Margem Sul

O QUE É ISTO DE SER DA MARGEM SUL? #2

gostamos 1

Lançado o desafio de conseguirmos responder ao repto: “O que é isto de ser da margem sul?” que lançámos aqui, e estamos a adorar as vossas respostas, partilhamos a da Mónica que há que ter fair play e sentido de humor. Passemos a citá-la:

Olá boa noite!
Primeiro que tudo, gargalhei à brava com a imagem! Em segundo, compreendo perfeitamente a razão deste post e vou dar o meu ponto de vista. Também sou emprestada da Margem Sul, embora há (já?!) 20 anos e não a troco por nada! E por favor não me levem a peito, pois vou generalizar e a quem não servir a carapuça, não a enfie.
O pessoal da margem sul:
1. Quando entras, por exemplo, num café, todos te olham de cima abaixo;
2. Quando dizes “eu sou de Lisboa”, tens um sotaque estranho;
3. Faz a Vasco da Gama a 300km/h e gaba-se disso (ok, isto talvez podemos generalizar ao tuga comum);
4. Faz “xuning” a fiats uno e opels corsa de 1990’s;
5. Mesmo que não tenha “xuning” circula em modo discoteca ambulante, usualmente com kizomba ou rap;
6. Compara a Festa do Avante ao Rock in Rio;

São só alguns pontos que me lembrei, espero ter sido esclarecedora :)

 

Mónica Amaral Antunes

Mónica, sim, foste muito esclarecedora. Gostei particularmente da última, porque na verdade acho que estão na mesma liga. Ahahahaha!

E para vocês? O que é isto de ser da Margem Sul? E ainda acrescento mais uma pergunta ao desafio: “Até onde vai a Margem Sul”? Ah, pois é bebés! Esta é para queijinho. Mas tenho para mim, que a Margem Sul é como o Natal. É até onde o Homem quiser. E para mim, vai até ao Algarve. Tenho dito.

Nós aqui temos esta cena de ser da margem sul.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Imagem de capa: Página “Kiss kiss bang bang”

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *