Artigos

Clínica Alegria

UM DIA NA VIDA DE UMA RECECIONISTA.

gostamos 1

Como já aqui contei, fui muito bem recebida na Clínica Alegria e nada como dar espaço a boas histórias que podem ser partilhadas com visões diferentes. Por isso vamos dar voz à Jesus! A rececionista da Clínica Alegria na margem sul relata o seu dia-a-dia, na clínica com o maior “smile” da margem sul que conheço.

“Na clínica a ALEGRIA é uma constante. Um dia a dia da clínica passa sempre por mim.

Por vezes as pessoas e os próprios médicos não se apercebem dos “Bastidores” até a clínica estar aberta. É assim que me sinto, até a porta se abrir há todo um trabalho que preciso de elaborar, como se dos bastidores de uma peça se tratasse.

Vou me apresentar…Sou a Maria de Jesus, para muitos que aqui passaram e passa sou carinhosamente chamada de Ju. Há 9 anos que faço parte desta equipa… quase quase a chegar aos 10.

Quando estou no metro a caminho de cá, dou por mim a pensar no dia que aí vem… nos recados do Dr. Nuno e da Dra. Margarida, no que há para fazer. Às 8h, chego e começo a preparar tudo para mais um dia de trabalho! Às 9h as portas abrem e cá estamos nós prontos para receber quem nos procura.

Quando me pediram para escrever este texto… dei por mim a recordar situações e historias que aqui vivi. Todas as pessoas, as famílias que por aqui passaram são nos especiais, cada um a sua maneira.

Tenho algumas histórias engraçadas de partilhar. Todos os dias, quando chega alguém seja para uma consulta de psicologia, de nutrição ou de medicina dentaria, há sempre tempo para uns minutinhos de desabafos aqui na recepção, como eu chamo a “triagem”.

Lembro me de um menino, o D, que vinha as consultas da nossa psicóloga a Dra. Margarida, que logo no primeiro contacto perguntou –me: “Como te chamas?”, ao qual eu respondi Jesus… ele olha para mim e diz: “Agora tenho dois Jesus na minha vida… o do céu e tu aqui.” Ainda recordo como se fosse hoje. Nunca tinha visto esta criança, uma criança de 6 anos que me marcou pela sua meiguice e pureza.

Aqui à frente faço um bocadinho de tudo. Recebo Sorrisos, agradecimentos e por vezes reclamações. Reclamações que acho engraçadas, porque o paciente lá dentro com os médicos concorda com tudo e percebe tudo e depois por vergonha muitas vezes chaga aqui e reclama de algo.

Às vezes sou “milagreira”, tento arranjar vagas onde não existem, tenho o papel de “dar na cabeça” dos médicos se estão atrasados e de acalmar os pacientes se estão muito tempo à espera… mas é bom trabalhar aqui, é bom trabalhar com esta equipa.

O nosso lema é ninguém sai daqui sem um sorriso… quer nos lábios quer no coração.

“Sinto que esta é a minha segunda família, e quando assim é, trabalhamos tudo com muito mais amor.””

Maria de Jesus

Recpcionista

Nós aqui temos uma rececionista com um sorriso.
Nós aqui temos isto.

ClinicaAlegriateam

SORRIR. SEMPRE. COM ALEGRIA.

METEMO-NOS

Se há coisa que é o nosso melhor ou pior cartão de visita é o sorriso. Podemos estar elegantérrimos, com tudo no sítio, boas roupas, acessórios, etc, etc, mas se o sorriso não está lá, está tudo estragado. Se há coisa que devemos usar e abusar e nunca é demais é o sorriso. Mas, se o sorriso está desastroso, temos a burra nas couves!

Se há coisa que uso naturalmente é o (sor)riso – e é tão genuíno que quando o vejo em fotos ou em vídeos nem sempre gosto dele. Penso logo para quê que arreganhei a tacha toda e não usei alguma contenção?! Mas isso não posso controlar. Já a limpeza e higiene posso. E quando digo higiene não estou a falar dos hábitos básicos, isso é dado adquirido. Falo da limpeza por um especialista que temos de fazer pontualmente. No meu caso são autênticos antes e depois, que o chato do tártaro teima em abocanhar-se aqui!

Só que só de pensar tratar desse assunto, já o meu coração palpitava. Antes desta última e entusiasmante experiência no Centro de Implantologia de Almada, tive um episódio dantesco noutra clínica! – episódio esse que enfatizou ainda mais o meu medo, medo não, pânico! Pânico à séria de me voltar a acontecer a cena mais surreal ao nível de danos físicos pelos quais passei e que resumo em 3 palavras – deslocação do maxilar! Estão a imaginar o que é? Quem passou por isto a minha total solidariedade quem não passou consiste em o queixo sair do sítio e ficar-se com a boca literalmente de lado, sem a conseguir abrir nem fechar. Implica também não conseguir falar!

Por isso diria que andava a modos que a empurrar com a barriga este assunto. Não queria pensar nisso. E eis que conheço a Margarida Alegria e que trocamos umas impressões sobre algumas das nossas preferências aqui na margem sul e percebo que ela faz parte do corpo clínico da Clínica Dr. Nuno Alegria, seu irmão no centro de Almada – o Centro de Implantologia. A Margarida é psicóloga e o irmão Nuno é médico dentista.

Tremi quando ouvi a especialidade do Nuno, pois tocou logo a campainha como lembrete e, apesar de alguma hesitação, achei que alguém com o nome Alegria tinha mais probabilidades que qualquer outro para me ajudar com isto. Mandei-me para fora de pé e quis saber mais sobre a clínica.

A Margarida, perdão a Drª Margarida é super boa onda e contou-me um pouco do seu trabalho no acompanhamento de crianças e adultos,  das  consultas de nutrição, das consultas de terapia da fala, de como trabalham em equipa e ainda, conseguiu fazer-me acreditar que lá ia fazer a minha destartarização sem medos, ou pelo menos com menos medo. E assim foi.

Marquei com o Doutor Nuno Alegria e fui lá ter a rezar a todos os santinhos para não sair como da última vez! O espaço é super central na Praça da Liberdade em Almada, por cima do McDonald’s e fui recebida pela simpática Jesus onde me apercebi que é acarinhada não só pela equipa, mas por todos os pacientes que ali estavam. Fez-me logo sentir mais à vontade, pois se tivesse que sair dali de rompante, com o maxilar fora do sítio, acho que conseguia encontrar um colo reconfortante!

Os meus pensamentos foram interrompidos pela Margarida que acompanhou um paciente à porta e que carinhosamente se despediu a prometer um bolo de iogurte feito por ele para a Jesus e para a Drª Margarida na próxima consulta. Só podem ser gente boa, foi o que pensei. Mais uma vez os meus pensamentos foram interrompidos pela chegada do Dr. Nuno Alegria. O meu nervosismo abanou, mas rapidamente esfriou quando ele esboçou o seu largo sorriso. Pensei, deve-se poder confiar num sorriso destes!

Aliás, uma coisa que me deixou muito confortável foi ver que toda a equipa tinha um sorriso estampado e cuidado. Ok, estão já a pensar que é óbvio porque é uma clínica dentária, mas calma aí, quantas casas de ferreiro com espeto de pau vocês conhecem? Ah, pois é. Mas adiante.

A Sónia, a assistente do Dr. Nuno, também sofria do mesmo mal da equipa, ou seja, acolhedora e muito simpática. Ambos me explicaram o que se ia passar, que é uma cena que eu aprecio. Deixem lá as surpresas para outros campeonatos! Lá referi o meu problema e o Dr. Nuno pôs-me logo à vontade. O já lhe ter acontecido, tranquilizou-me e não quis saber mais que isso. Para desgraça, já bastou a minha!

Explicou-me pacientemente como íamos fazer e não se pôs com exigências para abrir a boca. Pelo contrário. Perdi ali 10 quilos, se os tivesse a mais, com o alívio que senti. E fui perdendo mais à medida que íamos avançando. Explicou-me o que fazia tim-tim por tim-tim, perguntou-me se gostava da música, o que me conseguiu fazer esquecer por breves momentos o meu receio. Neonésimos de segundos, vá. O Centro de Implantologia é a Uber dos dentes.

A minha descontração ficou de tal forma que quando o Dr. Nuno partilhou comigo algumas dicas e truques e até me fez perguntar se achava que eu devia usar um aparelho! Quando acabei de fazer a pergunta e ouvi-me pensei – onde é que estás com a cabeça? Tu não queres saber disso! Mas, já tinha perguntado. Nunca tive o mínimo de satisfação de falar de saúde oral, até aquele momento.

ClinicaAlegriaequipa

Da esquerda para a direita: Sónia, Jesus, Dr. Nuno Alegria, Drª Margarida Alegria e eu em baixo.

Consegui “apanhar” a equipa junta e pedi alguns conselhos por causa da dificuldade de incutir o hábito espontâneo às minhas filhas na escovagem dos dentes e a conversa dava pano para mangas. Foi de tal maneira que surgiu a ideia de uma parceria para o blog para podermos ter um espaço de conselhos e recomendações que podemos divulgar. Et voilá, falámos e fechámos logo ali. Vamos ter conteúdos do universo Alegria para vos contar. E selamos com um sorriso estampado no rosto. E o meu, ainda melhor do que quando ali entrei.

Praça da Liberdade, 1 J Almada
Telefone: +351 21 276 32 09
Telemóvel: +351 96 758 84 02
Email: clinicanunoalegria@hotmail.com

Nós aqui sorrimos quase sempre.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Post em parceria com o Centro de Implantologia de Almada