Artigos

agiredeolinda

LIBERDADE PARA VER O AGIR E OS DEOLINDA NO SEIXAL.

aplaudimos

Liberdade é liberdade. É um direito. É um valor. É um dado adquirido. É algo pelo qual vale a pena lutar. Fazer finca pé. Querer ter. Fazer por ter. O 25 de abril celebra 43 anos e embora não saiba na pele o que foi viver antes disso, sei que é uma experiência que não quero ter. Se há região onde se celebra o 25 de abril, à séria, como deve mesmo ser é na margem sul e o Seixal não vai deixar isso por mãos alheias. A partir do dia 21 de abril celebra a data com uma série de espetáculos. Concertos de Agir, Deolinda, Ossos do Ofício, Ramp, bandas filarmónicas das sociedades centenárias do concelho e o espetáculo infantil O Mundo da Sara.

No dia 21 de abril, sexta-feira, duas bandas do concelho do Seixal assumem o espetáculo. São eles Os Ossos do Ofício, os primeiros a subir ao palco na Praça 1.º de Maio, na frente ribeirinha do Seixal, às 21.30 horas. Às 22.45 horas começa o concerto dos Ramp.

No dia 22 de abril, a partir das 21 horas, as bandas da Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense e da Sociedade Filarmónica União Seixalense contam com a participação do coro da Unisseixal para um concerto único, inspirado nos ideais da liberdade e da fraternidade.

Dia 23 de abril, é dedicado às crianças que, a partir 16 horas, podem assistir ao espetáculo infantil O Mundo da Sara e experimentar as pinturas faciais que serão feitas no espaço envolvente.

Na noite 24 de abril, vai parar tudo com um concerto de Deolinda, às 22 horas, seguido pelo Agir, a partir das 0.30 horas. E entre os dois concertos, às 0 horas, o espetáculo de fogo de artifício sobre a Baía do Seixal vai dar o mote a mais celebrações.

O dia 25 de abril apresenta as bandas filarmónicas das sociedades centenárias do concelho a saudarem o Poder Local Democrático e o 25 de Abril e, às 11.30 horas, com a inauguração da Praça Central da Torre da Marinha, que conta com a participação da banda da Sociedade Filarmónica União Arrentelense e da Escola de Artes do Independente Futebol Clube Torrense.

Tens liberdade para escolher o que queres assistir.

Nós aqui temos Liberdade.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar