Artigos

Orcas

SÃO ORCAS SENHORES, SÃO ORCAS…na margem sul.

MERGULHAMOS 1

Mais um episódio insólito depois dos golfinhos e dos javalis é a vez das orcas darem um pulinho aqui à margem sul. O Surf Total contou tudo e como é óbvio não podia deixar de partilhar. As fotos da família de oito orcas avistada a semana passada ao largo da Costa de Caparica, em Almada, são do Lisboa Live.

OrcasMG

Orcas avistadas ao largo da Costa da Caparica

Sejam bem-vindas.

Nós aqui temos famílias de orcas.

Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Fonte: Surf Total

Fotos: Lisbon Live (www.instagram.com/lisboalive/)

PAttack

PARANORMAL ATTACK(A) NA COSTA DA CAPARICA. 9 de setembro

aplaudimos

Música eletrónica não é assim a minha praia e eis que o meu cunhado Ivo me apresenta o seu amigo de infância Rui Oliveira, criado na margem sul, mais propriamente nessa bela localidade designada Casal do Marco! E eu, começo por torcer o nariz ponho-me a ouvir (não negues uma ciência que à partida desconheces) e começo a questionar e repensar os meus preconceitos relativos ao estilo.

Sim, por vezes sou preconceituosa, não me orgulho propriamente disso, mas feio não é admitir isso, feio é negar que o sou. Mas fico muito feliz quando descubro que estes não têm razão de ser. A verdade é que muitas vezes para chegarmos à conclusão de que o que é nacional é bom, este nacional tem de vingar lá fora. E assim foi com o Rui, a.k.a. Xangaii dos Paranormal Attack. Para os mais distraídos (grupo onde eu estava inserida) o Rui começou a sua carreira na música com 8 anos de idade a estudar piano. Cada um é para o que nasce e o “paranormal” aos 15 anos começou a tocar numa banda de baile da margem sul, os 4a Audição, e aos 20 começou a produzir música eletrónica e hoje é uma estrela dos Paranormal Attack.

Podia ter-lhe dado para pior!

E deu! O artista mora no Brasil há 10 anos, porque foi o mercado onde mais se destacou, mas já andou a espalhar decibéis em 17 países e vai estrear-se na Turquia.

ParanormalAttack

Xangaii

Mas o bom filho à casa torna e sempre que pode volta para estar com os seus amigos de infância e familiares, por isso ainda tem casa no Casal do Marco e afirma em primeira mão, ao Lisbon South Bay blog que é onde vai voltar a viver no próximo ano.

Vizinhança não se apoquentem que os concertos e espetáculos vão estar na margem sul, mas não serão (para já) aí. A tour europeia dos “Paranormal Attack” vai incluir a Costa da Caparica, mas antes tem paragens noutros pontos da europa:

26 de Agosto – Salda Lake – Turquia
8 de Setembro – Hamburgo – Alemanha
9 de Setembro – Costa da Caparica – Portugal

Vai ser o primeiro evento da banda em terras lusitanas. A Fxxk Tomorrow em co-produção com a Digital Oracle apresentam Paranormal Attack num set especial de 3 horas, começando assim as comemorações dos 15 anos do projeto. Durante as 3 horas de set vais poder ouvir músicas que marcaram a carreira do projeto e também as produções mais recentes que irão ser lançadas no próximo álbum!

CartazParanormal

Para que saibas quanto te vai sair do bolso, aqui tens estas opções.
10 Eur – Pré Venda
12 Eur até as 2H
15 Eur depois das 2H

Marca já na tua agenda que no dia 9 de setembro os Paranormal Attack vão partir a loiça toda na Praia da Nova Vaga, no Tartuga Beach Bar. Confirma aqui a tua presença.

Nós aqui temos os Paranormal Attack.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Familia

FÉRIAS DAS FÉRIAS É NA MARGEM SUL E EM BOA COMPANHIA.

gostamos 1

Se há coisa boa, mesmo boa, são as férias. Se há coisa menos boa nesta coisa boa, mesmo boa é o período de tempo das férias. É como o fim-de-semana. É sempre curto. Sabe sempre a pouco. Ficávamos sempre mais tempo.

Uma pessoa esfalfa-se a trabalhar para curtir este período como se não houvesse amanhã, e ele passa com uma grande vitesse. Mas, sem pressão. E com a puta da lanzeira. E com tudo e tudo o que se tem direito. Mas, ainda assim, ficavamos sempre mais tempo.

Terminado este curto período de férias fica aquela sensação de verdadeiro…cansaço! É aquela sensação de é tão bom, não foi? Talvez a isso se deva parte do encanto, mas é mais, é muito mais que isso. O período de férias é com os nossos. É estar ali 24 sobre 24horas a dar e a receber miminhos, intercalados com ralhetes (de parte a parte, que os 24 sobre os 24 também puxa alguma impaciência, mas sobre esse tema vou deixar para outras núpcias). A verdade é que férias com 2 crianças pequenas são uma alegria e sinónimo de alguma preocupação. E à medida que vão crescendo e ganhando a independência, acaba por facilitar alguma logística (banhos, comidas e afins), por um lado, mas redobra-se o estado de alerta.

O que têm de giras e fofas têm de “sacanas” endiabradas. Por minha vontade andavam com uma trela, mas diz que não fica bem! E, lá vai uma pessoa enervando-se de 5 em 5 minutos e a ter pequenos AVC’s assim que a nossa vista não as alcança. Se o sol envelhece a pele e aí já estou preparada com todos os cremes de factor 50 para cima, sabendo que onde nunca vou ficar verdadeiramente escura como nos tempos de outrora, a camada de nervos que se instala com este desgaste de preocupação, também não deve contribuir para eu caminhar para nova! Irra.

Mas, são melhores dias do ano. Os mais compensadores. Aquela coisa de papo para o ar e dolce fare niente, meus amores, passa por aqui, muito ao lado. Nós aqui, é mais toalhas cheias da areia, e de 2 em 2 segundos a ouvir qualquer coisa como:

– Mãe, quero ir à água!

– Mãe, quero fazer xixi!

– Mãe, quero uma bola de Berlim!

– Mãe, o que é que trouxeste para comer?

– Mãe, vem fazer castelos!

– Mãe, mãe, mãe, mãe…E esta azáfama “me deixa louca”, mas de coração cheio. E não há nada melhor do que isso. Um coração cheio e a transbordar. Mas não há bela sem senão, isto faz com que assim que chegue, precise de férias, das férias. Como ainda não há escola, os avós ficaram com a batata quente, e nós aqui em casa, já estamos no batente, mas sem a criançada sentimo-nos em férias, das férias. Na chegada, tirámos o feriado para ficar de papo para o ar na nossa Costa da Caparica com um almoço também em família e com quem é bom estar. E o que mais se pode pedir?

Familia

Da esquerda para a direita: Rui, Carla, Paulo e euzinha

Nós aqui temos férias das férias.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: Lisbon South Bay blog

Caparica Surf Fest

CARTAZ DO CAPARICA SURF FEST. 6 a 15 abril

surfamos

Está aí o Caparica Surf Fest e o cartaz não é nada de se deitar fora. Começa já esta 5ªf, dia 6 de abril, com artistas de fazer perder a cabeça para assistir. Ora temos:

# Diogo Piçarra

# Paus

# Slow J

# Frankie Chavez e Regula

# Djodje

# Ferro Gaita

Os concertos estão marcados para quinta-feira, sexta-feira e sábado e para os dias 13, 14 e 15. Mas não só de música vive o Homem, e o festival também conta com provas de surf e bodyboard, ‘workshops’ e demonstrações de skate na Praia do Paraíso, na Costa da Caparica de 6 a 15 de abril.

quinta-feira, dia 6
Diogo Piçarra, April Ivy, Slow J e o DJ Pedro Walter,

sexta-feira, dia 7
Keep Razors Sharp, Paus, Frankie Chavez e o DJ Bruno Dias

sábado, dia 8
Tara Perdida, Allen Halloween, Trevo e o DJ Nuno Calado

quinta-feira, dia 13
Virgul, Freddy Locks, Jay Moreira & Bandidos e Djeff Afrozila

sexta-feira, dia 14
Regula Holly Hood, Valas e DJ Cruzfader

sábado, dia 15
Ferro Gaita, Djodje e Celeste Mariposa eo DJ Nelson Cunha, da rádio Mega Hits.

O Caparica Primavera Surf Fest começa com o Encontro Nacional de Desporto Escolar, na quinta e na sexta-feira, seguido do campeonato Nacional de Esperanças, na sexta-feira e no sábado.

Vais deixar passar a onda ou entras nela?

Nós aqui temos o Caparica Surf Fest.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Bruno Correia

CapaRunning

VESTIDAS PARA CORRER NA MARGEM SUL… com a blogger Raquel Teixeira

METEMO-NOS

O prometido é devido e depois da primeiro desafio com a autora do blog Addicted To, Raquel Teixeira com propostas de dois looks de trabalho para a nova estação que pode ver ou rever aqui, trazemos agora looks de desporto, com direito a uma corridinha e conversa num dos melhores cenários da nossa querida margem sul – o paredão da Costa da Caparica.

Mais uma vez, optámos por ir ao Almada Forum escolher os outfits. Fomos direitinhas à Sport Zone onde encontrámos equipamento a fazer pandent, não porque esteja na moda andarmos todos iguais, mas para mostrarmos a versatilidade dos mesmos. Eu optei por uns calções que são sem dúvida a minha peça de eleição para a corrida. Funciona como um duplo calção, em que o interior em licra se ajusta ao corpo e o exterior confere-lhe um ar mais elegante. A combinação de cores resulta na perfeição! O top segue a mesma lógica, com um reforço na zona do peito o que nos coloca numa situação verdadeiramente confortável (o que muito agradecemos) e com um exterior mais largo e atual. Sem dúvida um conceito vencedor!

A Raquel optou pelas leggings do mesmo padrão, um top “fora da mãe”, ou seja, fora do conjunto e o casaco perfeito. Um look que resulta na perfeição e que mostra que a combinação de peças diferentes são uma boa aposta. O cenário é convidativo e inspirador. Lamentamos, mas não há qualquer desculpa para não fazer desporto. A falta de vontade não conta, tá?!

Runbloggerrun2

Raquel e Marlene vestidas na Sport Zone do Almada Forum

CapaRunning

RunbloggersRun

A versatilidade de um padrão na Sport Zone do Almada Forum

pormenores

Pormenores…que fazem toda a diferença – Sport Zone do Almada Forum

exercício na margem sul

Ténis de coleções anteriores. Raquel com Doone da Sport Zone, Marlene com Adidas Boost – Almada Forum

alongamentosLSBb

Margem sul no seu melhor

Correr na CostadaCaparica1

Roupas e cenário escolhidos na margem sul.

Vestidas para correr e arrasar? Sem dúvida. Algum favorito e/ou outras sugestões? Contem-nos tudo.

Vestidas por

Nós aqui temos as melhores opções de desporto.
Nós aqui temos isto.

Ficha técnica LSBb 

fontedatelha

MAIS CAMINHADAS NA FONTE DA TELHA. ATÉ DEZEMBRO. #fontedatelha

caminhamos 1

O verão ainda não acabou e as caminhadas e os passeios pedestres na Fonte da Telha estão para durar até ao Natal (é com o Sporting! Ehehehehehe.  Xiiii desculpem a “má onda”, mas não resisti). Já temos um novo calendário da organização “Ao Pé do Mundo” para poder juntar o útil ao agradável – caminhar e exercitar o físico e desfrutar de uma das melhores paisagens que temos na margem sul. Tome nota na agenda e não perca esta oportunidade.

OUTUBRO – Dias 2, 16 e 30
Passeio Pedestre Conhecer as “Love Trees”/3h
2 de Outubro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da Telha

Caminhada das Dunas/3h
16 de Outubro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da Telha

Caminhada das Folhas/3h
30 de Outubro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da Telha caminhadas

NOVEMBRO – Dias 13 e 27
Passeio Pedestre Pequena Rota/3h
13 de Novembro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da TelhaCaminhada Alto da Gralha/3h
27 de Novembro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da Telha
DEZEMBRO – Dia 11
Caminhada Grande Rota/7h
11 de Dezembro de 2016
Local – Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica
Ponto de Encontro – 10h no Parque de Merendas em frente à G.N.R. da Fonte da Telha
Extra – Farnel (Almoço).
NOTAS IMPORTANTES:
Levar água, chapéu, roupa e calçado confortável. Se possível não esquecer a câmara fotográfica.BONS PASSEIOS E GRANDES CAMINHADAS
Mais informações: zitocolaco@gmail.com
Nós aqui temos caminhadas e passeios pedestres.
Nós aqui temos isto
Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Zito Colaço
surf

SURF À NOITE NA COSTA DA CAPARICA. 3 SETEMBRO.

surfamos

Recuperando uma tradição iniciada há cinco anos, a praia do CDS – na Costa da Caparica – volta a receber o Tow Out at Night, com a lenda do bodyboard nacional, Hugo Pinheiro que convida amigos e fãs para uma sessão de desporto noturno, no próximo dia 3 de setembro. Atletas do surf e do bodyboard juntam-se para uma noite de e sob as estrelas. A animação vai durar até às 2 da manhã.

Hugo Pinheiro é mais um atleta daqui, da margem sul, mais precisamente da Costa da Caparica onde treinou e residiu. Em 2011, o atleta Pinheiro organizou na praia do CDS uma inédita sessão de surf à noite, reunindo amigos, fãs e quem quis entrar nas ondas, para uma experiência surpreendente.

O Tow Out at Night regressa no próximo dia 3 de Setembro, no areal da praia do CDS – a última edição reuniu mais de sete mil pessoas.

surf noite

Da lista de convidados nas modalidades do Surf e Bodyboard fazem parte: Vasco Ribeiro, Francisco Alves, Filipe Jervis, Tomás Valente, Steph Kokorelis, Dino Carmo, Miguel Adão, entre outros, mas você também faz parte da guest list. Basta aparecer antes do pôr do sol (pelas 18 horas). Entre as 22h30 e as 23h30 vai ser possível assistir às melhores manobras de tow-out, com os atletas consagrados a garantirem o espetáculo.

Na areia, a festa será animada até às 2 horas da manhã, pelos Nubai Sound System.

Contamos convosco?

Nós aqui temos surf à noite.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fonte: maxima.pt

Sol da Caparica

NÓS AQUI FOMOS AO FESTIVAL SOL DA CAPARICA

festivalamos

Ah pois é, nós aqui fomos ao festival do Sol da Caparica que decorreu entre os dias 11 e 14 de Agosto, aqui na nossa South Bay. Deolinda, Diogo Piçarra, Nelson Freitas, Rui Veloso, Os Azeitonas ou Ana Moura foram alguns dos artistas que passaram este ano por este festival.

Veja aqui os melhores momentos.

Nós aqui, temos Festival Sol da Caparica.
Nós aqui, temos isto.

Realização: Marlene Gaspar
Captação e edição de imagem: Zito Colaço

praia

6 EXTRAORDINÁRIAS DICAS PARA AS COLÓNIAS DE FÉRIAS NAS MELHORES PRAIAS DO MUNDO – AS DA COSTA DA CAPARICA, CLARO.

METEMO-NOS

Ele andava a fazer-se difícil e a querer mostrar-se de forma tímida. Mas, o sol quando nasce é para todos e com ele trouxe o “abençoado” calor. Sim, porque o sol quando aparece é como os golos de Ronaldo, passa a ser non-stop (assim, o esperamos. Eh, eh, eh). O que é preciso é acreditar. Nós gostamos é do verão e da seleção.

Nós, e tantos outros, porque a “correria” às praias não olha a idade, género, credo ou religião. E, nós aqui gostamos d’isso. Se ao fim de semana a praia é de todos, durante a semana a praia é “d’os melhores do mundo” – das crianças. Muitas escolas, inclusive da margem norte elegem a Costa da Caparica para fazer as colónias balneares com as crianças. E percebe-se, até o portal Cheapflights que escolheu as 10 melhores praias junto de cidades em todo o mundo atribuiu à Costa da Caparica o 5º lugar – onde figuram também South Beach em Miami (mais um vez o lado sul a dar cartas), Copacabana no Rio de Janeiro ou a praia de Barceloneta em Barcelona.

Esta alteração à rotina das crianças traz algumas preocupações e cuidados, mas ao vê-las sair da cama em qualquer queixume ou preguiça e com um ar de extrema felicidade, vale bem a pena! Fomos tratar dos preparativos ao Almada Forum, para que estejam prontíssimas para as melhores férias de sempre. Cada escola tem o seu “manual de instruções” e, há que segui-los, mas há coisas que ficam à “nossa consideração”:

#1 – COLOCAR O PROTETOR EM CASA

Apesar das escolas irem nos horários recomendados à praia, todos os cuidados com a proteção dos nossos filhos são poucos. Ainda em casa, tente espalhar o protetor de forma divertida e provoque o do it yourself, para que as crianças o façam com prazer e não como uma obrigação. Apesar de chegar à escola com este “serviço feito”, não se esqueça de colocar o protetor na mala para um reforço na praia. Na farmácia encontrámos várias soluções e “kits” para proteção integral das crianças, que até trazem uns “miminhos” que tornam mais fácil a tarefa dos “besuntar” de forma adequada e necessária.

farmacia

#2 – TER FATOS DE BANHO E BIQUINIS ALTERNATIVOS

A ida à água com os amigos é o momento de verdadeira satisfação para as crianças e de verdadeira preocupação para os adultos responsáveis. Apesar dos muitos truques (filas indianas, perímetros de segurança, apoio dos nadadores-salvadores, etc) que facilitam, não deixa de ser um momento de maior atenção.

Para conforto da criança o ideal é escolher uns calções de banho ou biquínis de secagem rápida e ter uma alternativa para trocarem e não irem com o calção molhado que pode ser desconfortável.

marpraia

#3 – TOALHA DE PRAIA PEQUENA E LEVE

Quando estão com os amigos sentar na areia significa menos tempo de brincadeira, por isso, a toalha serve para sentar no lanche a meio da manhã, secar e sacudir a areia do corpo. E é só. Como, geralmente, são as crianças que transportam os seus pertences, há que escolher toalhas apropriadas ao seu tamanho, que sejam de tecido mais fácil de secar e que pesem pouco no saco ou mochila para ser mais confortável.

#4 – SANDÁLIAS OU CHINELOS DE PLÁSTICO

Pode não se ser grande defensor deste uso de calçado, mas não há nada mais prático e rápido para chegar e sair da praia. Também é o melhor para o banho na escola para evitar escorregarem e servirem de proteção na transmissão/recepção de eventuais fungos e bactérias. Para o resto do dia poderão usar um calçado mais apropriado à prática de brincadeiras (ténis ou sandálias).

coloniabiquinis

#5 – LANCHEIRA TÉRMICA

Se o seu filho for responsável por levar o lanche, também deverá optar por uma mala leve, mas que seja térmica, ainda que os alimentos não sejam refrigerados, para proteger os alimentos. Na Smart Lunch encontramos soluções muito apetitosas.

lancheiras

#6 – PULSEIRAS DE IDENTIFICAÇÃO

As escolas habitualmente têm a “farda da praia” que permite uma mais rápida identificação e uma pulseira onde tem o número do colégio, que é algo que esperamos nunca vir a precisar, mas nada como estar preparado. Isto não invalida, que sejam registadas na PSP da zona geográfica onde pertencem para ter a pulseira identificadora a nível nacional, que é útil para além do tempo da colónia. Mais vale prevenir do que remediar.

saida praia
Aqui vou eu para a Costa,
Aqui vou eu cheio de pica,
De Lisboa vou fugir
Vou para o sol da Caparica.

Nós aqui temos as melhores praias e estamos preparados para elas.
Nós aqui temos isto.

do it yourself – fazerem sozinhos

Texto: Marlene Gaspar
Fotografias: Lisbon South Bay blog