Artigos

Chocolate-City

FEIRA DO #CHOCOLATE NA AMORA. “CHOCOLATEI-SE”! 25 a 27 de novembro.

degustamos

Já aqui manifestei o meu agrado, perdão o meu agrado não! O meu total amor pelo chocolate. A minha total devoção por esse “ser mágico” que tanto prazer proporciona nesta alminha sedenta e necessitada de tamanha iguaria, capaz de passar do estado depressivo ao de felicidade numa espécie de 6,7 segundos dos 0 aos 100 km/hora! Bom, acho que deu para perceber a ideia!

Da primeira vez que anunciei aqui uma Feira de Chocolate, criei a palavra “Chocolatear”, que não existe no dicionário comum, mas existe no meu – pretende dizer “prova organoléptica de chocolate”! E é isso que eu vou fazer de 25 a 27 de novembro na Amora, mais precisamente no Jardim do Fogueteiro. Vou “chocolatear-me” até mais não. Porque eu quero, porque eu gosto e porque eu (ainda) posso! Sim, porque quando chegar ao Natal parou! Não vai dar para tudo. Vamos dar espaço a outras doçarias natalícias que também têm um lugar muito especial no meu coração! E vá, o chocolate leva só uma dentadinha…ou duas…

FeiradeChocolateAmora

A entrada é livre por isso, apareçam. E já agora “chocolateem-se” também!

Nós aqui temos a Feira do Chocolate.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Chocolate

1ª FEIRA DE #CHOCOLATE EM CORROIOS. CLARO, QUE VIEMOS CÁ.

corremos

Prometemos, cumprimos. Anunciámos a 1ª Feira de Chocolate em Corroios, dissemos que vínhamos e, lá estivemos nós. Não só, mas principalmente em dia de eleições, convém mostrar que o prometido é devido. Nós aqui, “chocolateámo-nos”* n’isto.

4 sílabas apenas – cho-co-la-te – inundaram o olfacto e, principalmente o paladar.

Pelo que vimos a feira foi um sucesso. Não fazemos parte da organização para poder fazer esta afirmação, mas o espaço estava cheio de pessoas, as filas para as iguarias eram constantes e estava tudo de “cara-alegre” e pouco incomodado com isso. Nada como ter um “cliente satisfeito” “agarrado pelo estômago”. O caso não foi para menos. Saboreei uma espetada de morangos com chocolate em breves segundos, que esteve umas horitas no estômago, mas que vai ficar uns anitos no corpinho e muitos mais na minha memória.

Uma coisa é certa, a Feira de Chocolate de Corroios foi uma aposta ganha. Todas as que organizarem, contem connosco lá.

Sim, o chocolate tem, teve e terá este efeito de satisfação sobre nós. Por isso, sugerimos que continue a “chocolatear-se”* com um qualquer chocolate perto de si.

 

Feira Chocolate Corroios

Feira Chocolate Corroios

Feira Chocolate Corroios

Feira Chocolate Corroios

Nós aqui, temos Feira do Chocolate!
Nós aqui, temos isto.

*chocolatear – palavra que não existe, mas devia. Pretende dizer fazer prova organoléptica de chocolate.