Helena Gonçalves Rocha

O CORPO, O MELHOR BRINQUEDO Por Helena Gonçalves Rocha

ASSINATURA 2 1

Desde cedo, ou antes desde sempre, nos relacionamos com o Exterior, com o Outro através do Corpo. O Bebé aconchega-se no colo da Mãe, molda-se ao corpo do Pai e a cada dia vai descobrindo novas potencialidades neste Seu brinquedo.
Primeiro são as Mãos, têm dedos e mexem… uau, e que belo efeito quando a luz passa entre os dedos!
Depois os Pés, ups…cá estão eles ao pé da boca .  Ui, o que é isto? Ticl, ticl, coceguinha, que sensação boa…Mais Mamã, mais..
Olá…e consigo rebolar? Vamos lá experimentar outra vez, força na perna e tcharamm…aqui estou de barriga para baixo.

Aos poucos o Bebé vai experimentando todas as potencialidades do seu Corpo, o que lhe permite fazer, o que lhe permite alcançar. O adulto, habitualmente, nas primeiras idades privilegia as brincadeiras corporais, consegue ir para o chão com o bebé e Brincar, brincar, brincar. Porém, depressa demais, colocamos os brinquedos físicos entre nós, colocamos puzzles, colocamos cadeiras e mesas, deixamos de brincar no chão.

Brincar no chão, brincar com o Corpo, olhar nos Olhos, continua  a ser necessário até muito, muito tarde.  As vivências corporais aproximam-nos das crianças, não tenhamos receio de descer ao chão, experimentar, também nós, as potencialidades do nosso Corpo. Será que ainda sabemos rebolar? Será que nos lembramos como é bom brincar estendido no chão?

Cada vez mais encontro crianças já mais velhas (8, 9 anos) que têm muita falta de experiências corporais, de brincar no chão, de experimentar todas as potencialidades do seu corpo e que invariavelmente se reflectem em dificuldades na relação e nas aprendizagens. E aqui vos confesso, que é reconfortante, maravilhoso, voltar com eles e com as suas Famílias a estas experiências que ficaram incompletas, voltar aos balancés no chão, ao barquinho, ao avião e depois ouvir as Famílias dizerem: “ Está mais confiante! Agora as letras saem-lhe melhor…” Parece quase Magia, mas não, não é, é o Corpo a poder falar com a Cabeça, é a Psicomotricidade  em acção.

Também é verdade que cada vez mais encontro crianças cansadas, se é que é possível uma criança cansar-se. Lembro-me sempre da minha mãe que me dizia quando eu ia buscar o meu filho: “ Ele hoje brincou tanto, mas tanto, tem que estar muito cansado” e eu invariavelmente questionava “E há limite para brincar? É possível uma criança se cansar de brincar?”

Helena Gonçalves Rocha

A verdade é que hoje em dia, muitas são as crianças que negam o movimento. “Não quero ir… isso cansa”, “ Helena, vai mais devagar, já estou cansado!” Depois de meia hora a andar? Não é possível, algo vai mal… É urgente despertar os miúdos para o seu maior e melhor brinquedo, o seu Corpo. Nas sessões de Psicomotricidade que desenvolvo, muitas delas em contexto de Natureza, é muito interessante observar que progressivamente os miúdos passam de muito cansados a excessivamente enérgicos, interessados e atentos.

Cada vez mais cedo nos afastamos do Chão, nos afastamos do movimento livre, cada vez mais passamos horas sentados em cadeiras ou sofás estáticos . Incontornavelmente, isto trará problemas associados à falta de movimento, as dores nas costas, as dores nas ancas, enfim, vocês saberão com certeza ao que me refiro.

Helena Gonçalves Rocha

Temos de esgotar as vivências corporais com os nossos miúdos pequenos e habituarmo-nos a estar mais tempo no chão. Reparem que o chão nos obriga a estarmos em contantes alterações de postura e o movimento é nutritivo, traz-nos aquilo que o nosso corpo precisa para funcionar em pleno.

Como tal, não esqueça, abandone o sofá e vá brincar para o chão com o seu filho. Fazer aviões, balancés, ler um livro deitado de barriga para baixo, fazer um desenho em conjunto.

Enfim, não esquecendo que o Corpo é o seu melhor brinquedo!

Bom Fim de semana!
Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *