Artigos

Helena

SABER ESPERAR NA ERA DIGITAL por Helena Gonçalves Rocha

Helena

Hoje escrevo um pouco em jeito de desabafo, há coisas que me inquietam de forma muito inquietante, desculpem a redundância, mas é isso mesmo. Refiro-me ao poder das tecnologias e mais especificamente ao telemóvel, ou antes, ao computador de bolso, uma vez que telefonar deverá ser a função menos executada nestes aparelhos.

A capacidade de saber esperar é uma competência essencial no processo de ensino-aprendizagem, é uma competência essencial na relação entre as pessoas, é uma competência essencial para uma equilibrada auto-regulação emocional.

A capacidade de olhar nos olhos do Outro é também uma competência essencial no processo de ensino – aprendizagem, senão olhamos, não imitamos, senão olhamos não aprendemos. Olhar o outro é claramente, uma competência essencial na relação entre as pessoas, permite entender o Outro, entapizar com o Outro.

Olhando atentamente à nossa volta percebemos que tudo parece estar a mudar. Os locais de espera, consultórios, filas de supermercado, paragens de autocarro, restaurantes, estão agora repletos de indivíduos que deixaram de esperar para estar a fazer algo mais: enviar emails, ver o Facebook, conversar no Messenger, jogar um joguinho, ir ao Instagram, tirar selfies,  tirar selfies com filtros do Snapchat, tudo menos praticar o exercício de esperar.  E creio que esta realidade é transversal a quase todas as gerações, no entanto, e talvez porque as minhas áreas de interesse são o desenvolvimento infantil e as dinâmicas familiares, é com as crianças e jovens adolescentes que muito me preocupo. Porquê? Porque deixaram de praticar o exercício da espera, deixaram de ter oportunidade de se aborrecerem, deixaram de olhar em volta, observar os outros, deixaram de ter de exercitar a paciência e o aborrecimento e consequentemente ativarem a sua criatividade.

Recordo-me do meu caminho para a escola onde ía inventando mil coisas, quer com aquilo que ia vendo ao longo do caminho, como apenas absorta nos meus pensamentos, por vezes demasiado criativos. E questiono eu…os jovens de agora têm oportunidade de fazer este exercício? Caminham pouco, mas quando caminham fazem-no de cabeça baixa olhando para outra realidade diferente daquela onde vão pousando os pés.

A capacidade de saber esperar é importantíssima, a Natureza que nos rodeia move-se por ciclos, temos que esperar pela Primavera e suas flores, temos de esperar pelos diferentes ciclos, manhã, tarde, noite, temos que esperar que o dente caia, temos de esperar que venha outro em seu lugar…. Hoje assistimos à geração do Aqui – Agora, ou talvez seja, o Eu Quero e É Já! A verdade é que quase tudo se passa a esta velocidade estonteante, longe vão os tempos em que tínhamos de nos levantar do sofá para mudar o canal da televisão, ou em que discar o número do nosso melhor amigo era um verdadeiro teste à paciência quando o número tinha muitos 0 e 9, e em que o disco do telefone demorava uma eternidade a voltar ao local inicial.

Helena

Não estou com isto a defender que nada deveria mudar ou que tudo isto é mau, nada disso. As vantagens são aos milhares, mas preocupa-me que estejamos a perder o contato ocular com os nossos jovens, que se estejam a afastar do meio envolvente, que estejam com cada vez mais problemas de visão, nomeadamente a miopia por falta de exercício da visão ao longe e que ouçamos os mais pequeninos dizerem: “Ó pai deixa lá isso anda lá para aqui…”

Os adolescentes de agora não cresceram com todas estas tecnologias, não mexeram em tablets e telefones aos 2 anos, não esperaram na mesa de restaurante com um telefone nas mãos, nem foram consolados com um telefone sempre que ameaçavam aborrecer-se e fazer birra. Preocupa-me e gostava de vos passar também esta inquietação com os pequeninos que estão a crescer assim, sem saber esperar e sem olhar o Outro.

É urgente voltar a conectar as crianças e jovens com a Natureza!
É urgente ensinar e treinar as nossas crianças no exercício de esperar!
Partilhem connosco as vossas estratégias e dicas, juntos iremos conseguir Educar Melhor!

Contactos
helenagoncalvesrocha@gmail.com
Miúdos e Graúdos, Clínica Médica
Av. Pinhal da Aroeira, Lt 562
Aroeira Shopping area Lj 18
Herdade da Aroeira
2820-566 Charneca da Caparica
TEL.: 212 977 481

1420840749_facebook-512

Fotografias: D.R.

Nós aqui educamos para isto.
Nós aqui temos isto.