Artigos

youtubers

BATALHA DE YOUTUBERS VAI SER NA MARGEM SUL. Por Marlene Gaspar. 28 de março

gostamos 1

Esses seres “estranhos”, aka youtubers que se tornaram ídolos de muito boa gente e que produzem conteúdos (alguns bons, mas bons outros que são como comer cuspir na sopa) com mais visualizações do que muitos programas de TV, vão partilhar ideias e momentos únicos, e tu vais poder lá estar, assistir, trocar bolas e ainda podes jogar os teus jogos favoritos, porque há consolas para isso.

A Youbattle on Tour 2018, no dis 28 de março, às 10h da manhã no Centro Cultural e Juvenil de Santo Amaro, no Laranjeiro. A entrada é livre, mas quando não couber mais uma agulha, que é como quem diz, quando a sala estiver cheia, já não dá para entrar.

E tu estás in ou estás out?

Nós aqui temos batalha de Youtubers.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

BungeeJumping

CENA PARA FAZER NA MARGEM SUL PARA QUEM OS TEM NO SÍTIO. 10 março. Por Marlene Gaspar

gostamos 1

Gostas de te armar aos cágados e tens uma grande taxa de bazófia ou és daquele que o medo a ti é uma cena que não te assiste? Eu, por muito que me custe não pertenço a este último grupo, e a aventura para mim tem demasiados limites. Sou um bocadinho mariquinhas com cenas dadas ao radical, mas lá por eu ter miaufa, não significa que vocês aí desse lado sejam deste calibre.

Para os corajosos, que gostam de curtir grandes emoções e sentir a adrenalina a subir-vos pela espinha, tenho a sugestão perfeita para um programa na margem sul – uma sessão de Bungee jumping. É isso mesmo, mandares-te de cabeça a partir do Elevador Panorâmico Boca do Vento, em Almada, com uma vista do caraças para o Cristo Rei, a Ponte 25 de Abril e Lisboa.

O dia para te atirares é o 10 março, entre as 10 e as 17 horas. Custam 50€ por pessoa. Deves inscrever-te através do email luispinto.extremos@gmail.com e podes saber mais aqui. Ah, esta cena do medo não era para intimidar. Isto é tudo muito seguro, eu é que sou assim, pr’ó dramático. Tu saltas bem, sem medos.

Nós aqui temos Bungee jumping.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Were-hiring

BUSINESS DEVELOPMENT MANAGER, PRECISA-SE PARA ALMADA. Por Catarina Laborinho

precisamos para 1

 

A JOB OR A AGILE EXPERIENCE FOR LIFE?
MAYBE HERE!A Scopphu está a crescer e precisa de um reforço de capital humano para a equipa de Talent & Training, para os quais têm grandes desafios! Nós aqui precisamos de um BUSINESS DEVELOPMENT MANAGER.

Se te enquadras neste perfil não percas tempo.

O QUE PRECISAS DE TER
• Formação superior (preferencial, mas não eliminatório);
• Experiência profissional igual ou superior a 3 anos na área de vendas e desenvolvimento de negócio;
• Excelentes competências de relacionamento interpessoal e comunicação;
• Proatividade, vontade de exceder expectativas, as próprias e as definidas pela Scopphu. Atitude!;
• Experiência na utilização de software de gestão, MS Office na optica do utilizador;
• Bons conhecimentos em Inglês.

O QUE ESPERAM DE TI
• Grande capacidade de te relacionares com pessoas (e não apenas com numeros), espírito de equipa e boa disposição;
• Participes na definição da estratégia comercial;
• Evangelizes clientes com novas soluções de Formação e Recrutamento;
• Participes nos processos de recrutamento da equipa de consultores;
• Realizes reuniões de acompanhamento de colaboradores e clientes;
• Elabores propostas comerciais ajustadas às necessidades;
• Potencies novas soluções de formação e consultoria de RH orientadas às TI’s.
• Autonomia, pro-actividade e foco;
• Rigor no que fazes e capacidade de priorizar;

O QUE TE VAI ANIMAR
• Fazer parte de uma equipa exclusiva, ágil e baseada nos relacionamentos e na simplicidade;
• Aceder a uma gestão de carreira directamente proporcional ao teu desempenho e interesse;
• Plano de formação customizado;
• Possibilidade real de integrar os quadros da nossa empresa;
• Se resides na margem sul, também estamos deste lado, evitarás filas de transito;
• Excelente ambiente de trabalho.

Are you the Agile one?

Para agilizar envia o CV por aqui 

Rua dos Inventores
2825-182 Caparica, Setubal, Portugal
Nós aqui precisamos de Business Development Manager
Nós aqui temos um emprego para ti.
Texto: Catarina Laborinho & Scopphu
Fotografia: D.R.
Fragata Dom Fernando II e Glória (detalhe)

CAMINHADO NO TRILHO DO CRISTO REI. 6 JANEIRO. Por Catarina Laborinho

caminhamos 1

Este sábado de Reis saia do sofá e venha connosco fazer esta caminhada. O Sol vai andar à espreita e irá ajudar-nos a ter um dia diferente :)

Com saída junto do Cais de Cacilhas, iremos atravessar Almada, com passagem pelo pulmão da cidade (Parque da Paz) e depois com direção até ao parque Koi. No regresso iremos atravessar o Pragal e rumamos até ao Cristo Rei para nos deslumbrarmos, mais uma vez, com a maravilhosa e panorâmica vista sobre o Tejo e a capital.

Os pontos de maior interesse nesta caminhada são:

– Farol de Cacilhas
– Chafariz de Cacilhas
– Igreja Nª Sra. do Bom Sucesso
– Igreja de Santiago
– Chafariz do Largo
– Fragata Dom Fernando II e Glória
– Submarino “Barracuda”
– Jardim do Rio
– Zona do Cristo-Rei
– Jardim do Castelo e Castelo de Almada
– Elevador Panorâmico da Boca do Vento
– Pátio do Prior do Crato
– Parque da Paz
– Parque Koi

Fragata Dom Fernando II e Glória (detalhe)

Fragata Dom Fernando II e Glória (detalhe)

Local do encontro: Rua do Ginjal (Junto ao Cais Marítimo – partida e chegada dos Barcos)
Hora do Encontro: 9h 20m
Hora prevista para o final do evento: 14h
Distância a percorrer: 14 kms
Nível de Dificuldade: 2+
Equipamento: Calçado e roupa adequada para caminhadas

Valor da inscrição: 6€

Saiba mais informações aqui.

Nós aqui temos Caminhadas
Nós aqui temos isto.

Texto e Foto: Catarina Laborinho

scopphu

A SCOPPHU PROCURA FINANCIAL CONTROLLER PARA ALMADA.

precisamos 2

Se és Financial Controller e precisas de emprego ou de “mudar de ares” então este anúncio é para ti.
A SCOPPHU, uma consultora de metodologias de gestão de projetos da Margem Sul procura-te.

O QUE PRECISAS DE TER
# Formação superior em Contabilidade/Finanças, Gestão/Economia, ou áreas similares;
# Experiência profissional igual ou superior a 5 anos na área administrativa e financeira;
# Bons conhecimentos e experiência em contabilidade, facturação, atividades de planeamento, elaboração de relatórios e gestão de tesouraria;
# Excelente capacidade analítica;
# Experiência na utilização de software de gestão e conhecimentos avançados de Excel;
# Bons conhecimentos em inglês.

Para + informações clica aqui 

Nós aqui, gostamos de dar a conhecer oportunidades.

Nós aqui temos vagas de emprego.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho

FestivalUrbano

FESTIVAL URBANO DE ALMADA. 9 e 10 setembro

graffitamos 3 3

A época dos festivais ainda está longe de terminar. Se neste fim-de-semana vamos ter a grande Festa do Avante, no próximo, dias 9 e 10 temos o primeiro Festival Urbano de Almada, na zona da Romeira/Cova da Piedade (Rua Tenente Valadim).

Nem só de música se faz um Festival e este traz cultura urbana, com música, dança, graffiti, entre outros.

Por falar em graffiti, a Mostra de Graffiti de Almada, vai ser uma das cabeças de cartaz com a criação de murais sobre a temática “Vivências na Cidade” por 15 artistas e ainda com alguns convidados que vão deixar a sua marca nas paredes.

Depois da grande polémica (exagerada quanto a mim) sobre os livros pr’ó menino e pr’á menina, o festival apresentará um Mural que irá abordar a “Igualdade de Género” e vai ser criado pela Vanessa Teodoro a.k.a. The Super Van ao longo de cinco dias.

Mas as atrações não se ficam por aqui, vais poder assistir e participar em várias atividades: Let’s Battle VIII, uma competição de danças urbanas que irá trazer a Almada os melhores bailarinos em diversos estilos. Vamos ter a Blaya no Afrohouse, com DJ’s; Mercado Urbano, onde vais poder encontrar diversas marcas e artistas emergentes e uma zona de Street Food, para quando o ratito der horas não perderes tempo a saciares-te.

Programa:

9 de Setembro – 10h às 01h
# Mostra de Graffiti de Almada
# Let’s Battle VIII, pela Almada Não Dorme Associação
# Demonstrações de dança hip hop
# Mercado Urbano
# Street Food

10 de Setembro – 10h às 21h
# Mostra de Graffiti de Almada
# Let’s Battle VIII, pela Almada Não Dorme Associação
# Concerto: Os Compotas
# Demonstrações de dança hip hop
# Mercado Urbano
# Street Food

Aparece, que nem a festa de faz sem ti!

FestivalUrbanoA

Nós aqui temos o Festival Urbano de Almada.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Direitos reservados

Musica casa da cerca

HÁ MÚSICA NA CASA DA CERCA.

Vamos a isto

A Casa da Cerca em parceria com a PontoZurca editora e produtora discográfica que gentilmente nos recebeu aquando a entrevista ao Vasco Boucinha (recorde aqui a mesma), está a promover os concertos ao Pôr do Sol, se não conhece este espaço esta é sem dúvida uma razão mais do que suficiente para o fazer, sabe sempre bem relaxar um pouco ao som de boa música. A Casa da Cerca é um centro de investigação e divulgação de arte contemporânea situada em Almada que para mim, tem uma das melhores vistas sobre a grande metrópole.

Agenda dos próximos concertos:

► Memória de Peixe
Sábado, 29 de Julho às 19:00 – 23:59

► Carmen Souza
Sábado, 26 de Agosto às 19:00 – 23:59

► Peixe
Sábado, 30 de Setembro às 19:00 – 23:59

Nós aqui temos música.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
Fotografia e Vídeo: PontoZurca

DiadaCrianca

DIA DA CRIANÇA NA MARGEM SUL

gostamos 1

Depois de ter tido o luxo de ser surpreendida pelas minhas filhas no dia da mãe com um espetacular pequeno-almoço na cama (ideia boa, mesmo boa do pai, porque a César o que é de César), a Victória faz-me a mesma exigência para o dia da criança. Já há programa das festas planeado na escola para celebrar a data, o que não invalida o pequeno almoço servido na cama! O que me cheira que não vai correr, bem tendo em conta os desastres na cozinha que acontecem à mesa, imaginem nas camas e sem uma tábua rasa e direita para pousar a comida. Tem tudo para não correr bem. Estou metida numa alhada!

Mas, o melhor do mundo são as crianças e o melhor do meu mundo são as minhas crianças. Que se lixe o quarto arrumadinho, naquele dia os desejos delas são ordens (até certo ponto, porque eu também não sou de ferro, mas às vezes gostava), e por isso o pequeno-almoço servido na cama está garantido.

Já agora, consta-se que há atividades para a pequenada, e por ser aqui tão perto partilho convosco (quem é amiga, quem é?).
Dia 1 de junho, a partir das 10h, os Guardiões de Almada animam o Parque Urbano Comandante Júlio Ferraz, em Almada. À tarde seguem-se as Jornadas Prevenção: uma responsabilidade partilhada, organizadas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Almada.

Mas, o dia da criança é quando um homem quiser e nos dias 2 e 3 de junho, a partir das 9h30, o Cineteatro da Academia Almadense recebe as Jornadas sobre Direitos Sociais e Participação. No dia 4 de Junho, no Parque da Paz há atividades como yoga, teatro e outras animações ao longo do dia, como nos sugeriu a Sandra Soto.

Eu cá para mim, também volto à criança que nunca larguei e celebro com elas, porque todos os motivos para celebrar e partilhar com quem gostamos são dias de festa.

Nós aqui temos o dia da criança.
Nós aqui temos isto.

Texto e foto: Marlene Gaspar

Ginjal

ALMADA DÁ MAIS UM PASSO PARA RECUPERAR O GINJAL

gostamos

Ninguém pára as boas notícias da margem sul, ninguém para as boas notícias da margem sul, olé oh!

É assim, pow, pow, pow. Boas notícias atrás de boas notícias sobre esta zona linda. E como é meu apanágio, cá temos mais uma boa nova para partilhar. O texto é da Alda Martins no Expresso | Economia.

Será desta que se desbloqueia o projeto de reabilitação e contenção da arriba na zona do Gingal em Almada — o espaço junto ao Tejo que se encontra abandonado há vários anos?

Ao Expresso, o presidente do município, Joaquim Judas, disse que o Plano de Pormenor poderá ser aprovado em Junho. “A indicação que tenho é que o desenho está numa fase final e que em Junho estará em condições de aprovação. Vamos ver se não haverá dificuldades da parte de alguma entidade [ambiental ou urbanística], apesar da margem de decisão da câmara, de acordo com a nova lei, ser maior”.

Se tal se concretizar será o primeiro grande passo para desbloquear um processo que tem anos. Em 2009 foi assinado um protocolo tendo em vista a elaboração deste Plano de Pormenor com a proprietária, controlada pelo grupo madeirense AFA. Oito anos de degradação depois, nada aconteceu.

Nem o susto de 2015, quando o chão do paredão ruiu e empurrou para o rio um carro com um casal e um bebé lá dentro, acelerou o processo. Na ocasião, o pior foi evitado mas a câmara teve de intervir e justificou o estado de degradação do Ginjal com a falta de resposta do proprietário.

Foi também nesse ano que a câmara acabou por reunir com os proprietários e com as entidades representativas dos interesses públicos, para apresentação de uma nova versão da proposta de plano. Agora o autarca refere que os donos estão “a trabalhar num projeto de arquitetura que contempla habitação, turismo, comércio e hotelaria”, numa área de 8,44 hectares, limitada a norte pelo rio. Uma vista sobre a cidade de Lisboa de tirar a respiração a quem por ali passa e que até faz esquecer os alertas de perigo de derrocada bem visíveis ao longo daquele espaço. Contactado pelo Expresso, o grupo AFA não fez comentários até à hora do fecho desta edição.

Enquanto não chegam as obras do Gingal ou o concurso público para o projeto da “Cidade da Água”, Joaquim Judas diz que não estão parados e vão avançar, naquilo que é possível, no plano de Cacilhas.

A câmara está a proceder à elevação do submarino “Barracuda”. Será também feito um trabalho de intervenção na fragata “D. Fernando II e Glória” e requalificado o espaço envolvente no âmbito do núcleo museológico. Além de estar previsto desenterrar as salgas romanas, existentes na zona, e intervencionar a arriba virada para o Mar da Palha.

A requalificação da praça onde hoje atracam os barcos da Transtejo só acontecerá mesmo quando o projeto da “Cidade da Água” avançar, com a criação dos terminais na doca 13 e quando o metro deixar de ir a Cacilhas.

Para lá do Ginjal, na direção oposta de Cacilhas, a frente ribeirinha continua e Joaquim Judas também tem planos. A começar pela zona do Olho-de-boi depois do elevador panorâmico sobre Lisboa.

“Há uns armazéns que eram da Companhia Portuguesa de Pescas. Temos tido contactos com as Finanças sobre a viabilização e reabilitação daquela área”. Um projeto que pode concretizar a ideia de uma estação para acolher o barco de investigação oceanográfico, em articulação com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Nós aqui temos o Ginjal.

Nós aqui temos isto.

Texto: Alda Martins in Expresso

Foto: Ana Baião

IMG-20170509-WA0006

VIAJAR COM A FERTAGUS AGORA É MAIS FÁCIL. Por Catarina Laborinho

METEMO-NOS

Quem segue o nosso Instagram já reparou  que desde terça feira está disponível uma nova APP para quem anda no comboio da ponte. Eu, utilizadora assídua deste meio de transporte não podia deixar de reparar, tanto na publicidade como nas meninas simpáticas que nos explicavam como funcionava a aplicação.

APP Via Verde Transportes

Simples, tão simples que já aderi ao serviço.
E como funcionam perguntam vocês?

Primeiro temos que ter a APP Via Verde Transportes descarregada no nosso smartphone (Descarregue a APP na Apple store ou na Play Store) o leitor de  QRCode já está disponível na própria aplicação.

Depois de efetuar o registo na Via Verde Mobile em simples 3 passos, consegui comprar o meu passe da Fertagus.  Como deixo a renovação sempre para a última, com a nova APP Via Verde Transportes e com a possibilidade de renovação automática, já não tenho que me preocupar com filas que todos nós conhecemos tão bem :) assim sobra mais algum tempo para nós e menos stress. Só vantagens!!

APP Via Verde Transportes

O serviço combinado com o Parque de estacionamento ainda não está disponível (ouvi dizer que até ao final do ano vai ser um 2 em 1) mas com a ajuda de um colaborador Fertagus acabei por renovar o mesmo na máquina. Simples, muito simples.

Para os utilizadores pontuais deixam de ser necessários os típicos cartõezinhos verdes que temos aos pares na carteira e que só ocupam espaço e volume. UFA, menos uns! Com a APP basta iniciar e terminar a viagem e ela calcula automaticamente o melhor preço e ainda nos dá a possibilidade de ter descontos.

APP Via Verde Transportes

Importante, importante é saberem que temos que ter sempre o GPS ligado no nosso telemóvel para que a APP saiba onde estamos e ter atenção em “terminar” para calcular o valor da mesma. A viagem será descontada na nossa conta da Via Verde. Caso tenhamos um encontro imediato com aqueles senhores vestidos de azul, o chamado Fiscal, também é fácil, basta dar-lhe a ler o código QRcode e voilà!! TOP!!.

A APP também está disponível para os clientes dos autocarros Sulfertagus.

No início pode parecer “estranho” mas que nos vem facilitar a vida, lá isso vem e de que maneira. Cada vez mais o nosso smartphone é uma ferramenta essencial do nosso dia-a-dia, e esta APP vem sem sombra de dúvidas facilitar a vida aos mais distraídos com as datas, EU :)

Nós aqui já temos a nova APP Via Verde Transportes
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
O Lisbon South Bay Blog agradece à Fertagus

FERTAGUS, LSBblog