Artigos

_RR_9912v1_JR

NÓS AQUI, VIEMOS AO BORDA D’ÁGUA.

#NOSAQUI 5

O Lisbon South Bay blog foi ao Borda d’Água almoçar e estendeu a refeição até o sol começar a sair de “mansinho”. Neste dia de verão de S. Martinho conseguimos seguir o conselho de Orson Welles: os meus gostos são simples: prefiro o melhor de tudo. E foi isso que tivemos – uma excelente refeição, uma excelente tarde numa excelente praia, excelente companhia e uma excelente conversa. Nós aqui temos isto.

Não foi uma descoberta, porque o Borda d’Água é um dos nossos habitués. Já fez 20 anos e como maior de idade está aí para as curvas e recomenda-se. Fomos muito bem recebidos e muito bem servidos. O tempo ajudou e deixou-nos pôr o pé na areia e brindarmos ao momento com uma sangria de espumante e frutos vermelhos absolutamente maravilhosa.

O ambiente é acolhedor e de praia, o que permite conciliar descontração e sofisticação, ser despretensioso, mas requintado. As entradas frias e quentes permitiram-nos contrastar o camarão frio com o quente, numa deliciosa mistura de sabores e texturas. Estavam reunidas todas as condições para um momento bem passado e a conversa rapidamente saltou para as ruidosas gargalhadas que não conseguimos conter. E ainda bem. Como diz o Joel não há nada como conversar com amigos e ter o mar como moldura (lá está ele sempre preocupado como e onde vai ficar a foto!).

_RR_9901v1_JR _RR_9907v1_JR _RR_9906v3_JR

Nós aqui gostamos de escolhas saudáveis e coloridas, por isso o peixinho grelhado com a salada e fruta deram-nos uma refeição light, mas deliciosa. Mas, claro que não negámos o miminho seguinte e “atacámos” um petit gateau com gelado de baunilha, como os miúdos a lambuzarem-se com um doce. Sim, para que não haja dúvidas, nós aqui gostamos de comer bem. Nós aqui somos gulosos.

Depois do café deixámo-nos ficar. O mar, as ondas, a companhia, o sol fizeram-nos ficar a trabalhar ali, o que acabou por ser #justanotherdayintheoffice, ou seja, another day at South Bay.

_RR_9929v1_JR

Nós aqui vamos ao Borda d’Água.
Nós aqui temos isto.

P.S. O Joel prometeu voltar com a Melita. Melita, não te esqueças de o lembrar.

Oliveira, Moto3 race, Catalunya MotoGP 2014

#5 PARABÉNS MIGUEL OLIVEIRA!

parabenizamos ISTO desporto 1

Nós aqui, temos (vice) campeão.

Miguel Oliveira depressa nos habituou a vencer e a ouvir a o hino português ao longo deste ano. E este domingo não foi exceção. Venceu a corrida e sagrou-se (vice) campeão de Moto3 no Campeonato do Mundo.

Oliveira, Moto3 race, Catalunya MotoGP 2014

A época foi brilhante e e fez-nos vibrar e sofrer de ansiedade durante o campeonato. O piloto teve um início difícil, mas mostrou a sua garra e o seu talento alcançando seis triunfos, quatro segundos lugares e três terceiros, em 79 corridas, para um total de 672 pontos. Et voilá, Miguel Oliveira tem 20 anos, é português e é da Lisbon South Bay.

Nós  aqui aplaudimos a evolução de Miguel Oliveira, que nos “tempos livres” estuda medicina dentária. Nós aqui desejamos que o futuro campeão de Moto2 de futuro dentista continue os sucessos nos desafios que abraça.

Não escondemos a nosso admiração por Miguel Oliveira, e por isso, desafiamo-lo a conversar aqui, no Lisbon South Bay blog.

Obrigada Miguel.

Nós aqui temos Miguel Oliveira.
Nós aqui temos isto.

abqeppzsj8hm7ym2js8ifrdla

NÓS AQUI, TEMOS ESCOLHAS SAUDÁVEIS.

Os estados membros da União Europeia celebram hoje o Dia Europeu da Alimentação e Escolhas Saudáveis e da Cozinha Saudáveis. Nós aqui apoiamos a iniciativa que procura consciencializar a importância de uma alimentação saudável nas crianças e travar o crescimento da obesidade infantil.

Nós aqui não temos por princípio ser fundamentalistas. Queremos aproveitar ao máximo o melhor da Lisbon South Bay, mas também gostamos de passear, frequentar, experimentar, trabalhar, degustar “além-fronteiras”. E um dos grandes pontos a favor da margem sul é estar ao lado da cidade maravilhosa que é a nossa capital.

Captura de ecrã 2015-11-10, às 13.42.14

Ficamos felizes por saber que as escolas daqui encorajam as nossas crianças numa escolha de alimentação saudável, mas não proibitiva. Ou seja, há dias em que as gomas, as batatas-fritas, os snacks e outras iguarias que fazem as delícias das crianças são permitidas, tudo com conta peso e medida. O fruto proibido é o mais apetecido, mas  há momentos que justificam “deslizes”. Momentos esses que devem ser compensados por exercício físico e uma alimentação maioritariamente saudável.

Como nunca é demais relembrar, recomendamos umas dicas que ajudam a conseguir alimentação equilibrada:

. tomar o pequeno-almoço todos os dias;

. comer de 3 em 3 horas;

. comer 5 peças de fruta/legumes por dia;

. beber uma boa quantidade diária de água;

. usar menos sal e açúcar nas refeições.

 

Nós aqui apoiamos escolhas saudáveis.
Nós aqui temos isto.

Leão18

O PECADO DA PREGUIÇA

espreguiçamos n’ 1

 

Diz que hoje é Dia Internacional da Preguiça e, apesar de não lhe vermos grande utilidade, há que assinalar a data.

Diz a Wikipédia que o preguiçoso é o indivíduo avesso a atividades que mobilizem esforço físico ou mental. De modo que lhe é conveniente direcionar a sua vida a fins que não envolvam maiores esforços. E tendo em conta o verão de S. Martinho que apareceu muitos decidiram espreguiçar-se nas praias da Lisbon South Bay. E fizeram uma ótima escolha, o dia está fantástico, a água convida e os bares/restaurantes da praia estão aqui para vos receber de braços abertos.

Apesar da preguiça ser considerado um dos 7 pecados, não nos parece que se deva gozá-la somente neste dia e nos outros 364 ou 365 dias do ano ela não possa dar o “ar da sua (des)graça”. De quando em vez, a preguiça tem direito a um “espacinho” até pelo prazer de conseguir combatê-la e ganhar-lhe. E também, em doses q.b., é bom dar-lhe alguma confiança.

Ora se a preguiça é o “cérebro a enviar mensagens para o corpo para poupar energia”, o nosso está a receber essa mensagem agora mesmo, por isso vamos ficar por aqui.

Nós aqui espreguiçamos n’isto.
Nós aqui temos isto.

 

BENFICATV

MÃE, ESTAMOS NA TV!

agradecemos isto 1

Nós aqui estamos a preparar com todo o cuidado o lançamento do nosso blog. Até ao lançamento, ainda não estamos a fazer divulgação, mas ontem tivemos uma (agradável) surpresa. O Lisbon South Bay blog foi anunciado em primeira mão na Benfica TV, ontem às 23h no programa “Jogo Limpo” moderado pelo Luis Lemos.

O Luís recebeu o Bruno Caires (com quem já tivemos a oportunidade de conversar no Lisbon South Bay blog) e o Professor Fernando Seara. No programa falou-se bastante do contributo da Lisbon South Bay e dos seus atletas para o desporto nacional. Foi recordada a dificuldade que era fazer a travessia para se chegar a Lisboa e o tempo que levava para se treinar e jogar na capital. Hoje em dia já se colmatou grande parte dessas dificuldades e os treinos de grandes equipas como o Benfica (mais uma preferência que não vamos conseguir disfarçar, por isso há que assumi-la) passaram a ser aqui, na South Bay. Afinal, o Benfica sabe o que é bom e o que motiva os seus atletas.

Daí que, o Luís tenha anunciado o nosso blog como um importante projeto para contribuir para a relevância da margem sul e deu a conhecer – o Lisbon South Bay blog. E o Professor quis ouvir outra vez o nome. O Luís fez-lhe a vontade e ainda o convidou para a nossa festa de lançamento. Fernando, será muito bem-vindo e uma honra para nós contarmos com a sua presença.

Nós aqui estamos na Benfica TV.
Nós aqui temos isto.

EDIT_JOEL_03_JR

DIA DE HALLOWEEN

brincamos a isto 1

Só por estarmos a chamar ao “Dia das Bruxas” Halloween, já devemos estar a pôr os fundamentalistas do “não uso de estrangeirismos” de cabelos em pé, entre os quais os que defenderam que “margem sul” não deve ser dito South Bay. A verdade é que há espaço para as duas designações e, muitas vezes o uso de palavras noutra língua torna-se mais eficaz ou mais fácil de explicar e/ou entender.

Mas, não é sobre esse tema que vamos falar, porque a “doideira” que foi este Halloween (e não foi só aqui, na margem sul) impera que esse assunto fique para “outras núpcias”. Confesso que não sou grande fã (à semelhança do Carnaval, nem sempre me consigo imbuir no espírito, mas respeito e já me diverti à conta disso). O que é certo é que as miúdas nunca ligaram a isso e este ano decidiram que o iam fazer!

Recordo o ano passado em que fui tratar das suas fatiotas e ficaram na embalagem das compras por uma luta de personalidade da Victória afirmando que nunca se ia meter numa coisa dessas. E até ao dia 29 de outubro de 2015 estava preparada para manter essa convicção. Como 31/10 este ano calha a um sábado, a festa de Halloween na escola da Victória, na Verdizela, foi na véspera e é antes disso que ela informa que quer ir vestida de bruxa. Ao qual eu disse:

– Mas tu nunca queres! – disse atarantada.
– Mas amanhã quero, por isso vai comprar. – disse ela decidida.

Não adorei o tom, mas antes que fechasse o local mais próximo para adquirir máscaras para o efeito lá fui eu e, e qual o meu espanto, tudo esgotado! Achei que se ia esquecer, mas o serão foi recheado de travessuras nesse sentido:

– Oh “Bruxa Marlene”, quero ir mascarada amanhã para a escola. – argumentou no alto dos seus quase 5 anos.

Fiquei sem fala (or speechless, if you know what I mean.). Não percebi se era uma indireta ou uma direta, mesmo. Ela riu-se com ar de gozo e eu deixei passar.

No dia seguinte, não tínhamos fatiota e a pequena não se contentava com qualquer coisa ou acessório. Ou é ou não é. Então não foi! Não sei se isso é assustador ou é bom. Vou acreditar que é assustadoramente bom.

Quando cheguei à escola, não me fiquei a sentir bem. Tomei consciência da minha travessura ao ver todos os miúdos mascarados e a Victória a denunciar a “Bruxa Marlene” por não ter ido vestida para o Halloween! Fiquei com aquela sensação de falhanço e prometi a mim mesma, que não voltava a acontecer. Próximo Halloween ela vai ser abóbora, bruxa ou esqueleto, vou ter tudo “à mão” para não ser apanhada na curva. Mãe sofre. Ainda dizem que as bruxas não existem, mas que elas existem, existem.

Nós aqui temos Halloween.
Nós aqui temos isto.

Fotografia: Joel Reis