Correrchuva

PLANO B PARA O FIM DE SEMANA NA MARGEM SUL. Por Marlene Gaspar

corremos

Os planos que eu tinha para o fim de semana parecem-me estar arruinados pela pluviosidade que se fez anunciar e que se prevê encharcar tudo e todos para além do próximo domingo. O país agradece, e eu estou na primeira fila a erguer as mãozinhas para o céu por isso. Só lamento não ter um comando com as funções “start” e “stop” para a chuva para poder escapar ao caos que é provocado no trânsito por causa deste fenómeno e para conseguir cumprir o que estava programado ao ar livre – a sessão de Surf Paddle e a mini maratona! Mas não, a chuva é temperamental, é quando lhe dá na telha e está nem aí para quando é que me dá jeito.

mapafimdesemana

Para ser totalmente honesta estou a atravessar uma espécie de mix feelings com isto. Por um lado sou atravessada pela frustração e a sensação de objetivo não cumprido, por outro, e a sensação de alívio por não ter que lidar com os meus receios e esforço para cumprir as metas que defini. Pronto, assumo. Não tenho essa bola toda. Gostava. Mas, há que encarar as coisas com frontalidade.

Já sei que estão a pensar: és uma flor de estufa e não aguentas uns choviscos numa corrida nem te aguentas firma e hirta numa prancha no rio! E estão a pensar bem. Sou um bocadinho de cristal, e fisicamente tenho algumas fragilidades. Sim, começo a pensar no percurso da ponte a levar com pingos durante 7 km e a regressar nos transportes com a roupa colada até ao corpo e a entrar-me pelas entranhas a dentro e pow. Direitinha à cama. Em relação ao Surf Paddle, o alívio é só temporário que a Rossana já me disse que a sessão que aqui anunciei vai ser adiada, porque o mau tempo não dá garantias de segurança (afinal não sou só eu a piegas). Quanto à travessia da ponte, se não for desta, para o ano há mais. Ainda bem que já tive a experiência.

Calma, não estou a deitar a toalha ao chão, mas há que assumir as coisas com frontalidade e deixar-me de fufus e gaitinhas. Se não houver jogging ou surfing, há “mapling” que é basicamente uma maratona de sofá (aka maple), com visionamento de filmes (ui e há tantos na fila), com uma boa dose de gordices a acompanhar. Eu sei que isto é radical e é o extremo oposto do programa saudável e desportivo que estava planeado. Mas, a culpa é de quem? Do S.Pedro. Minha é que não é!

Nós aqui temos planos B.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *