namorados

DIA DOS NAMORADOS VAI SER AQUI, NA LISBON SOUTH BAY.

recomendamos 1

O amor acrescenta uma preciosa visão aos olhos.
William Shakespeare

Vem aí mais um Dia dos Namorados e, como sempre, a questão do que fazer para surpreender ou “dar uma pista” para se ser surpreendido pela cara-metade. Nós aqui, inspirados pelo acréscimo de uma preciosa visão referido por William Shakespeare, sugerimos que o desfrute aqui, na margem sul, porque é uma “escolha segura” para ser um momento (muito) bem passado.

Ideias para ir “namorando” até encontrar(a) escolha(s) perfeita(s):

Atravessar o rio de Cacilheiro e jantar em Cacilhas. Basta atravessar a estrada e está na Rua Cândido dos Reis, onde a oferta de restaurantes é de porta em porta para todos os gostos e carteiras.

Almoçar / Jantar na praia. Os restaurantes na praia estão quase todos abertos e não há nada mais romântico do que estarem abraçados também pelo mar.

Sessão de SPA a dois. Esta também é uma sugestão que pode fazer junto ao mar. Sim, depois do relaxe perfeito, onde estão os dois zen, nada melhor do que um passeio acarinhado pelas ondas do mar.

Subir ao Cristo-Rei e deixarem-se abraçar pela vista e pelo local único e bem posicionado.

Fazer uma “escapadinha” a Tróia/Comporta. Aproveitem para fazer uma paragem em Setúbal onde podem apreciar uma bela refeição típica antes de “apanharem” o barco.

– Em Setúbal ou Sesimbra podem aproveitar para mergulharem juntos (batismo) e/ou verem os golfinhos.

Jogar uma partida de Padel, já que é um jogo a pares e é muito divertido. Podem marcar uma aula no PadelMode ou marcar o campo, se já são “Pros” (vejam em http://lisbonsouthbayblog.pt/liga-padelmode-lisbon-south-bay-blog/ )

– E, que tal pernoitarem num hotel aqui, na baía do sul? É uma excelente forma de começar a semana.

Não tem “cara-metade” e vai ficar na “depre” * esse dia? Nada disso, faça como as crianças, celebre o “dia dos amigos” (pelo menos, assim espero. Não estamos preparadas para mais do que isso!). Aceite estas sugestões e passe tempo com eles. E, também para os amigos terminamos como começámos, inspirados por Shakespeare: “Nada me deixa tão feliz quanto ter um coração que não se esquece de seus amigos.”

Feliz Dia dos Namorados.

* “depre” – palavra que não existe. Utilizamos aqui como diminutivo de “depressão”, como é dito na gíria.

Nós aqui temos Amor.
Nós aqui temos isto!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *