Artigos

Margem sul

CONSEGUIMOS CONVENCER A MADONNA A MORAR NA MARGEM SUL?

gostamos 1

Este vídeo chegou-me por diversas fontes e com a “exigência” de o passar aqui no blog, sob pena de ser insultada se não fizesse. Provavelmente também vou ser insultada por fazê-lo, mas como este espaço é vosso, os vossos pedidos são ordens. #QSFD 

O intuito é mostrar à Madonna porque seria bom mudar-se para a margem sul. O vídeo é da responsabilidade do Batáguas ou lá o que isso e mostra de forma divertida (para não dizer outra coisa) características únicas da margem sul, mais precisamente Almada. O vídeo traz-nos ilustres e reconhecidas figuras da margem sul à apelar à vinda da Madonna. Palavras para quê?

Nós aqui temos argumentos para viver na margem sul.
Nós aqui temos isto.

Texto: Marlene Gaspar
Vídeo: Batáguas ou lá o que isso é

 

Anjos3

MÚSICA E SOLIDARIEDADE NO FESTIVAL MÚSICAS PELO ESPICHEL. 16 E 17 DE SETEMBRO.

APOIAMOS 1

Se pense que a época dos festivais já está encerrada, desengane-se, porque vem mais por aí, ou melhor aqui, na nossa margem sul. Nos dias 16 e 17 de setembro o Cabo Espichel vai ser palco de vários concertos com fins solidários – o Festival Músicas pelo Espichel. Vão ser concertos ao ar livre com artistas nacionais que vão abrilhantar este fim de semana, como os Anjos, os UHF, os Aurora, os Alcoolémia e muito mais. Muito mais música portuguesa num local especial  como o Cabo Espichel em Sesimbra.

festival espichel

Os espetáculos vão ajudar duas instituições locais, uma de apoio a pessoas com necessidades especiais – a  Cercizimbra e outra que cuida de bebés e crianças desde há várias gerações – o Externato Santa Joana. Um bem haja para todos os artistas e para a organização pelo vosso contributo.

Os bilhetes custam €10 por dia e podem ser adquiridos na ticketline.

Divirta-se a ajudar.

Nós aqui temos festival de músicas por Espichel.
Nós aqui temos isto.

Tags: Cabo Espichel | Música | Festival | Solidariedade | Anjos | UHF | Alcoolémia | Sesimbra | Cercizimbra | Externato Joana Santana

Texto: Marlene Gaspar
Fotografia: Joel Reis