Artigos

FestasCorroios

FESTAS DE CORROIOS TÊM NOVIDADES. 18 a 27 agosto

aplaudimos

aqui anunciámos o cartaz das Festas de Corroios, mas o programa das festas atualizado está já aqui que não queremos que te falte nada, para poderes curtir que nem maluco(a) uma das festas mais badaladas da margem sul. Corroios está muita forte no cartaz e vai ser difícil ficar em casa. Estou só a avisar, mas reparem bem quem lá vai animar a malta:

Palco Carlos Paredes

Dia 18 – Capitão Fausto + Rua Direita [Vencedores do XXII FMM Corroios’2017]
Dia 19 – XXXIII Festival de Folclore de Corroios
Dia 20 – Carlos Leitão [Noite de Fados]
Dia 21 – Remember Revival Band
Dia 22 – Quim Barreiros
Dia 23 – Moonspell
Dia 24 – Diogo Piçarra
Dia 25 – The Gift
Dia 26 – Nelson Freitas + Kontakto [1ª parte]
Dia 27 – GNR

Palco Liberdade

Dia 18 – Grupo de Sevilhanas Rocieras de Alcochete
Dia 19 – Grupo Coral Gerações – Algueirão
Dia 20 – SAHARA – Dance Studio
Dia 21 – Associação Grupo Coral e Instrumental “Ventos & Marés”; Grupo Coral e Instrumental; “Moinho de Maré”
Dia 22 – Johnny’s Band
Dia 23 – Grupo Coral Instrumental “Os Sempre Jovens”; Grupo Coral e Instrumental “Cantar é Viver”; Grupo Cavaquinhos “Os Rouxinóis”
Dia 24 – Professora Virgínia Gonçalves e suas Classes de Dança
Dia 25 – Grupo Nafisah – Danças Orientais; Grupo Sway – Danças de Salão; Grupo Hip Hop
Dia 26 – Noite Cultural do CCRAM
Dia 27 – Sevilhanas; Cavaquinhos e Concertinas; Grupo Coral “Os Rouxinóis”

Palco Arraial

Dia 18 – Duo Musical Ritmos
Dia 19 – Duo Musical H. C. Som
Dia 20 – Duo Musical Maravilha
Dia 21 – Trio Musical Clave
Dia 22 – Trio Musical Novo Ritmo
Dia 23 – Trio Musical Ipanema
Dia 24 – César Silva
Dia 25 – Trio Musical Ludgero
Dia 26 – Cátia Sofia
Dia 27 – Duo Musical Victor Ginja e Beto

E pronto, não podem ir um dos dias e já estão com um camadão de nervos porque vão passar-vos cenas ao lado! Calma, o Xanax está aqui para ajudar. Este ano há uma aplicação disponível na Google Play AQUI para acompanharem tudo o que se passa nestas festas.

Quem é amiga, quem é? Ah pois é!
Boas festas e divirtam-se.

Nós aqui temos as Festas de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

Festas de Corroios

FESTAS DE CORROIOS JÁ TÊM CARTAZ. 18 e 27 agosto.

aplaudimos

É só em Agosto? É. Mas, aqui não se perde tempo para anunciar quem vem animar os palcos nas Festas de Corroios 2017. São 3 palcos e muitos artistas que vão atuar de 18 a 27 de agosto e há músicos para todos os gostos e feitios. Ora vejam:

Palco Carlos Paredes

Dia 18 – Capitão Fausto + Rua Direita [Vencedores do XXII FMM Corroios’2017]
Dia 19 – XXXIII Festival de Folclore de Corroios
Dia 20 – Carlos Leitão [Noite de Fados]
Dia 21 – Remember Revival Band
Dia 22 – Quim Barreiros
Dia 23 – Moonspell
Dia 24 – Diogo Piçarra
Dia 25 – The Gift
Dia 26 – Nelson Freitas
Dia 27 – GNR

Palco Liberdade

Dia 18 – Grupo de Sevilhanas Rocieras de Alcochete
Dia 19 – Grupo Coral Gerações – Algueirão
Dia 20 – SAHARA – Dance Studio
Dia 21 – Associação Grupo Coral e Instrumental “Ventos & Marés”; Grupo Coral e Instrumental; “Moinho de Maré”
Dia 22 – Johnny’s Band
Dia 23 – Grupo Coral Instrumental “Os Sempre Jovens”; Grupo Coral e Instrumental “Cantar é Viver”; Grupo Cavaquinhos “Os Rouxinóis”
Dia 24 – Professora Virgínia Gonçalves e suas Classes de Dança
Dia 25 – Grupo Nafisah – Danças Orientais; Grupo Sway – Danças de Salão; Grupo Hip Hop
Dia 26 – Noite Cultural do CCRAM
Dia 27 – Sevilhanas; Cavaquinhos e Concertinas; Grupo Coral “Os Rouxinóis”

