Artigos

SAM_3134

UM SONHO QUE VIROU SORRISO. Por Catarina Laborinho

visitamos

Imaginem um mix, um Consultor Financeiro de uma prestigiada multinacional e uma Educadora de Infância que alimentava este sonho desde criança. Dá-se o clique, e o Sonho virou Sorriso, e foi assim que há 12 anos nasceu o Parque dos Sorrisos.

Tanto a Laura como o Luís tinham o mote bem definido, “o futuro começa aqui!”. E foi aqui que começou esta jornada.

Para quem anda no comboio da Fertagus, Estação dos Foros de Amora e agora também no Pragal, já reparou certamente no Parque dos Sorrisos, por outro lado pode ainda não ter reparado na dimensão do mesmo, mas garanto-vos que é de ficar impressionado.

Tive o prazer de conhecer os 2 espaços preparados para os mais pequenos, e, se anda à procura de um colégio para o seu filho, passe num dos dois porque vale a visita.

O espaço localizado na estação dos Foros de Amora, com estacionamento privativo para a tomada e largada das “mercadorias” mais delicadas, os nossos filhos, encontra-se inserido num espaço equivalente a 10 lojas. Isto disto assim não diz lá muito, mas converter em m2 estamos a falar em 700m2 de área coberta. “Caneco” a sério?!?!? É verdade, quem por ali passa nem dá por isso, já que só tem acesso ao espaço exterior, e esse tem aproximadamente 330m2 – também já é considerável – já dá para fazer altas corridas de triciclos :) Espaço há, e os triciclos também!

Na estação dos Foros de Amora, o colégio tem uma particularidade interessante, foi adaptado e pensado para ser “desmontado”, ou seja, sempre que há necessidade as paredes são recolhidas ficando quase todo ele em open space, permitindo uma maior interação nas típicas festas temáticas que todos nós temos durante o ano letivo. Vantagens? Muitas! Custos? Elevadíssimos! Mas se é para “fazer de raiz que seja bem feito” diz o gestor.

A interação em ambos os espaços tem a mãozinha do “mecânico”, “carpinteiro”, o homem dos 7 ofícios lá de casa, ou seja, o “Avô” do Parque dos Sorrisos, o Pai do Luís. É preciso fazer um barco em esferovite, o “avô” faz! Parece o meu Pai! É Sr. faz tudo! Qual é o avô que não quer participar nas atividades dos netos? Os “netos” que por ali andam não são todos dele, mas é como se fossem, o ambiente familiar em que se vive é tão reconfortante que nós mães, gostamos sempre mais, não é verdade?

Já na estação da Fertagus do Pragal o cenário é completamente novo. Numa primeira fase o Parque dos Sorrisos esteve igualmente num espaço de galerias, mas “não nos identificávamos com o mesmo” comentou o Luis, e há um mês foram de malas e bagagens para um edifício novo mesmo em frente à estação (do lado do estacionamento). É impossível não reparar nele, é verde água e são mais 400 m2 área coberta e 250m2 de exterior. Mesmo novo já está “forrado” com marcas dos mais pequenos, desenhos, trabalhos e afins, o cenário típico de um colégio em plena ebulição. Barulho? Claro que há, mas qual é o colégio onde não se encontram crianças a correr a saltar e a  brincar de alegria?! Qualquer um que se preze esta é uma constante, e aqui não é exceção.

É notória a felicidade dos mais pequenos, o que para nós Mães é um descanso quando sabemos que os nossos mais que tudo ficam bem entregues.

Parque dos Sorrisos

Há 12 anos, quando a Laura e o Luís passaram para 3D este projeto, o principal objetivo era proporcionar um espaço que fosse prático, ou seja, tendo em conta que o nosso dia-a-dia é uma constante loucura, onde num qualquer pit stop não demoramos menos de 20’, a ideia seria deixarmos os mais pequenos já a caminho do trabalho e sem grandes desvios. Foi exatamente isso que há 12 anos os levou a abrir o 1º colégio na estação da Fertagus.

Atualmente, na estação dos Foros de Amora, o horário de funcionamento é das 7 às 20h. Na estação do Pragal, o horário é mais reduzido, “mas porque ainda não houve necessidade de o alargar” – é das 7 às 19.30h.

