Artigos

SoldaCaparica

GRANDE E PROMETIDA REPORTAGEM DO SOL DA CAPARICA.

festivalamos

O prometido é devido. Em mais uma edição do Festival Sol da Caparica, o Lisbon South Bay blog não pode deixar de estar presente, mas desta feita com uma novidade. A reportagem foi assegurada pela equipa Célia Estrela – a repórter e Mário Nabais – o fotógrafo. E não podíamos ter tido melhores profissionais para acompanhar tamanho acontecimento. Como não podia deixar de ser, prata da casa, que é como quem diz, malta da margem sul.

RepórteresSolCaparica

Equipa de reportagem do LSBb – Célia Estrela e Mário Nabais

O festival foi super animado, estava bem organizado e o público não faltou à chamada.O ambiente do festival é descontraído, relaxado e com um refrescante cheiro a maresia. O festival é muito mais do que um espetáculo de música e por isso temos à disposição os espaços verdes com exposições de arte como o grafitti, a pintura, o vídeo mapping e um food trucks com comida para todos os gostos.

No espaço Debaixo da língua decorreram várias atividades ligadas à paixão pela escrita como encontros e conversas com artistas, poetas, e declamadores, onde Bonga e os HMB conversaram sobre música e a língua portuguesa de uma forma descontraída e informal.
DebaixodaLingua

Debaixo da Língua com Bonga e HMB. Foto: Mário Nabais

O palco dança com a direcção artística da Show It Dance Academy, abriu com muita animação.

Showit

Show it Academy. Foto: Mário Nabais

Coube à Maria e ao Fábio do programa da SIC, ACHAS QUE SABES DANÇAR, ensinar as coreografias e pôr toda a gente a dançar. Este palco esteve sempre a animar e foram os atores principais nos intervalos dos concertos do palco Blitz.
Os FOGO-FOGO tiveram a honra de abrir o Palco Blitz e com os seus ritmos cabo-verdianos e puseram toda a gente a dançar com muito fogo nos pés, dos 8 aos 80.
FogoFogo

Fogo-Fogo. Foto: Mário Nabais

Os Lisbon Poetry Orchestra declamaram poemas escolhidos por muitos dos artistas que passaram pelo Sol da Caparica, que estão reunidos no livro Debaixo da Língua lançado durante o festival.
LisbonPoetryOrchestra

Lisbon Poetry Orchestra. Fotos: Mário Nabais

No palco Blitz brilharam vários artistas. Todos comeram a fruta e muito mais com o mestre Bonga que pôs toda a gente a dançar ao som dos ritmos angolanos, seguido pelos  Sam Alone que trouxeram sons do Rock and Roll ao Festival e a cabeça de cartaz foi a grande Mariza que interagiu com o público e até opinou sobre o seu descontentamento com os calções curtos envergados pelas jovens! Polémicas à parte, deu mais um concerto que encheu o público. Do fado passou-se ao RAP com o diamante brasileiro – o Criolo. Mas a procissão ainda estava no adro! Regula levou os fans ao rubro com um público muito jovem que por esta altura enchia o festival. Os HMB fecharam a primeira noite do festival com a casa cheia, público muito jovem e animado que demonstrou que o Amor é Assim…
Bonga e SamAlone
MarizaeCriolo
RegulaeHMB

Bonga, Sam Alone, Criolo, Regula e HMB. Fotos: Mário Nabais

O palco SIC/RFM abriu ao som do projeto TAIS QUAIS, que reúne vários artistas conhecidos com Tim dos Xutos, Vitorino, João  Gil e Celine da Piedade, interpretam musicas conhecidas em versão alentejana, a animação fica a cargo do humorista alentejano Serafim.
TaisQuais

Tais Quais. Foto: Mário Nabais

No dia seguinte o palco blitz foi aberto pelo Bispo que evangelizou todos os presentes. O “novato” destas andanças de festivais foi o Carlos do Carmo que demonstrou estar à altura e feliz, surpreendido com o ambiente. Carlão demonstrou que estava em casa ou não fosse um filho da margem sul e como sempre partiu a loiça toda trazendo para além do hip hop algumas músicas dos Da Weasel e a noite encerrou com os grandes (façam favor de fazer uma vénia) Xutos & Pontapés.
TimCarlao

Carlão e Xutos & Pontapés. Foto: Mário Nabais

O Festival também tem um dia dedicado ao melhor do mundo – as crianças, e as suas famílias. Mais uma edição que soma e segue e que demonstra que o Sol da Caparica está aí para as curvas e para continuar a brilhar e aquecer as noites de verão. O meu especial agradecimento à Célia e ao Mário que fizeram uma excelente reportagem.
Ie ie ie ie, o Sol da Caparica é que é.
Nós aqui temos o Festival Sol da Caparica.
Nós aqui temos isto.
Reportagem: Célia Estrela
Fotografia: Mário Nabais
Texto: Marlene Gaspar
Sol da Caparica

NÓS AQUI FOMOS AO FESTIVAL SOL DA CAPARICA

festivalamos

Ah pois é, nós aqui fomos ao festival do Sol da Caparica que decorreu entre os dias 11 e 14 de Agosto, aqui na nossa South Bay. Deolinda, Diogo Piçarra, Nelson Freitas, Rui Veloso, Os Azeitonas ou Ana Moura foram alguns dos artistas que passaram este ano por este festival.

Veja aqui os melhores momentos.

Nós aqui, temos Festival Sol da Caparica.
Nós aqui, temos isto.

Realização: Marlene Gaspar
Captação e edição de imagem: Zito Colaço

1

O SOL DA CAPARICA FOI QUENTE E BOM.

festivalamos

E outra coisa não seria de esperar neste grande festival da margem sul inteiramente dedicado à música portuguesa.

O calor fez-se sentir pelas altas temperaturas e, principalmente, pelo calor dos excecionais artistas que pisaram o palco e do não menos espetacular público que os acolheu. O Parque Urbano da Caparica é um excelente anfitrião do evento e estiveram reunidas todas as condições para que fosse excecional. E foi.

Sol da Caparica

Sol da Caparica

Fotografia Soundsgood

Sol da Caparica

Sol da caparica

Sol da caparica

Vamos contar tudo, brevemente, neste blog sempre perto de si.

Nós aqui, temos Festival Sol da Caparica.
Nós aqui, temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotos: Zito Colaço

Autocarro

HORÁRIOS E TRANSPORTES PARA O SOL DA CAPARICA.

festivalamos

Já estamos em contagem para o grande festival – Sol da Caparica. Faltam 3 dias. O festival é de 11 a 14 de Agosto! 

O cartaz apresenta argumentos irrefutáveis que não dão azo a faltas ou qualquer razão para não comparecer. Ora espreite:

Jimmy P, Os Azeitonas, The Black Mamba, Keep Razors Sharp, Valete e Capitão Fausto, David Fonseca, Ala dos Namorados, Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras, Melech Mechaya, Aline Frazão e Jorge Palma & Sérgio Godinho , Rui Veloso, The Gift, Aurea, Deolinda,C4 Pedro, Ana Moura, Diogo Piçarra, Ex-Wife, Mão Morta, O Rappa, Orelha Negra, Mundo Segundo & Sam the Kid, Dj Zé Pedro, Marta Ren, Nelson Freitas, Cristina Branco e Mário Laginha trio, Elida Almeida , We Trust e os Djs RFM Rich e Mendes.

Para não perder pitada nem perder nenhum grande concerto veja aqui os horários:

Cartaz Sol da Caparica 2016
Dia 11
Palco Blitz
18H – Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras
19H – Aline Frazão
20H – Marta Ren
21H – Valete
22H – Mão Morta
Palco SIC RFM
20H – Deolinda
21H – David Fonseca
22H15 – O Rappa
23H15 – Orelha Negra
00H15 – C4 Pedro
02H00 – Rich & Mendes

Dia 12
Palco Blitz
18H – Roda de Choro de Lisboa
19H – Elida Almeida
20H – Melech Mechaya
21H – Mundo Segundo & Sam the Kid
22H – Jimmy P
Palco SIC RFM
20H – Cristina Branco & Mário Laginha
21H – Diogo Piçarra
22H – Jorge Palma & Sérgio Godinho – Juntos
23H15 – Aurea
00H30 – The Gift
02H – Djeff Afrozila

Dia 13
Palco Blitz
18H – The Black Mamba
19H – We Trust
20H – Capitão Fausto
21H – Keep Razors Sharp
22H – X-Wife
Palco SIC RFM
20H – Ala dos Namorados
21H – Ana Moura
22H15 – Nélson Freitas
23H15 – Os Azeitonas
00H30 – Rui Veloso
02H – Dj Zé Pedro

Dia | 14 Agosto
O Sol da Caparica das Crianças 
Em equipa vencedora não se mexe e por isso os mais pequenos continuam a ter um dia especial no festival – o dia 14 de Agosto –programação musical especial, novas brincadeiras e muitas surpresas para toda a família – Canções de Roda, Lengalengas e Outras Que Tais por um quarteto de peso: Ana Bacalhau, vocalista dos Deolinda, Samuel Úria, Sérgio Godinho e Vitorino. 

O preço dos bilhetes é de 35 € (passe), 15 € (bilhete diário) ainda com descontos para munícipes e crianças.
O Fã Pack Fnac para além do passe para quatro dias de festa, oferece um CD de Tim ao vivo n’O Sol da Caparica gravado o ano passado, e mais ofertas dos parceiros do festival!

A TST vai ter autocarros personalizados com horários extraordinários, que facilitam o acesso ao festival – Da 1h às 3h15 da manhã. Os percursos são da Praça de Espanha para quem vem de Lisboa e Fogueteiro para quem está na margem sul. Preço é a tarifa de bordo – €3,25 e não será válido outro título de transporte.

Autocarro

Vão ser quatro dias de celebração de sol, praia, surf e música  no Parque Urbano da Costa da Caparica, no coração da nossa margem sul. Junte-se às mais de 70 mil pessoas que já foram ao festival e anime-se em grande.

Nós aqui temos o Sol da Caparica.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Foto: CMAlmada

sol da caparica

O ALMADA FORUM OFERECE BILHETES PARA O SOL DA CAPARICA. SAIBA COMO. 11, 18 e 25 JULHO.

METEMO-NOS

A época dos festivais está em altas e o grande festival da margem sul – o Sol da Caparica está a chegar. É já no próximo mês, de 11 a 14 de agosto, que a Costa da Caparica vai parar para receber grandes artistas e nós vamos lá estar, claro. Ficámos todas contentes, ao saber que vai ser mais fácil conseguir um lugar “ao Sol”! Quer saber como? Nós contamos-lhe tudo.

Durante três dias pode ganhar um dos 300 bilhetes para o Festival Sol da Caparica que o Almada Forum tem para oferecer. São trezentos, trezentos bilhetes, “ouviu” bem!

É fácil. Em cada um dos dias da campanha, 11, 18 e 25 de Julho, são oferecidos 100 bilhetes para um dia específico do festival. Os três dias são:

# 11 de Julho – 100 bilhetes para o dia 11 de Agosto
# 18 de Julho – 100 bilhetes para o dia 12 de Agosto
# 25 de Julho – 100 bilhetes para o dia 13 de Agosto

Para receber o seu bilhete deve dirigir-se ao Balcão de Informações do Almada Forum (Piso 0 – Praça Central) no dia em que fez compras e apresentar um único comprovativo de compra igual ou superior a 50€, sendo a oferta limitada a 100 bilhetes por dia.

E se já está a pensar “que fixe, mas bom, bom, bom era trazer alguém comigo!” Então “oiça” que o melhor ainda está para vir! Uma compra no Almada Forum pode valer, não um, mas dois bilhetes para o Sol da Caparica! Dois, dois “bi-lhe-tes”! Voltou a “ouvir” bem! Se o seu comprovativo de compra for superior a 100€, ganha não um, mas dois bilhetes para o Festival! Ah, pois é. Sol da Caparica, contem connosco! E consigo, certo?

Conheça todas as condições da campanha e lojas aderentes no Balcão de Informações do Almada Forum ou em www.almadaforum.com e ganhe bilhetes para o Festival O Sol da Caparica.

Ana Moura, Rui Veloso, Diogo Piçarra, Nelson Freitas, Aurea, Deolinda, Azeitonas, C4Pedro, Orelha Negra, Mão Morta, David Fonseca, o Rappa, os Azeitonas, JimmyP, Aline Frazão, Richie Mendes, The Gift, Ala dos Namorados e muitos mais…aguardem-nos. Nós vamos aplaudir, cantar e vibrar como se não houvesse amanhã. Vocês vão conhecer o verdadeiro “margem sul power”. Oh yeah!

cartaz_sol_caparica_2016

Nós aqui temos entradas para o Festival Sol da Caparica.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Fotografias: Imagens Festival Sol da Caparica (José Rodrigues 2015)

voluntario 1

QUERES SER VOLUNTÁRIO NO FESTIVAL SOL DA CAPARICA?

precisamos 2

Pico de verão. De 11 a 14 de agosto todos os caminhos vão dar à Caparica. Ao Sol da Caparica. O grande Festival Sol da Caparica traz ao Parque Urbano da Caparica onze horas diárias de música, mais cinema de animação, gastronomia e surf, num festival pensado para todos.

Já pensaste em fazer uma pausa no teu verão para uma experiência diferente? Que tal aproveitares as férias e fazeres parte da organização deste grande festival de verão? Queres ser voluntário e intervir de forma ativa na comunidade?