Palco Arraial

Dia 18 – Duo Musical Ritmos
Dia 19 – Duo Musical H. C. Som
Dia 20 – Duo Musical Maravilha
Dia 21 – Trio Musical Clave
Dia 22 – Trio Musical Novo Ritmo
Dia 23 – Trio Musical Ipanema
Dia 24 – César Silva
Dia 25 – Trio Musical Ludgero
Dia 26 – Cátia Sofia
Dia 27 – Duo Musical Victor Ginja e Beto

E para já é isto, mas há medida que houver mais novidades, avisamos. Marquem já na agenda que as Festas de Corroios são dignas de parar tudo.

CartazFestasCorroios

Nós aqui temos Festas de Corroios.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar

received_10205963966634879

OS PREPARATIVOS PARA O LANÇAMENTO DO NOVO ÁLBUM DO NELSON FREITAS FORAM NO ALMADA FORUM.

cuidamos

Ficámos logo entusiasmadas com o convite do Nelson Freitas para o lançamento do seu novo album Four, ontem no Petit Palais by Olivier. By the way, foi espetacular, mas já lá vamos.

Para este grande acontecimento tinhamos de estar à altura, que é como quem diz “au point”, “muita bem”, impecáveis, ou em linguagem cibernáutica top, top, top. Sim, porque queríamos estar umas estrelas junto das estrelas. E, estávamos. O evento foi na North Bay, mas foi na Lisbon South Bay que tratamos dos preparativos, e desculpem a imodéstia, mas ficamos uns “xuxuzinhos” (leia-se giras, mas giras).

E agora permitam-nos um momento mais direcionado ao universo feminino (ou então não, o que nos parece lindamente).

E onde é que fomos para ficarmos assim?
Ao Almada Forum, óbvio. Conseguimos tratar de tudo num só lugar e num curto espaço de tempo, aqui. Querem saber como? Nós contamos tudo.

Depois do chek-up rápido para vermos o que precisávamos fomos à Wiñk fazer um Threading de sobrancelhas. What?! Oi? Sim, um método artístico de remoção de pelo oriundo da Ásia (sim, fomos à wikipédia)! O adjetivo é nosso, mas quem já experimentou ou viu vai ter de concordar, “desenhar” sobrancelhas com uma “linha enfiada nos dentes”, não é para qualquer um. Não. Obviamente não se trata de uma qualquer linha, é um fio de algodão especial, usado com uma técnica precisa feita por profissionais.

Screen Shot 2016-04-15 at 21.03.20

ATENÇÃO: Não tente fazer isto em casa. Isto é para quem sabe, e se formou para isso. Nós, os outros, vamos à Wiñk! Arranjar sobrancelhas exige sempre perícia e saber-fazer, mas aqui é um trabalho mais artístico e o resultado final mostra isso mesmo. Et voilá, num curtíssimo espaço de tempo saímos com um novo olhar, sim, influencia mesmo a luminosidade do nosso rosto.

O nosso muito obrigada pela forma como fomos recebidas e cuidadas e os nossos parabéns pelo notório “antes e depois”.

Seguimos para a resolução da grande questão que impera nas nossas cabeças (assumimos!), o que é que vamos levar vestido? Poupem-nos aquele desígnio habitual de:

Como é que com um roupeiro cheio de roupa estão com esse problema?

Não sabemos a resposta. Só sabemos que tivemos a necessidade de ter alguma coisa diferente do que está no closet (para dar aqui uma ar mais pomposo) e não nos peçam para explorar mais este assunto.

Aqui, cada uma foi por “seu lado”. A Catarina foi à H&M e à Massimo Dutti e eu fiquei na Zara. E, não foi muito difícil. Foi pegar, vestir e, já está. Mulheres decididas. (tem dias!)

13009999_10205963971434999_1683146527_o

Faltava o momento tcharan. A maquilhagem ou, roubando a minha expressão preferida para isso, criada por uma amiga (Joana Faria, aquele abraço), o bonitising (que é uma mistura entre o português e o inglês. Quer dizer embelezamento. “Vou ali fazer o bonitising”. Muito bom, não é?).

Mais uma arte que não dominamos, mas neste caso já podemos fazer tentativas em casa, ou algumas de nós, não. Não, sem falar com quem sabe, porque tão depressa podemos ficar umas grandes brasas e perceber que afinal temos ali um “quê” maior que o expectável, como podemos ter o efeito inverso. Isso é que não!

Não houve dúvida onde íamos. Direitinhas à MAC. Ou é ou não é. E aqui foi.

A Daniela Vinhas recebeu-nos com uma enorme simpatia, generosidade e mestria e bastaram uns minutinhos na loja para perceber que são atributos da sua imagem de marca.

E por falar em imagem, ficámos rendidas ao conhecer as colaboradoras da loja. Todas com uma identidade própria e estilos diferentes, mas com um denominador comum – muito bem maquilhadas. Um dia quando eu for grande quero acordar assim!

Mas até lá, ficamos nas mãos da Daniela que cuidou de mim e a Déborah Bettencourt que “tratou” da Catarina. Há um grande cuidado em explicar todos os passos e o que estão a fazer. Nós, nós estamos a tentar apanhar tudo, na ínfima esperança de um dia obter um resultado daqueles em casa. É pouco provável, mas não é impossível!

Começámos pelo olhar e eu estava a sentir que estava a ganhar aquele olhar felino arrasador. Provavelmente, estou-me a entusiamar um bocadinho, mas que é uma diferença notória, é. Com aquele olhar, o mundo é nosso. Pelo menos o nosso mundo. Uma boa make up é uma grande injeção de confiança. Ah, se é.

Quando terminou ficámos PO-DE-RO-SAS. U-A-U. IM-PRES-SIO-NAN-TE.

Desculpem, o exagero, mas não é todos os dias que nos olhamos ao espelho e vemo-nos assim. Ou pelo menos não era…(risos parvos neste momento).

Os nossos agradecimentos a toda a equipa e os parabéns por deixarem as nossas  “carinhas larocas” e felizes.

Almada Forum: “We’ll be back”. Soon!

13022384_10208777217365013_945124776_n

13016479_1143736725657571_29722911_o

Já dizia o Nelson Freitas – “essa miúda é linda, oh yeah…”

Chegámos ao grande evento confiantes de uma grande noite, mas todas as nossas expectativas foram superadas. Estivemos no palco a ver e ouvir um dos melhores espectáculos que assistimos ao vivo e a cores. Os extraordinários duetos com outros grandes artistas: Mikkel Solnado, Richie Campbell, Mayra Andrade e Loony Johnson.

Marlene Gaspar, Catarina Laborinho, Nelson e Gisele Freitas e Sandra Bizarro.

Marlene Gaspar, Catarina Laborinho, Nelson Freitas, Giselle Lopes e Sandra Bizarro.

Nós já somos 4 ever fãs do Nelson como artista e como ser humano. Obrigada Nelson Freitas e família (inclui toda a equipa de staff que é igualmente 5 estrelas. Miguel Ângelo estás aqui (ícone de um coração). O album pelo que se viu já é um sucesso, mas vai ser ainda mais.

A aplaudir o Nelson também estavam resmas de “vedetes” como o C4 Pedro, Buraka Som Sistema, Agir (uma simpatia também) e muitos outros.

Deixamos aqui um “cheirinho”, mas veja mais sobre a festa no nosso hall of fame.

Cristiana Foucinha, Frederico Massapina, Rui Tomás, Gisele Freitas, Catarina Laborinho, Sandra Bizarro e Marlene Gaspar.

Cristiana Boucinha, Frederico Massapina, Rui Tomás, Giselle Lopes, Catarina Laborinho, Sandra Bizarro e Marlene Gaspar.

Nelson Freitas

Nelson Freitas

"Four" o novo Álbum de Nelson Freitas

“Four” o novo Álbum de Nelson Freitas

Nelson Freitas feat. Richie Campbell

Nós aqui temos os melhores preparativos.
Nós aqui temos isto.
By the way – a propósito

We’ll be back. Soon. – Nós voltamos. Brevemente.
Au point – no ponto.

Fotografias PEDRO CIRIACO PHOTOGRAPHER

NELSON FREITAS

ENTREVISTA COM #NELSON FREITAS

falamos

Nelson Freitas cantor e produtor musical holandês, de origem cabo-verdiana. Casado e com 2 filhos escolheu a Herdade da Aroeira para sua casa de férias. O seu estilo musical incorpora R&B e hip-hop combinados com zouk, kizomba e música tradicional de Cabo Verde.

Ainda adolescente entretinha o público através do breakdance. Depois de uma pausa como dançarino, tornou-se vocalista do grupo Quatro. Atualmente assume-se como produtor, escritor, cantor, engenheiro e dono da GhettoZouk Music, um selo criado por Nelson Freitas com artistas como Chelsy Shantel & William Araujo.

Nelson sentiu a necessidade de uma carreira individual que iniciou com o lançamento do seu primeiro álbum a solo onde tem feito enorme sucesso.

Lisbon South Bay blog foi ao seu encontro, na sua casa na Aroreira, onde com ele tocámos neste blog.

Vamos então ouvir… isto!

Fotografia: Joel Reis