Gelados Almada F

OS MELHORES GELADOS NA MARGEM SUL ESTÃO NO ALMADA FORUM. #almadaforum

METEMO-NOS

A minha filha recebeu a prescrição médica que todas nós as crianças querem ouvir: podes comer todos os gelados que quiseres nas próximas semanas e come muitos! Tan-tan-tan-tan-tan! Ao ouvir estas palavras sorri e olha para mim a certificar-se que aquilo não era uma piada. Para sua felicidade, este é melhor remédio para quem acaba de fazer uma cirurgia às amígdalas e se há muitas restrições na recuperação, aqui está a parte boa da coisa e que faz esquecer tudo o resto.

Como menina bem mandada, acatou a ordem à risca. Não só porque é preciso, mas porque é daquelas coisas que não volta a acontecer (pelo menos, assim esperamos)!

Então a odisseia pelo universo dos gelados começou e por muito agradável que possa parecer, diversificar passa a ser palavra de ordem. Já perdi a conta aos gelados que ela ingere diariamente, também “who’s counting”, né?, mas tendo em conta que vale tudo (de leite, de gelo, granizados e afins) tivemos de experenciar novos sabores e novidades.

Nos últimos dias, o ritmo de consumo teve de abrandar! Não porque o recobro já tenha passado, mas com o início das aulas não há como comer gelados na escola. Além de logisticamente ser complexo levar gelados, acabou de aterrar numa escola nova, onde não conhece ninguém e queremos que ela faça amigos e não inimigos, certo? Quem é que acha piada a uma colega que esteja sempre a sacar Calipos e Epás da lancheira? Por isso sempre que sai da escola, tem direito a um gelado ou dois ou 3. Passou a ser rotina irmos ao Almada Forum aviá-los. Calha em caminho e descobrimos uma hub de gelatarias de cair para o lado. Os gelados de fruta natural artesanais “muita bons” – “La Paleta” conseguiram a proeza da “trinca-espinhas” lambuzar-se em três frutas seguidas, a virá-los, como quem “limpa copos de sumo”. Os gelatos DaVVero que se vieram de Itália para a margem sul foi para nos ver entusiasmadas e é o que acontece quando subimos a escada rolante e ficamos de frente para aquele mundo de sabores. Ajuda ao prazer sem culpa serem artesanais e servidos à espátula, já que têm natas por cima. Nham, nham, nham. Já estamos a salivar. Também elegemos como uma das melhores escolhas para lanchar a Llaollao – onde se alia iogurte, gelado e granizado numa refeição saudável e saborosa e que passou a ser paragem obrigatória. O cantinho da Olá também não nos é indiferente só estando proibido o crocante, por causa da cicatrização. Com um sorriso de orelha a orelha e uns bigodes do nariz ao queixo são todos de eleição.

GeladosAlmada Forum

 

Como perceberam a escolhas dela passaram a ser minhas, eu tenho de ser solidária. Acompanhar a filha nesta árdua tarefa de cumprir a prescrição é uma obrigação de mãe e a se a pequena “sofre”, a mãe “sofre” com ela, certo? Ahahahahah.

Esta altura do ano ajudou muito o processo de viciação, embora a ideia de que só se comem gelados no verão não faça sentido. Sabe sempre bem. Por isso vamos ter de dar alguma continuidade “à medicação”, pois ficamos rendidas e derretidas às evidências e temos a sorte de ter, para nós, as melhores gelatarias “aqui à mão”. Se houver alguma que nos passou ao lado, contem-nos tudo, o recobro ainda não terminou…

Nós aqui temos os melhores gelados da margem sul.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

who’s counting” – expressão irónica para “quem é que está a contar”?

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *