | Trio Musical Maravilha
29 Ago. | Trio Musical Replay
30 Ago. | Duo Musical H.C. Som
31 Ago. | Trio Musical Sons Infinitos
01 Set. | Cátia Sofia

Palco Liberdade

23 Ago. | Abertura oficial das Festas; Companhia XPTO; Grupo Concertinas Primeira Forma (CD Águias Vale Milhaços)
24 Ago. | Escola de Instrumentos (CCR Alto do Moinho)
25 Ago. | Sahara Dance (Estúdio de Dança)
26 Ago. | Grupo Coral e Instrumental “Moinho de Maré”; Grupo Coral e Instrumental “Ventos e Marés”
27 Ago. | Horas Vagas (Música Rock)
28 Ago. | Grupo Coral Instr. “Os Sempre Jovens” AURPIC; Grupo Coral e Instr. “Cantar é Viver” A AURPIM; Grupo Cavaquinhos “Os Rouxinóis” AURPIC;
29 Ago. | Dance Conviction (Escola de Dança)
30 Ago. | Classe Talentos Sem Fronteiras, Cheerleaders e Classe Manutenção (CCR Alto do Moinho)
31 Ago. | Danças de Salão, Danças Orientais e Hip Hop (Clube Recreativo e Desportivo Miratejo)
01 Set. | Cavaquinhos, Bandolins e Concertinas (Casa Povo Corroios)

E que tal? Gostaram da ideia? Divirtam-se e até lá aproveitem a semana mais mais curta.

Nós aqui temos as Festas de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte: JF Corroios

Dia da Criança

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA É JÁ AMANHÃ :D Por Catarina Laborinho

gostamos 1

Amanhã é o dia dos mais pequenos e cá por casa é logo aos pares com idades bem diferentes. Não é fácil conseguir levar esta malta toda a fazer algo que todos apreciem. Mas #nósAquiVamosTentar.

Quando falamos do Dia Internacional da Criança, euzinha também ainda sou 😉 Não, não pulo em insufláveis, mas adoro algodão doce e montanhas russas 😀 Não vai ser fácil, se por um lado o dia quente nos quer levar até à praia, os mais pequenos querem ir para o meio dos insufláveis, e amanhã vai haver festas por todos os cantos.

Em Almada irá ser um dia diferente no Parque da Paz. Entre as 10h00 e as 17h30 o parque irá ter atividades para os mais pequenos.

# 10h00 – Aula de Yoga
# 11h00 – 13h00 – Jogos Tradicionais e Insufláveis
# 10h05, 11h00 e 11h45 – O Circo Máximo
# 10h30 – Biblioteca Extravagante
# 11h15 – O Bosque de Marcela
# 12h00 – A Cuadros
# 15h00 – 18h00 – Jogos Tradicionais e Insufláveis
# 15h30, 16h30 e 17h00- O Circo Máximo
# 16h45 – Biblioteca Extravagante
# 16h00 – O Bosque de Marcela
# 17h30 – A Cuadros

Consulte o programa completo aqui

Já no Seixal, a festa começa ainda hoje, aliás já começou para as escolas. O NICKFEST abriu as portas às 9.30, no Parque Urbano da Quinta da Marialva em Corroios, com um programa daqueles 😉

# 9.30h às 10.30h – Dança infantil para alunos do 1.º ciclo
# A partir das 10h – Insufláveis
# 10h às 10.45h e das 11h às 11.45h – Oficina Para, Escuta e Pinta
# 10h às 15 h – Exercícios de busca e salvamento e passeio com cavalos- GNR
Exposição de mota  e jogo de sinais de trânsito – PSP
Exercícios diversos – Bombeiros
Exposição de viatura para recolha de animais
Exposição de cães
Demonstração de treino canino
Demonstração de agility canina
# 10.30h às 11.30h –  Animação em palco
# 11.30h às 12.25h – Rosa Teatro por C’Art Comic Education (ltália)
# 12h às 15 h – Jogos tradicionais
# 19h – Abertura de portas para público em geral
# 20.15h às 20.45h – Animação em palco com a MTV
# 21h às 21.30h –  TAY – concerto
# 21.50h às 22.50h – ÁTOA – concerto
# 23.10h às 0.10h- Concerto de Fernando Daniel

