HELENA NATAL

QUAL O BRINQUEDO QUE O SEU FILHO PRECISA?

Helena

Todas as crianças necessitam de 3 coisas para brincar: Tempo, Espaço e Objetos. Embora, o primeiro brinquedo e aquele que é, ou deveria ser amplamente explorado, seja o nosso próprio Corpo.

O bebé começa por descobrir as suas mãos e pés e inicia múltiplas brincadeiras, descobre a sua voz e brinca com ela entoando diferentes ritmos e melodias e quando se descobre ao espelho todo um novo mundo de alegria é descoberto.  Conforme vai crescendo e à medida que vai descobrindo as múltiplas possibilidades de exploração que o seu Corpo permite, a criança vai explorando e conhecendo o mundo que a rodeia. Daí ser tão importante e vital proporcionar diferentes vivências corporais às nossas crianças, para que possam ter um desenvolvimento psicomotor harmonioso e para que tenham um brinquedo ativo sempre com elas.

Quando não temos um amplo repertório de brincar, a nossa tendência é achar que os objetos precisam de ser brinquedos prontos. Quanto maior a caixa e mais recursos o brinquedo tiver, melhor, certo? Não.

Os brinquedos evoluíram tanto nos últimos anos que agora os brinquedos parecem que se jogam sozinhos. O brinquedo já vem com uma brincadeira pronta e a criança só tem que carregar no botão e olhar. A criança acaba por ser um observador passivo do brinquedo. Quando as pilhas acabam, o brinquedo morre.

Brinquedos-para-bebês-recém-nascidos-850x400

Mas não deveria ser assim, não acham? Os brinquedos são companheiros silenciosos que desafiam a criança possibilitando novas descobertas e estimulando a sua auto-expressão. Essencialmente os brinquedos deveriam ser um convite à exploração e imaginação. Como tais os brinquedos de ampla utilização, ou seja, sem uma função específica delimitada, tipo um pedaço de papelão, podem rapidamente transformar-se num telemóvel, num carro, numa cama de boneca ou numa lista para ir às compras. Os materiais ou brinquedos de ampla utilização possuem utilizações infinitas, apenas limitadas pela imaginação da criança.

Assim, nesta época em que a pressão consumista toma conta de nós tente escolher com critério os brinquedos que irá oferecer. Imagine de quantas formas esse brinquedo pode ser utilizado, quanto maior o número de possibilidade mais acertada será a sua escolha. Tenha em conta o tipo de material em que o brinquedo é feito, a madeira é habitualmente mais duradoura do que o plástico, é importante diversificar o tipo de texturas que oferecemos às crianças. Tente não ceder à pressão da publicidade, arrisque e ofereça brinquedos com os quais se divertiu ou brinquedos que requerem alguma imaginação e resolução de problemas, de início eles podem não reagir de imediato como se tivessem recebido o camião da Patrulha Pata, mas vai ver que no próximo ano ainda continuam a brincar com aquilo que ofereceu.

Deixo-vos algumas pistas sobre os brinquedos mais indicados para as diferentes faixas etárias, considerando o desenvolvimento cognitivo, motor e sócio-emocional em cada fase.

1 aos 2 anos: brinquedos de empurrar, carrinhos, blocos de construção, brinquedos de desmontar (grandes), degraus e pequenos escorregas, túneis, bolas, carro ou bicicleta com pedais, livros cartonados.

2 a 4 anos:  livros de pano com figuras, livros de imagem e pouco texto, telefone, panelinhas e utensílios de cozinha, objetos domésticos, bonecas, máscaras, chapéus, fantoches, fantasias, capas, massa para modelar, puzzles simples, lotos de imagem, tambor, pandeireta, , carros, camiões, comboios e aviões, piano e xilofone, cabanas e casinhas,, triciclo, material para bolas de sabão.

Screen Shot 2016-12-09 at 10.19.07

De 4 a 7 anos: blocos de construção, material para pintura e desenho, jogos (dominó, loto, damas), jogos desportivos, carrinhos de bonecas, livros.

De 7 a 12 anos: bolas e raquetes, bowling, jogos (montar, construção, perguntas e respostas, damas, xadrez), minilaboratórios, quebra-cabeças difíceis, ferramentas para construção de brinquedos.

Lembre-se, mais importante do que o brinquedo é a forma como a criança pode brincar com ele e como podemos ser companheiros de brincadeira.

Brinque muito e aproveite cada momento!

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *