Artigos

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS

aderimos

Começou ontem a Semana Europeia da Mobilidade, a #mobilityweek, e nós aqui aderimos a isto. Com o apoio da Fertagus viemos para Lisboa de bicicleta. Uau!! foi A EXPERIÊNCIA. Sair de casa e colocar a bicla no carro é algo que faço muito raramente já que quando vamos andar já saímos a pedalar. Mas hoje era impossível ir até à estação, entre deixar crianças na escola e chegar ao comboio, só daria se a Fertagus me deixasse utilizar os seus balneários, porque ia chegar a pingar de suor 😉

Ontem e na próxima sexta-feira (dia 22) quem levar a bicicleta não paga bilhete, são os dias free da #mobilityweek para os adeptos de 2 rodas, com o apoio especial da Fertagus.

Sair de casa com a bicla no carro e chegar à estação é sempre uma experiência diferente. Por momentos até parecia que estava de férias… Aí férias, férias… já tenho tantas saudades tuas…

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | A partida

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | A partida

A Fertagus diariamente tem à disposição 2 carruagens para o transporte de bicicletas (uma na proa e outra na popa) mas hoje, e como a semana é especial, pudemos entrar em qualquer uma. Nós aqui entrámos na proa e numa carruagem adaptada. Estas, tanto dão para bicicletas, como carrinhos de bebé ou cadeiras de rodas. Têm uma pequena rampa e um género de “cinto de segurança” para prender os veículos. E foi assim que a minha bicla foi até Lisboa.

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | A caminho do trabalho

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | A caminho do trabalho

A chegada à capital foi pacífica, consegui com facilidade descer as escadas com ela “ao colo” e chegar em menos de nada ao escritório.

O regresso para casa, esse foi semelhante… é giro ver que há mais pessoas como eu a aderirem a esta iniciativa nesta semana especial, a #mobilityweek. Infelizmente não consigo ir de bicicleta mais vezes para o trabalho mas sempre que posso dou uma ajudinha ao ambiente. A partilhar chegamos mais longe e com este tipo de ações ou outras igualmente importantes e impactantes o mundo ao nosso redor torna-se muito melhor.

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | O regresso

#MOBILITYWEEK BY FERTAGUS | O regresso

PS. Não se esqueça que no dia 22, com a bicicleta, tem acesso direto à casa da partida no comboio da ponte.

Obrigada Fertagus pela borlix na #mobilityweek
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
O Lisbon South Bay Blog agradece à Fertagus

FERTAGUS, LSBblog

 

Helena Gonçalves Rocha

JÁ SEI ANDAR DE BICICLETA! Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

“Olha Pai… sem mãos, sem pés, sem dentes….”

Na minha “modesta opinião”, andar de bicicleta é tão importante como saber andar e saber nadar. São competências básicas e essenciais que nos vão ser úteis ao longo da vida.

Não podemos retirar aos nossos filhos a oportunidade de andar de bicicleta, sem rumo, com um grupo de amigos, mais tarde experimentar um passeio romântico de bicicleta sentindo a brisa do vento no rosto, conhecer qualquer cidade europeia de bicicleta, poder escolher um meio de transporte ecológico e saudável…enfim, os benefícios são múltiplos ao longo da vida.

Na minha “opinião de especialista”, em desenvolvimento infantil e na área da psicomotricidade, andar de bicicleta é uma aprendizagem essencial no desenvolvimento do equilíbrio estático e dinâmico, da coordenação motora, da lateralidade e orientação espacial e também na promoção da autonomia e auto-estima da criança. Conduzir um veículo e poder escolher a direção para onde vou é sem dúvida uma experiência inigualável e que é merecedora de atenção.

bicicleta sem pedais

Nos últimos anos, a balance bike, como é conhecida mundialmente, ganhou muitos adeptos entre os pais, como a primeira bicicleta dos seus filhos. Sem pedais e sem travões, tem como principal objetivo desenvolver o equilíbrio da criança.

Mas porquê uma bicicleta sem pedais e travões?
Parece uma ideia assustadora? Pois bem, vai mudar de ideias quando perceber as vantagens que ela traz! Uma das primeiras é a autonomia, já que a criança aprende a usar a bicicleta de equilíbrio sozinha, sem precisar de ajuda. As quedas, quando acontecem, acabam por ser leves e sem grandes consequências, o que é um alívio para os pais, principalmente os de primeira viagem.

Se a criança sente que vai cair, ela coloca novamente os pés no chão e impede essa queda. Ela tem autonomia para usar os pés como travões, com base no balanço que já leva.

Bicicleta sem pedais para aprender a pedalar mais cedo!
Na verdade, a bicicleta convencional, com pedais e travões, quando usada desde muito cedo, precisa de rodas auxiliares ou de apoio, as famosas rodinhas, e exige que a criança faça várias aprendizagens ao mesmo tempo, como pedalar, imprimir força ao movimento, direcionar a bicicleta e ainda travar. O mais importante, que é o equilíbrio, acaba ficando em segundo plano e só será exercitado quando a criança decide ou quer retirar as rodas de apoio.

Com a bicicleta sem pedais, o primeiro item a ser desenvolvido é exatamente o equilíbrio, o que faz com que a criança aprenda a usar uma bicicleta convencional, ou pedalar, até mais cedo do que as crianças que não experimentaram a aventura que é a balance bike.

Esta bicicleta funciona assim: a criança tem que dar impulso com os pés para que a bicicleta ande. Aos poucos, o pequeno ciclista começara a equilibrar-se em duas rodas, adquirindo a segurança para pisar no chão somente no momento em que precisa.

A partir dos 18 meses e com a marcha já completamente adquirida é possível iniciar este treino para as melhores voltinhas ao quarteirão.

Helena Gonçalves Rocha

Ajude o seu filho a crescer e usufrua dos primeiros passeios de bicicleta, todos juntos, em Família!
Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografia: D.R.

Fotografia: Carlos Manuel Duarte

PASSEIO SOLIDÁRIO DE CICLOTURISMO SEIXAL-TERENA. 2 ABRIL.

apoiamos

Esta iniciativa solidária é promovida pelos Anjos – o Nélson e Sérgio Rosado já vai na 7ª edição. Embora este evento não tenha carácter competitivo, consegue por à prova os limites enquanto ajuda quem mais precisa.

Fotografia: Carlos Manuel Duarte

Fotografia: Carlos Manuel Duarte

Fotografia: Carlos Manuel Duarte

Fotografia: Carlos Manuel Duarte

No dia 2 de abril, sábado, às 8 horas, o passeio solidário de cicloturismo Seixal-Terena, promovido pelos músicos Nélson e Sérgio Rosado, parte do Seixal rumo ao concelho de Alandroal.

É já no dia 2 de Abril, sábado às 8h, junto à Quinta da Fidalga que o passeio solidário de cicloturismo começa e só termina 200 quilómetros depois, no largo do Santuário de Nossa Senhora da Boa-Nova, em Terena, no concelho de Alandroal. Pelo caminho há duas paragens técnicas para descanso e abastecimento: primeiro em Montemor-o-Novo e depois em Évora, na Praça do Giraldo.

A participação é gratuita, mas é obrigatória uma inscrição prévia para efeitos de seguro da atividade. Para formalizar a inscrição, os interessados devem enviar o nome completo, data de nascimento e n.º de Cartão do Cidadão para o email seixal.terena.bike@gmail.com ou por mensagem privada para a página do evento no Facebook.

Pode juntar-se ao grupo de ciclistas em qualquer parte do percurso, todo ele feito em asfalto, por estradas nacionais e municipais, por isso não tem desculpas para não fazer parte. Uma vez que é um passeio sem fins lucrativos, os participantes terão de tratar da sua própria alimentação e de carro de apoio em caso de necessidade.

Saiba mais aqui

A iniciativa promove uma recolha de alimentos, roupa e artigos escolares. Os participantes e todos os interessados em ajudar podem entregar donativos que serão depois distribuídos por quatro instituição de solidariedade social que trabalham com crianças e jovens em risco.

Na noite do dia 2 de abril, em Terena, a organização promove ainda um jantar convívio, para o qual é necessária inscrição prévia. Tem um custo de 7 euros por adulto e de 3.5 euros para crianças dos 7 aos 12 anos de idade. Para as crianças até aos 6 anos o jantar é gratuito. O pagamento é feito por transferência bancária para a seguinte conta (posteriormente deve enviar comprovativo do movimento para o email seixal.terena.bike@gmail.com):

Nome: Ass. Anjos em Movimento
IBAN: PT50 0036.0270.991000.35483.13
Banco: Montepio

Nós aqui juntamo-nos ao Nélson, ao Sérgio e a todos os participantes e apoiantes desta causa. Ajude ao ajudar.

Nós aqui temos passeio de cicloturismo solidário.
Nós aqui temos isto.