As áreas para participação vão desde a produção, comunicação e segurança do festival.
Uma verdadeira experiência onde poderás conhecer pessoas e profissionais da indústria musical portuguesa e viver um festival de uma diferente perspetiva. Uma oportunidade para ser parte integrante deste evento e desfrutar melhor que a música portuguesa tem para oferecer.

voluntario 2

Contrapartidas (sim, não é só trabalhar para aquecer!)
Formação
Acesso aos quatro dias do festival
Alimentação (1 Lunchbox por turno)
Seguro
Certificado de participação
1 Brinde
T-shirt do Voluntário
Oferta de um bilhete extra dia a dia

Perfil
Sentido de responsabilidade
Capacidade de Comunicação
Paciente
Amável
Sentido Prático
Capacidade de comunicação
Versátil
Motivado
Mentalidade Prática
Dinâmico
Desembaraçado

Requisitos
Maiores de 16 anos
Residente na área metropolitana da grande Lisboa e Almada

Equipas e Horários

Apoio à Produção – turnos de 4 horas
Apoio na Organização do festival; manutenção e organização de espaços de Backstage; reposição de águas para toda a equipa e espaços; outras funções a definir de apoio.

Palcos – turnos de 4 horas
Apoio à produção e direção técnica deste espaço; manutenção e reposição de camarins; receção e acolhimento de artistas.

Sala de Imprensa – turnos de 4 horas
Recepção e Acolhimento de jornalistas, fotógrafos e operadores de câmara; disponibilizar informação de horários e alinhamentos dos concertos; acompanhar a imprensa sempre eu necessário; disponibilização de informação sobre o festival na sala de imprensa; coordenação e manutenção do espaço.

Zona Vip – turnos de 4 horas
Neste local vão estar presentes os órgãos de comunicação social assim como os convidados Vip e será necessário fornecer todas as informações solicitadas sobre o Festival de forma clara; responsáveis pela manutenção e bom funcionamento do espaço.

Balcão de Informações – turnos de 4 horas
Fornecimento e esclarecimento de informações e dúvidas relativas ao festival, recinto, programação, wc etc. Ser simpático e paciente.

Armazéns – turnos de 4 horas
Responsável pela entrada e saída de toda a mercadoria de restauração e bares.

Entradas e Saídas – turnos de 4 horas
Receber com boa disposição o público que entra para o Festival; dar resposta a questões que tenham; encaminhá-los para o recinto e picar os bilhetes.

Mobilidade Reduzida – turnos de 4 horas
Dar apoio e assistência ao público com mobilidade reduzida que está presente neste espaço; saber fornecer informações e esclarecimento de dúvidas sobre o festival, quer ao nível do recinto como de programação.

Coordenação de Espaços – turnos de 4 horas
Esta equipa estará divida por 3 zonas: zona surf e 2 zonas lounge. Esta equipa tem que coordenar os mesmos assim como é responsável pela sua manutenção; prestar apoio técnico se necessário e também aos intervenientes envolvidos e esclarecer dúvidas do público.

Centro de Boas Vindas – turnos de 4 horas
Receção e acolhimento do público; esclarecer dúvidas; fazer troca de passes por pulseiras; responsáveis pela guest list diária.

Brigada do Ambiente – turnos de 4 horas
Sensibilizar o público para as questões ambientais e apelando que não se coloque lixo no chão; se necessitar, dar a manutenção no mesmo; apelar à organização das filas para acesso aos wc’s e se necessário entrar em contacto com as equipas de limpeza para a manutenção dos espaços.

Animação – turnos de 4 horas
Contacto e convívio com o público; promoção de atividades lúdicas; apoio á programação de atuações e animações presentes no recinto.

Apoio ao Voluntariado – turnos de 4 horas
Apoio à equipa de coordenação de voluntariado desde a manutenção do nosso espaço no recinto; controlo de entradas e saídas de turnos; distribuição de senhas e lunch box’s; responsáveis de bengaleiro e controlo e manutenção de campismo.

Formação
Após o processo de seleção e distribuição dos voluntários pelas diferentes áreas, a organização do festival irá proporcionar uma formação para todos os participantes.

Ações de Formação
– Primeiros Socorros
– Produção e Organização
– Segurança

Calendário
Período de Inscrições: A partir de 5 de Abril (vagas limitadas)

Entrevistas
Período de Seleção: 23 de Maio a 28 de Maio
Anúncio de Seleção: 30 de Maio
Sessão de Boas-Vindas: 2 de Junho

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS
1. Tanto coordenadores e voluntários devem andar devidamente identificados com t’shirt e pulseira; Vai haver t’shirts diferentes para ser mais fácil identificarem-se;
2. Entradas no recinto são feitas através da Rua de Serviço; para além da pulseira têm que se fazer acompanhar do BI;
3. Levantamento de bilhetes extra diários: vai existir uma Guest List com todos os nomes da equipa de Voluntários, os convidados terão que se deslocar ao contentor perto do Cmia e levantar o bilhete anunciando o nome do voluntário que lhe ofereceu a entrada;
4. Chegar sempre 15min. antes dos turnos;
5. Antes de dar entrada no posto de trabalho, passar antes no Espaço do Voluntariado para confirmar a sua chegada;
6. Ser pontuais e respeitar os horários;
7. Serem simpáticos e disponíveis para ajudar o público;
8. Todos os voluntários e coordenadores, independentemente da sua função têm que estar familiarizados com o conceito do festival, objetivos, programa e informações úteis;
9. Em caso de emergências ou problemas, reportarem logo perante os responsáveis da equipa de produção e coordenação de voluntariado;
10. Em caso de dúvidas, não darem respostas ao público, perguntar sempre aos coordenadores ou responsáveis;
11. Coordenadores são responsáveis pela distribuição das lunch box’s, para os voluntários das suas equipas;
12. No final do turno, os coordenadores devem apresentar-se no Espaço do Voluntariado para dar feedback; no primeiro dia do Festival irá realizar-se reunião com todos os coordenadores para fazer um ponto de situação do dia, para ver se correu tudo bem ou se houve problemas;
13. Cada voluntário após terminar o seu turno de trabalho pode permanecer e usufruir do Festival mas terá de tirar a t-shirt do voluntariado OBRIGATORIAMENTE.

Aqui vou eu para a Costa
Aqui vou cheio de pica
De Lisboa vou fugir
Vou para o Sol da Caparica

Inscreve-te aqui

Nós aqui, temos Voluntários para o Festival Sol da Caparica.
Nós aqui, temos isto.

rui-veloso

QUEM VEM AO FESTIVAL SOL DA CAPARICA? 11 A 14 DE AGOSTO.

ouvimos

Nós. Nós vamos e vocês também. As datas do Festival já foram anunciadas –
11 e 14 deste mês – e alguns dos nomes que vão tomar conta do palco também.

A lusofonia terá o papel principal, com nomes de sucesso além fronteiras, como é o caso da extraordinária Ana Moura (permitam-nos aqui assumirmo-nos como grandes fãs). O Festival contará com Rui Veloso, The Gift, C4 Pedro, O Rappa, Orelha Negra e Mundo Segundo & Sam the Kid. Tudo nomes de garantia de sucesso que aliados à envolvência única da Costa da Caparica proporcionarão um espetáculo imperdível.

SOL CAPARICA

A edição do ano passado, juntou mais de 70 mil pessoas, no parque urbano da Costa de Caparica, em Almada, e esta que será a terceira edição deverá ter ainda mais assistência.

Marque já na sua agenda, para ter o festival “a-gosto”.

Nós aqui, temos Festival Sol da Caparica!
Nós aqui, temos isto.

SOL DA CAPARICA

FESTIVAL SOL DA CAPARICA. 11 A 14 DE AGOSTO.

ouvimos

E, já estão anunciadas as datas para o Festival Sol da Caparica 2016 – na Costa de Caparica.

Aqui vou eu para a Costa
Aqui vou eu cheia de pica
De Lisboa vou fugir
Vou para “o Festival Sol da Caparica”…

O Festival regressa no nosso querido mês de agosto e vai decorrer entre os dias 11 e 14 desse mês. Não interessa de onde vai fugir, o que interessa é que venha o Festival Sol da Caparica.

O cartaz ainda não foi divulgado, mas a organização garante que o DNA do festival mantém-se e mais uma vez a lusofonia terá o papel principal.

Esta ano será a 3ª edição do festival “O Sol da Caparica” que recebeu entre 65 e 70 mil pessoas nas edições anteriores.

Este grande festival da nossa margem sul acompanha a música com o sol, como o próprio nome convida, praia e surf, ou seja argumentos de peso para ser um sucesso.

Aguardamos então pelo cartaz e o preço dos bilhetes, mas para já reservem já estas datas. Nós aqui vamos ter música, sol, praia, surf e muito mais.

Nós aqui, temos Festival Sol da Caparica!
Nós aqui, temos isto.

Fotografia: D.R.