Mercado biologico

MERCADO BIOLÓGICO EM ALMADA. É VENDER SAÚDE. Por Marlene Gaspar

degustamos

A PDI faz-nos repensar velhos hábitos e mostra-nos que por muito estragos que possamos fazer com gordices e alguma indulgência que faz parte, há que procurar um equilíbrio e adquirir hábitos mais saudáveis. Em jeito de Valentine’s aqui vai o que mais vos desejo – saúde. Da boa.

Na minha infância comi muita sopinha com ingredientes cultivados pela minha família e muita frutinha apanhada das árvores sem qualquer tratamento. Deve ter sido isso que me ajudou a superar os quilos de Tulicreme que emborcava a ver séries no Agora Escolha, como o Perry Mason ou os 3 Duques. O “Kit Amigão” na versão brasileira e na original (a preferida) também dava para mandar abaixo bombocas e belinhas. Se não sabes o que isto é nasceste neste milénio, certo? Hoje em dia procuro uma alimentação muito mais saudável e consigo ver no meu corpo os benefícios disso mesmo, mas mais uma vez, não sou fundamentalista, e por vezes, não há nada tão compensador como um bife com batatas fritas.

Mas para poder cometer estes devaneios, há que compensar de alguma forma, por isso elejo sempre que posso os produtos biológicos. Estou tão contente por saber que todos os sábados de fevereiro, a partir das 9h na Praça MFA e às 4ªfeiras no Largo Alfredo Dins, a partir das 14h há mercado de produtos biológicos em Almada, com uma seleção de produtores biológicos da região. Podemos encontrar fruta, legumes, azeite, mel ou vinho. Verdadeiras maravilhas que me enchem de felicidade e que são ingredientes sem os quais não se vive cá em casa. Para os mais incrédulos e desconfiados, os produtos são certificados.

Podes então aviar-te no Mercado Biológico de Almada. De que é que estás à espera?

Nós aqui temos Mercado Biológico.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *