Artigos

ALFAIATE AL FORNO

ALFAIATE AL FORNO JÁ AO RUBRO NO SEIXAL

degustamos

Passaram 15 dias desde a grande inauguração do novo espaço do Seixal o ALFAIATE AL FORNO, e nós aqui não podíamos deixar de vos contar mesmo com uma derrapagem de 15 dias!! Não foram por esquecimento, não pensem, quisemos deixar a casa afinar a carta, afinar os timing´s e provar TODAS as iguarias as quais vos garanto que valem DEFINITIVAMENTE a pena!

Desde a francesinha clássica ou a original como vem na carta ao mix de sensações da de bacalhau ou de legumes, à pizza de presunto com figos que é de chorar e pedir por mais, à morcela com chutney maça que é servida em tábua, e para rematar os nacos de lombo grelhados… já estou aqui a salivar só de pensar. OH Tiago, temos que definitivamente lá voltar!!!

Tiago temos que lá voltar :)

Tiago temos que lá voltar :)

Mas voltando à Inauguração…

O espaço para quem não conheçe foi pensado e decorado com o requinte habitual com que o Mauro Airosa sempre nos brinda. Cada recanto tem um pequeno pormenor que num todo transforma o ALFAIATE AL FORNO um novo Spot a não perder na Baia do Seixal.

Confira com os seus próprios olhos :) Veja o Vídeo

Nós aqui temos ALFAIATE AL FORNO.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
Fotografia e Vídeo: ALFAIATE AL FORNO e PossibDesign

ciclovia Seixal

BAÍA DO #SEIXAL VAI VIRAR ZONA PEDONAL

andaremos 1

O município do Seixal vai criar uma zona pedonal no passeio ribeirinho para os amantes das caminhadas e de passeios de bicicleta (por exemplo, Nós Aqui) com cerca de 1 km. O tráfego que aqui era feito por automobilistas, vai passar a ser ecológico.

O projeto inscreve-se na requalificação do núcleo urbano antigo, que prevê um investimento de 2,15 milhões de euros, contemplando uma área de seis hectares junto à baía. Mas não são só os peões e os ciclistas que vão beneficiar destes novos espaços verdes que vão nascer com vista para a capital, proporcionando uma maior ligação ao rio Tejo, também as atividades náuticas serão potenciadas. A reabilitação urbana terá apoios à conservação e o trânsito que sai da marginal só vai poder circular pelo interior do aglomerado, na Rua Paiva Coelho, e a uma velocidade de passeio – um limite de 30 quilómetros por hora.

Vão avançar várias intervenções que permitam aos milhares de pessoas que aqui vêm todos os dias usufruir de toda a baía, confirma o vereador do Urbanismo, Jorge Gonçalves, admitindo que até aos dias de hoje esta zona da cidade tem sido marcada por dificuldades de acesso. As pessoas querem aproximar-se do rio, mas acabam por parar na entrada do núcleo urbano antigo, acrescenta.

ciclovia Seixal

Mas as boas notícias não são apenas para os habitantes do Seixal e arredores. Este projeto visa ainda reforçar a sua função de porta de entrada no concelho de turistas vindos de Lisboa (três mil pessoas entraram no núcleo urbano antigo pelo rio Tejo no ano passado).

Nós aqui, temos baía do Seixal em renovação.
Nós aqui temos isto.

Fonte: DN
Fotografia: Nelson Patriarca