Quanto aos adereços dos mais pequenos, esqueça tudo, é aqui que nós sorrimos :) O Parque dos Sorrisos trata de tudo, ou seja, só temos mesmo de deixar os rebentos. Fraldas, pomadas, toalhitas, lençóis, e outras tantas panóplias de coisas e coisinhas com que nos temos que preocupar quando eles ainda são de berço, aqui, não é preciso! E se é mãe sabe bem a jeitaça que isto dá :)

Se anda à procura de um colégio para o seu filho, se apanha o comboio numa destas estações – Foros de Amora ou Pragal – e não só claro, aproveite para visitar o Parque dos Sorrisos. Vale cada minuto. Vá por mim. AH, mas se vem de longe, não se esqueça que pode igualmente fazer ali um pit stop de 10’, em vez dos típicos 20 ou 30’, já que o comboio da Fertagus é de pontualidade britânica, já uma amiga da minha mãe dizia!

Nós aqui gostámos d’Isto
Nós aqui temos Parque dos Sorrisos

Texto: Catarina Laborinho
Fotos: Parque dos sorrisos

FERTAGUS, LSBblog

 

CorroiosGameofThrones

GAME OF THRONES EM CORROIOS? 3 a 6 maio. Por Marlene Gaspar

celebramos 1

Bom na verdade, este desafio é um pouco ambicioso, mas quando vejo que já está aí à porta mais uma Feira Medieval em Corroios – é já a 4ª edição, e isto põe o meu imaginário, que é bastante fértil (o que não é necessariamente bom) a viajar. E o meu imaginário transporta-me para um apaixonante episódio do Games of Thrones, onde eu posso pensar em viver um personagem e posso escolher o final. Embrulha George R. R. Martin que aqui eu quero, posso e mando. Calma, não estou a dar uma de Bruno de Carvalho (cruzes, credo!), mas aqui eu posso ir com o Jon Snow e o Ned Stark que para mim ainda está vivo. É como os campeonatos do Benfica, acreditar até quando não é matematicamente possível. Sim, ainda não consegui superar tamanho desgosto relativamente ao Ned Stark e por isso, a Feira Medieval de Corroios deixa-me ser eu a decidir o guião. Ah, e o Tyrion Lannister vai ser o rei da festa, ah se vai.

Por isso pensa bem, tens a oportunidade de seres um autêntico personagem do Game of Thrones ou do Robin Hood, ou da história de Pedro e Inês. Tu decides quem queres ser e como queres ser – uma verdadeira lenda de Corroois. Alinhas?

GameofThronesCorroios

Marca na agenda, de 3 a 6 de maio no Parque Urbano da Quinta da Marialva.

Nós aqui temos a Feira Medieval de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fonte: CMS

Bombeiros Voluntários Cacilhas

PROJETO SOLIDÁRIO BY FERTAGUS. Por Catarina Laborinho

aplaudimos

Para quem é cliente assíduo do comboio da ponte já reparou certamente que todos os anos as “nossas” estações estão decoradas com bonitas árvores de Natal. Em 2014 (ainda este blog não tinha nascido) a Fertagus lançou o Projeto Arte Solidária, que consiste no donativo de 1.000€ por árvore por estação.

Sim, nós sabemos que o Natal já lá vai, eu pelo menos já estou a pensar na praia e no verão. Aí Verão Verão, já me estou a imaginar de chinelo no pé, na nossa querida fonte da telha, de barriga ao léu e ao sol que nem um lagarto… que saudades… mas quanto ao verão iremos ter novidades mas a seu tempo, agora voltando a dezembro e às árvores, este ano não foi diferente.

Em sequência de um verão tão penoso, a Fertagus decidiu atribuir as verbas disponíveis para este fim, às corporações de Bombeiros Voluntários locais. Assim, a decoração este ano esteve a cargo dos Bombeiros Voluntários que acabam por “pedir ajuda” aos mais pequenos, ou seja, ao Infantário Parque dos Sorrisos. As 5 árvores que estiveram em exposição nas 5 estações da Fertagus acabarma por ser “construídas” por estes pequenos grandes conquistadores.

árvores de Natal

Árvore de Corroios | Pragal | Foros de Amora

Ao todo, o donativo relativo às Estações foi atribuído à Associação Humanitária de Bombeiros Mistos da Amora, no valor de 1.000€ (estação de Foros de Amora), à Associação Humanitária de Bombeiros Mistos do Seixal no valor de 3.000€ (estação de Corroios, Fogueteiro e Coina) e à Associação de Bombeiros Voluntários de Cacilhas no valor de 1.000€ (estação do Pragal).

Assim é tão mais fácil…

Os Bombeiros precisam, a Fertagus ajuda, e os mais pequenos adoraram decorar as estações.

Nós aqui aplaudimos isto
Nós aqui gostamos de projetos como este!

Obrigada Fertagus
Texto: Catarina Laborinho
Fotos: Fertagus

FERTAGUS, LSBblog

FeiraChocolate

FEIRA DE CHOCOLATE TERMINA COM RESOLUÇÕES DE ANO NOVO! CORROIOS. Por Marlene Gaspar

degustamos

Ainda ando na luta para me restabelecer das festividades e deparo-me com um momento Jarbas:

– “apetece-me algo” e vejo o cartaz “3ª Feira de Chocolate em Corroios”! que é como quem responde :

– tomei a liberdade de pensar nisso, senhora!

A sério? Vocês querem-me dar cabo da linha ou de todas as resoluções de ano novo? É que na verdade estamos no décimo dia do ano e eu já tenho pouca coisa a que me agarrar.

Sim, tudo o que estabeleci que este ano é que é, já se conta pelos dedos e de uma só mão, os que têm alguma hipótese de se manterem. Já furei e voltei aos hábitos do ano velho. E pronto, mais uma derrota e ainda nem vamos a meio do mês. Sim, porque aquela cena de um quadrado de chocolate por dia e nada mais, não vai acontecer.

Se eu já estivesse recuperada do estrago das festividades, até me lambuzava com esta notícia, mas não. Estou uma desgraça, os Reis também não ajudaram e muito honestamente não vejo fim à vista para isto. Está aí à porta o aniversário de uma das pessoas mais importantes para mim e trufa, a seguir veem-me com uma Feira de Chocolate, que sabem que sou frágil e indefesa a este tipo de efeméride. Não há direito. Anda uma pessoa a portar-se bem, pronto, razoavelmente bem, para acontecimento atrás de acontecimento darem-me cabo dos planos.

Mas, pronto a idade vai-nos tirando as forças e o chocolate, a doçaria, a gulosice e a gordice vão tomando terreno e quando uma pessoa se apercebe, já está na teia e não tem como sair. É assim, há coisas que não dá para contrariar.

Então se não dá para contrariar há que enfrentar o “toiro pelos cornos” que é como quem diz, ir lá. Por isso de 18/1 a 21/1 tens a III Edição da Feira do Chocolate em Corroios, onde podes encontrar chocolate em barda e animação de rua.

CartazFeira

De que é que estás à espera? Não me digas que até agora andas na linha e só eu é que já avacalhei estas cenas das resoluções de ano novo!

Nós aqui temos a Feira de Chocolate em Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Feira da Bagageira

FEIRA DA BAGAGEIRA EM CORROIOS. 10 dezembro. Por Marlene Gaspar

gostamos 1
Tens tralha para despachar e não sabes o que lhe hás-de fazer? O que para ti já não serve pode ser útil a outros. Que tal desfazer-te disso de uma forma diferente? Se tens artigos em segunda mão, velharias, reciclados e projectos inovadores mete tudo na mala do carro e faz dela a tua banca de vendas na Feira da Bagageira na Quinta da Marialva em Corroios das 10h às 17h. Quando terminar fechas a mala e arrancas.

A ideia da Feira da Bagageira promove a protecção do ambiente, evitando excessos de produção, contribuindo para a sustentabilidade do planeta e do orçamento mensal lá de casa.

Não te inibas, traz tudo o que está a mais na garagem ou na casa da avó. Das roupas aos acessórios, artigos de decoração, mobiliário, livros, brinquedos, discos a peças recicladas.
Vai ser uma boa oportunidade para encontrar artigos interessantes a um preço acessível.

Para tornar o dia ainda mais interessante e acompanhar-te nesta viagem tens DJ, animação, massagens e ateliers de reciclagem.

A Entrada é Livre para o Público. As inscrições já estão a decorrer aqui e podes esclarecer todas as questões enviando um e-mail para: feiradabagageira@gmail.com. 

Boas vendas e boas compras.

Nós aqui temos a Feira da Bagageira.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Imagem: Koi Park

Lego

EXPOSIÇÃO LEGO® EM CORROIOS. 25 novembro a 3 dezembro

brincamos

Maluquinhos, fãs, amantes, doentes, viciados, simpatizantes ou apenas nem aí, mas gostam de Legos, vem aí uma grande exposição de construções em peças LEGO® e vai ter lugar em Corroios, mais precisamente no Pavilhão Multiusos, no Parque Urbano da Quinta da Marialva. Será uma exposição com perto de 1500 metros quadrados de construções que pode ser visitada de 25 de novembro a 3 de dezembro.

2ªf a 5ªf – 10h às 21h

sábado 25/11 – 10h às 23h

6ªf e sáb – 10h às 23h

domingo 3/12 – 10h às 18h

O preço da entrada:

0-4 anos – gratuito
5-11 anos – 2€
12 e superior – 3€
Bilhete familiar – 8 € inclui país e respectivos filhos, sem limite.

Corroios Fan Event – for LEGO® Lovers irá apresentar cidades, milhões de peças, esculturas, comboios, monumentos e outras “obras de arte”. Haverá também um espaço para dares largas à imaginação e mostrares o que vales. Terás à disposição milhares de peças para o fazeres e ainda podes ganhar um “caneco” com isso. Toma nota na agenda e mostra que esta é a tua praia. Ou então não e vai lá só espreitar.

corroios fan event

Nós aqui temos exposição LEGO®.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

corridalentos

CORRIDA DOS MAIS LENTOS É EM CORROIOS. 10 setembro.

corremos

Hoje o Joaquim Santos partilhou com o Lisbon South Bay blog este grande acontecimento – a “Corrida dos mais lentos” – prova de equilíbrio de motos que já vai na 5ª edição. Quando bati os olhos e pela designação “corrida dos mais lentos” achei que me estava a convidar, porque como sabem eu já contei aqui, quando corro costumo acompanhar o “carro-vassoura” e achei que estava a fazer-me um “convite à participação”.

Não é esse tipo de corridas, mas não é menos interessante. Pelo contrário. Pelo menos para quem é espectador! Por isso sou “obrigada” a partilhar. A prova acontece no dia 10 setembro, no Parque Urbano Quinta da Marialva em Corroios e vai das 10:30h às 12:30h. Não tens que stressar, que bastar apareceres com a tua companheira (leia-se mota, para os mais distraídos) e inscreveres-te no local. A boa notícia é que gratuito, por isso, ainda daí mostrar as tuas habilidades.

CorridadosLentos

Nós aqui temos a corrida dos mais lentos.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: http://classicosautoaero.blogspot.pt/2015/09/corrida-dos-mais-lentos.html

FERTAGUS

VAMOS ÀS FESTAS DE CORROIOS COM A FERTAGUS. Por Catarina Laborinho

METEMO-NOS

É já logo à noite, dia 18, que começam as tão esperadas festas de Corroios, vão ser 10 dias de espetáculos de encher as medidas, tanto para nós como para os mais pequenos.

A logistica lá em casa é complexa e como não pretendemos chegar atrasados a nenhum dia, vamos optar por ir de comboio com a Fertagus.

Vantagens? Há muitas!
#1  A emoção dos mais pequenos começa logo quando lhe dizemos que vamos de comboio Fertagus até Corroios (eles ADORAM andar no Tio Quim de dois andares!!)
#2  Sem complicações conseguimos deixar o carro no parque da estação e em segurança;
#3  Para chegar a horas ao concerto, basta escolher o comboio certo que em menos de 3 minutos nos deixa na estação Fertagus de Corroios;
#4  Ao chegar,  atravessamos a rua e voilà, em menos de nada estamos no Parque Urbano da Quinta da Marialva , o espaço do recinto;
#5  No meu caso como 2 delas vão acabar por adormecer (de certeza, não fosse hábito termos que andar sempre com elas “às costas” ) ter a estação do outro lado da rua e o carro mesmo à porta vai-nos ajudar, e muito, a carregar os rebentos.
#6  Para quem não está habituado a andar no comboio da Fertagus, mas que tenha conta na Via Verde, pode sempre optar por usufruir da  APP Via Verde (reveja aqui como funciona) as viagens vão ser muito mais confortáveis sem bilhetes e bilhetinhos :)
#7  Mas se quer mesmo, mesmo, mesmo ir de carro, a Fertagus vai ter o parque C5, junto à entrada das Festas ao lado das Piscinas com tarifa única diária de 1,50€ só para as Festas de Corroios.

FERTAGUS

Está a espera de quê  para fazer o mesmo que nós?
Fugir da típica confusão do estacionamento é optar por ir até às Festas de Comboio Fertagus.

Vêmo-nos por lá 😉

Nós aqui vamos às Festas de Corroios com a Fertagus
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
O Lisbon South Bay Blog agradece à Fertagus

FERTAGUS, LSBblog

FERTAGUS

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

gostamos 1

Hoje é o dia Mundial da Criança, para mim, mesmo com quase 40 primaveras este é o dia que por norma recebo sempre um miminho dos meus pais, mesmo depois das crias lá de casa terem nascido, pelo menos uma vez por ano temos que admitir que independentemente da nossa idade somos para sempre as crianças dos nossos pais, e eu não sou exceção.

