Artigos

Dia da Criança

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA É JÁ AMANHÃ :D Por Catarina Laborinho

gostamos 1

Amanhã é o dia dos mais pequenos e cá por casa é logo aos pares com idades bem diferentes. Não é fácil conseguir levar esta malta toda a fazer algo que todos apreciem. Mas #nósAquiVamosTentar.

Quando falamos do Dia Internacional da Criança, euzinha também ainda sou 😉 Não, não pulo em insufláveis, mas adoro algodão doce e montanhas russas 😀 Não vai ser fácil, se por um lado o dia quente nos quer levar até à praia, os mais pequenos querem ir para o meio dos insufláveis, e amanhã vai haver festas por todos os cantos.

Em Almada irá ser um dia diferente no Parque da Paz. Entre as 10h00 e as 17h30 o parque irá ter atividades para os mais pequenos.

# 10h00 – Aula de Yoga
# 11h00 – 13h00 – Jogos Tradicionais e Insufláveis
# 10h05, 11h00 e 11h45 – O Circo Máximo
# 10h30 – Biblioteca Extravagante
# 11h15 – O Bosque de Marcela
# 12h00 – A Cuadros
# 15h00 – 18h00 – Jogos Tradicionais e Insufláveis
# 15h30, 16h30 e 17h00- O Circo Máximo
# 16h45 – Biblioteca Extravagante
# 16h00 – O Bosque de Marcela
# 17h30 – A Cuadros

Consulte o programa completo aqui

Já no Seixal, a festa começa ainda hoje, aliás já começou para as escolas. O NICKFEST abriu as portas às 9.30, no Parque Urbano da Quinta da Marialva em Corroios, com um programa daqueles 😉

# 9.30h às 10.30h – Dança infantil para alunos do 1.º ciclo
# A partir das 10h – Insufláveis
# 10h às 10.45h e das 11h às 11.45h – Oficina Para, Escuta e Pinta
# 10h às 15 h – Exercícios de busca e salvamento e passeio com cavalos- GNR
Exposição de mota  e jogo de sinais de trânsito – PSP
Exercícios diversos – Bombeiros
Exposição de viatura para recolha de animais
Exposição de cães
Demonstração de treino canino
Demonstração de agility canina
# 10.30h às 11.30h –  Animação em palco
# 11.30h às 12.25h – Rosa Teatro por C’Art Comic Education (ltália)
# 12h às 15 h – Jogos tradicionais
# 19h – Abertura de portas para público em geral
# 20.15h às 20.45h – Animação em palco com a MTV
# 21h às 21.30h –  TAY – concerto
# 21.50h às 22.50h – ÁTOA – concerto
# 23.10h às 0.10h- Concerto de Fernando Daniel

1 de junho, sábado
# 16h – Abertura de portas
# A partir das 16h – Insufláveis
# 16h às 18h – Exercícios de busca e salvamento e passeio com cavalos- GNR
Exposição de mota  e jogo de sinais de trânsito – PSP
Exercícios diversos – Bombeiros
Exposição de viatura para recolha de animais
Exposição de cães
Demonstração de treino canino
Demonstração de agility canina
# 17h às 17.50h – Côte Confiture – Teatro por Les Soeurs Kif Kif (Canadá)
# 18h às 18.45h e das 19h e 19.45h – Oficina Para, Escuta e Pinta
# 18h às 20.30h – Animação em palco Nickelodeon
# 21h às 22h – Concerto de Paulo Sousa 
# 22.20 às 23.50h – Concerto dos D.A.M.A

Programa completo aqui

Irá haver igualmente festa para os mais pequenos na vilas de Alcochete, Samouco e S. Francisco, bem como no Pinhal Novo com insufláveis, ateliers de pintura, modelagem de balões, tatuagens, entre outras atividades lúdico-desportiva.

Nós aqui vamos !ter um dia em cheio.
E você, onde é que vai levar os seus filhos, sobrinhos ou netos?

Texto: Catarina Laborinho | Fontes: CM

Helena Gonçalves Rocha

EU E AS CRIANÇAS. Por Helena Gonçalves Rocha

Helena

 

Ontem celebrou-se mais um Dia da Criança e era ver as redes sociais cheias de crianças, as nossas, as dos outros, crianças a brincar, notícias sobre a importância do Brincar. E levada por esta imensa onda eu própria pus-me a pensar sobre a importância das crianças na minha vida.

Pois é, tenho a imensa sorte de trabalhar naquilo que adoro, o que facilita muito quando temos de enfrentar aqueles dias que daríamos tudo para não ter de sair de casa. Pois é nesses dias, em que me arrasto até ao meu local de trabalho e tomo o meu frasco de vitaminas e rapidamente me transformo novamente em alguém animada e bem disposta.

As minhas vitaminas mágicas são as crianças que habitam o meu dia. Tenho a imensa sorte de conviver com uma grande diversidade de crianças, desde os meses de idade até aos 12 anos. Cada idade tem a sua magia, cada etapa de desenvolvimento traz novas pérolas para serem exploradas e não há dia nenhum que eu não me espante com os seus feitos.

Os miúdos têm algo muito especial, são genuínos e espontâneos como só eles sabem ser. Nos primeiros anos de vida estão em permanente descoberta, primeiro enamorados pela mãe e pelo pai, depois descobrem as maravilhas do seu próprio corpo. Umas mãos para brincar, uns pés que conseguem chegar à boca, depois vão descobrindo as potencialidades do movimento  e da relação. Olha, acham graça ao que eu faço, vou fazer outra vez! A repetição é algo tão securizante, mas que é tão difícil de tolerar pelos adultos, os miúdos precisam de fazer o mesmo vezes sem conta, por vezes o adulto não consegue aguentar e muda-lhes a atividade, mas acreditem, a repetição securiza e favorece a aprendizagem nos primeiros anos de vida. Quando estou com eles volto a ser criança, e embora não perca os meus objetivos terapêuticos, divirto-me imenso a brincar com eles. Mesmo quando ouço da boca de um amigo de 6 anos “ Afinal que idade é que tu tens?”.

Helena Gonçalves Rocha

Sinto cada vez mais que os miúdos procuram muito a disponibilidade do adulto para brincar, para descer ao seu nível, para aceitarem ver o mundo pelos seus olhos, para aprenderem o que eles têm para ensinar. Por vezes coisas tão simples e que facilitam tanto a relação, como baixarmo-nos ao seu nível, indagarmos com genuinidade pelos seus interesses. Temos tanto a aprender com eles…

Sei que todos os dias aprendo, todos os dias me ensinam novas coisas. Mesmo quando eu os levo ao limite para depois fazer com eles a viagem da auto-regulação, orientando-os na forma como lidam com as suas emoções e os seus impulsos.

Já alguns anos quando visitava um jardim de infância um menino me perguntava: “A tua profissão é brincadora não é?”. Gosto de pensar que sim, que ensinar a brincar é sem dúvida uma grande sorte.

crianças

Gosto mesmo de explorar o mundo através dos seus olhos, descobrir outra vez, rir até não mais poder.

As minhas crianças lá de casa, que assustadoramente estão a deixar de ser crianças, por vezes chamam-me a atenção “Ó mãe, que disparate, comporta-te!…” Só me inibo, porque sei que estão naquela idade em que ficam muito embaraçados com tudo o que possa ser um pouco diferente, mas ao mesmo tempo sei que tenho de continuar a chamar a criança que ainda habita lá dentro, para que nunca se esqueçam como é bom Brincar!

Brincar é coisa de criança, mas também deveria ser coisa de Adulto! Um adulto que brinca é alguém que não esqueceu a genuinidade da infância, alguém que acredita que há sempre algo novo para descobrir!

Eu Brinco e vou continuar a Brincar, e você já brincou hoje?

Helena Gonçalves Rocha

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.

DiadaCrianca

DIA DA CRIANÇA NA MARGEM SUL

gostamos 1

Depois de ter tido o luxo de ser surpreendida pelas minhas filhas no dia da mãe com um espetacular pequeno-almoço na cama (ideia boa, mesmo boa do pai, porque a César o que é de César), a Victória faz-me a mesma exigência para o dia da criança. Já há programa das festas planeado na escola para celebrar a data, o que não invalida o pequeno almoço servido na cama! O que me cheira que não vai correr, bem tendo em conta os desastres na cozinha que acontecem à mesa, imaginem nas camas e sem uma tábua rasa e direita para pousar a comida. Tem tudo para não correr bem. Estou metida numa alhada!

Mas, o melhor do mundo são as crianças e o melhor do meu mundo são as minhas crianças. Que se lixe o quarto arrumadinho, naquele dia os desejos delas são ordens (até certo ponto, porque eu também não sou de ferro, mas às vezes gostava), e por isso o pequeno-almoço servido na cama está garantido.

Já agora, consta-se que há atividades para a pequenada, e por ser aqui tão perto partilho convosco (quem é amiga, quem é?).
Dia 1 de junho, a partir das 10h, os Guardiões de Almada animam o Parque Urbano Comandante Júlio Ferraz, em Almada. À tarde seguem-se as Jornadas Prevenção: uma responsabilidade partilhada, organizadas pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Almada.

Mas, o dia da criança é quando um homem quiser e nos dias 2 e 3 de junho, a partir das 9h30, o Cineteatro da Academia Almadense recebe as Jornadas sobre Direitos Sociais e Participação. No dia 4 de Junho, no Parque da Paz há atividades como yoga, teatro e outras animações ao longo do dia, como nos sugeriu a Sandra Soto.

Eu cá para mim, também volto à criança que nunca larguei e celebro com elas, porque todos os motivos para celebrar e partilhar com quem gostamos são dias de festa.

Nós aqui temos o dia da criança.
Nós aqui temos isto.

Texto e foto: Marlene Gaspar