1 de junho, sábado
# 16h – Abertura de portas
# A partir das 16h – Insufláveis
# 16h às 18h – Exercícios de busca e salvamento e passeio com cavalos- GNR
Exposição de mota  e jogo de sinais de trânsito – PSP
Exercícios diversos – Bombeiros
Exposição de viatura para recolha de animais
Exposição de cães
Demonstração de treino canino
Demonstração de agility canina
# 17h às 17.50h – Côte Confiture – Teatro por Les Soeurs Kif Kif (Canadá)
# 18h às 18.45h e das 19h e 19.45h – Oficina Para, Escuta e Pinta
# 18h às 20.30h – Animação em palco Nickelodeon
# 21h às 22h – Concerto de Paulo Sousa 
# 22.20 às 23.50h – Concerto dos D.A.M.A

Programa completo aqui

Irá haver igualmente festa para os mais pequenos na vilas de Alcochete, Samouco e S. Francisco, bem como no Pinhal Novo com insufláveis, ateliers de pintura, modelagem de balões, tatuagens, entre outras atividades lúdico-desportiva.

Nós aqui vamos !ter um dia em cheio.
E você, onde é que vai levar os seus filhos, sobrinhos ou netos?

Texto: Catarina Laborinho | Fontes: CM

vc-amarok-isn-02

O CARRO DO MITCH JÁ VOLTOU ÀS NOSSAS PRAIAS. Por Marlene Gaspar

gostamos

O sol quando nasce é para todos e porque Deus é pai, a praia também. Aberta mais uma balnear é importante saber que estamos seguros e ficamos contentes por mais uma vez ver nas praias nacionais 28 unidades do Volkswagen Amarok, envolvidas no projeto “SeaWatch”, a patrulhar o areal português. A nossa South Bay pode contar com estas Amarok e os nossos Mitch Buchannon  vão ter todas as condições para andarem a olhar por ós.

vc-amarok-isn-02Criado em 2011, o projeto “SeaWatch” é o resultado da parceria entre o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), a Volkswagen Veículos Comerciais, o Volkswagen Financial Services e os Concessionários VW e tem como objetivo a segurança nas praias portuguesas. Assim, foram cedidas algumas VW Amarok com preparação para missões de busca, salvamento e patrulhamento das praias, estando, pela primeira vez, equipadas com desfibrilhadores automáticos externos.

A cerimónia de entrega dos veículos aconteceu ontem nas instalações da Marinha em Lisboa, tendo sido presidida pela Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Sanros Pinto.

Nós aqui temos VW Amarok para patrulhar as praias.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

sol da caparica

SOL DA CAPARICA JÁ TEM CARTAZ. Por Catarina Laborinho

Vamos a isto

O Sol da Caparica já apresentou o cartaz para a edição deste ano!

Malta, o Sol da Caparica está quase aí, e nós aqui já temos confirmações para a edição de 2019 que se irá realizar entre os dias 15 e 18 de Agosto.

A edição deste ano irá arrancar com o Anselmo Ralph, D.A.M.A, David Carreira e Matias Damásio. São para já os nomes confirmados para dia 15. Nos restantes dias poderemos ver no palco artistas como Carlão, Fred,Luís Represas, Ludmilla, Capitão Fausto, Boss AC entre outros.

sol da caparica

Se não queres mesmo perder mais um festival, fica a dica: Os bilhetes já estão à venda na Ticketline e variam entre os 19€ e os 240€.

# Bilhete diário sem lugar marcado -19€
# Área VIP -60€ ou 90€  (inclui duas bebidas à escolha) e/ou estacionamento
# Passe 4 dias – 39€.
# Concertos na área VIP – 150€ ou 240€ com estacionamento
# Entrada gratuita para crianças até os 6 anos de idade acompanhadas por um adulto com bilhete válido.

Para os residentes do concelho de Almada, existe um desconto de 2€ no bilhete.

Compra já o teu bilhete 😉

Nós aqui vamos a isto
Nós aqui temos SOL DA CAPARICA

Texto: Catarina Laborinho | Foto: D.R