Hoje seria um dia igual a outro qualquer se não tivesse tido um contratempo na minha rotina diária :)

Para quem por norma apanha o comboio da Fertagus para ir até à escola ou trabalhar sabe que as viagens são muito calmas. Uns vêem ainda a dormir, outros aproveitam para ler e há ainda aqueles que vêm agarrados aos gadgets tal como eu, seja a trabalhar ou a ver as últimas novidades nos facebook’s ou instagram’s. Mas hoje a viagem que para mim não podia ter começado da pior forma, ainda assim acabou recheada de alegria.

Peripécias matinais todos nós temos, e hoje definitivamente era o meu dia. Ao chegar à estação de Corroios, já confortavelmente instalada no meu banco, reparo que tinha deixado os óculos no carro e, pitosga como sou, seria impensável ir trabalhar sem os ter. Toca de sair do comboio e voltar para trás. Agora PÁRA tudo!!!! A estação estava ao rubro. Eram 9.20 e as cancelas para os mais pequenos tinham sido abertas, eram só pipocas e biscoitos a saltitarem de alegria, estava a haver uma excursão para os pequenos pirralhos…  A viagem seria Corroios-Fogueteiro, logo aquela que os meus óculos me obrigaram a fazer.

FERTAGUS

Quem entrou comigo nesta pequena viagem aposto que gostaria que esta se repetisse mais vezes, ver a alegria das crianças e a Professora a tentar acalmar os pequenos biscoitos foi de chorar a rir. Deu para perceber e confirmar que muitos nunca tinham andado no comboio da Fertagus, e que esta foi uma viagem memorável que a Fertagus gentilmente promoveu junto da Escola Básica da Quinta Campo em Corroios.

Pelo que soube, esta foi uma das viagens do dia, atrás de nós vinha mais um batalhão. Ao todo seriam cerca 300 crianças. UFA!!

Mas infelizmente a minha viagem chegou ao fim, ou parte dela, porque o que eu vinha mesmo fazer era recuperar as lunetas e a deles era ir ao cinema (queria tanto ter seguido com eles :)). Confesso que aqueles 5 minutos de viagem encheram-me o dia, ver a alegria daquelas crianças, a paciência das professoras em tentar manter a tropa toda alinhada foi de encher o coração. Aqueles são os nossos pequenos “nós”, são os nossos herdeiros.

FERTAGUS

Nós aqui chegamos ao trabalho de coração cheio.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
O Lisbon South Bay Blog agradece à Fertagus e à Escola Básica da Quinta Campo em Corroios por nos ter deixado registar este pequeno grande momento .

FERTAGUS, LSBblog

 

Espaço Agrícola do Soutelo

ESPAÇO AGRÍCOLA DO SOUTELO

cuidamos

No mês passado já falámos das novas hortas Sociais do Seixal e na inauguração do Espaço Agrícola do Soutelo (reveja aqui o artigo) mas ontem, e depois de tentar saber um bocadinho mais, fui espreitar.

Liguei para a Câmara Municipal do Seixal, onde me explicaram tim-tim por tim-tim o conceito e como se procedia à candidatura. Feliz (para quem chegou à mais tempo) ou infelizmente para mim, pois o espaço já se encontra todo ocupado mas o meu nome ja consta na lista de espera, a esperança é a ultima a morrer!!

Poder ter, a um custo tão reduzido, a possibilidade de plantar os próprios legumes que comemos lá em casa é algo que me fascina, confesso. Lá por casa, na nossa micro horta, temos plantadas, alfaces, espinafres, cebolas, tomates, pimentos e até favas, bom, as favas já as comemos :)

Vantagens? Os mais pequenos adoram, adoram ver o crescimento dos legumes e acompanhar todo o processo desde o dia em que plantamos ao dia da apanha. A Madalena plantou em tempos uma batata que não parava de falar nela até ao dia que lhe chegou ao prato… mas estamos a precisar de mais espaço, os canteiros lá de casa já não estão a dar vazão às necessidades.

Vamos esperar que a nossa vaga chegue…

Espaço Agrícola do Soutelo

O Espaço Agrícola da Bairro do Soutelo (Amora), tem uma área total de 8321 m2 divididos em 44 talhões de 75 e 150 m2, mas não é o único no concelho, existe ainda Espaço Agrícola do Monte Sião (Torre da Marinha) inaugurado desde 2014 e a próxima abertura será o Espaço Agrícola do Alto do Moinho (Corroios) prevista ainda para 2017 inicio de 2018. Para quem ainda não lhe apetece andar de cócoras a apanhar ervas daninhas pode pensar até 2018 com uma nova abertura o Espaço Agrícola da Trindade na Quinta da Trindade.

Para se juntar à equipa dos pequenos agricultores, reserve já o seu espaço aqui.

Nós aqui temos hortas sociais.
Nós aqui temos isto.

Texto: Catarina Laborinho
Fotos: LSBblog