Artigos

castanhas

NÓS AQUI, TEMOS MAGUSTOS.

#NOSAQUI 5

Se o Natal é quando um Homem quiser o magusto também. Neste último caso, enquanto for época de castanhas. Eu adoro castanhas. Se há coisa que aprecio no tempo mais frio é comer castanhas, sejam elas assadas, cozidas, cruas ou “disfarçadas”, como por exemplo, em puré de castanha.

Por isso, o Lisbon South Bay blog marcou presença na festa do magusto no Parque Desportivo da Verdizela organizada pela Associação de Moradores da localidade. E ainda bem. Foi uma tarde muito bem passada ao ar livre, mas como se estivéssemos em casa. Fui com a Victória de bicicleta e parecia um encontro de pais e mães da escola. Como diz a Catarina nós aqui temos a sorte de ver a segunda geração, os nossos filhos, andarem todos juntos na escola e por isso acaba por ser um ambiente familiar, onde toda a gente se conhece.

castanhas1

A Associação de Moradores tinha tudo muito bem organizado e os “comes e bebes” estavam uma delícia com um serviço de primeira. Provavelmente só aqui é que uma dúzia é igual a 16, mas nós aqui gostamos da exceção que confirma a regra. Sim, porque as castanhas “eram boas, mas boas” e fizeram o meu estômago bater palmas de contente. Para não correr o risco de se apanhar alguma podre e, vá mais uma ou duas para a menina, serviram “a dúzia” com 16 castanhas.

O parque está muito bem cuidado e com diversas atrações: escorregas, baloiços, parque de merendas, campos de ténis, padel, futebol, ping pong, basket e casas de banhos asseadas para pequenos e graúdos.

Captura de ecrã 2015-11-23, às 11.04.51

Mas, nós aqui temos mais S. Martinho por isso aproveitem num magusto perto de si.

Nós aqui temos magusto.
Nós aqui temos isto.

Leão18

O PECADO DA PREGUIÇA

espreguiçamos n’ 1

 

Diz que hoje é Dia Internacional da Preguiça e, apesar de não lhe vermos grande utilidade, há que assinalar a data.

Diz a Wikipédia que o preguiçoso é o indivíduo avesso a atividades que mobilizem esforço físico ou mental. De modo que lhe é conveniente direcionar a sua vida a fins que não envolvam maiores esforços. E tendo em conta o verão de S. Martinho que apareceu muitos decidiram espreguiçar-se nas praias da Lisbon South Bay. E fizeram uma ótima escolha, o dia está fantástico, a água convida e os bares/restaurantes da praia estão aqui para vos receber de braços abertos.

Apesar da preguiça ser considerado um dos 7 pecados, não nos parece que se deva gozá-la somente neste dia e nos outros 364 ou 365 dias do ano ela não possa dar o “ar da sua (des)graça”. De quando em vez, a preguiça tem direito a um “espacinho” até pelo prazer de conseguir combatê-la e ganhar-lhe. E também, em doses q.b., é bom dar-lhe alguma confiança.

Ora se a preguiça é o “cérebro a enviar mensagens para o corpo para poupar energia”, o nosso está a receber essa mensagem agora mesmo, por isso vamos ficar por aqui.

Nós aqui espreguiçamos n’isto.
Nós aqui temos isto.

 

Screen Shot 2016-08-18 at 17.59.25

BEM-VINDOS AO LISBON SOUTH BAY blog

noa aqui mostramos

Podia ter sido só mais uma conversa de café entre duas amigas, mas tornou-se mais, foi muito mais que isso.

A experiência profissional da Catarina é na área de design e a minha (Marlene) na comunicação e no marketing. No verão de 2015 os nossos caminhos ficaram mais próximos e conversa puxa conversa acabámos por descobrir que havia muito mais que nos unia do que nos separava. Somos praticamente vizinhas, mas vivemos em concelhos diferentes – uma na Aroeira (Almada) e a outra na Verdizela (Seixal). É aqui que usufruimos da ambicionada “qualidade de vida”, proporcionada pelos recursos disponíveis da região (ah, e pelo nosso otimismo, claro!).

Um projeto aqui, uma conversa ali, uma opinião, um parecer fez com que achassemos que podíamos fazer alguma coisa juntas. Uma desafiou a outra a pensar nisso e rumámos às merecidas férias em família.

E, de repente, a notícia da nova designação Lisbon South Bay criada por três concelhos da margem sul deu forma à ideia:

– E se fizéssemos um blog para conhecermos e dar a conhecer as “maravilhas” da “margem sul”? Um blog que consiga ir mudando a percepção dos comentários redutores e, por vezes, preconceituosos sobre a região? Mostrar que são infundados e permitir que mais pessoas tenham acesso ao que é verdadeiramente bom? – desafia uma.

– Eh pá, isso faz todo o sentido. – aceita prontamente a outra.

– Temos de pensar num nome.

– Lisbon South Bay blog. Queres mais simples e direto?

– Sim, mas imensa gente criticou isso!

– E depois? Há sempre alguém que critica tudo e mais alguma coisa. Nós gostamos, “puxa a zona” para o lugar que ela merece. Vamos fazer da Lisbon South Bay os Hamptons!

– Vamos.

Este diálogo e os que se seguiram davam um livro, mas vamos querer que os descubram diariamente e nos ajudem a encontrar e a revelar o melhor que aqui temos. Nós aqui, temos isto: agenda, cultura, gastronomia, turismo, desporto, lazer, serviços, conversas, atividades, indústria, comércio, lugares onde ficar, visitar. AQUI, na Lisbon South Bay.

Nós aqui queremos que vejam isto.

Nós aqui, temos isto.

Ph: Joel Reis